A História da Ciência Para Quem Tem Pressa

A História da Ciência Para Quem Tem Pressa Nicola Chalton...




Resenhas -


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Queria Estar Lendo 26/08/2017

Resenha: A História da Ciência Para Quem Tem Pressa
Pra quem tem interesse de saber mais sobre o mundo de forma rápida e prática, o livro A História da Ciência Para Quem Tem Pressa, é a escolha certa para fazer isso. Lançado pela Editora Valentina aqui no Brasil (e que cedeu um exemplar para resenha), foi escrito em conjunto pelas autoras Meredith McCardle e Nicola Chalton.

Relembrando as primeiras nuances do que hoje é considerado ciência, o livro inicia na temática de astronomia e cosmologia, remontando o tempo da Grécia Antiga e passando para outras partes do mundo em que esse pedacinho da ciência foi aumentando e se tornando mais rico em conhecimento. O livro vai passando por capítulos, organizado por tópicos sobre os maiores e mais importantes teóricos sobre determinados assuntos, matemática, medicina, biologia, física...

De maneira rápida e precisa, as autoras escreveram séculos e até milênios de história em 200 páginas. Tudo foi tão bem resumido, sem omitir detalhes importantes, que admito que fiquei impressionada com o trabalho. É realmente muita informação e de modo muito organizado, pois além das descobertas e detalhes importantes, também é contado um pouquinho sobre quem foi certo teórico ou pesquisador. Ou seja, é informação resumida, mas completa.

Diferente de outras obras semelhantes, a escrita disposta por uma linha do tempo tornou a leitura muito mais rápida e fluída, pois você simplesmente seguia conforme os fatos aconteciam, sem ter de voltar para reler e recordar algo ou ficar guardando datas na cabeça para poder se situar.

A capa é bem interessante, realmente te diz o que você encontrará dentro do livro e, também, segue o padrão dos outros volumes dessa coleção. Apesar disso, achei a edição um pouco simples demais, talvez se as folhas fossem mais grossas e amareladas desse um tom mais de “colecionador”, por assim dizer, o que só me faria querer ter todos os volumes da coleção, como também deixá-los expostos na minha estante. Fora isso, a fonte, espaçamento e margem estão ótimos e por ser um livro pequeno, é fácil carregar para ler em qualquer lugar e quando quiser.

"Florence Bascom abriu o caminho para o ingresso das mulheres tanto no campo da geologia quanto na esfera do ensino superior. Em 1898, foi nomeada professora adjunta da Bryn Mwr College, na Pensilvânia, e tornou-se titular em 1906, ajudando a instituição a transformar-se num estabelecimento de prestígio internacional."

É um livro simples e rápido, que faz nada menos do que cumprir o prometido: contar a história da ciência para quem tem pressa. Antes mesmo de saber da existência dele, eu tinha o objetivo de conhecer mais sobre ciência, mas sem ter muito tempo para isso. Se você tem esse mesmo objetivo, posso dizer que o livro é a maneira mais ideal de alcançá-lo.
comentários(0)comente



clayci 07/08/2017

Excelente guia..
Em apenas 200 páginas você fica por dentro dos principais nomes que mudaram e contribuíram na área da Ciência. Confesso que na época do ensino médio eu bocejava nas aulas de biologia e física, porém era apaixonada por matemática.

Eu gostava daquilo que não podia ser mudado. E a matemática funciona dessa forma, uma vez que você comprova a veracidade de um teorema é pra sempre e ponto final. E mesmo sabendo que aquelas equações não me ajudaram em nada na vida, eu adorava passar horas tentando resolvê-las.

E a proposta do livro “A história da ciência para quem tem pressa” é resumir em um guia os resultados de milhares de anos de estudos. A narrativa é didática e de fácil compreensão. Isso faz com que a gente sinta vontade de ler todas as páginas e absorver de forma resumida todas as informações compartilhadas. Se você abria a boca e olhava para o teto quando o seu professor explicava uma matéria, com esse guia você vai se sentir o melhor aluno.

Então em uma ordem cronológica você vai encontrar grandes nomes como Aristóteles, Arquimedes, Darwin, Da vinci, Turing, Newton, Euclides e muitos outros. E o mais legal é que você não vai conhecer apenas as teorias criadas, mas também uma mini biografia e curiosidades sobre a vida dos principais nomes.


site: https://goo.gl/bE5HeT
comentários(0)comente



ViagensdePapel 12/09/2017

A Editora Valentina está lançando a coleção História para quem tem pressa. São livros pequenos, com no máximo 200 páginas, que contam cronologicamente as passagens históricas do assunto em questão.

Eu recebi o livro sobre ciências e tenho que confessar de antemão que foi uma leitura fantástica! Me surpreendeu mesmo! \o/

Primeiro eu pensei: em duzentas páginas não dá para falar de nada, imagine toda a história das descobertas cientificas da humanidade! Para!

Mas foi um adorável engano. Percebi logo que abri o livro: organização. Separado em sete capítulos dos grandes temas da ciência e contado sem enrolação e bastante clareza os subtemas do assunto.

Vou citar o exemplo da “Astronomia“, presente no capítulo 1. Já faz muito sentido esse ser o primeiro capítulo: começa com a fixação do homem pelo céu, mesmo em tempos mais remotos. Passa pelos mapas estrelares 400 a.C, para a visão geocêntrica de Aristóteles; explicações sobre o movimento da Terra, o dia e a noite; e chega em Nicolau Copérnico com o heliocentrismo e a quantidade de defesas cientificas que o heliocentrismo conquistou e foi derrubado pela supremacia católica. E quando o projeto de telescópio foi melhorado por Galileu e expandiu o conhecimento que hoje temos do cosmos. E termina com Stephen Hawking comprovando a teoria dos buracos negros que foi um pesquisa de Chandra na década de 30. O mesmo se dá para os outros temas: “matemática“, “física“, “química“, “biologia“, “medicina” e “geologia“.

São levantados os principais conceitos, os principais pesquisadores e cientistas, a evolução das ideias e até uma mini biografia dos principais nomes.



Leia a continuação da resenha, acesse o link abaixo:

site: http://www.viagensdepapel.com/2017/09/04/resenha-a-historia-da-ciencia-para-quem-tem-pressa-de-nicola-chalton-e-meredith-macardle/
comentários(0)comente



Galáxia de Ideias 16/01/2018

*Resenha postada originalmente e na íntegra no blog Galáxia de ideias

O livro resume as principais descobertas dos mais ilustres cientistas em ordem cronológicas, dividindo-se nas seguintes áreas do conhecimento: 1. astrologia e cosmologia, 2. matemática, 3. física, 4. química, 5. biologia, 6. medicina e 7. geologia e meteorologia. Sendo que existe um capítulo para cada área analisada.

No início de cada capítulo nos é apresentado um breve resumo sobre o que aquela área da ciência estuda, seguido de teorias e descobertas contextualizadas historicamente, e uma breve explicação de como elas influenciaram o mundo ao redor. E temos também uma breve biografia sobre o(a) autor(a) dessa descoberta.

Escolhi esse livro porque nunca me dei muito bem com exatas, sempre tive dificuldades e meu interesse era mínimo quando eu estava na escola. Mas lembro de um professor de física que antes de explicar alguma matéria falava um pouco sobre o autor daquela descoberta, contextualizava a época em que ela fora feita e a aplicação prática daquilo que ele explicaria a seguir. Bem diferente daqueles outros professores que simplesmente colocava uma fórmula na lousa e começava a explicar como fazer os cálculos.

A partir disso eu comecei a ter mais interesse pela matéria e prestar mais atenção nas aulas. Lógico que minhas dificuldades não foram embora num passe de mágica, mas eu passei a ter mais interesse em me esforçar. Assim, escolhi esse livro por conta da nostalgia de trazer lembranças daquela fase da minha vida e também por achar o conteúdo interessante.

O livro foi planejado de uma maneira muito inteligente, é muito interessante acompanhar a evolução de cada ciência desde o seu surgimento até os tempos atuais. E tudo isso em uma linguagem clara, objetiva e de fácil entendimento. No que diz respeito à edição, a capa é bonita e condizente com o conteúdo e o miolo é composto por folhas brancas, o que pode incomodar algumas pessoas.

Quando eu postei a resenha sobre “A história da mitologia para quem tem pressa” recebi muitos comentários no sentido de que quem quer aprender não pode ter pressa de que o livro seria resumido demais. Na verdade, o livro tem a intenção de dar uma visão geral sobre vários assuntos. Eu acho muito parecido com os mapas mnemônicos que usamos para estudar: traçamos um resumo geral da matéria e das suas ramificações, e, a seguir conceituamos e fazemos as observações cabíveis. Como esse livro fornece uma perspectiva ampla, cabe ao leitor escolher os assuntos que mais despertam seu interesse e estuda-los mais a fundo. Já que uma coisa é certa: nós não temos tempo suficiente de vida para sabermos profundamente sobre tudo.

Acho que esse livro é amplamente indicado, especialmente para quem quer saber mais sobre determinado assunto e não sabe por onde começar, para quem tem uma criança em idade escolar em casa e quer despertar o interesse dela em determinada matéria, e para quem é curioso(a) mesmo e quer saber um pouquinho sobre tudo.

Espero que tenham gostado da dica.
Fiquem de olho que logo tem mais.

site: http://www.galaxiadeideias.com/2017/11/resenha-historia-da-ciencia-para-quem.html
comentários(0)comente



Camila 18/08/2017

Resenha: História da Ciência para Quem Tem Pressa (Por Livros Incríveis)
2.500 anos de descobertas de grandes cientistas. O livro é um guia essencial para quem quer saber mais sobre as mentes por trás de pequenas a grandes descobertas, que mudaram o mundo, fazendo-o como é hoje em dia. É dividido em sete partes: Astronomia, Matemática, Física, Química, Biologia, Medicina e Geologia.

A História da Ciência para Quem Tem Pressa trata-se de um guia com em média, cem cientistas que fizeram descobertas nas áreas de ciências exatas e da natureza.
De forma didática, livro já começa de forma positiva, com uma introdução sobre o que é ciência, definindo como ela era e é feita atualmente. A introdução também é feita ao longo de cada capítulo, falando sobre como era e como andam os estudos em cada área, e depois, a lista dos cientistas com suas descobertas relacionadas. Para os mais importantes e/ou, há uma pequena biografia contando fatos e a vida do autor. Já para os outros cientistas, as autoras mesclam as descobertas com um pouco da vida deles, como o que faziam da vida no momento. Como muitos atuavam em várias áreas do conhecimento, aparecem mais de uma vez ao longo das áreas, como o caso de Newton.


O mais interessante mesmo é poder ler e conhecer pessoas que fizeram revelações e invenções que nos são muito úteis no dia-a-dia, ou que mudaram a forma das pessoas verem o mundo e que não são tão ou nem um pouco conhecidas. Para quem não estuda ou trabalha ao menos em tais áreas, é um prato de mãos cheias, onde a maior parte é novo. No meu caso, a parte de Biologia, Medicina e Geologia foram as que mais pude aprender algo novo, porque poucos nomes me eram conhecidos.

A única coisa que me decepcionou um pouco no livro foi o fato de poucas mulheres terem suas descobertas mencionadas. Deixem-me explicar: sei que ao longo dos séculos a história em sua maior parte foi composta pelos homens, principalmente no que se trata sobre a ciência. É compreensível que num livro sobre tal assunto, a predominância seja de homens. Entretanto, mulheres como Ada Lovelace não tiveram suas contribuições descritas. Creio que se há mulheres que fizeram algo importante para o mundo atual, elas mereciam mais destaque. Fiquei muito feliz, entretanto, ao ler sobre Hipatia, por exemplo. Por isso, esse fato não tira o brilho do livro em geral.

Portanto, o livro é indicado para qualquer pessoa que tenha curiosidade em conhecer mais as personalidades que fizeram parte de um ramo interessante da história, que fizeram a diferença em nossas vidas, mas que ainda assim não são tão abordadas, muitas sendo desconhecidas para o público em geral.

site: http://porlivrosincriveis.blogspot.com.br/2017/08/resenha-historia-da-ciencia-para-quem.html
comentários(0)comente



Luciane 13/10/2017

Resenhista Lucas Gonçalves para o blog Pitacos Culturais
Seria injusto afirmar que é possível resumir toda a história da Ciência em apenas 200 páginas. Porém, o trabalho que os autores tiveram para resumir (sem perder o conteúdo louvável) deve ser parabenizado. "A História da Ciência Para Quem Tem Pressa" serve como um belo livro introdutório para crianças que admiram o assunto, para adolescentes que queiram aprender mais ou até mesmo para nos adultos que sempre tiveram curiosidade, mas não sabiam por onde começar. Esse livro nada mais é que uma introdução para entrarmos a fundo nesse mundo misterioso das Ciências.

site: https://pitacosculturais.com.br/2017/10/13/a-historia-da-ciencia-para-quem-tem-pressa-chalton-nicola-mccardle-meredith/
comentários(0)comente



bruno 10/01/2019

Rápido? Sim! Mas ñ menos interessante.
O livro é dividido em 7 capítulos, nos quais se desenvolve a história da astronomia e cosmologia, da física, da química, da biologia, da medicina, da geologia e meteorologia, e da matemática, sendo essa última denominada mais uma linguagem do que mesmo uma ciência, mas o livro conta a sua história de forma atraente, o que me deixa em um lugar pouco confortável quando for avalia-lo. Os fatos levantados em cada área do conhecimento são aqueles mais importantes ao decorrer da história, e, é claro dando jus ao seu título, são desenvolvidos rapidamente e superficialmente, no entanto para as pessoas que não pertencem a área das ciências naturais, essa forma de escrita é muito boa. Achei que no último capítulo o livro abordou tópicos pouco interessantes na área da geologia, e a meteorologia foi pouco aproveitada. Como pontos positivos posso mencionar tópicos atuais de pesquisas como os buracos negros, as anãs brancas, a física e a química nuclear e a mecânica quântica, assuntos tratados com certo rigor e respeito no meio acadêmico, e que esse livro aborda de forma simples e de fácil entendimento, mas com os seus conceitos todos corretos. Foi uma experiência boa, conserteza indicarei para os meus amigos, principalmente para aqueles que querem ter o seu primeiro contato com a ciência. Enfim uma boa leitura.
comentários(0)comente



CisoS 02/03/2019

Burocrático
Faz um apanhado histórico das descobertas científicas, agrupadas por ramo da ciência, desde as civilizações antigas até a atualidade.
Abrangente mas não muito profundo. Várias das descobertas não são explicadas de maneira adequada.
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8