Anne de Green Gables

Anne de Green Gables L. M. Montgomery




Resenhas - Anne de Green Gables


111 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Kellen F. 15/12/2019

Diferente da série, mas adorável!
Muitos detalhes são diferentes da série, mas ainda é um livro doce e cheio de diversão. É cheio de amor, amizade, divertimento e beleza. Nos apaixonamos por Anne em todas suas versões e aprendizado. Adorável.
comentários(0)comente



Feh 06/12/2019

Anne é a típica personagem que eu queria ter como amiga
comentários(0)comente



ana lima 04/12/2019

Incrível!
Quando eu comprei esse livro, não esperava tudo isso dele, mas ele superou muito as minhas expectativas. A Anne é simplesmente a melhor personagem de todos os tempos, os personagens são muito bem construídos, até mesmo os que "não fazem muita importância na história". Esse livro completamente mudou a minha vida e acredito que tenha mudado a vida de muita gente também, um livro maravilhoso, que aquece o coração.
comentários(0)comente



Joyce 30/11/2019

Anne, você merece o mundo!
Este livro nos traz muitos sentimentos bons durante a leitura, pois é impossível não se apaixonar por Anne e seu jeito de enxergar o mundo e tudo ao seu redor. Por onde passa ela consegue, pelo menos aos poucos, encantar as pessoas. Foi assim com os irmãos Matthew e Marilla Cuthbert, que ao desejar adotar um menino pra auxiliar nos trabalhos braçais da propriedade de Green Gables, se depararam, por engano, com a órfã Anne Shirley. Aos poucos a garota conseguiu conquistá-los e eles acabaram ficando com ela. E olha, foi a melhor decisão que já tomaram!
Também é muito tocante ver os dois irmãos e principalmente Marilla mudar seu jeito de ver as coisas e passar a amar Anne como se fosse sua filha, mesmo não demonstrando.
Me peguei chorando em algumas partes do livro, pois me apeguei muito aos personagens e sinto junto suas aflições... É muito tocante.
Eu sinceramente amei esse livro e vai pra lista dos favoritos com certeza!

"Não é o que o mundo tem pra você, é o que você traz ao mundo.".
comentários(0)comente



Daiane - @cantinho.da.dai 26/11/2019

Conheci a Anne através da série da Netflix e fiquei totalmente encantada. Aí quando descobri que foi baseada em livro claro que tinha que ler.

Impossível não se apaixonar por essa menina excêntrica e um tanto atrapalhada, cheia de imaginação e otimismo.

E temos outros livros que contam a história de Anne Shirley, uma séria inteirinha sobre ela. Aqui no Brasil a editora pedra já traduziu e publicou os 5 primeiros em edições lindas. Por enquanto só tenho o primeiro, mas quero todos com certeza.

Nesse primeiro livro podemos acompanhar o amadurecimento de Anne desde a sua chegada por engano a casa dos Cuthbert. Sim houve muitas mudanças e aprendizados, tanto para pequena órfã quanto para seus adotantes. Uma história linda para aquecer nossos corações.



site: @cantinho.da.dai
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Carolina DC 25/11/2019

"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção.

"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração.

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.

"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."

site: https://www.leituraseafinsnolitoral.com.br/
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 09/11/2019

“Anne de Green Gables” está decididamente na lista das histórias mais doces que eu já li. Com ternura, acompanhamos a mudança da vida difícil da jovem órfã Anne Shirley, que com tão pouca idade já viveu e viu mais coisas horríveis do que deveria. É um misto de drama motivacional e emocionante que você precisa conferir.

Os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert são moradores da fazenda Green Gables, que fica no povoado de Avonlea, na Ilha do Príncipe Eduardo (Canadá). Ambos com a idade avançada, decidem adotar um garoto para lhes ajudar nas tarefas diárias. No entanto, por um engano, chega para a dupla uma jovenzinha ruiva cheia de sardas.

Anne Shirley é uma órfã de 11 anos que, após passar por algumas casas em situações precárias, foi deixada em um orfanato. Extremamente sonhadora e romântica, se encanta com a possibilidade de um novo lar e uma nova família. Seu jeito tagarela e divertido acaba conquistando o tímido e calado Matthew, e consequentemente a rígida Marilla. Inicia-se então sua jornada na linda Green Gables.

“Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”

Todo mundo deveria conseguir enxergar a vida com o otimismo e a beleza de Anne. Ainda que precise mesmo embelezar algumas partes tristes. Isso que a torna mais especial. Ela passou e passa por várias situações desagradáveis, mas consegue tirar delas a força para seguir em frente feliz.

Sua maior aliada é a sua imaginação. Anne colore o mundo à sua volta de forma que tudo sempre seja como um conto de fadas. Mas na verdade acaba mesmo impactando e conquistando todo seu povoado, mudando vidas a partir da dos seus próprios tutores.

Matthew Cuthbert poderia ser descrito como: uma das pessoas mais doces que você irá conhecer. Não tem facilidade em conversar com mulheres, e acaba sendo o primeiro a se encantar e defender a garotinha. Com ela, ele nem precisa dizer nada! Ela conversa pelos dois. E como ela o agrada.

Já Marilla Cuthbert tem uma construção de personalidade incrível. Ela é séria, centrada, rígida. Mas isso não significa que seja mau ou incoerente. Ela e Anne mantém diálogos muito significativos na história, e neles é possível perceber como essa é justa e tem o coração mole pela garota.

“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”

Ao abordar a história de Anne, é interessante também conhecer a história da autora Lucy Maud Montgomery. Lucy perdeu a mãe aos 2 anos e foi morar apenas com os avós, sendo assim também sempre foi uma criança muito apegada à imaginação e literatura. Ela escreveu diários durante quase toda a vida, que inclusive foram publicados após a sua morte.

Várias são as adaptações da história para o cinema e TV já realizadas, porém geralmente produzidas no Canadá onde é um forte clássico. Tem até desenho! No entanto, em 2017 a Netflix lançou em seu catálogo a série original ” Anne with an E”, que conta a trajetória da atrevida Anne Shirley.

A série é linda e faz jus à história do livro. Vou tentar não fazer muitas comparações para não atrapalhar nenhuma das duas experiências. Pois, embora muitos personagens e situações do livro já tenham sido abordados, alguns ainda não foram. Como por exemplo, um tal de Gilbert Blythe (saaaaabe) ter mais um ar de vilãozinho na literatura (ainda).

“- Se eu não fosse uma menina humana, acho que gostaria de ser uma abelha e viver entre as flores.
– Ontem você queria ser uma gaivota. – Marilla lembrou. – Acho que você é muito inconstante.”

Ainda que o livro tenha situações bem à frente seu tempo, principalmente no que se diz ao respeito à mulher, temos que lembrar que ele foi escrito em 1908. Ao se comparar com a série, vemos que esta vem tentando inserir muito mais situações e conflitos da nossa sociedade atual. O que é um ganho imenso, claro! Mas torna injusta a comparação.

“Anne de Green Gables” é o primeiro de uma série de (pasmem) 8 livros, que acompanham a vida da garota inteira. Neste primeiro ela começa com 11 anos e termina com aproximadamente 16. Da série, os cinco primeiros livros já foram traduzidos para o português. Os três últimos tem como protagonistas os filhos de Anne, mas ela aparece na história também. A ordem é:

Anne de Green Gables
Anne de Avonlea
Anne da Ilha
Anne de Windy Poplars
Anne e a Casa dos Sonhos
Anne of Ingleside
Rainbow Valley
Rilla of Ingleside
Chronicles of Avonlea (Extra)
Further Chronicles of Avonlea (Extra)

Há tempos namoro a história, até que a editora Autêntica lançou esse ano essa edição lindíssima! Me julguem, sou uma amante de capas bonitas. Não teve jeito, chegou o meu momento. A edição está super caprichada, com ilustrações, capa envernizada, folhas amareladas. Valeu a espera. Inclusive estou na torcida para que eles continuem a coleção.

Então fica aqui a indicação para que você não deixe de conferir este clássico. Conhecer essa garotinha que move o mundo à sua volta com o poder do amor, da ternura, do afeto, da amizade e da imaginação.

Por: Karina Rodrigues
Site: www.coisasdemineira.com/resenha-anne-de-green-gables-l-m-montgomery/
Kleyssi 16/11/2019minha estante
Oi! Você acha que se ler esse primeiro livro, obrigatoriamente tem que ler os demais? Ou ele termina fechadinho? Afinal, não tem todos os livros da série em português.


Coisas de Mineira 11/12/2019minha estante
Oiee Kleyssi! Então, ele termina uma fase da vida da Anne, a infância. Mas deixa "aberto" que ela viverá novas experiências no início de sua vida adulta nos próximos. Esse vai mais ou menos dos 11 aos 16 anos dela. Eu acho que é uma ótima leitura, independente de continuar a leitura da série agora ou não, pq os diálogos da Anne são lindos, porém já tem traduzido pra BR os 5 primeiros livros (por outra editora) que fazem referência à vida toda dela. Nos outros ela não é mais a protagonista, apesar de estar presente.


Kleyssi 12/12/2019minha estante
Obrigada! (:




Thuanne Hannah 01/11/2019

Esse é um clássico publicado pela primeira vez em 1908 e que agora foi republicado pela editora Autêntica. É o primeiro romance escrito por Lucy Maud Montgomery e foi traduzido para diversos idiomas. Além disso, recentemente a Netflix produziu a série Anne with an E, que é baseada nesta obra.

Tudo começa quando os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert decidem adotar um garoto órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda. Sendo assim, solicitam que uma amiga tome as devidas providências para que o desejo seja concluído, entretanto, por um erro de comunicação, uma menina foi enviada no lugar do garoto. Após certa discussão e resistência, os irmãos decidem que ficarão com essa garota tão diferente, que rapidamente cativou o velho Matthew com suas histórias fantásticas.

Anne Shirley é a tal garota. Ela tem apenas 11 anos, é magrela, ruiva e sardenta, mas possui uma língua bem afiada e a percepção aguçada. É sonhadora e tem uma imaginação capaz de levá-la a qualquer lugar. Ela se sente extremamente grata por ter sido adotada e morar num lugar tão lindo quanto Green Gables, a fazenda da família. Rapidamente conquista todos ao redor com o seu jeito peculiar e prova para os irmãos Cuthbert que tomaram a melhor decisão.

Montgomery descreve a personalidade de Anne de forma cativante. A menina sente tudo tão intensamente, que facilmente encanta o leitor com os seus sonhos cheios de aventura e doçura. É corajosa, sempre tenta aprender com os erros e não os comete novamente. Tem um coração muito bom, não é invejosa e realmente se sente feliz pelas conquistas dos outros. É uma personagem que todos gostariam de ter por perto, se isso fosse possível.

Para complementar, a autora descreve lindamente os costumes do campo, as belas paisagens e as vestimentas da época. A escrita é quase poética e nos faz desejar viver tudo aquilo junto de Anne. O livro se passa na ilha de Prince Edward, mesmo local onde a autora foi criada, portanto vem daí tanta familiaridade e facilidade na escrita.

A história possui muitos personagens, cada qual com a sua personalidade. Diana, melhor amiga de Anne, tem grande admiração pela amiga, é uma garota leal, doce e entusiasmada. Rachel Lynde é a fofoqueira da ilha, sempre cheia de opiniões e, às vezes, é capaz de ser bem rabugenta. Matthew é calado e retraído, quase não emite opinião sobre nada. Geralmente só observa a criação da garota, conforme combinado com a irmã. Mas sempre que pode, mima Anne, pois sabe que apesar de tudo, ainda é apenas uma garota. Já Marilla é extremamente dura com Anne e sempre a faz colocar os pés no chão, mas no fundo sente grande amor e admiração pela pequena, e sabe que fez uma boa escolha ao deixar que ela permanecesse ali. Os colegas de classe de Anne também tem papel importante no enredo, pois com eles, ela vive boas aventuras e aprende muitas lições.

A edição está caprichada, com uma capa vibrante e detalhes bonitos nas páginas. Também possui algumas imagens, que representam cenas escritas pela autora. É um livro emocionante e divertido. É fácil rir com os dramas de Anne, mas em outros momentos é possível sentir pena da garota que, mesmo tão jovem, já sofreu muito com as adversidades da vida. É um livro que realmente vale ser lido, é cheio de lições sobre gratidão e amor, que faz o leitor se encantar do começo ao fim.

site: http://gramaturaalta.com.br/2019/10/08/resenha-anne-de-green-gables-montgomery/
Kleyssi 16/11/2019minha estante
Oi! Você acha que se ler esse primeiro livro, obrigatoriamente tem que ler os demais? Ou ele termina fechadinho? Afinal, não tem todos os livros da série em português.




Jhe| @jessicaneris_ 30/10/2019

Amei a experiência de Leitura deste livro!!
Poder conhecer a garota Anne, saber dos medos dela, saber dos sonhos, como se estivesse dentro do livro e participando da conversa, foi uma experiência Maravilhosa!! Eu sinceramente queria ser amiga Da Anne, ela não é uma criança igual as outras, tem uma personalidade vamos dizer assim, um pouco diferente da época que ela estava hahaha um Livro incrível!! Estou ainda mais apaixonada pela história da menina Anne!! Recomendo muito o livro!!
comentários(0)comente



111 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |