Apocalipse

Apocalipse Juliana Bizatto




Resenhas - Apocalipse


40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Thais Caldeira 28/04/2020

Apocalipse
Sinopse: “As vezes a verdade é mais do que podemos suportar...”
Samantha sempre teve a impressão de que Benjamin era perigoso, Benjamin sempre teve certeza que seria perigoso... Para ela.
Samantha está prestes a descobrir a verdade sobre a sua família! E ainda que Samantha desconfie que algo sobrenatural a ronde, jamais pensaria que poderia ser ela mesma.
Algo que Benjamin sempre soube desde que chegou a Tormento. Enviado pela Ordem de Caçadores de Bruxas, ele tinha um único propósito: encontrar quem seria o responsável pelas mortes e acidentes misteriosos na cidade. Porém, ele que não poderia imaginar que fosse se apaixonar à primeira vista pela principal suspeita.
Benjamin está convicto de que Samantha é a culpada, e mesmo que custe seu coração, agora ele e os outros caçadores estão prontos para invadir a Ilha Hoffer.
Um acordo secular capaz tanto de proteger quanto destruir, uma vingança que ainda não tem permissão de ser cumprida, e uma nova vida repleta de obstáculos que vão desafiar sua própria noção de realidade aguardam Samantha e sua família em Apocalipse – Segundo livro da Série Herança de Sombras.
As nuvens em Tormento estão se alinhando para uma nova tempestade. Se Samantha precisa morrer, a caçada vai começar.
Um pouco sobre a história: Neste segundo livro da saga Herança de Sombras, (mas não menos importante que o primeiro) vemos um crescimento da Samantha como mulher, de todas as formas. O jeito doce que a garota escolhe se descobrir e descobrir, aos poucos, seus poderes. Claro que Samantha sempre vai contar com o apoio de Monica, sua melhor amiga, prima e fiel escudeira, o problema é que entre tantos acontecimentos, vemos uma Samantha um pouco mais isolada que o normal, já que suas primas acabam se afastando, talvez por ciúmes ou por não entenderem a nova realidade de Sam.
Claro, como já mencionado na primeira resenha sobre Luxuria (link aqui), Samantha vive em uma ilha com as primas, irmã, tias e avó. E nesse segundo livro que descobrimos que as Hoffer além de extremamente ricas, são também bruxas, na acepção literal do termo.
Então, finalmente, Samantha começa a irá, neste segundo livro, iniciar sua jornada de conhecimento pessoal e também explorar um pouco a história da família Hoffer rodeada de segredos e estranhos acontecimentos.
Além disso, Samantha, que até então namorava Martim se viu abalada por Benjamim e quando finalmente decidiu entregar seu coração ao garoto, além de levar uma bela surra de Martin teve o desprazer de perceber Ben como um possível inimigo.

Primeiras impressões: Primeiro, descobrir que Samantha é uma bruxa fez meu coração pulsar forte. Eu amo histórias de magia e tudo que é ligado ao misticismo. Além, obviamente, de um requinte de mistério.
Claro que o mistério todo da saga não gira em torno de saber ou não que Samantha é uma bruxa, mas sim em como ela vai lidar com tudo isso, além de descobrir coisas sobre sua família e amigos que antes ela sequer sonhava.
Além desses pequenos detalhes da vida de Sam, surge Benjamim, um garoto que até então se comprometia com Samantha pelo coração e, agora, se revela um possível inimigo da família Hoffer.
Impressões finais: Uma das coisas que eu mais gostei sobre esse novo livro foi perceber que Samantha, assim como a maioria de nós, mesmo tendo uma vida um pouco isolada e se sentindo um peixinho fora da água, quando descobre seus poderes e começa a querer controlá-los ela não fica absurdamente feliz ou se sente poderosa com isso, pelo contrário, ela só sente mais ainda que não se encaixa no mundo e se entristece por não poder ter uma vida normal.
Uma das minhas partes preferidas do livro é o encontro de Sam com Tui no mar, todas as vezes que os dois decidem largar o mundo pra lá e pegar uma onda faz parecer que é tudo fácil, como se fosse extremamente simples pular no mar e esquecer que os problemas existem ao menos por um tempo. A Samantha sempre tenta fazer tudo pelos amigos, deixá-los bem, ser uma boa ouvinte, sinceramente, senti pena dela nesse segundo livro quando os seus poderes, até então incompreendidos por ela, são também incompreendidos por sua família, gerando um ciúme ou desgaste natural na sua relação com as primas.
Diferente do primeiro livro, nesse segundo volume sabemos que a magia existe e vamos, junto com Samantha, aprender a lidar com ela.
E novamente o poder de persuasão da autora retratou que no fim das contas o que parecia uma descoberta cheia de magia desembocou em mais intrigas, mais aventuras e um requinte de crueldade (da Juliana, diga-se de passagem) com as idas e vindas de Sam e Ben.
Como já disse anteriormente, eu me apaixono por livros que trazem um epílogo bem construído com uma visão diferente sobre a trama e, como sempre, quis chorar e bater no Benjamin.

"Nada nunca volta ao normal depois de uma vez quebrado"

Outro detalhe importante, e esse é sobre Ben, é sobre as escolhas que fazemos, vi um garoto lutar entre o que sentia e o que julgava certo .

"Eu preferia morrer de tristeza do que por arrependimentos"

Obs: Senti meu nariz arder e coçar como quem segura um possível choro na cena final quando Samantha esfrega os olhos (sem mais delongas para não dar spoiler aqui. Só queria deixar registrado).

Sobre o autor: Nascida e criada em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Formou-se médica em 2010 pela Universidade da Região de Joinville e no programa de residência médica de ginecologia e obstetrícia na Maternidade Darcy Vargas em 2017. Apesar de que o apetite pela literatura tenha vindo cedo na forma de leitura, a escrita veio apenas mais tarde, sendo Herança de Sombras a primeira obra publicada aos seus 30 anos. Mãe do adorável Bernardo, reside atualmente entre Jaraguá do Sul e Tormento.

site: www.descajadaminhanuvem.com
comentários(0)comente



Man 06/08/2020

A estória melhorou consideravelmente, ficou mais dinâmica e bem mais interessante.
Sam aprendendo a usar seus poderes de bruxa foi legal de ler e os novos personagens tornou a estoria divertida e misteriosa (ainda acho que eles tem alguma coisa a ver com os eventos).
O desenvolvimento do casal também foi bom e como o primeiro livro o final nos prende.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Juh 24/03/2020

Magnifico, surpreendente e cheio de reviravoltas.
Em Apocalipse acompanhamos uma Sam desnorteada com sua nova realidade, afinal não é fácil do dia para noite descobrir que você é uma bruxa e que o homem pelo qual você está apaixonada é o seu caçador. Sam está se sentindo traída por quem mais ama e abalada com todas as mentiras que acreditava serem verdades.
Após descobrir ser descendente de uma poderosa bruxa chamada Valerka Björin, Sam não tem noção de quanto poder possui e muito menos como usá-lo, ocasionando, por conta de seus pesadelos com o Tubarão, muita bagunça dentro do Casarão.
Procurando por ajuda, Vozinha entra em contato com uma velha amiga. E com o objetivo de convencer Hilária a dar aulas à sua neta ambas seguem caminho para a ""ilha das bruxas"" porém, não sem acompanhantes, que atualmente não são visto com bons olhos.
Os caçadores após descobrirem o laço de sangue das Björin e a verdade por trás da família ainda estão na busca do verdadeiro culpado das mortes e acidentes, Samantha que agora está em perígo e será uma ótima isca para encontrá-los .

Com muita ação, sentimentos e mistérios toda a obra é maravilhosamente bem escrita. Conhecemos três novos personagens, que pertencem a um mundo muito diferente e ao mesmo tempo muito próximo ao das Hoffers (a maioria é legal, juro). Conseguimos desvendar alguns mistérios e segredos durante o livro mas mesmo assim ainda há muita coisa a se descobrir.
Fiquei muito feliz por todas as primas estarem se acertando em suas vidas amorosas e é muito bom vê-las felizes.
Agora precisamos conversar sobre o Sr. Benjamim, nunca pensei que ia conseguir odiar um personagem que amava para depois voltar a gostar dele e no fim perder o pouco de fé que me restava nesse serzinho maravilhoso. Juliana não tem noção do que fez comigo!!

Estou muito curiosa para o que pode acontecer nos próximos livro e mal posso esperar para aprender mais com a Sam sobre esse mundo mágico e correr muito perigo com essa guria!!
comentários(0)comente



Carol.Sousa (@filtroliterario) 11/07/2017

Resenha Apocalipse
"Ao meu ver, armas de fogo são mais úteis numa batalha e adagas são para um corpo-a-corpo, e eu nunca precisava chegar a isso. Meus alvos morriam muito antes: meu gatilho era rápido e eu nunca errava.
E, hoje, eu iria matar a garota que eu amo."
.
O segredo foi revelado, as jovens Hoffer descobrem da pior maneria quem são de verdade. Mas somente em uma delas o poder  foi despertado: Sam.
.
Se não bastasse o choque por descobrir a vdd sobre sua natureza, é revelado a Sam quem realmente é seu namorado e sua missão: matá-la.
.
Com o mundo desmoronando as suas costas, Sam vai contar com a ajuda de Hilária (amiga antiga de Vozinha) para controlar seus poderes.
.
Se sentindo traída e enganada, Sam vai ter que aturar a presença de Ben o tempo todo. As cartas foram jogadas na mesa, as Hoffer são descendentes de Valerka Björin, por isso Ben e sua "família" vão ter que protegê-las agora.
.
Se tem como ficar pior pra Sam?! Tem.
.
Ela está em perigo constante, uma pessoa com muito poder quer matá-la. Sua presença é sentida, mas sua localização desconhecida. Cada passo pode ser o último.
.
Um livro cheio de mistério, ação e muita diversão tbm, ri horrores com os novos personagens. Mais uma vez a querida @julianabizzato arrasou ??.

Nota:5/5
comentários(0)comente



Mari @leiturasdemari 13/07/2017

LIVRO PERFEITOOOOOO
Apocalipse começa na noite em que acontece o encontro das Hoffers e os Bellis.
Agora descobrimos o que há por trás das Hoffers, elas são bruxas. E não são bruxas quaisquer. Elas fazem parte da maior geração de bruxas, as Björin.
E os Bellis, na verdade são caçadores. Entendeu a gravidade da situação? Benjamim, responsável por matar bruxas, está apaixonado por uma.

"Ouvir isso da Vozinha, um observador externo, me fez perceber o quão patética estava minha situação: ter me apaixonado pelo meu próprio caçador."

Depois do encontro entre as duas famílias que tinha tudo para ser mortal, Sam entra em uma situação complicada. A pessoa por quem ela é apaixonada queria matá-la. Suas primas tem medo do que as consequências dessa revelação pode trazer. E, caramba, ela é uma bruxa!

"Benjamin sempre teria esse efeito sobre mim, tão certo quanto o amanhecer de um novo dia."

Gente, mas eu preciso conta uma coisa para vocês: EU FIQUEI LOUCA QUANDO LI O FINAL DE LUXÚRIA. Em letras berrantes porque, tudo bem que eu tinha uma noção sobre o isso, mas foi muito UAU! Agora recuperada voltemos para a programação normal rs

Em Apocalipse também acompanhamos a saga de Sam para tentar controlar seus poderes e ainda esconder dos seus amigos que não sabem sobre sua nova condição. Sem contar, a ameaça que a ronda em casa esquina querendo matá-la.

"? Nada nunca volta ao normal depois de uma vez quebrado, nem mesmo com magia."

Com a entrada de personagens novos, segredos sendo revelados e muito mistério e aventura, Apocalipse é perfeito para quem gosta de livros que não para. Que a cada novo capítulo lidaremos com um novo acontecimento. E com aquele leve sofrimento, a lá Nicholas Sparks. Porque o que eu sofri com esse livro não está no gibi.

Devo dizer que Apocalipse superou e muito minhas expectativas. Depois de ler Luxúria, eu já tinha entendido um pouco sobre a história e o jeito da escrita da Ju, então me permiti criar expectativas altas com esse livro. E, mais uma vez, a Ju super se superou.

Todas as aventuras, treinos, momentos de tensão, (a falta?) de romance, amizade e de descoberta veio trazendo a tona cada vez mais a essência de cada personagem. Podemos entender porque a Regi sempre foi mais dura, ou porque a Vozinha é tão protetora, ou porque a tia Leo sempre foi a mais sensata, ou até mesmo porque o Ben era tão misterioso.

A gatona da Sam


Apocalipse veio para matar nossa curiosidade antigas e abrir novas, porque né gente são muitas aventuras hahaha

E não vou nem falar do final. Parece que a Ju ama fazer seus leitores sofrerem com esses finais sem respostas. Mas gente, que finaaaal loucoooo! #JáQueroIra

O gatão do Ben?

As cenas foram muito bem descritas, mais até que em Luxúria e me deu a sensação de estar no livro. E isso foi incrível. Apocalipse traz uma carga emocional muito grande e sofri muito, muito muito lendo!

Apocalipse segue a minha linha de tempo que Luxúria, os acontecimentos narrados acontecem logo após o final de Luxúria e isso para mim foi super legal da autora.
Porque é normal quando lemos alguma série, um livro sempre se separa de outro pelo tempo de um ano, mais ou menos. E em Luxúria e Apocalipse isso não acontece, os dois livros são no mesmo ano e eu adorei!

Super amei Apocalipse e tratando dos seus aspectos físicos, ele está maravilhoso! Seguindo a mesma linda de Luxúria, a capa ainda mantem a mesma ideia, só mudando a cor. Lindíssima igual! Não encontrei erros ortográficos e nem de enredo. Igual a Luxúria, o livro está impecável!


E foi isso gente, vamos agora esperar Ira e sofrer mais ainda haha

Lembrando que o lançamento virtual do livro será no dia 15/07, lá no Facebook e nesse mesmo dia estará aberta a pré-venda. Não percam!!

"Meu mundo tinha sido destruído duas vezes num intervalo de um mês, um apocalipse dentro do outro, e o pior é que este era apenas o princípio do fim."
comentários(0)comente



Luana C. Berti 13/07/2017

Apocalipse ganhando corações!!!
Juliana, novamente, me surpreendeu. Luxúria foi aquele livro em que você lê em apenas um dia de tanta empolgação que a própria historia em si carrega. Mas tenho que confessar, li Apocalipse em penas um hora..UMA HORA!! Um livro tão envolvente e cheio de magia que te deixa inebriada em questão de segundos!!

Ahh, tem o Ben...Me diz quem não consegue ficar sem ele?? Amo finais que chocam você e esse simplesmente me deixou desolada porque de um certo modo em entendi as razoes de Ben fazer tal "ação" e de outro modo fique triste pela Sam.

Não posso dizer que Sam esteve feliz durante todo o livro e foi aí que a semelhança do título se intensificou. Porque Sam havia acabado de descobrir que era uma bruxa assim como Ben era seu caçador e que havia pessoas querendo mata-la então....dentro do ser de Sam, estava acontecendo um verdadeiro Apocalipse. Algumas situações pioravam e complementavam aquela destruição dentro de si, um pouco antes de acabar a leitura, vários acontecimentos resultaram na escuridão entrando em seu interior o que fez um dos motivo das "ações" de Benjamin.

site: http://blogliterariocancaodoslivros.blogspot.com.br/2017/07/resenha-apocalipse-heranca-das-sombras.html
comentários(0)comente



Literatura Por Amor 13/07/2017

Livro MARAVILHOSO - Por: Literatura por amor.
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim. Hoje vou apresentar a vocês o livro “Apocalipse - Herança de Sombras #2” da escritora Juliana Bizatto, que contem 313 páginas e foi lançado Independente.

O segundo livro da saga Herança de Sombras, dar continuidade e estória de Benjamim e Samantha. Samantha sempre soube que existia um segredo muito grandioso sobre a sua família e que Benjamim também guardava um segredo. E já no começa do livro o segredo dos dois é desvendando e eles descobrem que as Hoffers faziam parte de uma geração muito poderosa de bruxas as Bjorin e os Bellis era caçadores de bruxas, ambos tinham ancestrais que viveram anos e anos tentando matar uns aos outros.

Benjamim tinha sido enviado pela Ordem de Caçadores de Bruxas para investigar quem era o responsável pelas mortes e desaparecimentos misteriosos que estavam acontecendo em Tormento. Porém, ele não podia imaginar que estava apaixonado pela principal suspeita de todos aqueles acontecimentos estranho, e muito menos poderia imaginar que Samantha fazia parte de uma linhagem de bruxas.

Mais e agora o que será que Benjamim ira fazer, pois ele tem certeza que a sua amada é culpada e que os caçadores estavam chegando à Ilha Hoffer para matar qualquer bruxa que ali morasse.
No segundo livro da saga Herança de Sombras, muitos segredos são desvendados junto com muitas aventuras e mistérios. Será que vai ser possível um amor entre uma bruxa e um caçador de bruxas? Será que o amor dos dois vai ser mais forte do quer qualquer luta de séculos entre as famílias?

Gente o livro é maravilhoso e eu gostaria de destacar a diagramação do livro que está linda e rica em detalhes, tanto na capa maravilhosa que temos quanto por dentro. Fiquei mais uma vez muito encantada com o livro da Juliana Bizatto, pois a sua escrita é magistral e ela conseguiu derramar seus sentimentos e emoções na composição da obra, provando quão talentosa a autora é em conseguir da continuidade a uma estória tão arrebatadora. De fato, ganhei mais um livro para chamar de preferido, pois também amei a leitura da primeira obra e já estou super ansiosa para ler o terceiro livro.

E claro que eu não poderia deixar de recomendar essa super obra para vocês, e quem ainda não leu o primeiro livro da saga Herança de Sombras o “Luxúria”, corre lá e leia, tenho certeza que vocês não vão se arrepender de ler essa saga maravilhosa.

https://literaturaporamor1.blogspot.com.br/2017/07/resenha-apocalipse-heranca-de-sombras-2.html

site: https://literaturaporamor1.blogspot.com.br/2017/07/resenha-apocalipse-heranca-de-sombras-2.html
comentários(0)comente



allitamartins 14/07/2017

Esplêndido!!!
No final de Luxúria, descobrimos que Sam é uma bruxa e que seu namorado Benjamin é um caçador de bruxas que foi a Tormento especificamente para matar a bruxa da região.

Sam não sabe que é bruxa, e nem que tem poderes. Em Apocalipse iremos descobrir que sua família é descendente da bruxa mais poderosa que existiu, mas ninguém sabe o que levou a garota a desenvolver poderes depois de tanto tempo.
Ben tem que matar Sam. Mesmo sentindo algo pela menina, o trabalho dele sempre virá em primeiro lugar. Mas, algumas reviravoltas irão acontecer.
Sam, Vozinha e Mô irão atrás de uma bruxa para ajudar Sam a controlar os seus poderes. Ben não confia em deixá-las ir sozinha e por isso, resolve ir com elas junto com Tami. Lá, eles irão encontrar Hilária, uma bruxa amiga da Vozinha. A mulher tem 2 filhos bruxos: Caio e Rica.
ㅤㅤㅤㅤ
Pelas minhas estrelinhas, que livro foi esse?! Simplesmente não consegui largar, é totalmente envolvente.
A Sam continua com o jeito dela. E Ben me deixou apaixonada. Porém, em algumas partes senti vontade de bater nos dois e enfiar a cara de um no outro.

Sam está magoada pelo que Ben iria fazer. Ben não sabe lidar com tudo que está sentindo e com o fato dela ser uma bruxa.

Com alguns segredos perdurando a obra, com um toque de mistério, suspense e romance, Apocalipse chega para conquistar.
O final não poderia ser melhor, deixando o leitor aflito pela continuação. A escrita da autora apenas cresceu e adoro a formalidade que ela emprega nas frases.
Por fim, recomendo muito o livro! É maravilhoso!

A vida é feita de escolhas. Escolher sua próxima ação não é algo fácil, pois mexe com muitas pessoas a sua volta. Ben escolheu matar a bruxa por quem estava apaixonado, mesmo não tendo certeza de tudo que estava ocorrendo. Sam, por sua vez, não sabia que era uma bruxa e nem que tão pouco tinha poderes tão fortes. Se dependesse dela, ela escolheria não ter poderes, mas isso é algo que não está no seu controle.
Cada um faz escolhas que mudam seu destino, que podem te aproximar ou te afastar de pessoas importantes. Mesmo quando você deve ficar longe, você quer ficar perto, o coração é um campo minado, que não segue o que sua cabeça sinaliza como certo. As borboletas são impossíveis de controlar, e elas adoram saltitar no estômago dos apaixonados, elas sempre querem se alimentar de esperança. Porém, a vida não é fácil, lidar com sentimentos e o sobrenatural menos ainda. Um apocalipse está perto de explodir, só não sabemos se ele acabará com o mundo ou com corações apaixonados...
comentários(0)comente



Brunna Nunes (Lendo com A Brunney) 15/07/2017

Adorei ! Simplesmente sensacional !
Apocalipse é o segundo livro da Saga denominada Herança de Sombras, da autora parceira Juliana Bizatto. O primeiro que dá início a saga é chamado Luxúria, publicados independente, sem auxílio de editora. A Saga conta a história da Samantha, mais conhecida como Sam, uma menina que acaba descobrindo algumas coisas estranhas sobre o seu passado.

   No final de Luxúria, Sam descobre ser uma bruxa, descendente de uma das maiores gerações de bruxas, mas todas tem os poderes bloqueados devido um acordo que já dura séculos, e a Hoffer mais desastrada e descontrolada que infelizmente conseguiu desbloqueá-los, mesmo não sabendo como.

   Benjamim, é um caçador e segue ordens para matar a bruxa que desbloqueou os poderes, levando-o para um beco sem saída, pois essa menina é alguém pelo qual se apaixonou perdidamente quando chegou em Tormento.

   Em Apocalipse, surgem novos personagens, pois Ben, Sam, Vozinha, Mô e Tami, embarcam em uma viagem de dois dias, pois não podem permanecer mais de três noites fora da ilha, por motivos peculiares. Quando chegam ao seu destino encontram a Hilaria, uma bruxa amiga de longa jornada de vozinha, que ajudará Sam a controlar seus poderes.

   Além de Hilária, também são apresentados seus filhos, Caio e Rica, que devido a sua beleza começam a mexer com as emoções de algumas Hoffer. As Hoffer, começam a ficarem mais próximas, as primas Mônica, Lucille, Regine, Simone, Bárbara fazem de tudo para que Sam não se isole novamente.

   O vínculo entre a família Hoffer também se intensifica, devido aos novos moradores da ilha, mas a batalha será travada não apenas na luta, com magia e força, mas sim dentro de Sam, que lutará com todas as suas forças para manter os seus poderes sobre controle e não machucar a sua família, e também tentará controlar sua raiva provocada por um coração partido, causado por Ben, um relacionamento com base em mentiras...

   Falando um pouco sobre o livro, a capa foi feita com muito esmero, com um símbolo diferente da capa de Luxúria, o que nos leva a pensar que cada livro da Saga, terá um símbolo diferente; eu quero super ter logo o físico dele para fazer companhia a Luxúria na minha estante.

   O final é totalmente espetacular, por mais que tenham mais 7 livros pela frente.. ou mais, é completamente inesperado, pois você imagina que algo vai acontecer e não passa nem perto nisso, a Ju escreve tão bem, deixando o final fechado e com poucas dúvidas a solucionar, até se ela quisesse terminar a saga agora, poderia.

   Não acreditava que iria ter esse final, foi bem triste, recheado de drama e magia como a Ju gosta rs. Ela gosta mesmo de fazer a gente sofrer hashahsahs ! Apesar de tudo eu simplesmente adorei esse livro e já quero ler Ira, o 3° livro, acho que sai próximo ano.

   A Ju já está escrevendo o terceiro volume, e ele vai estar com mais de 200 páginas (GRAÇAS A DEUS), o tanto de páginas ela já escreveu, e eu estou como ? Isso mesmo ! Surtando ! Então Ju, se estiver precisando de uma beta para Ira, estarei disponível todos os dias, principalmente de madrugada kkk.

   Beijinhos gente ! E até mais ! Espero que tenham gostado da resenha e em breve trago a  resenha do 3° livro da saga... tenho fé que o próximo ano não demore tanto assim, senão eu juro que sequestro a Juliana e faço ela escrever tudo e me mandar é claro muahahahaha !
comentários(0)comente



Alice - @enjoybookss 15/07/2017

Melhor série de todas!
O livro conta com muita ação e suspense. Com personagens bem construídos e marcantes, com suas qualidades e defeitos. Adorei muito os protagonistas e antagonistas de Apocalipse e digo que somente eles já fazem a leitura valer muito a pena. Nesse livro temos todas as nossas perguntas que surgiram no primeiro livro, respondidas.

Temos mais personagens acrescentados na história e isso me deixou encantada. A capa continua linda e com detalhes únicos dos livros da série. A diagramação está perfeita e não encontrei em nenhum momento um erro de escrita. Tudo está em perfeito estado e com muitos detalhes.

A primeira coisa que me marcou no livro com toda certeza, foi a escrita da autora. Desde a primeira página ela consegue nos prender com uma narrativa leve, rápida e que deixou a leitura fluida.

Apocalipse é um livro que não deixou a desejar em nenhum momento. Comecei com as minhas expectativas lá em cima, e fui me surpreendendo a cada momento com o desenrolar da trama. Ainda não acredito que cheguei ao final do livro.

Juliana Bizatto consegue ir mostrando a intensidade de sua história aos poucos. Deixa algumas coisas sem solução claramente definida, coisa que, quando se olha atentamente, vê-se que é outro jeito de aproximar ainda mais a ficção da realidade. Usa e abusa de uma premissa inovadora de forma inteligente, sem tentar passar

Já estou querendo ler o próximo livro da série. Quero matar as minhas curiosidades, pois muitos pontos foram deixados em aberto (na minha opinião) além de saber como as coisas irão acontecer a partir de agora.


site: http://blogenjoybooks.blogspot.com.br/2017/07/resenha-apocalipse-da-juliana-bizatto.html
comentários(0)comente



livrosdavivi 15/07/2017

Magnífico!
"O último raio chegou perto o suficiente para jogar todo meu cabelo no rosto, reprimi um sorriso, as borboletas tinham se agitado. E isso fez os meus olhos se abrirem."

 Em Apocalipse vamos conhecer A Ordem de Caçadores de Bruxas, os Bellis, no qual Benjamin, Tami, Marcus e Marília faziam parte. Eles foram enviados para Tormento por causa dos acontecimentos estranhos presentes na cidade. Seu alvo principal era a ilha Hoffer, onde moravam as Hoffers, bruxas que faziam parte da geração mais poderosas de bruxas com magia negra, as Björin.

 A principal suspeita dos acontecimentos em Tor era Samantha, mas ela não fazia ideia de que tinha poderes, ela sabia que tinha algum mistério envolvendo sua família, porém, quando soube foi de súbito. E o mais inevitável aconteceu: um caçador se apaixonar por uma bruxa. O que Ben irá fazer? Se Sam for mesmo a culpada das tragédias, ele irá machucá-la?...

"Eu sentia o vento mudando, e ele trazia esperança."

"Éramos dois estranhos, unidos por circunstâncias extraordinárias." 

 Em Apocalipse, vamos conhecer mais personagens: Hilária, que será tutora de Sam; Caio e Rica, que são bruxos de 5° grandeza e filhos de Hilária. Também veremos que a união entre as Hoffers irá se intensificar, pois cada uma irá precisar da outra nessa nova jornada em suas vidas.


 Esse conflito entre Ben e Sam acabou com meu coração, Benjamin Bellis e Samantha Hoffer estavam completamente apaixonados, porém, ele era um caçador e deveria matar a causadora dos desastres, que supostamente seria Sam. Mas, será que foi ela mesmo?

  As respostas de todas essas dúvidas e questionamentos estão em Apocalipse! E adiantando logo, em breve será lançado o 3° livro da Série Herança de Sombra, que se chama Ira. AH! Já quero ler!

site: https://mundoliterariodavivi.blogspot.com.br/2017/07/lancamento-resenha-apocalipse-juliana_15.html#comment-form
comentários(0)comente



Giovana | Blog Dei um Jeito 13/11/2017

A Jiripoca vai piar!™
Apocalipse começa com uma tensão nas alturas, continuando o epílogo de Luxúria, aquele que jogou várias cartas na mesa e deixou os leitores juntando os caquinhos.

A vida das primas Hoffer sofrem uma baita mudança, sendo a carga maior para Samantha: a única bruxa da família Hoffer com os seus poderes livres. Essa descoberta faz com que as Hoffers tenham mais respostas da Vozinha do que esperavam ter algum dia na vida, envolvendo o porquê de seus poderes estarem bloqueados e um pouco da história da família (pode mandar mais nos livros futuros que eu estou adorando).

Já Samantha tem que ir com sua prima/melhor amiga, com a Vozinha e certos caçadores para Solaris, um refúgio/pousada cheio de bruxos que é um sonho (meio embriagado) de lugar para se viver, truques de qualquer serventia são bem feitos e que qualquer um quer saber fazer, e um ótimo lugar para ficar doidão, ouvir Bob Marley fica a gosto do freguês.

Eventos que em Luxúria costumavam afetar somente Samantha, já acontecem de afetar mais gente em Apocalipse e já quero que o povo que está fazendo mal à galerinha querida seja reunido e serem colocados frente a frente com uma Sam com muita raiva.

Eu tenho um probleminha com os homens de Herança de Sombras e como eles demonstram interesse nas meninas, Caio eu queria dar uns coices na segunda vez que ele deu em cima de alguém, e por mais que ele conseguiu mostrar uma face amigável eu ainda tenho ranço dele (talvez o uso de seus poderes ajudem futuramente ajudem na minha opinião). Benjamin é um que está precisando de algum POV próprio para: dizer o porquê de ficar no chove não molha quando o assunto é Sam e de comportamentos no fim do livro. E eu continuando venerando o Tui, que merece dar aulas de como ser amigo e ensinar a arte da dança sulista, o cara é um exímio dançarino, como não apaixonar? Só falta cozinhar pra ser um Rodrigo Hilbert dos livros!

Outra coisa que continuo venerando é o companheirismo das primas, elas vivem soltando coices e tendo desavenças, mas elas são uma unidade, se protegem e se ajudam, cada uma do seu jeito. Samantha com seus poderes consegue extrapolar seus sentimentos em forma de poder e que dó dos meteorologistas de Tormento! Com o mundo na ponta dos dedos Sam tenta salvar quem ama como uma leoa! Como não torcer pela sua jornada?

Coisinhas menores que deixaram o livro um charme: toda a cultura sulista, seja os diálogos cheios de TU, ou festas e danças típicas. Referências a culturas/religiões bem nacionais que o pessoal as resumem em apenas "macumba". A escrita mantém os diálogos certeiros, desenvolvimento necessário quando se trata da protagonista e um ritmo que vai do gostosinho ao alucinante.

site: http://deiumjeito.blogspot.com.br/2017/09/livros-apocalipse-heranca-de-sombras.html
comentários(0)comente



mlaurapessoa 15/11/2017

OPINIÃO | Blog Literary Heart
Apocalipse continua com a pegada de mistério no ar, assim como Luxúria. A história está ainda mais fluida e emocionante, nos levando ao desfecho com uma piscada de olho. Além dos antigos personagens, ao longo da trama foram entrando mais alguns na qual fiquei intrigada, principalmente com a Hilária. Todos os personagens foram muito bem construídos e com personalidades fortes, principalmente o Benjamin que me fez ama-lo e odiá-lo facilmente. Em muitos momentos tive pena e raiva da Samantha por algumas atitudes, mas não deixei de ama-la;
Estou encantada com a escrita da Juliana, que evoluiu ainda mais em Apocalipse, nos deixando de boca aberta e olhos inchados com aquele final. O enredo foi super-rápido e intenso, e ainda não caiu à ficha que o livro acabou!

Como a Ju disse "Se você achou que fatos soltos já não eram mais inocentes no final de Luxuria, em Apocalipse você vai começar a desconfiar das vírgulas", e eu concordo plenamente! Se você deseja ler os livros dessa serie, prestem atenção em todos os parágrafos para não ficar perplexo no final como eu. kkk

site: http://literaryheartt.blogspot.com/2017/11/resenha-apocalipse-heranca-de-sombras-2.html
comentários(0)comente



Duda Mel @epifania_literaria 07/12/2017

Fenomenal! Ansiosa pela sequência!
"Meu mundo tinha sido destruído duas vezes num intervalo de um mês, um apocalipse dentro do outro e o pior é que este era apenas o princípio do fim."

Resenha:

O livro retoma exatamente a mesma noite em chamas que finalizou "Luxúria", trazendo dessa vez uma grande reviravolta para todos os personagens.
Sam é apresentada a uma realidade com a qual não será nada fácil se acostumar. De repente, as Hoffer eram Björin, uma antiga linhagem de bruxas que tinha feito acordo para se manter viva durante a Inquisição, e seu namorado, justamente um caçador disposto a matá-la.
Não que todo o romance vivido pelos dois tenha sido esquecido, contudo há outros problemas que não podem ser levados a partir de sentimentos bobos e corruptos. Eliminar bruxas foi sua grande missão durante a vida, porém, após descobrir sobre sua linhagem e que as Hoffer/Björin estavam protegidas por um antigo acordo, Benjamin precisa ter coragem não só para encarar Sam, que o odeia enormemente, como também para revogar todo e qualquer sentimento.
Por motivos ainda desconhecidos, os poderes de Samantha foram desbloqueados e crescem a cada dia mais. Janelas quebram, livros são arremessados, tempestades mudam de acordo com seu humor. O tubarão, seu mais novo-velho amigo, faz questão de mudar suas táticas a cada sonho e devorá-la sem dó.

"Todo mundo torce por um potinho de luz na escuridão."

Entretanto, os indícios de bruxaria em Tormento também não foram deixados de lado. Sem um culpado sendo descoberto, a rotina de Samantha e os caçadores fica cada vez mais atrelada e lidar com os sentimentos que nutri por cada um deles após ser traída é uma batalha interna na qual sempre sai sangrando e chorando.
Mesmo protegida pelos caçadores, há alguém disposto a matá-la. A sede por poder nunca foi tão grande por aquele liberto recentemente e agora todo lugar representa perigo, assim como as pessoas são suspeitas.
Quem estará verdadeiramente disposto a lidar com tamanho apocalipse em sua vida?
Novamente, a autora traz uma história envolvente, regionalista, com críticas disfarçadas e cheia de detalhes fascinantes, contudo numa realidade totalmente diferente da primeira. As personagens antes com tamanha razão para tudo começam a duvidar de suas vidas e, até mesmo o companheirismo eterno entre as Hoffer, acaba sendo abalado.
Bem escrito e revelador, em Apocalipse pode-se acompanhar um destino nada fácil de uma jovem em crise consigo mesma, com ideias pipocando na cabeça a todo instante enquanto se vê pela primeira vez traída na vida, que por acaso está de pernas para o ar.
É possível notar a ingenuidade com a qual Samantha convivia sempre em sua bolha de festas, família, garotos e surf se desfazer com um raio, vindo não somente para estourá-la como para anunciar uma enorme tempestade e que o mar talvez as ondas estejam ainda maiores do que ela possa enfrentar.
Há o aparecimento de outros personagens que chegam com a ideia de ajudar, os quais movimentam bastante a narrativa, sendo eles Hilária, nova professora de bruxaria de Samantha, e seus dois filhos, Rica, que se envolve com Mô, e Caio, um rapaz persistente a conquistar Sam. Isso e a revelação do significados os símbolos que estampam a cada de cada livro.
Entretanto nem toda companhia parecerá surtir efeito para os grandes incêndios que marcam essa temporada da vida da protagonista, não somente de forma literal como interna, na qual Sam precisa se concentrar e conseguir lidar com a raiva que se tornou força motriz de todos seus poderes e ainda tentar renascer das cinzas as quais todos seus sonhos foram reduzidos.
Em meio a uma enorme crise, fica complicado inclusive decidir em qual lado ficar, pois ambos têm seus acertos e erros. Samantha foi traída. Mantém-se irredutível quanto a uma possibilidade de perdão após ter sido magoada dessa maneira. Benjamin também teve seus motivos para chegar até ali. Logo o leitor é apresentando a um cabo de guerra entre os sentimentos e a razão com corda prestes a se romper por tamanha força usada e na qual os dois jogadores sairão machucados. Na verdade, três, se por acaso o leitor sentir-se sugado pelo casal, o que não é improvável de acontecer, pois os inúmeros segredos da história já despertam curiosidade e as teorias conspiratórias aumentam a cada livro.
comentários(0)comente



40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3