Amor à Primeira História

Amor à Primeira História Beatriz Prado




Resenhas - Amor à Primeira História


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Paula.Matcki 15/07/2017

Meu neném
MEU AMORZÃO DA MINHA VIDA.

Eu vi esse livrinho nascer, desde as primeiras palavras até o final. É um dos melhores livros que li, sem precisar de palavras rebuscadas e grandes acontecimentos, tragédias e tudo mais. Existem poucas coisas na vida que conseguem ser boas sem falar besteira, ser incríveis e ao mesmo tempo puras e inocentes, e esse livro é uma delas.

A Alice me lembra muito eu na minha forma mais pura, é uma das minhas personagens preferidas. Uma personagem cativante, inocente, que acredita em amor de verdade. Como leitora, ela sonha demais e é assim que todos nós somos um pouco por ler. Ela só sonha com o final da sua história e vai fazer de tudo para conseguir, até mesmo ir atrás do autor dela para encher o saco dele logo.

O Marcelo é o escritor mais fofinho do mundo. Um menino empático, que não quer tudo da vida, mas tentando agradar as outras pessoas, acabou ficando infeliz demais. Mas quando chega o email de uma leitora brava querendo o último capítulo do livro que ele parou de escrever, o que acontece, hein?

Vaaaai, Marcelo. Toma bastante na cara que é aí que você acorda pra vida, hahahaha.

Mas brincadeiras a parte... :D

Sabe aquele livro que você lê lembrando da sua infância? Que você lê, e tudo parece tão mais simples do que é? É isso que mostra esse livro. Ele fala do amor na sua forma mais pura, sendo fofo e cuidadoso, com palavras tão lindas e que se encaixam tão bem na narrativa do livro que parece que a escrita da Bia foi feita para escrever ele - se qualquer outra pessoa tentasse, não seria tão bom quanto é.

Ele é cheio de emails fofinhos e diálogos apaixonantes. Não é por que é simples que ele não impressiona, não, por que é de tirar o fôlego. Amor à Primeira História é sim para todas as idades, porque se trata de amor, mas na sua forma mais profunda. Uma lição de vida que se fantasia de história simples e calma para ensinar coisas que, mesmo adultos, todos nós deveríamos aprender e entender para todas as nossas vidas.

Esse livro fala de todas as histórias de amor porque se trata nada mais, nada menos, do que o primeiro amor, o amor de verdade, aquele que a gente sente na inocência, sem maldade e empecilhos desnecessários. Por isso mesmo que é uma leitura para todas as idades, afinal, muita gente gosta de ler sobre amor.

Eu poderia comparar a sua escrita, Biazinha, com qualquer escritora do mundo que você conhece, e eu realmente acredito que você se pareça com elas - mas o ponto, para mim, é que é suficiente que a sua escrita pareça com você, mesmo. É suficiente.

A habilidade na escrita foi tanta que você seguiu um roteiro incrível e bem delineado, instigante do começo ao fim, tudo pelo coração. Por que, essa sim, é uma história que veio de lá.

Esse livro fala de sonhos, de não mudar por conta de outras pessoas, do amor forte de verdade, aquele por quem se faz tudo; e da forma mais pura e inocente que provavelmente, todos nós um dia fomos.

AGORA POSSO SER LOUCA.
QUE ORGULHO DO MEU BEBÊ!!!!!!!!!!!!
GUTENBERG, OLHA EU AQUI, HEIN.

PS: Daqui há 10 anos vamos estar rindo disso, porque afinal, vou ter estado certa e você foi publicada por uma grande editora. Podíamos apostar uns livrinhos, e tal, por que sei que vou ganhar.

PS 2: Quero mais livrinhos
Beatriz @4estacoess 15/07/2017minha estante
AAAAH QUE RESENHA MAIS LINDA ????




Elaine @pagesandseasons 03/08/2017

Muito fofo
Um romance lindo, onde eu queria ser a protagonista. Quem nunca se apaixonou por um autor? Hahah Meu teto é de vidro e eu queria sim agarrar o Marcelo (imaginando meu autor favorito).

A Bia falou comigo o livro inteirinho e foi isso que deu aquele toque final e me fez cair de amores pela história. A linguagem moderna foi certeira para a leitura fluir muito bem.
Super recomendo!
Beatriz @4estacoess 04/08/2017minha estante
Aaaaaah que linda!!!




Graziih 03/08/2017

Não gostei.
Na minha opinião a historia foi rapida demais.
A ideia do livro era maravilhosa, mas não foi bem explorada.
Eu não gostei da forma de escrita e achei a historia bem bobinha e chata.
Apesar de tudo, eu simpatizei bastante com o Marcelo.
comentários(0)comente



@umlivroeumvinho 17/04/2019

Maravilhoso!
Sabem aqueles momentos da vida que você não consegue se concentrar em nenhuma leitura? Aconteceu comigo. Pensei comigo: "Calma, respira, pare. Vamos encontrar um livro leve e perfeito para o momento". Abri o Kindle e me deparei com Amor à Primeira História, que eu tinha baixado alguns dias atrás. E assim eu o devorei madrugada adentro.

Esse lindo romance, nos conta a história de Alice - uma leitora voraz, e Marcelo - um escritor com um livro inacabado. É possível se apaixonar por palavras? Pois para nossa protagonista é. Após ler um livro em uma plataforma online, Alice fica indignada que o último capítulo não foi postado. Assim, ela envia um e-mail para Marcelo, cobrando o final da história.

Eu amei a narrativa que a autora trouxe, com diálogos do narrador diretamente com o leitor. Me senti próxima, como se estivesse vendo as cenas se desenrolarem na minha frente.

É exatamente uma leitura para dias que descrevi no início do post. Dá aquela revigorada no ânimo e coloca um sorriso em nosso rosto. Descobri que é possível se apaixonar por palavras, quando me apaixonei por essa bela história.

📚 "É estranho pensar que alguém pode se apaixonar pelas palavras do outro, mas pra mim que vivi grande parte da minha vida nos livros, não vejo forma melhor de me apaixonar."

Beatriz @4estacoess 25/04/2019minha estante
Essa resenha aquece sempre meu coração




Carol.Lima 06/04/2018

Lindo
Meu amor. Amei sua historia como os personagens se conecta com o leitor, nos levando a imaginar como se estivesse dentro da historia. Esse livro me proporcionou varios tipos de sentimentos aleatorio e inesperado. Estou muito feliz com essa leitura. Espero que vc venha lançar mais alguns sucessos de livros.
comentários(0)comente



Isabela.Lopes 04/09/2018

Vários clichês que não deram certo
Por mais que autora trate de assuntos importantes na passagem da adolescência para a vida adulta(como a escolha da carreira a seguir baseada nos seus sonhos ou no que os seus pais querem para você), a história é CHEIA de clichês. E no final, essa junção de clichês não deu certo.

"Amar não é prometer ser pra sempre, amar não é ser exclusivo, amar é ser livre. Amar é escolha. É mesmo com mil coisas pra escolher, você escolher um único alguém."

"Um coração partido não tem aviso prévio, um novo amor também não."
Beatriz @4estacoess 15/10/2018minha estante
Poxa, sinto muito que você não tenha gostado. Mas obrigada ainda assim pela a avaliação ?




Pages and Seasons 09/08/2017

Um casal muito fofo
Alice tem 16 anos e procura nos livros as aventuras e emoções que não encontra na sua vida real. Muito inteligente e com um senso crítico bem afiado, ao ler uma história sobre uma banda e se deparar com a ausência do capítulo final, a menina fica muito incomodada e precisa fazer algo para devolver a sua paz. A solução é mandar um e-mail meio desaforado, meio esperançoso, para o autor Marcelo. O que ela não esperava é que depois de um tempo receberia uma proposta que a tiraria de sua zona de conforto e a aproximaria do autor também conhecido como “babaca” (kkk). Marcelo está bem “meia-boca”, estudando onde não quer, procurando emprego que não quer, sendo quem não quer. E tudo isso graças a quem? Sua mãezinha que não aposta em seu sonho de ser escritor. Mas uma guinada está programada em sua vida e tudo começa com aquele e-mail de certa leitora que achou bem falta de educação ele não terminar o livro e que optou por apoiar o rapaz a continuar, mesmo querendo lhe falar umas boas verdades.

Dois Estados diferentes, dois corações que batem no mesmo ritmo e uma “ex” disposta a atropelar quem for para ter o seu namorado de infância de volta. O amor sobreviverá a tudo isso?

Em “Amor à primeira história”, Bia Prado literalmente fala com o leitor sem floreios, com uma linguagem bem jovem e repleta de pensamentos que poderiam ser seus naquele momento. Os personagens principais são apaixonantes e o que mais me conquistou foi o jeitinho despojado e bem real de ambos. Alice é toda menina sonhadora e Marcelo retraído com medo de ser infeliz.

Muitas passagens aqueceram o meu coração e seria muito injusto ter que escolher apenas uma, então vou deixar uma pergunta no ar: “O que você faria se tivesse a oportunidade de fazer um contato direto com o autor de sua obra favorita?”

site: https://www.instagram.com/p/BXfVyPflAKg/?taken-by=pagesandseasons
Beatriz @4estacoess 09/08/2017minha estante
Eu amo amoooo essa resenha ?




Menina dos Livros 21/12/2017

#ResenhadaMenina
.
.
?Amor a primeira história
?Beatriz Prado
?161 páginas
? Lançado em 2017
?Produção Independente
? Disponível na Amazon
? 4
.
.
?"Ah, o amor! O amor que tanto procuramos. O sentimento retratado em milhões de livros, poemas, textos jogados em blogs e jornais. Ah, o amor!"
.
.
?Alice, é una menina super na dela, que nunca se apaixonou na sua vida. Sam, sua melhor amiga, em contra partida acredita achar o amor da sua vida a cada menino que conversa. Alice ama ler, eka praticamente vive o livro, vive atras deles se escondendo do mundo. Um dia Alice resolve ler um livro de uma plataforma gratuita em um site e se apaixona pela história e pela escrita, porém falta o último capítulo do livro e, a menima está tão envolvida com o livro que os personagens a perseguem em sonhos. Então a nossa pequena menina resolve que vai procurar o autor do livro, para saber dele, o porquê de ter parado com o livro faltanfo apenas um capítulo, e é aí que ela conhece Marcelo,o Babaca, quero dizer o autor do livro.
Quer descobri porque eu chamei ele de Babaca ? Então você vai ter que ler o livro ??.
.
.
?Pessoinhas do meu coração, que livro mais fofo ?. Estou apaixonada pela escrita da Bia, ela é tão fluída, tão leve que da um doce a mais na história.
Não vou negar que tem um leve clichê por lá, mas quem não ama um clichê? Bom eu sei que eu amo, e amei esse livro. A leitura é muito rápida, os personagens são bem intensos em seus sentimentos, mas como em todo bom livro, nada é facil, sempre rola uma treta aqui, outra ali e por ai eles vão vivendo.
Eu gostei muito da experiência de ler esse livro tão amorzinho, com esses personagens tão amorzinho.
A autora soube explorar bem esse casal e mesmo com a distância dos dois, nós podiamos sentir a presença deles sabe, eles não precisavam estar lado a lado ou até memso perto um do outro para sabermos que eles faziam bem um para o outro. E olha só, De uma lado temos uma leitora voraz e por outro um escritor que ama aquilo que ele faz e o faz com louvor. Tem como não amar essa combinação ?? É claro que não.
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8