Uma História de Verão

Uma História de Verão Pam Gonçalves




Resenhas - Uma história de verão


69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


José Vitor 22/05/2020

Leitura: 17/11/17
4,5 estrelas.
.
Como sempre, Pam Gonçalves arrasando na escrita. Nesse segundo livro publicado, da para perceber a evolução na escrita da autora.
“Uma Historia de Verão”, conta a história de Ana Luísa, uma menina que já tem o seu futuro planejado pelos seus pais. Sua mãe quer que Analu faça faculdade de Direito, para realizar o sonho que ela não pode realizar, e já seu irmão gêmeo, André Luís, irá seguir os passos do pai para poder comandar a empresa da família. Só que a família de Analu não esperava que ela tinha feito a inscrição do vestibular para Cinema e não Direito, e ela fica com medo de contar para seus pais, mas depois do que aconteceu, ela é obrigada a falar para eles.

Achei essa história mais leve do que “Boa Noite”, primeiro livro da autora, porém não deixou de ter sua carga dramática, a personagem sofre muito com a sua família, que tenta mostrar para sociedade que está tudo perfeito, sendo que no fundo está tudo quebrado. Me identifiquei com os amigos de Analu nessa situação, pois já conheci pessoas com esses problemas familiares.

Ora gostava do Murilo, ora odiava o Murilo. (Mais odiei do que gostei, para falar a verdade). Shippei forte Analu com o Nicolas!

Achei toda a história ótima, porém, quando chegou no final eu senti que estava acontecendo tudo muito acelerado, não dava muito tempo para processar tudo que acontecia. E também os últimos capítulos foram bem vagos, provavelmente para uma continuação, quem sabe?
Eu adoraria saber tudo que aconteceu depois das reviravoltas nos últimos capítulos!
comentários(0)comente



Bella 18/05/2020

Uma ótima releitura, A escrita da Pam é maravilhosa, a história de prende do início ao fim, E uma história leve pra se ler durante o verão, mais também em um dia frio.
comentários(0)comente



Layza 16/05/2020

Uma história de verão |???½?
- Fico feliz com a evolução de escrita da Pam, tenho certeza que leria até a lista de compras dela.
- É gostosinho de ler.
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 05/05/2020

Resenha da Fábia Barbosa
Verão, aquela época do ano que a gente fica muito propenso a felicidade, concordam, coalas? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E aqui na Bahia, a maior parte do tempo é verão, por isso trago hoje, a minha opinião sobre o livro "Uma história de verão" da Pam Gonçalves pela @galerarecord
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sabendo que a fase de transição da escola para a faculdade é levemente complicada, principalmente quando as pessoas tem uma ideia diferente da sua para o curso escolhido, em meio a isso some um pai adúltero, uma mãe complacente e um irmão modelo; além de um amor do passado e a possibilidade de uma reconciliação fadada ao fracasso, essa é a vida de Ana Luísa Genovez.
A história é narrada do ponto de vista dela e embora eu tenha achado levemente enrolada demais, considero uma boa história. A todo momento esperei por uma reviravolta que não veio, na verdade até tem uma reviravolta no final, mas nada que vá mudar de forma drástica a vida da nossa protagonista.

A história é leve, fácil de ser lida, mas na minha humilde opinião da umas voltas desnecessárias.

Talvez eu tenha esperado demais do livro, devido a todas as opiniões que li sobre ele e isso tenha me trazido um leve gosto de decepção, mas isso não quer dizer que o livro seja ruim, apenas que não atendeu as minhas expectativas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Se eu leria ele novamente? Provavelmente sim, mas não daria muita certeza. Aos meus amigos que me deram ele de presente, muito obrigada, foi uma boa experiência. ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Por hoje é isso meus amores, espero que tenham gostado e vamos conversar mais sobre ele. Um super beijo, fiquem com Deus e até mais 😘


site: https://www.minhavelhaestante.com.br/2020/04/uma-historia-de-verao-pam-goncalves.html
comentários(0)comente



Carolinasantos 05/05/2020

Muito bom leitura muito fluida, amei os flashbacks da relação da analu com o Murilo, facilitando o entendimento da relação deles. Uma leitura bem gostosa de fazer que te leva para dentro da história.
comentários(0)comente



Gabi 24/04/2020

Não fui surpreendida
Fiquei curiosa pra saber o desenrolar da história mas não gostei tanto quanto imaginei que gostaria.
comentários(0)comente



Rah 16/04/2020

Tem um trio de amigos incríveis, uma personagem que vai começar uma vida independente e é claro um pouco de romance
comentários(0)comente



Júlia 12/04/2020

Rápido de ler, mas não consegui me apegar aos personagens. Um casal que não vale a pena e personagens realmente interessantes mal aproveitados.
comentários(0)comente



Emylly.Christino 05/04/2020

Uma história rápida, e que te faz sentir mts coisas.
comentários(0)comente



Júlia Barreto 16/03/2020

Romance focado na protagonista
O livro não é um romance clichê e tudo mais que costumamos ler, já que é mais centrado nos sentimentos da protagonista do que qualquer coisa (e amei muito isso). Ela se aprofunda muito na família completamente tóxica que Analu precisa ?tolerar?, assim como relacionamentos mesmo quando ambos se amam, as vezes é preciso abrir mão. É um livro super leve, a leitura flui muito bem, a autora trabalha bem o desespero da mudança da vida adolescente para jovem-adulta, os anseios da independência de um jovem, deixar os amigos para trás, tudo isso é trabalhado lindamente. O final é incrível, pois Analu amadureceu muito nessas apenas 2 semanas na praia, em como ela precisava ter esses momentos com Murilo e por um ponto final definitivo. Eu entrei num conflito de amor e ódio com o ?par? dela, ele é um babaca, porém sabe conquistar muito bem, afinal, quem não ama um canalha literário? Haha. Apesar de o final ter sido conflitante para mim, que não sou acostumada com finais do tipo, eu gostei de verdade, ver um fim que seja somente e unicamente focado na protagonista.
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 14/01/2020

O último verão antes da faculdade não será fácil para Analu. Ela enfrente a pressão do vestibular e, para coroar esse verão, reencontra Murilo, sua primeira grande decepção amorosa, depois de 2 anos. Masa garota tinha aprendido que o amor romântico não existe. É só uma bomba prestes a explodir, e azar de quem estiver perto demais. Pelo menos era ssim que ela havia sobrevivido até hoje. Seria uma pena se a volta dele não a fizesse duvidar disso tudo.

Empreste esse livro na biblioteca pública.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788501110978
comentários(0)comente



Patricia Lima 16/05/2019

Uma História de Verão
Eu gostei muito desse livro também, porque eu achei ele muito realista,

Você vai ler o livro pensando que é aquelas histórias de amor de verão bem previsíveis e clichês e acaba se surpreendendo com uma história com um objetivo diferente.

A Pam quis mostrar nesse livro que as coisas não acontecem perfeitamente, e que nós temos que errar muito, principalmente quando jovens, pra crescer com nossos erros. E isso foi sensacional.

Além disso o livro aborda outros assuntos, como amizade, por exemplo, amigos da Analu são muito legais, eu adorei eles.

Também fala sobre família, porque a Analu não tem um relacionamento bom tanto com seus pais como com seu irmão gêmeo, porém eu achei que o livro teve pouco espaço pra desenvolver melhor essa parte.

O livro é claro aborda muito essa coisa de você decidir seu futuro, decidir que curso fazer tal, que é um tema muito jovem.

Porém tem algo que me incomodou muito durante toda a leitura, é que os personagens não parecerem ter a idade que eles deveriam ter, que deve ser 16, 17 anos, quando você sai da escola e vai pra faculdade.

Eles pareciam ser bem mais velhos, tanto na personalidade quanto nas coisas que eles faziam.

Se o livro passasse numa fase que eles já estariam na faculdade, tudo ia fazer muito mais sentido pra mim, porque eu não conseguia imaginar os personagens mais jovens. E isso me incomodou muito, então eu acabei tirando uma estrela da minha avaliação também.

Acho que gostei mais desse livro da Pam do que Boa noite, dá pra notar uma boa evolução na escrita dela, então espero que ela publique muito livros pela frente.
comentários(0)comente



Rafa Baccon 17/02/2019

Os pais de Analu queria que ela cursasse direito mas seu maior sonho era fazer cinema, ela não deixou quieto e foi atrás do seu sonho e passou no vestibular de cinema. Como ela iria para São Paulo e ficaria longe de seus amigos, eles foram curtir o verão numa praia perto de sua cidade. Onde eles vão passar o verão tem várias lembranças boas e ruins também.
Analu no verão passado acabou se envolvendo com Murilo é isso não acabou bem e teve uma decepção muito grande, mas ela ainda sente algo por ele.
Sem esperar muito Murilo acaba voltando e tenta conquistar Analu, mas não vai ser tão fácil assim.
comentários(0)comente



Yza 06/02/2019

Ana Luiza ou Analu é uma personagem possível, real ao extremo que está lidando com problemas em casa e se encontra naquela fase da incerteza, onde não queremos decepcionar nossos pais, mas queremos seguir nosso próprio caminho e é isso que Analu faz, segue o próprio caminho e eu fiquei tão orgulhosa da personagem logo nas primeiras páginas que já considerei minha amiga, mas como quase todas as meninas nossa protagonista teve seu coração magoado e hoje não permite se envolver emocionalmente com ninguém a não ser com seus dois melhores amigos Gisele e Yuri.

Por falar no trio, QUE trio, achei a amizade descrita muito linda, a Pam não aprofundou e deu muito destaque a isso, mas é notório o carinho, respeito e amor ali construído. Sabe aquele amigo que você sabe que é para vida toda? Que você pode está no Japão, mas nunca vai estar só? Eu estou falando desse tipo de amizade, lindo de se presenciar e tão raro na vida real, então gostei muito desse ponto e espero spin of dos dois contando um pouco sobre suas descobertas principalmente o Yuri que achei super querido, mas cheio de questões que podem ser exploradas.

O livro tem um ar emponderado muito sutil, Analu está lutando para ser quem é, para ser feliz da maneira que escolheu. É forte, decidida e tem personalidade, caráter e carisma, claro que comete umas burradas ao longo do caminho, mas quem nunca?

Pam levanta algumas questões ao longo da narrativa de uma forma que você sabe que o assunto tá ali, mas é tão natural que nem parece uma questão de fato. Não sei se estou me fazendo entender, vou tentar explicar. Imaginem que tomar sorvete seja um assunto “polêmico” em desconstrução, a Pam pegou o sorvete colocou na narrativa, o povo tomou de boa e passou batido por ser uma coisa natural. Não sei se é natural para mim e por isso vi dessa maneira ou realmente foi abordado da forma certa sem polemizar, sem espanto, foi na medida certa cada questão incluída pela autora.

O romance foi o que me desagradou um pouco é onde eu me decepcionei. Foi muito aceitável, afinal, quem não tem um boy lixo no currículo que atire a primeira pedra. Mas eu queria uma explicação melhor para tudo que aconteceu no passado, não apenas um pedido de desculpa meia boca. Queria um romance fofo com um personagem que prometeu um triangulo amoroso e ficou apenas na promessa. Eu queria que a Analu xingasse o Murilo de tudo que é nome e jogasse uma bebida na cara dele, mas parece que a personagem é mais madura que eu nesse sentido, talvez isso tenha me incomodado, eu não teria esse discernimento, não teria essa cabeça fria e seguido em frente sem falar umas belas verdades.

Mas uma coisa a Pam acertou em cheio, o que seria de nós sem nossas decepções? Se eu não tivesse sofrido o que sofri no passado, seria a pessoa forte e madura que sou hoje? Talvez não. Quedas e machucados fazem a gente aprender a se defender e de certa forma Analu soube se defender, mas essa coisa de deixar o boy voltar para vida não rola comigo e acredito que com muitos dos que estão lendo também não.

Fora esse ponto do romance eu gostei bastante da história, principalmente das questões familiares da protagonista, gostei muito das mensagens deixadas pela autora ao longo do livro a principal para mim foi “cada um escolhe seu caminho” e como esse ano meu lema é quase esse bateu direitinho e me marcou muito.

A escrita da Pam é leve, aconchegante e muito fluída. Só não terminei a leitura em um dia, pois tive alguns percalços, mas a narrativa realmente flui muito bem, é uma leitura bem fácil. As folhas são amarelas, a diagramação é simples, porém confortável, letras e espaçamentos normais para um livro com as medidas apresentadas (aqueles menores, tipo Collen Houver).

A conclusão é que não terminei o livro morrendo de amor como gostaria e achei que seria, mas terminei com uma sensação agradável. Então fica aqui minha recomendação de leitura leve e ideal para passar o tempo.
comentários(0)comente



69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5