Entre Nós

Entre Nós Kell Teixeira




Resenhas - Entre Nós


19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Worldofbooks_ 25/04/2019

Amei!!
?
?Eu seguia regras, mas a ironia de tudo isso é que não existe essa coisa de seguir regras quando se trata da vida.?
?
?Após se formar no ensino médio, Ísis Fernandes, convence seus pais de que precisa de um tempo para decidir qual profissão seguir. Porém, depois de ter colocado um fim em um relacionando de anos com o namorado de adolescência, achou nesse momento tenso a oportunidade perfeita para retornar os estudos.
?
?Ísis esperava tudo dessa nova fase, só não esperava que o verdadeiro amor batesse na sua porta. No entanto, estará ela disposta a viver esse amor que a fará encarar o preconceito de frente, indo além de um amor impossível?
?
?Felipe sempre seguiu as regras e a principal delas era nunca deixar alguém se aproximar muito. Ele já conhecia bem a dor que isso traria e não estava disposto a senti-la. Porém, quando o amor faz as suas escolhas, há como fugir?
?
?Você pode pensar que é uma história clichê, mas está longe disso.
?
?Ísis é uma menina rica, mimada pelos pais e que nunca enfrentou um problema na vida. Ela se aproxima de Felipe apenas com a intenção de pegar uma ?colinha nas provas? mas acaba se apaixonando por ele. Felipe tenta se manter longe, não dar moral pois ele sabe que seus mundos são bem diferente e que quando ela descobrisse o seu problema, ele apenas teria o seu coração partido.
?
?Uma história com personagens muito bem construídos, as vezes sentia vontade de matar a Ísis pelo que ela falava para o Felipe, mas podemos ver nessa história que apesar de todo o preconceito e o medo o amor pode sim mudar as pessoas. Recomendo muito essa leitura.
?
comentários(0)comente



Cia da Leirura 24/04/2019

Enfrentando o preconceito
Isis Fernandes é a típica filhinha de papai. Seu pai um advogado renomado com escritório conhecido em sua cidade e sua mãe é médica pediatra. Isis foi criado a em um redoma, onde seus pais fizeram uso abundante de dinheiro para que ela tivesse tudo do bom e do melhor e não sofresse em seu meio social com o preconceito racial. ?
Após o término de um relacionamento de 5 anos, ela vai para faculdade. Sua família torce para que ela e Marcus reatem, mas Isis não quer mais esse relacionamento com Marcus, está disposta a uma nova cidade, novas experiências e novos amigos, tudo para se libertar um pouco do excesso de controle de seus pais.
??
Seu primeiro semestre começou e junto com ele a descoberta do mundo universitário. Isis se mostrou uma jovem que se deixava levar, uma patricinha fútil que só pensava em si mesma. Passou a frequentar festas e o resultado dessa combinação foi péssima. Após suas péssimas notas resolve que precisa se aproximar e tornar colega dos nerds da turma e assim conhece Felipe, sua atração é a primeira vista, a princípio apenas um menino bonito e inteligente, mas quando se dá conta já está apaixonada.
??
Felipe mora com sua mãe e sua irmã, pessoas simples, mas de coração riquíssimo!! Um exemplo de família, repleto de amor, companheirismo e zelo. Quando conhece Isis, logo percebe que além de ser uma linda mulher, é também uma maluquinha sem papas na língua. São de ?mundos? opostos, mas mesmo assim não o impede de se apaixonar, mesmo sabendo do risco, ele não consegue evitar.
??
? ?Sabe aquela sensação de que irá se arrepender ao se envolver com uma pessoa? ?Sei, acho que sim ?sussurro sem entender. ?Tenho certeza disso quando penso em você, e mesmo assim, eu continuo pensando. Isso é ser estúpido, não acha?"
??
Segredos são contados, atitudes impensadas tomadas e corações machucados. Uma nova realidade surge para Isis e é preciso amadurecer e encarar de frente. Romper seus preconceitos e decidir se irá enfrentar as ?consequências? de suas decisões ou continuar vivendo em seu mundo movido a futilidades e consumismo desenfreado.
??
Sabe quando na história te dá um tapa na cara??? Essa foi uma dessas. Enchemos a boca para dizer que não temos preconceitos, mas quando a realidade bate na porta é que temos noção de quão ignorantes podemos ser.
??
?As pessoas costumam dizer que preconceito e discriminação é a mesma coisa, mas não é. O preconceito se dá pela falta de informação, mas através dela, há como eliminá-lo. Já a discriminação é uma escolha que a pessoa faz estando consciente e obtendo informações."
??
Me irritei ao extremo com Ísis no início do livro, mas ver seu amadurecimento e ver o quanto o sentimento verdadeiro pode fazer com que anseie por ser melhor, mudou minha opinião sobre a personagem.
??
Felipe, um exemplo de força e determinação admirável. Sua postura, maturidade e atitudes desde o início me
deixou impressionada. Sua paciência com Ísis então não é qualquer um que tem...
??
?Sou só alguém que tenta ser sempre grato a vida e tenta enxergar o lado bom de tudo.?
??
O livro no todo é uma lição a cada capítulo, conscientização, prevenção, informação e conhecimento. Kell fez um excelente trabalho não só com a história mas o conhecimento e informações transmitidas em meio a trama é algo que todos deveriam ter, mas a realidade é muito aquém do pouco conhecimento que temos.
??
?O preconceito se dá pela falta de informação, mas através dela, há como eliminá-lo. Já a discriminação é uma escolha que a pessoa faz estando consciente e obtendo informações.?
??
Foi uma experiência incrível ler essa história, um misto de sentimentos, que mexeu com meu ??!! Um livro que vai além da ficção, um livro que vai ajudar parte da sociedade a superar seus preconceitos.
Kell tem uma escrita leve e fluida que nos joga de cabeça na história, sendo assim já tenha em mãos o próximo livro Além de Nós pq será impossível vc não querer ler!!!
comentários(0)comente



Arca Literária 10/04/2019

resenha disponivel no link http://www.arcaliteraria.com.br/entre-nos-kell-teixeira/

site: http://www.arcaliteraria.com.br/entre-nos-kell-teixeira/
comentários(0)comente



Ler é Literário 29/03/2019

Olá literários e pessoas apaixonadas por livros em geral!!!
Tudo bem com vocês??

Eu acabei que coloquei na minha mente que ia tentar fazer leituras coletivas esse ano e eis que estou tentando e isso se dar por conta que entrei num grupo criado pelo Clube Destino Literário que tem o enfoco nisso, e agora cá estou para falar dessa minha leitura coletiva de Fevereiro de 2019 📖

"Sabe aquela sensação de que irá se arrepender ao se envolver com uma pessoa?"

Entre Nós é o primeiro livro da duologia de mesmo nome, escrito pela autora brasileira Kell Teixeira conhecida pela duologia "Meu Vício" e lançado pela Editora Bezz. O livro conta a história de Ísis e Felipe, o casal protagonista e que já dar pra perceber na sinopse que eles serão o casal de toda a história.

"Eu não planejei me apaixonar por ele, mas posso planejar esquecê-lo."

Ísis é uma garota que há dois anos se formou no Ensino Médio, mas que não entrou logo numa faculdade por conta de querer viver a experiência de ter um tempo para si mesma antes de se aventurar nesse mundo. Filha de pais ricos que sempre fizeram de tudo para lhe agradar, Ísis é a típica patricinha que tem tudo que o papai querido possa pagar com o cartão de crédito dele e ela vai está feliz como uma "bonequinha" Barbie.

"- Você parece uma bonequinha. Já te falaram isso?"

Felipe é considerado um dos caras mais inteligentes da sala de aula, sendo aquele que sempre ajuda os outros e passa as pescas para aqueles que precisam. Ele trabalha num pet shop ajudando sua irmã Mari que é dona do local e está sempre envolvido em projetos sociais para ajudar o próximo. Mas que não quer envolvimento com ninguém.

"- Ele é um gostoso muito inteligente e educado, mas fica só na educação mesmo. Não dá muita liberdade."

Porém quando Ísis se ver perdida em meio a faculdade e com medo de perder seus privilégios com seus pais por conta das notas baixas que vem tirando, ela tem a brilhante ideia de se aproximar do grupinho ao qual Felipe está inserido e a partir daí os dois passam a conviver e uma atração mútua surge entre os dois.

[...]

LEIA MAIS DA RESENHA NO BLOG

site: https://lereliterario.blogspot.com/2019/03/resenha-76-entre-nos.html
comentários(0)comente



Condessa 17/03/2019

Sobre a Duologia Nós
Eu preciso dizer que essa duologia é diferente de tudo que eu já li na vida.
Os livros vão contar a história de Ísis Brückner, uma personagem negra, porém rica e muito mimada, filha do renomado Charles Brükner dono de um império de advocacia e descendente de alemães e Felipe Santos, uma pessoa comum, mas linda de morrer, que esconde um grande segredo… ele é portador do HIV.
.
Isis acabou de decidir finalmente ir pra faculdade e é lá que ela vai conhecer Felipe e dessa forma toda a trama se desenrola.

O que mais me chamou atenção nessa duologia é o fato dela tratar e explicar o que é o HIV. Lendo esses livros eu descobri, por exemplo, que existe diferença entre HIV e Aids. .
Esse livro foi escrito baseado em relatos reais de várias pessoas que possuem o vírus e é exatamente por isso é que deve ser lido. O conhecimento que ele traz precisa ser difundido na nossa sociedade preconceituosa e excludente, porque se trata da realidade de como a ignorância das pessoas faz com que elas tenham medo e excluam os “aidéticos” (termo erradamente usado) da sociedade, como eles sofrem preconceito no trabalho, das famílias e normalmente nem contam a ninguém que possuem o vírus, porque se não todas as pessoas se afastam. É sob essa perspectiva que o personagem Felipe vai nos ser apresentado e apesar do HIV ser uma doença sexualmente transmissível essa não é a única forma de contrair o vírus e é uma das coisas que vamos ver esclarecidas com esse personagem que contraiu na infância e deste então sofre com o preconceito e a exclusão.
Além do mais vai ficar extremamente claro perceber como as pessoas associam o vírus a “atos promíscuos” e os portadores passam a serem olhados com nojo, ou medo, ou pior ainda, desprezo.
Ademais, o livro ainda irá relatar como é a realidade de um casal sorodiscordante (não que todos sejam dessa maneira, porque as relações são diferentes com cada indivíduo mas de um modo geral vai demonstrar tudo que esse tipo de casal enfrenta ao longo do relacionamento) e pior, o que o preconceito e o dinheiro podem fazer para arruinar a vida de Felipe e o relacionamento dele com Ísis.
Eu espero que vocês se interessem e leiam sobre, porque é um assunto delicado e importante.
A autora Kell Teixeira para mim é um exemplo a ser seguido e além dessa duologia sobre o HIV ela também tem livros que retratam a dependência química na duologia Meu Vício, por isso tudo que eu tenho a dizer é: leiam os livros dela e se deixem ser tocados pela realidade, porque só assim conseguiremos ultrapassar as barreiras do preconceito e poderemos evoluir como sociedade.

site: https://www.instagram.com/p/BuNGX9TAPAG/?utm_source=ig_web_copy_link
comentários(0)comente



Fran 25/02/2019

IG @rassumido
Até onde vai o amor? Ele supera tudo? Até mesmo preconceito?
.
Ísis Fernandes vive em uma redoma de vidro protegida de tudo e de todos. Uma morena que chama atenção por onde passa, nariz empinado e que não sabe o que é pagar uma conta. (Nessa parte eu queria ser ela... Vocês precisam vê os boletos que chegam aqui todo mês!)
.
Além disso, ela fala sem pensar, tira conclusões precipitadas de tudo, imatura, egocêntrica e patética. (A personagem é muito bem construída e a raiva que senti dela não é normal não...)
.
"...Uma das vantagens de pertencer à classe alta, é justamente se manter distante dos problemas sociais das classes inferiores."
.
É tão narcisista que se aproxima de Felipe Santos na faculdade, apenas para "pegar cola" e passar nas provas sem precisar estudar. Os dois cursam arquitetura juntos.
.
Ele, por sua vez, tem que matar um leão por dia, seja na faculdade ou no trabalho, para ajudar a mãe e a irmã, já que perdeu o pai quando era criança e de quebra foi contaminado com HIV em uma transfusão de sangue que salvou sua vida.
.
A informação (ou falta dela), faz o mundo de Ísis desabar ao descobrir sobre o estado clínico do já então apaixonado Felipe. Isso causa uma tremenda reviravolta na história, que passa a ficar viciante a partir disso.
.
Sob um olhar confuso, preconceituoso e discriminatório e também por um olhar esperançoso e apaixonado, o enredo é carregado de sentimentos. Muito bem dividido em 33 capítulos, que nos prendem do início ao fim. A capa é maravilhosa, a escrita é muito realista.
.
Nunca senti tanto uma história como essa e confesso que só sosseguei quando fui para o próximo livro. Realmente, a autora quer nos matar do coração! Leiam, se apaixonem e tirem suas próprias conclusões sobre esse tema polêmico.
comentários(0)comente



@Livrosdamicosta 19/02/2019

Ísis Fernandes, é filha de um importante advogado, que herdou da sua mãe a cor linda de sua pele, e do seu pai, uma personalidade digamos que meio egocêntrica.
Ela decide mudar um pouco sua vida, e fugindo do legado da família, ela resolve entrar para o curso de arquitetura em uma faculdade distante de sua casa.
Porém, nada sai como ela imaginava, e ela descobre uma vida completamente diferente. Ela deixa de ser a "queridinha" dos professores, suas notas despencam, sua amiga de quarto, não é tão amiga quanto ela imaginava.
Mas para voltar a ter o controle da situação, e não ter que voltar para a casa dos pais, ela decidi fazer amizade com alguns alunos mais focados.
E aqui a vida dela começa de fato mudar, pois ela conhece Felipe, jovem lindo, sério, estudioso e que parece não notar nela. A intensão da Ísis é conseguir ajuda (ou cola) para melhorar suas notas, é o que ela realmente encontra é uma paixão avassaladora e um segredo que pode mudar toda sua vida.

O que fazer quando a realidade bate a porta e você descobre que a vida não é tão simples?
O que fazer quando um preconceito pode ser maior que o amor?
O que fazer quando você é impedida de viver como deseja?

Se você percebeu que eu não falei do Felipe, não pense que ele não seja essencial nessa história, pois para mim ele é a peça chave dessa grande história da vida. Infelizmente, Felipe aprendeu a viver desde cedo com uma sociedade preconceituosa, e até um tanto desumana, mas com a ajuda da Eliane e Mari (mãe e irmã), ele segue firme, vencendo todo dia. Eu fiquei apaixonada por essa família, a união, a simplicidade, o amor, a humildade é de comover e torcer para que eles sejam eternamente felizes. Felipe me irritou em alguns momentos, por não ser tão decido, mas entendo um pouco o lado dele.

Agora vamos para o lado que me irritou e me deixou muito brava, a autora já sabe disso, e eu fico até envergonhada de falar assim da personagem, mas gente EU QUIS BATER NA ÍSIS, ela me deixou tão revoltada que eu quis explodir até a Faculdade. Mimada, infantil, egocêntrica, fútil, ela só enxergava o próprio umbigo, e a revolta foi maior quando ela em fim se declarou, mas para mim foi da boca pra fora.
Ta, ela muda no final, amadurece, fica mais humilde, mas para mim a mudança foi tão rápida que eu não consegui esquecer as palhaçadas dela em quase 80% do livro.
Então, desculpa, mas eu não gostei da Ísis e por mim ela não ficaria com o Felipe. #prontofalei

O final do livro tem uma reviravolta ou como muitos gostam de falar um plot twist, que era esperado, e que me fez chorar com a declaração do Felipe, então termino essa resenha para ir ler o livro dois.
comentários(0)comente



Aline.Braga 14/11/2018

Muito bom
Prepare se para chorar e amar
comentários(0)comente



Barça 25/07/2018

Lhe tenho amor
Agora falando dos personagens gostaria de tocar em três nomes, falar sobre seus perfis e meus achismos, vamos lá?
Ísis – Personagem central apresentada como filha de pessoas influentes (médica e advogado). É egocêntrica, porque não dizer ostentadora, exibida, também provocativa. Resolveu estudar arquitetura longe dos pais. Tem ciência do poder de sedução que possui, mas ao contrário do que essa descrição possa te fazer pensar não é a Casanova[1] feminina não a senhora experiências mil na verdade para muitos assuntos possuía de inicio uma mente limitada de dá certo incômodo. Fora o fato de uma moça negra não ser posta em posição de vítima.
Felipe – Lindo, inteligente e engajado em obras de auxílio ao próximo, poderia ser só um personagem principal com o selo de clichê com força, mas é dele que vem as partes mais reflexivas e gostosas da história ( e nem estou falando das partes em que ele dá seu ponto de vista da história), além do mistério e porquês iniciais ficam por conta desse fofo! #PorummundocommaisFelipes #Casacomigocara
Monique – Porralouca é algo que define a garota que divide apartamento com Isis e que me cativou pelo jeitinho particular fora o fato de claramente merecer ser mais bem explorada.
Mas enfim, quem vem a segunda parte dessa maravilha!

site: http://www.descajadaminhanuvem.com/2017/12/entre-nos-de-kell-teixeira.html
comentários(0)comente



Lizete_Silva 04/04/2018

Surpreendente
Conheci a autora meio sem querer, mas definitivamente me encantei com a forma como ela escreve. Entre Nós é um livro que trás uma leitura envolvente, rápida e o mais importante uma lição de vida, que nos faz refletir sobre nossas ações e conceitos. Os sentimentos dos personagens são refletidos de maneira tão forte e intensa que eu fui capaz de senti-los, a cada cena mais forte, meu coração também reagia. Felipe simplesmente me conquistou e por diversas vezes durante a história me deu vontade de dizer “Vem aqui que eu preciso te abraçar”. Recomendo que todos leiam, pois por meio do livro é possível aprender a ser uma pessoa melhor.
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 20/12/2017

Ísis Fernandes é jovem metida, mimada e completamente fútil. Ela acabou de entrar na faculdade e esperava dedicar-se aos estudos, porém não é bem isso que acontece. Ela começa a sair muito com a sua amiga e deixa de lado os estudos, o que resulta em uma queda nas suas notas. Seus pais bancam tudo o que ela precisa, mas se continuar com as notas baixas ela vai perder a mordomia, então ela tem a ideia de se aproximar dos nerds para tentar tirar alguma vantagem.

Ísis consegue se encaixar em um grupo de estudos e um de seus integrantes desperta uma forte atração nela.

Felipe é muito diferente de Ísis, ele é o garoto certinho, estudioso, lindo. Ele vem de uma família simples e protetora, sua mãe e irmã fazem tudo para vê-lo feliz e sempre o ajudam quando ele precisa. Embora o jovem chame muita atenção da mulherada, ele não dá confiança, prefere se manter afastado.

Ísis tenta conquistar Felipe e aos poucos ela consegue romper com a barreira imposta por ele. Felipe até tenta se manter afastado, ele sabe que no momento em que ceder às investidas de Ísis e ao desejo que sente ele poderá sofrer. Antes de qualquer coisa, Felipe precisa conversar com Ísis e essa conversa pode mudar tudo entre eles.

O que Felipe revela a Ísis gera nela a reação que ele temia e ela foge dele. Ísis não lhe dá tempo para falar e esclarecer as suas possíveis dúvidas, ela simplesmente se afasta dele. Felipe já esperava por essa atitude dela, só não sabia que doeria tanto essa rejeição.

Mesmo estando assustada com a revelação de Felipe, Ísis o ama e percebe o quanto foi intolerante, ela quer tentar dar uma chance ao amor e para isso precisará passar por cima de seu preconceito.

Leia a resenha completa no link > https://goo.gl/DD3Rjo

site: http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Lary 20/10/2017

Kelzinha Rainha dos babado.
O que tem para falar desse livro ?

ELE E MARAVILHOSO COMO TUDO O QUE ESSA MULHER ESCREVE. LEIAM VALE MUITO A PENA.
comentários(0)comente



Flor Literária 19/10/2017

Real
Nós é mais uma boa leitura da autora naciona kell teixeira.
Uma autora que precisa mais exposição pois suas obras são muito boas.
Mais um nacional que me conquistou.
comentários(0)comente



Marriete 24/07/2017

Entre Nós - Resenha Autora: Kell Teixeira
Ísís é uma linda garota negra, com um corpo escultural e que sabe seduzir. Filha de pais ricos, pai advogado e mãe médica, tem tudo que quer. Roupas, perfumes, sapatos. Ela gosta de ser admirada, observada, desejada. Teve seu noivado arranjado com Marcos desde o nascimento, e, eles até se relacionaram, mas, o envolvimento não foi adiante.

 

Ela pretende ter um pouco mais de liberdade, tentar viver sem a presença extremamente protetora de seus genitores, então vai para outra cidade estudar arquitetura. Ao chegar a faculdade, Ísis se encanta por Felipe, um rapaz lindo e misterioso. Mas ele parece não notá-la e isso fere o seu ego.

 

Ísis quer a todo custo fazer com que Felipe se interesse por ela, e, a cada investida que faz, é ela quem vai caindo aos poucos em suas próprias artimanhas. Não demora muito e Ísis finalmente consegue fisgar o rapaz, mas, a relação entre eles não vai ser tão calma como ela esperava....

 

Felipe guarda um segredo e sabe que isso pode atrapalhar completamente seu relacionamento com Ísis, pois nem todos são capaz de compreendê-lo. Felipe sofreu na pele a inconsequência de muitos e sua bonequinha não parece ter maturidade suficiente para passar por cima de situações que logo virão à tona.

 

Ísis finalmente descobre o que é o amor. Consegue sentir em cada parte sua o quanto Felipe é necessário em sua vida, mas, não acha que tem força o suficiente para enfrentar seus pais. Sabe perfeitamente do que eles são capazes para tentar dominá-la. Será ela capaz de abdicar da vida luxuosa e fácil que teve até então?

 

Entre Nós é um livro que fala de amor, mas, não daquele amor calmo, complacente, onde o mundo é rosa. Ele é um livro realista. Fala do amor de verdade, aquele que tem altos e baixos reais, palpáveis. Fala de preconceito, situações constrangedoras, falhas de caráter, abuso de poder, entre outras situações adversas. Mas também nos dá uma baita lição de vida, de carinho e compreensão.

 

Entre Nós é um livro pra guardar em sua cabeceira, é um livro para ser lido sempre. Para quem já leu algo escrito por Kell Teixeira, vai se deliciar com sua escrita marcante, para aqueles que ainda não tiveram esse prazer, após a leitura se sentirão pensativos e extasiados.

 

Recomendo a leitura!

 

#EntreNós#KellTeixeira#Resenha#MarryAquinnah#AutoraNacional#LiteraturaNacional#Romance#Preconceito#Segredo#LiteraturaBrasileira#AmoLer#Instabooks
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2