O Monstro Em Mim

O Monstro Em Mim Nana Simons




Resenhas - O monstro em mim


21 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Gath 05/10/2017

Inacreditável
Conheci a autora quando ainda postava sua história pela plataforma do Wattpad.
Sempre fui uma fã de mafiosos e caras maus, mas confesso que esse livro superou e surpreendeu qualquer coisa que eu tenha lido a respeito.
Ela conseguiu mostrar o lado cru do mundo criminoso, porém mesmo de maneira diferente, a história tem seu romantismo colocado.
Lucca não é um príncipe no cavalo branco e ele erra muito até aprender a lidar com algo que ele nunca conheceu, o amor.
Abriella apesar de parecer uma doce menina frágil, ela tem muita determinação em manter seu casamento e conseguir mostrar ao marido que ele poderia sim se permitir a amar e ser amado.
Sou uma apaixonada por essa história e Nana, você está de parabéns!

Aos desavisados, isso é um romance dark. Não espere flores, elas nunca virão.
comentários(0)comente



Izabelle 21/11/2017

Dark e maravilhoso
Sou suspeita pra falar de algum livro da Nana. Eu amo todos que li e estou lendo no wattpad. A leitura te prende do início ao fim e quando vc menos percebe está completamente envolvida na história dos personagens. Um livro dark, então se vc ñ gosta de leituras pesadas, não leia os livros dessa série, pq ela não é nem um pouco leve. O romance do Lucca e da Abriella te faz sofrer, torcer pra ela cair fora, mas tbm vc torce pra ele cair na real e parar de ser tão escroto com ela e aceitar de vez que ele foi feito e é da Abriella.
Abriella ñ é a minha mocinha preferida da série, Anita e Alessa ganham disparada dela, mas ela se mostrou, apesar de tudo, muito forte e não desisti dele, o que achei lindo e maravilhoso, pq eu odeio personagens que ñ lutam pelo seu amor ou por alguma coisa que acredita e ela luta e se mostra ter muita força é sem dúvidas uma personagem surpreendente.
PS: SE VOCÊ ESPERA UM LIVRO ONDE O MOCINHO MAFIOSO MUDA COMPLETAMENTE DEPOIS QUE SE VER APAIXONADO NA MOCINHA, ESSE LIVRO NÃO É PRA VC, PQ EMBORA ELE AME ELA, ELE AINDA VAI CONTINUAR SENDO MAFIOSO E VAI CONTINUAR FAZENDO COISAS QUE VÃO IRRITAR AS MONSTRINHAS DE NANA.
comentários(0)comente



dayukie 06/10/2017

"Entender os personagens e abrir espaço para compreender o porquê de tudo o que estão vivendo é o que torna o livro cativante e te faz ler até o fim e ansiar por mais."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/N7j1tR
comentários(0)comente



Mariana 14/01/2018

Surpreendente
Devo dizer que tive muitas indicações desse livro, mas confesso que vinha protelando sua leitura, então resolvi furar a minha fila de leituras e conferir o que tanto tinha esse monstro.
Confesso também que já de cara fiquei apreensiva com a leitura por conta dos temas que são abordados na história e pela maneira como a relação de Lucca e Abriella se inicia, com toda a brutalidade, escuridão, ódio e tudo o mais de ruim que há dentro de Lucca e a maneira como ele transfere tudo isso para o seu relacionamento.
Tanto Lucca como Abriella foram criados dentro da máfia e cada um sempre soube o papel que lhes era destinado dentro dela, porém para Lucca tudo foi sempre mais dolorido, mais sofrido pois teve que conviver com um pai opressor, um chefe que ditava as regras e ai de quem não acatasse, já sua mãe era oprimida, subjugada e ele e os irmãos foram moldados para a maldade. Daí vem o fato de Lucca ser como é, acreditar que ele deve ser sempre o grande chefe da Família, ser o mafioso temido que é.
Já Abriella cresceu acreditando no amor, que se casaria por ele, mas seu destino foi definido quando ela foi meio que uma moeda de troca entre as Família e ela aceitou seu destino, mesmo o temendo porque para a máfia a Família vem sempre em primeiro lugar.
Com seu destino traçado, ela resolveu que faria tudo dar certo. Sofreu muito com tudo isso, foi abusada, humilhada, rejeitada, mas se manteve firme à fim de atingir seu propósito.
Tanto lutou que enfim conseguiu atingir seu objetivo.
Minha opinião, estou até agora sem saber realmente como definir tudo isso, a trama é intensa, muitas vezes me peguei odiando Lucca pelos seus atos, querendo dar colo para Abriela toda vez que ela chorava.
Foi tudo muito sofrido, pois quando eu pensava que as coisas iam se ajeitar, vinha uma onda de acontecimentos que me faziam crer que nada seria resolvido.
Porém quase no final do livro me peguei chorando por tudo que Lucca passou, pela maneira como Abriella enfrentou tudo ao seu lado, ela só queria ajudá-lo a enfrentar seus monstros e ver que o passado deveria ficar lá, no passado e que um futuro os esperava e apesar de tudo eles poderiam ser felizes.
Com tudo isso cheguei a conclusão de que Lucca foi apenas mais uma vítima das circunstâncias, uma vítima de uma sociedade a qual ele pertencia e Abriella foi a força motriz que o fez ver a vida de outra maneira, o fez acreditar que ele poderia ser o Chefe, mas apesar de tudo ele poderia ser o marido amoroso e o pai dedicado.
Mais uma coisinha, esse pode não ser o típico romance romântico, meloso, mas é bom pra caramba, senti cada sentimento, cada emoção de cada personagem.
A história é muito bem escrita, a trama bem entrelaçada, não deixando situações sem serem resolvidas. O que ela deixa é sim o gostinho de quero mais e o mais vem em O Monstro Rendido.
comentários(0)comente



Celina 28/01/2019

Decepção
Minhas considerações: Dei uma estrela pela tentativa inovadora da autora em desconstruir a imagem da máfia que conhecemos.
Passei a minha vida inteira sendo seduzida pela máfia retratada pelo cinema e pela literatura. A máfia para mim é um ícone poderoso, com sua aura de mistério, honra, paixão e sangue. Retratar a máfia é preciso antes quase que pedir licença para não se cometer sacrilégio contra a cultura de um país. Sim sou italiana.
Então, se o livro fosse sobre uma gangue, uma rede de traficantes ou uma instituição anônima, talvez tivesse surtido outro efeito sobre mim.
Não gostei do tom do livro. A história se perde em diversos momentos. Os diálogos são rasos.
Nada me agradou.
Katia.Calasans 29/01/2019minha estante
Puxa! Que ruim pegar um livro decepcionante assim.


Celina 29/01/2019minha estante
Pois é Kátia. Mas sinceramente eu meio que já esperava. Esse livro estava encalhado na estante. Me propus a ler porque entrei num desafio. Mas tudo bem...vamos em frente! Risos


Dea 29/01/2019minha estante
Tema de máfia é sempre complicado. Eu amo, mas difícil achar quem acerte a fórmula. A máfia pra mim é tudo isso que vc falou, no quesito literário e cinematográfico, além de cultural.


Celina 30/01/2019minha estante
Pois é Dea, é isso... Mas eu acredito em arriscar novos autores, né não?! Às vezes, compensa.




Lidiane- @amorporlivros_1991 16/10/2018

Perfeito
Aquele livro que não tem como não entrar na lista de favoritos. O livro mostra dramas reais, é encantador, com personagens fortes que passaram por muitas coisas pra chegar onde chegaram, são perfeitos e bem construídos.
Dani é uma guerreira, tem sua vida virada de ponta cabeça, mas luta de cabeça erguida suas batalhas, conta com a ajuda de sua amiga Mali (queria um spin of da Mali, ela também merece seu final feliz). Teve momentos que eu queria ser amiga da Dani, só pra dar um abraço e falar que as coisas iam dar certo, ela é uma personagem forte demais.
Cobain, é um ogro, mas um ogro apaixonante, tem seus problemas do passado, não acredita em final feliz, vive sua realidade de uma maneira fechada, somente sua família tem um pouco de acesso a ele, do resto é um isolado. "Porque me fez pensar em como a vida é curta. Você entende? Nós estamos aqui sentados, e o relógio não para. Há um monte de coisas que nós podemos querer fazer e não fazemos. Há pessoas que entram e saem dos nossos caminhos e o relógio continua andando. Até que tudo o que sobra é... nada."
Um livro de fortes emoções, eu chorei, lia e parava para respirar, uma escrita envolvente e cativante. Super recomendo.
comentários(0)comente



Cia da Leirura 22/01/2019

Danielle uma adolescente bailarina em ascensão, que tinha como objetivo seguir carreira na dança, vê seus sonhos escaparem pelas mãos após descobrir uma doença autoimune. Sua família é de grande influência na sociedade em Minas Gerais e querem omitir sua doença a todo custo.
?
Após desilusões e a descobertas, Dani vai para o Rio de Janeiro e passa a conhecer a realidade da vida. Sozinha e grávida se depara com as dificuldades que a falta de dinheiro pode acarretar.
Por sorte do destino, Dani conhece Mali e juntas dividem um apartamento.
Dani conseguiu um trabalho de recepcionista no Teatro Municipal, mas seus remédios e a chegada de Cody, fez-se necessário arrumar outro emprego. Com a ajuda de Mali e Raiana, ela começou a trabalhar numa boate como dançarina, mas sempre mascarada. Atitude da qual sempre julgou, mas que devido às dificuldades foi a opção que encontrou para manter seus remédios e alimentar seu filho.
?
Dani quase é demitida do Teatro depois de atender um telefonema do arrogante James Cobain e desligar o telefone na sua cara, sem saber que era o mesmo que presenciou sua dança no seu horário de almoço.
?
?Agora aquele homem... Cobain James era a prova de que o dinheiro transformava as pessoas. Ele era esnobe, egoísta, se achava o rei por onde pisava, sem educação alguma e não tinha respeito por quem ele achava estar abaixo dele, como eu.?
?
Cobain James é um homem lindo, mas que exala arrogância e mal-humor. Sua intromissão na vida de Danielle faz com que suas vidas virem do avesso. Ambos trazem dores e marcas do passado, que os aterrorizam, mas que ao mesmo tempo os fazem se aproximar.
?
Uma história de muita luta, perdas, descobertas e muita superação. Superação de enfrentar a realidade, superação em lutar pela vida, superação em lutar para salvar o próximo!!
Foi lindo ver as amizades verdadeiras que foram o alicerce da Dani nos momentos de maiores dificuldades.
Foi impossível não se apaixonar pelo ogro Cobain, que por trás de toda aquela arrogância escondia um homem íntegro e apaixonante!!!
?
Me emocionei desde o prólogo e a cada capítulo uma nova emoção e um misto de sentimentos que me fez chorar horrores. A Nana tem uma escrita super envolvente e que a cada capítulo nos faz querer mais e mais!!! Agora maldade é pouco o que fez com nós meros leitores, só no capítulo 32 Nana??? ?????? Isso não se faz com leitores ansiosos como eu!! ???
comentários(0)comente



AnaLuiza.Marriel 20/02/2019

Uau!!!
Eu já conhecia a Nana, mas nunca tinha lido nada seu. Quero me bater por ter demorado tanto.
Com uma escrita incrível e personagens cativantes, devorei O monstro em mim em pouquíssimos dias.
Me peguei torcendo e xingando os personagens a todo momento, como se pudessem me ouvir.
É uma leitura ótima e super indico! ??
comentários(0)comente



Samantha 10/05/2019

Quando peguei para ler o Monstro em mim, pensei que fosse ler mais algum livro clichê (não que isso seja ruim, eu adoro um bom e velho clichê), mas o mesmo me surpreendeu muito. Não era nada com o que eu esperava. O livro aborda violência, abuso, sexo, dores e com o tempo, amor.

Nele conhecemos Abriella, uma garota extremamente doce e gentil. Ela é filha de um mafioso e com isso tem a obrigação de atender aos interesses da famiglia. Dessa forma, ela é obrigada a se casa com o chefe da máfia: Lucca DeRossi, um homem que todos acreditam ser um monstro. Com uma vida repleta de mortes e um passado doloroso.

Vemos desde o incio que esse casamento arranjado está fadado ao fracasso. Lucca não é nem de perto o homem dos sonhos e sim um verdadeiro monstro. Mas a vida é cheia de surpresas, e Abriella não é uma pessoa que desiste fácil. Ela que seria o ponto mais ?fraco? desse relacionamento, acaba se mostrando uma garota forte, ao ponto de enfrentar de frente o chefe temido da máfia para que o filho dele permaneça vivo.

E é a partir deste ponto que eles começam a realmente se aproximar e com isso as verdades também começam a aparecer, medos começam a se mostrarem visíveis e os dois precisam se unir verdadeiramente para enfrentar tudo o que está por vir.

No inicio senti muita ódio das atitudes e do jeito de Lucca, ele é completamente arrogante, bruto e intimidador. E também senti raiva de Abriella por ser tão boa e tão insistente em uma relação que para mim no inicio era um tanto quanto abusiva.

Mas no decorrer do livro, vamos desvendando e entendendo junto com Abriella esse personagem cheio de traumas e fantasmas do passado. E então passamos a ver por outra perspectiva sua personalidade. O livro nos faz ter empatia pela dor do outro, e não somente julgar.

Iniciei essa leitura por acaso e confesso que não esperava muita coisa, porém me surpreendi positivamente. O monstro em mim é aquele livro que te deixa com sentimentos conflitantes. Como já tinha dito, por diversos momentos tive muito ódio de Lucca e raiva de Abriella por continuar insistindo e insistindo, mas aos poucos os dois vão se conquistando e nós conquistando também a cada página. E com isso acabei ficando encantada com o livro.

Acredito que temos que ter a mente aberta para entender e abrir espaço para compreender os personagens, suas atitudes e seu passado. Existem traumas que modificam completamente uma pessoa, e Lucca é uma delas.
comentários(0)comente



Estrela Literáriaa 13/10/2018

Amei!
"Pelo Sangue e Pela Honra, Eu Sou Seu, e Você é Minha, Pra Sempre".

Abriela Bonucci, é uma jovem doce, amável que nasceu na máfia Italiana, e que assim como todas as mulheres que nasciam na famiglia Abriela cresceu sabendo que teria que casar com algum dos membros da máfia, e teria que ser uma boa esposa, pois era o que se esperava das filhas da máfia. Mais Abriela não foi escolhida por um membro qualquer, ela foi escolhida por Lucca DeRossi, o temido chefe da máfia Italiana.

Lucca DeRossi é um homem absurdamente bonito, porém cercado de maldade, com um passado escuro, doloroso e extremamente cruel, um homem atormentado sem uma veia de bondade em si.
Um casamento casamento que foi arranjado pelo "bem" da famiglia, que começou da pior forma possível.

O Monstro Em Mim , é um romance ambientado na Itália ?, que nos trás a estória de Abriela e Lucca ambos diferentes um do outro, mais que de alguma forma se completam.
Ao decorrer do livro pude notar a força de Abriela que sempre sonhou em ser feliz em seu casamento, e que não era porque casou com Lucca que desistiria de ser feliz ao seu lado. Lucca que apesar de toda a escuridão que o cercava foi possível ver como o seu passado tinha um grande peso sobre ele ainda.
Um livro que me arrancou suspiros e algumas lágrimas também, que me envolveu logo nas primeiras páginas.
Um livro que retratou os traumas de um homem. E mostrou que o amor sempre é possível.

A autora tem uma narrativa leve, fluida, envolvente. Com personagem bem construídos foi impossível não me apaixonar por eles.

O Monstro Em Mim é o primeiro livro da série No Berço Da Máfia.

Amei?! Vale muito apena conhecer.

Ps: Não esperem por um príncipe encantado, Lucca DeRossi não é!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Deh 07/05/2019minha estante
Eu comecei ele agora !!! Kkkkk tava esperando q fosse um livro bom! Se bem q vou tirar Mhas conclusões. Qquer coisa eu paro!




Feh Seixas 28/09/2018

Perfeito
Cobain James e Danielle são maravilhosos ,eu amei ??
comentários(0)comente



Deyse 22/02/2019

Ameiiiii
Que leitura linda, que superação, amei cada página, cada momento, amei os amor ,quero mais , quero continuação
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lu silva 04/10/2018

Lindo
Uma história linda demais,intensa .. Adorei conhecer Cobain e Danielle,foi uma experiência incrível, conhecer mais sobre essa doença e vê quem tem passa, adorei a história... mais no final senti falta da Mali,queria saber o que aconteceu com ela,se ela casou teve filhos, só falou que ela está na tv e não teve mais detalhes, então acho que faltou isso
comentários(0)comente



21 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2