O novelo do verbo

O novelo do verbo GUERRA




Resenhas - O novelo do verbo


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Fábbio - @omeninoquele 22/11/2017

Poesia
"Roube flores para acalmar a alma"

Se os poetas clássicos buscavam em seus poemas retratar o seu amor de eu-lírico apaixonado e mais intimista, idealizando a mulher e a natureza, o poeta da pós modernidade se deita sobre os fatos da sociedade atual e busca em seus poemas, fazer uma crítica à sociedade e suas injustiças sociais.

Os antigos apropriavam-se de uma forma fixa de poema e seguiam à risca, já na pós-modernidade os poetas são livres e retratam o cotidiano de forma direta e simples. Testando a concretude das palavras, os tempos verbais, sonoros e visuais, transformando o poema em objeto.

O novelo do verbo tem essas características pós modernista que nos proporciona ao ler cada poema, uma leitura daquilo que está ao nosso redor, com que estamos lidando diariamente.

Os poemas são resultados de uma escrita cotidiana do autor, estão dispostos no livro por capítulos e assim como um novelo, que nada mais é do que um emaranhado de fios, os poemas de Diego Guerra são um emaranhado de versos e estrofes que ganham vida quando o leitor lê.

O novelo do verbo é mais do que uma obra alheia e desconexa com a realidade, nela há um caminho para que o leitor possa enxergar o emaranhado e desvendá-lo.

Por tratar de varios temas a organização poética vai de concreta a em prosa, misturando outros experimentos, que ao meu ver, a princípio me causaram um certo desconforto, mas que é facilmente explicado pela famosa "licença poética".

O eu lírico não se faz totalmente inexistente, mas aparece mais como uma forma de o autor se apropriar do tema amor, tão usado na poesia pra chegar ao leitor para que ele possa refletir criticamente sobre o que está acontecendo ao seu redor.

O novelo do verbo é um livro desafiante, com uma boa mensagem, de um autor jovem e atual, se você gosta de poema e desafios esse é o livro perfeito para você!

site: https://www.instagram.com/p/BbfVSeZh0Fr/?taken-by=omeninoquele
comentários(0)comente



Kelly Midori @kemiroxtvliterario 30/11/2017

Resenha: O novelo do verbo
Este livro é de poesias do autor Diego Guerra ele tem uma ótima escrita, a poesia é tão envolvente que você vai lendo até acabar e ele diz no livro que você não precisa começar do começo ele dá liberdade em onde começar, as poesias dele passam mensagens e reflexão
Eu me interesso por ler livros de poesia é uma leitura tranquila.
O livro idealiza além da imaginação tem partes que ele brinca com as palavras de uma maneira única.
Ficou interessado em ler? Gosta de poesias? Quer conhecer O Novelo do Verbo?

Descubra. Leia. Eu recomendo.


site: http://kemiroxtv.blogspot.com.br/2017/11/resenha-o-novelo-do-verbo.html
comentários(0)comente



Ariela Oliveira 09/12/2017

Resenha O novelo do verbo
Poesia é um conteúdo criado com o intuito de emocionar o leitor ou ouvinte. Poesias são feitas de sentimentos. Sentimentos do autor enquanto as escreve e também do leitor no momento em lê. Diego Guerra entrega esses sentimentos ao leitor em forma de um livro, “O novelo do verbo” é conjunto de palavras, frases e estrofes feito para emocionar, sensibilizar o leitor.
Com uma escrita simples Guerra consegue nos cativar desde a nota introdutória, onde procura deixar seu leitor à vontade para descobrir o livro. Não é necessário ler as poesias em uma rigorosa ordem então ele nos convida a saltar páginas, ler o livro da última para a primeira folha além de fazer anotações no livro, enfim, interagir com a história. Isso foi uma coisa que me agradou muito nesse livro, em alguns textos faltam letras ou há um espaço onde você pode preencher com a palavra que mais lhe agradar. Essa possibilidade de brincar com as poesias é super interessante e garante pontos extras ao autor pela criatividade.
“O novelo do verbo” não trata somente de um assunto, são diversos temas
abordados nas poesias. Diego escreve sobre o amor, mas também faz críticas sociais e professa sua fé de forma sutil e bonita. Há poemas onde fala de namoro, por exemplo, “Receita de Namorados” e outros em que trata das pessoas que sofrem atualmente em nosso país, que é o caso de “Traços da pele vivida”.
Particularmente eu gosto de poesias justamente pelo fato de mexer com nossos sentimentos, com nossa imaginação. Gosto de tentar interpretar os textos e imaginar o que o autor estava sentindo e o que o motivou a escrever aquelas palavras. Gosto de me sentir teletransportada para um bosque, para uma festa, para uma cidade distante apenas imaginando as paisagens descritas nessas poesias.
Experimente desenrolar esse novelo, não de linhas, mas de palavras, frases e até mesmo sentimentos e emoções descritos nesse livro tão lindo.

site: http://palavrasimaginariass.blogspot.com.br/2017/12/resenha-o-novelo-do-verbo-de-diego.html
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3