A Poção Perdida

A Poção Perdida Amy Alward




Resenhas - A Poção Perdida


24 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Queria Estar Lendo 14/12/2017

Resenha: A Poção Perdida
A Poção Perdida é o segundo livro na trilogia Diários de uma Garota Alquimista, da Amy Alward, e nos foi cedido em parceria com o Grupo Editorial Pensamento. No segundo volume Sam, a protagonista, está no centro das redes sociais online de Nova e quando alto terrível acontece com seu avô, caímos na estrada em mais uma aventura ao seu lado.

Depois de vencer a Caçada Selvagem, Sam Kemi virou uma sensação. Melhor amiga da Princesa herdeira de Nova e namorada de Zain, o herdeiro da ZoroAster, a maior inimiga de sua família, Sam estaria onde sempre sonhou - especialmente agora que foi capaz de salvar a loja da família.

Isso seria, se não fosse as entrevistas com a imprensa e os fã fóruns que discutem desde sua participação na Caçada até sua vida pessoal. E, para piorar, Emilia fugiu da prisão, os poderes de Evilyn estão descontrolados e alguém enfeitiçou seu avô em busca da receita de uma poção há muito perdida.

De repente, o que parecia só uma tour ao lado da princesa, acaba se tornando uma aventura ainda maior que a Caçada.

Embora tenho gostado mais do primeiro livro, o consegui me prender bem o segundo e aproveitar bem a leitura, exceto no que diz respeito a Zain. Não vou conseguir gostar dele, especialmente porque ele foi escrito para ser gostável. Tudo nele é sempre perfeito, ele é sensível e vê na Sam o que, muitas vezes, nem a família dela vê, e isso parece ótimo, mas na escrita soa muito forçado. E eu continuo achando completamente desnecessário e forçado o romance dos dois. A Poção Perdida, assim como Poção Proibida, é uma aventura clássica e cheia de acontecimentos, incluir um romance no meio parece que divide a história.

Fora isso, gostei bastante do livro.

Fui sem expectativas, mesmo tendo lido a sinopse da trilogia toda quando terminei o livro um, e novamente Amy Alward conquista a gente, misturando magia, alquimia e um mundo moderno, com uma mocinha aos moldes clássicos, tentando salvar o avô e ajudar a melhor amiga - não porque ela é da realeza, mas porque realmente gosta dela.

A frenética busca da Caçada Selvagem, aqui, é substituída pela frenética busca pelo diário de Cleo Kemi, a bisavó de Sam, que pode conter a cura para seu avô e está desaparecido a anos. Porém, diferentemente do primeiro livro, o objetivo de toda a história não foi tão claro, embora possamos perceber que, como um típico livro do meio, ele estava preparando o terreno para a conclusão da série.

Como protagonista, gosto muito da Sam. Ela é leal e dedicada, sempre pronta para assumir a culpa se cometer um erro, e também garantir que vai corrigi-lo, dedicada a prática da alquimia, constantemente buscando aprender algo novo e com um ponto de vista fácil de acompanhar.

Também foi muito bacana poder ler sobre a amizade dela com a princesa, que livre da poção do amor pode mostrar sua verdadeira personalidade. Gosto muitíssimo dos livros que dão um bom enfoque na amizade - especialmente as femininas - e isso me deixa bastante feliz.

A edição está tão bonita quanto a primeira, amo os detalhes em hot stamp e verniz na capa e achei muito legal como ficou a divisão do livro, entre o ponto de vista da Sam e os capítulos em que se falava dos fã fóruns, que foi diagramado para lembrar um. Tão bonito quanto a primeira edição!

A Poção Secreta é uma história instigante, com um mundo curioso que se expande cada vez mais e uma protagonista dedicada. Certamente uma história que prende o leitor do começo ao fim e uma que eu recomendo, caso você já tenha lido o primeiro livro.

site: http://www.queriaestarlendo.com.br/2017/12/resenha-pocao-perdida.html
comentários(0)comente



Fernanda 22/03/2018

A poção perdida
Resenha no blog:

http://www.segredosemlivros.com/2018/03/resenha-pocao-perdida-amy-alward.html

site: http://www.segredosemlivros.com/2018/03/resenha-pocao-perdida-amy-alward.html
comentários(0)comente



Suka 23/07/2019

A Poção Perdida é o segundo livro da trilogia Diário de uma garota alquimista, nesse livro Samantha além de tentar ajudar a princesa Evelyn a encontrar uma forma de conter os poderes da princesa que já deveria ter se casado, terá que lidar com a busca por uma porção de Aqua Vitae, onde todos acreditam que essa poção, será a cura para todas as doenças e que é possível que a bisavó da Samantha a tenha descoberto. Porém, alguém mexeu com a mente do seu avó e ela também quer descobrir essa formula para ajudá-lo.

Mas a Samantha não contava com os percalços que surgirá em seu caminho. A vida dá Samantha após a caçada melhorou bastante, a loja dos Kemi voltou a ser bem frequentada e seu namoro com Zain está bem.

Porém, com todos os problemas ela ainda tem que pensar em quem confiar, pois nem todos a sua volta são de fato quem mostram ser.

Dessa vez, todos os capítulos são contados pela visão da Samantha, a escrita da autora continua fluída, em alguns momentos até previsíveis, mas é uma história gostosa de se ler. Ainda encontrei pequenos erros ortográficos, porém isso não dificulta, nem influência na leitura dessa história.

É um livro para adolescente, recheado de fantasia, romance e aventura. Confesso que estou querendo muito saber o desfecho desta história.

site: http://www.suka-p.blogspot.com.br
comentários(0)comente



dayukie 28/05/2018

"A autora soube misturar a magia, com a alquimia e a modernidade, transformando Sam em uma adolescente moderna, mas com uma alma antiga, que gosta de manter certas tradições. E diferentemente do primeiro livro, que a busca era devido a Caçada Selvagem, agora temos a busca pelo diário de Cleo Kemi. Além disso, a autora soube introduzir os vilões e deixar em aberto o final para o terceiro livro, criando uma certa expectativa e teorias para o que vai acontecer."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/o6VPLV
comentários(0)comente



Michelle Trevisani 15/07/2018

Ainda amando essa série, não vejo a hora de ler o último!
Bom, se você já leu o primeiro e quer saber se o segundo livro é uma continuação tão legal quanto, sugiro cair de cabeça! Eu amo a personagem da Sam Kemi, virei fã dela, e neste livro ela terá que provar mais uma vez que é uma ótima aprendiz de poções. Depois de vencer a caçada selvagem, e salvar a vida da princesa, Sam virou alvo de paparazzis e fãs. Criaram até fóruns na internet para discutirem sua vida, e nesses fóruns há muita conversa afiada também. Mas o que eles principalmente discutem é que talvez a bisavó de Sam tenha sim descoberto a receita da Aqua Vitae, uma importante poção que cura qualquer doença que uma pessoa pode ter para sempre. A pessoa ao tomar a Aqua Vitae se cura de qualquer enfermidade e não contrai nenhuma outra até sua morte. E depois de participar de uma entrevista na TV onde encurralaram Sam com várias perguntas, parece que essas suspeitas nos fóruns cresceram ainda mais.

Na contramão destas fofocas, o avô de Sam jura de pé junto que Cleo, a bisavó de Sam, não poderia ter criado uma poção que na verdade não passa de uma lenda. Mas Sam está cada vez mais desconfiada, já que tudo a leva a suspeitar que o diário perdido de Cleo só poderia conter algo muito valioso, para ter, bem, se perdido. Quando seu avô sofre um ataque na rua e perde a memória, Sam fica desesperada.

Se fosse só perder a memória o problema, sua família ficaria menos aflita. Mas parece que a saúde dele está piorando a cada dia, e essa perda súbita de memória pode ser influência de alguém que Sam torce para que esteja bem distante de sua família: a terrível Emilia Troth. Notícias recentes afirmam que ela fugiu da prisão e se há uma possibilidade de existir uma formula da Aqua Vitae, sua inimiga Emília fará de tudo para consegui-la. Mesmo porque, roubar a formula da família Kemi significa conseguir o trono de Nova, já que a poção é a chave para salvar e princesa Evelyn novamente: apesar de Sam conseguir desfazer o feitiço da poção do amor na caçada selvagem, Evelyn ainda não está conseguindo controlar seus poderes. Com poderes descontrolados ela pode destruir o país inteiro. E a outra saída a não ser a Aqua Vitae é ela se casar para poder equilibrar a sua instabilidade. Mas a princesa não está apaixonada por ninguém atualmente (ou está?). Sam não quer que sua amiga corra riscos, não quer perder seu avô que agoniza em uma cama de hospital esperando por uma cura, por isso partirá em uma busca frenética por verdades, junto com seu namorado Zain (há, os dois continuam tão fofos ainda!!!), lutando com todas as forças contra sua mais nova arqui-inimiga.

Leia o restante da resenha do meu blog >> LIVRO DOCE LIVRO

site: http://meulivrodocelivro.blogspot.com/2018/07/resenha-pocao-perdida-de-amy-alward.html
comentários(0)comente



Carolina DC 07/12/2017

"A Poção Perdida" é o segundo livro da série Diário de uma garota alquimista. Narrado em primeira pessoa por Sam, a protagonista do livro, a história começa após Sam ter vencido a Caçada Selvagem. Sam agora está no centro das redes sociais, dando entrevistas e tendo o nome da família Kemi na mídia. Porém, toda essa atenção não é completamente positiva. As redes sociais são cruéis e boatos começam a surgir, inclusive sobre uma poção revolucionária que a família Kemi esconde de todos: a Aqua Vitae. A Aqua Vitae é uma poção mística, que todos acreditam que existe e que pode curar todas as doenças.

Acontece que a bisavó da Sam era uma mestre famosa e quase ganhou a última caçada selvagem, mas durante a corrida ela abandonou tudo e parou de preparar poções. E seu diário sumiu.

A loja de poções Kemi está começando a chamar a atenção novamente, mas de repente o avô de Sam sofre um pequeno acidente e começa a esquecer as coisas. Tanto os médicos quanto os familiares acreditam que ele está ficando idoso. Porém, Sam sabe que por trás do acidente há o dedo da sua nova arqui-inimiga: Amélia.

A princesa Evelyn vai participar do Tour Real e Sam irá acompanhá-la. Porém, o que ela vai fazer na verdade é seguir os passos da última excursão realizada por sua bisavó, para tentar encontrar a poção que pode salvar a vida do seu avô. Contando com o apoio da Princesa Evelyn e Zain (seu namorado), Sam precisará juntar os antigos e novos amigos para uma nova aventura que mudará tudo não apenas para a sua própria família e para a Princesa, mas para todo o reino!

A nova aventura é tão boa quanto à Caçada Selvagem. Sam passa por vários obstáculos, conhece criaturas extraordinárias como centauros e dragões e irá conhecer a verdadeira história de sua família.

"A poção perdida" é uma aventura inesquecível de uma jovem que está descobrindo seu próprio caminho, mas que guarda em seu coração o respeito pela alquimia e o desejo de ajudar o próximo.

Sam é uma protagonista incrível. Forte, destemida, inteligente, capaz de pensar rápido em uma rota de fuga quando necessário. Zain aparece novamente no livro como um rapaz preso em uma situação difícil, mas que demonstra respeito as antigas práticas e dá apoio incondicional à Sam. Uma personagem que vem crescendo na história é Molly, a irmã caçula de Sam. Ela vem demonstrando suas habilidades e deixando claro que fará de tudo para salvar aqueles que ama.
"- Mas assim que você descobrir qualquer coisa sobre o vovô, eu quero que me conte. Não me deixe no escuro outra vez. - A minha irmã pode não ser alquimista, mas ela é uma Kemi dos pés à cabeça." (p. 82)
A editora Jangada realizou um ótimo trabalho na diagramação, revisão e layout. A escolha da capa é perfeita para o conteúdo do livro.
"Só há uma coisa a fazer. Preciso voltar para a loja o mais rápido possível." (p. 28)
comentários(0)comente



Conchego das Letras 19/12/2017

Resenha completa
A Poção Perdida é o segundo livro da série Diário de uma Garota Alquimista, da autora Amy Alward.

Tudo está perfeito para Sam, pois se tornou a melhor amiga de Evelyn, namora o garoto mais lindo e atencioso, a sua família conseguiu ser reconhecida novamente e vai começar uma viagem internacional com a princesa (Por favor, não fiquem bravos achando que disse algum spoiler! Juro que não estou, tudo isso tem na sinopse rsrs.). O que Sam poderia querer mais para uma garota? Nada, né? Contudo, nem tudo é como planejamos.... Algo acontece e a família Kemi entra em apuros.


Ninguém sabe como aconteceu ou que aconteceu, mas o avô de Sam perdeu a memória, não conseguindo lembrar de uma fórmula que seja, nem as mais simples. Descobriram que um diário da bisavó de Sam consta a fórmula da Aqua Vitae, que é capaz de curar qualquer tipo de doença, dando uma qualidade de vida eterna para a pessoa. Como o avô estava sempre acompanhado da sua mãe na época que ela fez essa descoberta, uma pessoa invadiu a sua memória para descobrir o que aconteceu e se ele saberia a fórmula verdadeira.

Sam, desesperada com o que estava acontecendo com o seu avô, precisa urgentemente salvá-lo, pois a cada dia ele está mais desorientado e a sua saúde debilitada.

A nossa Garota Alquimista precisa ser mais rápida que todos, precisa achar o diário da bisavó e descobrir como faz essa porção para poder trazer as memórias do seu avô.

A história continuou prazerosa e foi maravilhoso acompanhar a nova caçada, mas dessa vez foi mais emocionante. Sam estava disposta a fazer qualquer coisa para salvar o avô e não media limites para vencer cada barreira.

É um livro repleto de fantasia e magia, além de muita ação. É uma leitura leve, prazerosa e divertida.


site: http://www.conchegodasletras.com.br/2017/12/cantinho-da-daya-pocao-perdida-diario.html
comentários(0)comente



Iara.Antunes 17/10/2019

Um novo desafio e imposto a alquimista Sam ir atrás do diário da sua bisavó que está desaparecidos a décadas, pois encontra-se um grande feito a poção com poder de curar qualquer doença. A partir da doença do avó que acontece por magia negra e ajudar a princesa a não precisar se casar por obrigação.

Porém a jornada não fácil e cheia de mistério, dor, duvidas e sofrimentos. Onde Sam pode chegar tão perto, porém a ganância de certas as pessoas cedentes ao poder fazem de tudo para prejudicar a busca de Sam.

O final quem diria a autora soube como deixar a gente grudado na história e com uma grande reflexão no final interessante nem sempre se consegue aquilo que procura porém podemos descobrir outros jeito de ajudar.

comentários(0)comente



Portal JuLund 17/12/2017

oção Perdida, Editora Jangada
Se assim como eu você também se apaixonou pelo primeiro livro A Poção Secreta Diário de uma Garota Alquimista, com certeza estava ansioso para conferir as aventuras da nossa Samantha Kemi, ou para os mais íntimos como nós que já a temos como uma amiga querida, a Sam.
Como já imaginávamos ganhar a Caçada Selvagem devolveu a Família Kemi o lugar de honra que a muito havia sido tomado pela Zoroaster Corp, mas o melhor de tudo foi que Sam ganhou uma nova amiga a Princesa Evelyn e agora ela é a encarregada de cuidar da saúde e do bem estar da Princesa.
Porém o melhor de tudo é que ela e Zain estão juntos e finalmente namorando, apesar de ainda não terem conseguido ter um único encontro, com a Fama vem coisas boas como a visibilidade para a loja de Poções da Família Kemi, mas também muitos inconvenientes e fofocas surgem, até um fórum é criado na internet para se falar exclusivamente disso.
Mesmo assim tudo estava perfeito na nova vida de Sam, até que algo acontece com seu avô, alguém rouba suas memórias e para salvar a vida do seu Mestre ela vai ter que iniciar uma busca pelo caderno de Poções perdidos da sua Bisavó A Grande Mestra Alquimista Cleo Kemi, tudo indica que ela produziu a poção mais poderosa de todas a Aqua Vitae que cura qualquer enfermidade.
Para complicar ainda mais sua busca, Sam descobre que Emília fugiu e que ela foi a responsável por roubar as lembranças do seu avô e que também está em busca da Poção Perdida, sem tempo a perder Sam decide usar a grande viagem internacional com a Princesa como álibi para as suas buscas.

“Eu seguro a mão de Zain com força.
De repente tudo parece tão real. Estou em outra Caçada.
Espero muito que estejamos numa maré de sorte”. _Pág.148

Resenha completa no

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/resenha-pocao-perdida-editora-jangada
comentários(0)comente



Daya 25/06/2018

A Poção Perdida é o segundo livro da série Diário de uma Garota Alquimista, da autora Amy Alward.

Tudo está perfeito para Sam, pois se tornou a melhor amiga de Evelyn, namora o garoto mais lindo e atencioso, a sua família conseguiu ser reconhecida novamente e vai começar uma viagem internacional com a princesa (Por favor, não fiquem bravos achando que disse algum spoiler! Juro que não estou, tudo isso tem na sinopse rsrs.). O que Sam poderia querer mais para uma garota? Nada, né? Contudo, nem tudo é como planejamos.... Algo acontece e a família Kemi entra em apuros.


Ninguém sabe como aconteceu ou que aconteceu, mas o avô de Sam perdeu a memória, não conseguindo lembrar de uma fórmula que seja, nem as mais simples. Descobriram que um diário da bisavó de Sam consta a fórmula da Aqua Vitae, que é capaz de curar qualquer tipo de doença, dando uma qualidade de vida eterna para a pessoa. Como o avô estava sempre acompanhado da sua mãe na época que ela fez essa descoberta, uma pessoa invadiu a sua memória para descobrir o que aconteceu e se ele saberia a fórmula verdadeira.

Sam, desesperada com o que estava acontecendo com o seu avô, precisa urgentemente salvá-lo, pois a cada dia ele está mais desorientado e a sua saúde debilitada.

A nossa Garota Alquimista precisa ser mais rápida que todos, precisa achar o diário da bisavó e descobrir como faz essa porção para poder trazer as memórias do seu avô.

A história continuou prazerosa e foi maravilhoso acompanhar a nova caçada, mas dessa vez foi mais emocionante. Sam estava disposta a fazer qualquer coisa para salvar o avô e não media limites para vencer cada barreira.

É um livro repleto de fantasia e magia, além de muita ação. É uma leitura leve, prazerosa e divertida.

site: http://www.conchegodasletras.com.br/2017/12/cantinho-da-daya-pocao-perdida-diario.html
comentários(0)comente



Jaque @blogmalucadoslivros 02/01/2019

Resenha: A poção perdida
Após vencer a caçada selvagem, a vida de Sam está totalmente diferente. Ela se tornou uma grande amiga da princesa Evelyn e a loja de poções da sua família se reergueu e faz muito sucesso. A princesa está prestes a fazer um tour, e precisa controlar seus poderes que estão cada vez mais fortes, mas para isso ela precisa se casar para que possa dividir estes poderes com alguém, porém a princesa não quer se casar sem amor, e conta com a ajuda de Sam para criar uma poção que a ajude a controlar seus poderes, e assim poder esperar se apaixonar por alguém um dia.

Mas em uma entrevista, Sam deixa escapar que sua bisavó talvez tenha criado a poção Aqua Vitae, uma poção capaz de curar qualquer coisa, e que nenhum alquimista ou sintético chegou perto de criar algo tão poderoso. Assim, Nova inteira fica atrás desta milagrosa poção, que Sam não faz ideia se realmente existe.

Como se não bastasse toda esta confusão criada por uma simples entrevista, o avô de Sam acaba sendo internado com sérios problemas de memória. e agora mais do que nunca, Sam quer saber se sua bisavó foi capaz de criar a poção, e vai atrás do diário dela, que pode ser a chave para salvar seu avô, e não estará sozinha nesta busca, correndo muito perigo.

"A alquimia recompensa o estudioso, não o explorador. Você fará bem em se lembrar disso."

A poção perdida me surpreendeu muito. Após o final fechado em A poção secreta, fiquei me perguntando o que a autora faria para trazer algo novo para história, sem que ela ficasse cansativa ou enrolada, e o resultado foi uma trama cheia de aventura, traições e descobertas. Sam cresceu muito e continua se importando muito com as pessoas que ama.

Adoro quando um livro me surpreende desta maneira tão boa, e sem dúvidas um dos pontos altos da história, foram as surpresas inimagináveis que tive ao longo da leitura, que me deixaram impactada. A autora conseguiu trazer uma trama totalmente imprevisível e repleta de novidades e soube dosa-lás também, fazendo com que a trama se tornar ainda mais envolvente.

Uma das coisas mais bonitas ao longo da história é o destaque que a autora trouxe para as amizades femininas de Sam e a importância delas. Mesmo com seu tempo corrido e sua nova amizade com a princesa, Sam continua tendo uma amizade forte com Anita. No inicio cheguei a pensar que Sam tinha esquecido dela, mas fiquei feliz ao descobrir que estava enganada, e que a união feminina tem uma importância muito grande para o desenvolvimento da trama.

A narrativa da autora é fluida e cativante. A poção perdida, é um livro gostoso e rápido de ler apesar de suas 440 páginas, e eu não vejo a hora de poder ler o terceiro volume desta trilogia mágica e envolvente que me cativou desde o início. Confesso que comprei pela capa, e estou muito feliz por ter sido uma leitura tão surpreendente.


site: http://www.malucadoslivros.com/2019/01/resenha-pocao-perdida-potion-2-amy.html
comentários(0)comente



Carolina 15/12/2017

Resenha pelo Blog Arsenal de Ideias
O início desse livro já tem um ritmo totalmente diferente do anterior, o que eu gostei muito, porque a leitura já começa com aquele gostinho de quero mais. Samantha Kemi se mostra mais confiante e decidida do que fazer, o que para mim foi um ponto super positivo que mostrou todo o crescimento dela durante a Caçada Selvagem.

Neste volume, continuamos com o romance entre Sam e Zain, mas durante toda a leitura ele simplesmente não me convenceu, sabe? Acho que ainda está faltando alguma coisa para me fazer torcer pelo dois, apesar de Zain ser um fofo e claramente gostar muito da Sam.

Acredito que neste livro a aventura está ainda mais intensa e perigosa para Sam. Personagens conhecidos voltam e nem todo mundo é o que parece. Sam agora está desvendando outros países do mundo em busca do diário perdido de sua bisavó, para curar o seu avô Ostanes de um ataque que ele sofreu.

Uma coisa que eu gosto muito nessa série é o relacionamento maravilhoso entre Sam e seu avô. Podemos ver o respeito de um alquimista para o outro, além do amor entre os dois como avô e neta. Gosto muito também do relacionamento entre Sam e Molly, mas esse ficou bem menos proeminente do que no primeiro livro, mas não deixou de ser importante, principalmente nos momentos em que Sam corria risco de vida e pensava em sua irmãzinha.

Temos também uma visão maior da amizade entre Sam e Evelyn, que é diferente e muito legal de acompanhar, apesar de não focar muito nisso também. O mais interessante nesse livro é como outras personagens têm um papel maior e com muito mais significado.

A edição do livro está maravilhosa, não preciso nem falar, vocês podem ver pelas fotos acima. A diagramação e revisão estão ótimas e não encontrei nenhum erro de português

A Poção Perdida é uma ótima continuação da série que garante muitas aventuras e reviravoltas inesperadas em todos os sentidos. O final fica em aberto, mas estou tão ansiosa para saber o que vai acontecer no último livro da série que nem liguei muito.

site: https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/2017/12/15/resenha-97-a-pocao-perdida-amy-alward/
comentários(0)comente



Beca Folgueira @capadurabooks 03/07/2018

amo cada vez mais
Pode conter spoyler do livro anterior.

A poção perdida é o segundo volume da trilogia do diário de uma alquimista. A estória continua praticamente de onde o primeiro livro terminou.

Sam ainda não consegue relaxar, precisa criar uma poção para estabilizar os poderes da Princesa Evelyn. A felicidade conjugal da princesa depende disso.

Nossa protagonistas e seus amigos utilizam do Tour Real para caçar ingredientes para a princesa, foi o modo mais eficaz que encontraram para não levantar suspeitas. Mas o plano muda quando o Mestre Kemi e avô de Samantha e atacado e perde a memória.

Desdo primeiro livro, Sam sente a necessidade de encontrar o diário perdido de sua Bizavó. Ela tem certeza que o que aconteceu com a Cleó no passado está ligado ao sumiço dele.

Agora acha - lo virou prioridade absoluta.

Segundo uma lenda alquímico, existe uma poção tão poderosa que é capaz de curar qualquer doença que exista. Sam acredita que se existiu uma pessoa que conseguiria cria essa Aqua vitae, essa alquimista seria a sua Bizavó Cleó.

Uma nova caçada tem início, pessoas não são o que aparentam ser, ela terá que confiar cada vez mais nos seus instintos.

Quem é o verdadeiro vilão?

Esta estória além de original, possui uma protagonista forte, batalhadora e determinada que o tempo todo analisa as situações.

Mesmo sendo uma fantasia YA, garanto que você não encontrará tão facilmente uma Samantha Kemi por aí.
comentários(0)comente



Bia Sousa 10/07/2018

Tão bom quanto o primeiro
Que vocês sabem que eu fiquei completamente apaixonada pelo o primeiro livro da trilogia, vocês já sabem, mas que eu estou alucinada com a leitura do segundo, aí sim é novidade.

“A alquimia recompensa o estudioso, não o explorador. Você fará bem em se lembrar disso.”

Depois de ganhar a Caçada Selvagem e salvar a vida da princesa Evelyn, a vida de Sam Kemi mudou completamente. Agora além das finanças da família estar indo de venta em polpa depois que o movimento da loja voltou a ter, Sam é simplesmente amiga da princesa Evelyn e agora tem um namorado.

Tudo estaria perfeito, não é mesmo?! Mas Sam não consegue de adaptar a todo esse estrelismo, mas vai levando da forma que é possível.

Mas esse poderia ser o menor dos problemas que poderia aparecer na vida de Sam. Sua amiga, a princesa Evelyn não tem mais o controle de seus poderes e precisa de uma nova poção, precisa se canalizar esse poder com o auxílio de uma poção alquímica ou a outra opção seria se casar com um outro Talentoso.

“Franzo a testa enquanto tento pensar em algo radical que eu tenha feito com o meu dinheiro. Na verdade, não sou tão radical assim. Se eu pudesse, teria gastado tudo com livros.”

Se você acha que para por aí, a vida de Sam começa a se desmoronar depois que misteriosamente seu avô e grande mestre começa a perder a sua memória e também começa a ter uma saúde fragilizada.

Mas uma poção poderia ser a solução para esses dois problemas, sim, a Aqua Vitae, uma poção poderosíssima que estava descrita em um diário da família Kemi, que está perdido há mais de meio século, e sabe-se lá onde esse diário pode estar.

Uma missão difícil? Sim. Se nossa Kemi iria dar o braço a torcer?! É claro que não!

“Tentar ao máximo e falhar não é um desfecho ao qual eu esteja acostumada.”

Assim, Sam parte em uma nova caçada em busca da poção mais poderosa que já se ouviu dizer na história da alquimia, mas para isso ela deverá ser muito discreta, pois qualquer passo em falso poderá custar a vida de pessoas que ela tanto ama para isso ela contará com a ajuda da princesa e de seu namorado.

Normalmente o segundo volume de trilogias costumam ser os livros mais mornos, mas Amy Alward me surpreendeu novamente com um livro que tirou o meu fôlego. Muitas aventuras, lutas, magia e tudo que uma trilogia precisa para nos prender do começo ao fim.

Não vou falar muito sobre o livro para evitar spolers, mas adianto que eu amei muito essa leitura.

Além disso o fim do segundo livro nos deixa sedento para o desfecho da história da nossa amada Samantha Kemi. Não tenho dúvidas de que irei favoritar essa trilogia tão incrível para a vida.

Ahh e se eu fosse você não perderia tempo, iria logo adquirir essa trilogia e se apaixonar também!

Por Bia Sousa

site: https://bercoliterario.wordpress.com/2018/06/13/resenha-a-pocao-perdida-diario-de-uma-garota-alquimista-amy-alward/
comentários(0)comente



Rosana - @tudoquemotiva 18/03/2019

Melhor a cada livro
Depois dos eventos do segundo lindo e a vitória da Família Kemi na Caçada Selvagem, tudo parece estar indo bem para a família. Eles voltaram a ter mais clientela na loja e os negócios parecem estar indo de vento em popa.

Sam também mudou bastante. Agora com uma vida mais ativa, ela tem que se desdobrar entre ajudar na loja da família, dar entrevistas, continuar sua amizade com a Princesa Evelyn e se preparar para o grande tour com a princesa.

Tudo parece estar indo maravilhosamente bem, até que alguém entra na loja e acaba adulterando a mente de seu avô. Tal pessoa achou que mexendo na mente de seu avô, ele/a conseguiria a fórmula de uma poderosa poção: a Acqua Vitae. Essa poção tem o poder de curar qualquer doença do mundo.

Porém, é claro que o avô de Sam não sabe a poção, mas a fórmula mágica estava em um diário secreto e escondido de todos. O grande problema é que quanto mais a memória do avô demora para voltar ao normal, pior ele fica. Resta agora que Sam troque vestido e palácios, por dragões e florestas para tentar ajudar seu avô, só que é claro que não vai ser tão simples assim.

POR MAIS CONTINUAÇÕES ASSIM, por favor! Eu curti demais esse segundo livro. Achei que a autora continuou com o ritmo ótimo da história, cheio de aventuras, reviravoltas, mas sem deixar a essência da personagem e da história de lado. Além disso tudo, o livro também vai contar com aquela pitada de romance que a gente gosta, mas não é cansativo e nem tira o foco do livro.

Então podem ficar despreocupados! Eu indico, de olhos fechados, que vocês leiam essa continuação. São apenas 448 páginas, mas que nem parece que é tão longo assim, porque dá para ler numa sentada só. Acontece tanta coisa que você só vai querer ler e descobrir o que vai acontecer.


site: http://www.tudoquemotiva.com/2019/02/livro-pocao-perdida-diario-de-uma.html
comentários(0)comente



24 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2