Fúria Domada

Fúria Domada Megan Maxwell




Resenhas - Fúria Domada


23 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Isadora.Picolo 18/10/2019

Misto de sentimentos
O segundo livro da série Guerreiras, Fúria Domada, foi sem dúvida uma leitura contraditória. Ora amava ver como a escrita fluída da Megan Maxwell me envolvia, ora me estressava com as brigas de cão e gato de Gillian e Niall.

Agora, Senta aí que vou te contar a história:
Estamos em 1348, terras escocesas e as mulheres serviam para serem bonitas aos olhos, servir bem seus maridos e manter o lar. O que não é o caso da Gillian. Ela atira com arco e flecha, sabe manejar uma espada, tem uma personalidade difícil se ser controlada, não aceita ordens e se vê no mesmo patamar que os homens! Niall, guerreiro escocês, chefe do clã McRae da ilha de Skye, era noivo de Gillian há cinco anos. O termino do noivado casou nele uma decepção que se os dois se encontracem, trocavam farpas, palavras mau-humoradas e juravam um ao outro de morte.

Mas um acaso do destino sela a união dos dois. Ela precisa se casar até completar 26 anos, se não será entregue para outro clã e seu futuro marido será um homem desprezível. Niall é a única solução e portanto, com tramioias e planos de amigos, eles se casam.

Ele toma uma decisão; faze-la sofrer o tanto que ele sofreu quando romperam.

Até ai a história tem toda uma justificativa para as brigas e reclamações, mas chega um momento que tange o ridículo e meu interesse quase se esvaiu.

Há cenas lindas, marcantes, de puro amor mas que foram apagadas pelas intrigas e implicâncias casal que poderiam resolver os problemas se tivessem: diálogo e paciência.

A história me agradou porque o final eu realmente gostei. Revi personagens do volume 1 "Desejo concedido" e já tive vislumbres do volume 3 "Sempre a encontrarei".
comentários(0)comente



Alda - Dondoca Literária 17/07/2019

Guerreiras Maxwell #2
Este livro é o segundo volume da série “Guerreiras Maxwell”!
A serie é composta por 4 livros onde os três primeiros já foram publicados aqui no Brasil, os livros contam historias independentes e não é obrigatória ler na ordem porem recomendo muito que assim se faça para um maior entrosamento e conhecimento dos personagens.
.
Nessa fabula vamos conhecer a geniosa Gillian, que teve seu coração partido pelo único homem que se atreveu amar, faltando duas semanas para o seu casamento seu noivo foi convocado para a guerra e ao partir deixou apenas um bilhete de despedida à jovem que por sua vez jurou nunca mais querer saber dele enquanto vivesse. Dramático né, vcs ainda não viram nada!
.
Vários anos se passaram e o amor pelo guerreiro continua mais firme que nunca e tê-lo por perto de novo trás a tona desejos que Gillian jamais admitirá, no entanto um acordo firmado por seu falecido pai anos antes a coloca diante de um casamento indesejado, mas Gillian jamais aceitaria um casamento arranjado se seu coração sempre pertenceu ao seu único e primeiro amor.
.
Com o tempo correndo contra, ela precisa deixar o orgulho de lado e partir em busca daquele a quem ela realmente ama e deseja como marido, ela só não contava que Niall não está disposto a permitir que aquela que o rejeitou e desprezou durante tantos anos recupere o lugar de destaque que tinha em seu coração.
.
Já o jovem Niall quando se viu obrigado a guerrear em favor de seu rei duas semanas antes do seu casamento, ele soube que perderia para sempre a mulher de sua vida e que Gillian jamais o perdoaria, e mesmo após seu retorno ele buscou de todas as formas sua compreensão, e quando por fim desistiu de tê-la consigo decidiu que jamais daria a ela a oportunidade de fazê-lo sofrer novamente, mesmo que seu amor por Gillian nunca morra Niall está decidido a deixá-la seguir seu destino, longe de sua vida e de seu clã.
.
Essa é uma historia de amor tórrido e sofrido pelo orgulho irracional de ambas as partes que não tem tempo mais para brigas e discussões, não há tempo para pensar e nem esperança de que novas oportunidades voltem a surgir.
.
Sinceramente ainda não to sabendo lidar com os rumos que esse livro tomou, totalmente diferente do primeiro livro que logo nos primeiros capítulos eu já me deparava com uma imensa vontade de soca esse casal.
.
Agora a pergunta que não quer não quer calar se Niall é irmão de Ducan e Gillian é a melhor amiga de Megan, e existe uma ligação direta entre os dois casais, as personalidades dos irmãos e das amigas são bem semelhantes, então porque cargas d'água as escolhas e os caminhos tomados foram tão diferentes, sinceramente to até agora tentando entender!

Claro que a autora precisava criar uma história com novos elementos e que não faria sentido algum estes personagens agirem exatamente como os da história anterior, mas precisava ser tão agressivo assim e completamente diferente!
.
Fiquei bem decepcionada com o desenrolar da historia dos personagens e para mim foi inaceitável ver um guerreiro e herói de guerra tão aclamado por seu clã tratar uma dama de tal forma que tive a impressão de que o Niall desse livros não era o mesmo que me foi apresentado no primeiro livro.
.
Sabemos também que a culpa não é só dele afinal Gillian não é flor que se cheire com sua parcela de irracionalidade, mas mesmo assim nada se compara a forma como ela é tratada por ele.
.
Logo de cara fica nítido que existe um ressentimento muito grande entre eles, e nesse ponto admito que Niall tenha muito mais motivos para isto, no entanto este primeiro sentimento dá lugar ao temor, nenhum dos dois quer se mostrar vulnerável e baixar a guarda e a essa altura do campeonato daria ao outro o poder de mais uma vez ferir e decepcionar.
.
Fúria domada é uma história frustrante que me decepcionou bastante, mas que em seu favor trás a narrativa fácil e viciante que a autora nos apresentou no primeiro livro, as reviravoltas ocorrem com menor freqüência, mas estão lá, dinamizando a trama e dando aquele gás necessário para não nos deixar com total desgosto por completo; O livro tem uma capa totalmente condizente com a leitura em si e seu titulo faz jus a historia narrada.
.
Não muito diferente dos romances desse gênero as mulheres sofriam muito com o tratamento opressor com o qual eram submetidas e quase sempre obrigadas a tudo que não fosse de sua vontade e embora tenha tido lá seus momentos bons essa foi uma leitura tensa onde pelo jeito e característica da autora deixar suas protagonistas sofrerem até os últimos minutos da prorrogação.


site: https://www.instagram.com/dondocaliteraria/?hl=pt-br
comentários(0)comente



Vanessa Vieira 20/04/2019

Fúria Domada - Megan Maxwell
Em Fúria Domada, segundo volume da série As Guerreiras, da espanhola Megan Maxwell, encontramos um romance entre duas pessoas um tanto quanto temperamentais e teimosas, mas que se amam acima de qualquer coisa. Diferente do casal anterior - Megan e Duncan - Gillian e Niall são apaixonados desde crianças, mas por uma série de mal entendidos, acabaram se separando mesmo com a forte nuvem de química que paira entre os dois. Feridos pelas circunstâncias da vida e repletos de orgulho, eles resistem o máximo que podem a este sentimento, mas o amor entre eles se mostra mais forte do que tudo.

A espevitada Gillian é conhecida entre os membros do seu clã por "Desafiadora", graças ao seu caráter indomável, que lhe traz tanto bênçãos quanto maldições. Apaixonada por Niall desde criança, os dois viveram uma bela história de amor que foi interrompida quando o rapaz foi lutar junto ao rei da Escócia. sem ao menos se despedir de sua amada. Machucada com a partida de seu grande amor e com o orgulho extremamente ferido, Gillian jurou para si própria que jamais perdoaria o guerreiro escocês.


Igualmente orgulhoso e teimoso, Niall está de volta, mas não se mostra mais o mesmo homem, disposto a tudo para reconquistar sua amada. Agora que finalmente se reencontraram, nenhum dos dois dá o braço a torcer, mesmo que a paixão consuma boa parte de suas almas. Resta saber quanto tempo o casal impetuoso e absolutamente temperamental irá resistir a esse amor...

Seguindo a mesma linha de Desejo Concedido, Fúria Domada nos traz um romance entre um casal de personalidade forte e convicto em suas decisões, que acabam se prostrando para o amor, por mais que relutem com todas as fibras de seu ser. Confesso que não nutri tanta simpatia por Gillian e Niall quanto tive por Megan e Duncan, mas gostei bastante do casal e me diverti com os seus loucos embates. Tal como em uma briga interminável, quando um cedia, o outro endurecia e eles ficaram enroscados nessa trama por um bom tempo - o que acabou soando até mesmo cômico em muitos momentos da história e serviu para destrinchar bem a personalidade de cada um dos personagens. Narrado em terceira pessoa de forma fluída e leve, o livro conseguiu me transportar para a Escócia, com todos os seus encantos e perigos e mesmo com Gillian e Niall não sendo o meu casal favorito da série, curti bastante a química e a forte paixão entre os dois.

Gillian é o que podemos chamar de uma verdadeira megera. Persuasiva e mimada, a bela loira de olhos azuis tem uma personalidade que encanta e também assusta o sexo oposto na mesma medida, graças a sua impetuosidade e rebeldia. O único homem que conseguiu chegar perto dela e realmente tocar o seu coração foi Niall, mas devido a série de infortúnios que separou o casal, a jovem se fechou para o amor, o que tornou o seu gênio ainda mais irascível e endurecido. Quando o guerreiro retorna para a casa, ferido pela guerra e pelos seus horrores, a sua amada o rejeita e ele não se mostra nem um pouco disposto a reconquistá-la, instaurando então um forte clima de embate entre os dois. Mas, por trás de tanta provocação e orgulho ferido, se esconde uma paixão que o tempo não apagou; pelo contrário, acentuou ainda mais.

Niall, tal como Gillian, é um homem embrutecido pela vida e pelos algozes das batalhas enfrentadas. Sua brutalidade é tamanha que, em determinados momentos da história, eu cheguei ao ponto de até mesmo vibrar com a postura de Gillian perante a ele, mesmo sabendo o quanto a jovem estava sendo imparcial e até mesmo egoísta em seu comportamento. Por mais que nenhum dos dois desse o braço a torcer, quando Gillian finalmente iria se casar com outra pessoa, Niall entrou na igreja e a fez se tornar sua esposa e, mesmo agindo de um jeito totalmente anti-romântico, confesso que este foi um dos momentos mais belos e marcantes do enredo.

Em síntese, Fúria Domada nos presenteia com um romance de época espevitado, relutante e repleto de química e paixão - tal como acontece com os seus personagens. Mesmo não sendo totalmente cativada por Gillian e Niall, gostei bastante do casal e me diverti bastante com as suas presepadas na trama, além de suspirar com as cenas de amor entre eles, que foram extremamente bem delineadas no enredo. A capa nos traz a imagem de Gillian empunhando uma espada e conseguiu ser bem mais bonita do que a do livro anterior e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

site: http://www.newsnessa.com/2019/04/resenha-furia-domada-megan-maxwell.html
comentários(0)comente



LT 21/03/2019

Olá! Esse é o segundo livro da série das Guerreiras, estou apaixonada por essa série! Bem, agora, vem comigo nessa nova aventura nas Highlanders na companhia de Gillian e Niall, em um enredo que promete soltar faíscas! Sem mais demoras, vamos a resenha?!

Gillian McDougall é uma linda garota com olhos azuis expressivos, dona de um gênio forte, é uma guerreira rebelde, com o apelido de desafiadora. Mimada e esperta, ela usa de artimanhas para conseguir o que quer. Mas, com uma desilusão amorosa há alguns anos, que a deixou com um gosto amargo na boca, ela passou a espantar qualquer outro pretendente que surgisse, com ousadia e arrogância.

Niall McRae é um rapaz de estatura grande, guerreiro, corajoso de temperamento forte, conquistou suas terras através da persistência, tornou-se laird. É o rapaz que anos atrás arrebatou o coração de Gillian, mas foi para a guerra deixando somente uma carta para ela na véspera do casamento, ele simplesmente sumiu. Agora, Niall está de volta, mudado, experiente e não aceita qualquer desaforo. Ele ficou com o coração despedaçado quando Gillian não quis saber o que aconteceu para ele se ausentar, criando entre eles uma discórdia sem fim.

[Quote] Rapidamente tirou a adaga da bota e a lançou com destreza; a arma passou roçando a orelha do homem e se cravou em uma árvore. Surpreso, o guerreiro parou, levou a mão à orelha e viu sangue. [...]

Os dois são impetuosos, cabeças duras, não querem dar o braço a torcer. Por isso ficam sofrendo, cada um em seu mundo. No entanto, uma surpresa inesperada surge, o pai de Gillian, que havia morrido, assinou um contrato – em que se Gillian não se casasse até completar dezoito anos, teria um enlace matrimonial com seu odioso vizinho – e nada poderiam fazer porque era a palavra de honra de um guerreiro highlander.

Gillian começa a pensar desesperadamente em seus pretendentes, ela não achava nenhum adequado, pois quem se aproximava era escorraçado quem nem cachorro. As possibilidades eram muito poucas e ela precisava de um marido para ontem... Quem seria tão louco de se casar com ela?

Essa trama, no começo ficou um pouco confusa para mim. O amor que os personagens principais sentiam um pelo outro estava escrito na testa deles e assim mesmo os dois tentava maltratar um ao outro a todo estante. Niall, em toda sua arrogância, aceita se casar com Gillian, foi feito uma armação para isso acontecer e preciso dizer que foi hilário – risos.

Finalmente casados, mas quando pensamos que iriam se acertar, acontece alguma coisa como, ciúmes, e voltamos à estaca zero. O modo como Niall trata Gillian não me agradou, ao mesmo tempo ele se sentia feliz e logo depois a destratava perto de qualquer um, isso não entrou na minha cabeça e fez com que o enredo perdesse alguns pontos comigo.

[Quote] Praguejando como pior dos guerreiros, Gillian se afastou. Precisava sentir o ar frio e a chuva no rosto para ter certeza de que estava acordada e de que o que havia escutado não era um pesadelo. Como aquele asno podia tratá-la desse jeito... [...]

Gillian foi perdendo sua personalidade em nome desse amor, mas até que ponto ela seria capaz de se humilhar, deixando de lado sua vivacidade e seu temperamento? Será que o amor pode fazer um guerreiro escocês voltar a ser diferente diante de tantas mágoas e das conturbações? Curiosos? Leiam o livro – haha.

Temos a participação de Megan, que é amiga de Gillian e de Duncan, que é irmão de Niall, está tudo em família aqui. Ainda temos outros personagens que formam parte desse enredo de maneira que me contagiou, fazendo-me rir, chorar, sentir raiva e, as vezes, não acreditando no que estava lendo, um verdadeiro absurdo....

O livro é narrado em terceira pessoa, nos passando uma visão melhor dos sentimentos dos personagens principais. Quanto a edição, as folhas são amareladas, conta com tamanho de fonte confortável para leitura. A capa, como sempre, é lindíssima e vem seguindo o padrão da edição do primeiro livro da série.

Não poderia deixar de falar, o livro é de época, ano 1348, então as mulheres não tinham voz, mas tinha sempre as que se sobressaiam e exigiam seus direitos, como Gillian e Megan, pois eram guerreiras também e independentes. No entanto, vamos colocar assim: depois de se casarem, seu marido é seu dono, sua vontade é dele e para ele.

O terceiro livro da série, “Sempre a Encontrarei”, promete trazer com tudo Kieran OʹHara, um homem encantador e simpático, que adora as mulheres, convive com elas, mas não quer se apegar e nem apaixonar de jeito nenhum, daquele tipo que só quer aproveitar a vida. Já estou na expectativa de ler esse livro e imaginando a fera sendo domada – risos.

Bem, quer saber desfecho e como chegam a ele realmente? LEIAM! Recomendo a leitura para quem gosta de romance de época, com uma boa dose de humor, aventura e muito drama.

Até mais!

Resenhista: Cris Santana.

site: http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Rachel 19/02/2019

Coração quentinho
Adorei esse livro,
Confesso que fiquei com muita raiva do niall em muitos momentos...
Mas no final tudo se transformou em um sorriso bobo no rosto e mais um livro que amei ler.
comentários(0)comente



Vladia 13/02/2019

Fúria domada ⭐⭐⭐⭐
Neill e Gillian vivem seu caso de amor e ódio. Com temperamentos fortes, o highlander e a donzela não dão o braço a torcer e demonstram o seu amor um pelo outro. Mais um livro das guerreiras de Megan Maxwell. Legal !
comentários(0)comente



Leninha Sempre Romântica 08/09/2018

Mais uma vez me rendo aos encantos de um romance histórico medieval, e mais uma vez Megan Maxwell prova que sabe escrever com maestria histórias assim, que deixam o leitor apaixonado, irritado, ansioso e completamente refém de suas páginas.

Já comprovei devidamente que essa autora sabe atirar para todos os lados, vai do romance contemporâneo ao histórico fazendo com que cresça a admiração do leitor por sua escrita. Como disse na resenha do livro anterior da série, Desejo Concedido, só não conheci ainda sua veia hot, mas não posso dizer que dessa água não beberei, já que tenho seus livros na estante. Mas esse é outro assunto, e vamos aqui ao que interessa.

Em Fúria Domada reencontramos Gillian e Niall, um casal que já pegava fogo em Desejo Concedido, mas que deixou aquele gostinho de quero mais. E aqui temos finalmente o desenrolar ou enrolar da história. Uma das palavras que exprime o que se encontra durante toda a leitura desse belo romance é “energia”.

O livro inteiro é tão ágil e dinâmico que não dá nem para respirar. Você mal começa a imaginar que as coisas então se desenrolando e já cai outra bomba e deixa o livro novamente elétrico. Difícil não se envolver a ponto de em certos momentos dar aquela vontade de dar uns tapas na Gillian ou uns empurrões no Niall, sem falar na vontade de abraçar os outros personagens, do livro anterior, que estão de volta na trama, sempre se envolvendo nos problemas desses dois “desequilibrados emocionais”, por assim dizer.

Eu sabia que o livro desse casal iria me fazer suspirar, e até em certos momentos deu aquela sensação de frio no estomago que só as boas histórias me dão. Eu amei cada desentendimento entre o casal, cada briga, cada beijo apaixonado e novamente, cada briga... O livro fica nesse ritmo o tempo todo, é muito bom isso, gente!!!

Nem quero falar muito da trama para não tirar o brilho da história, mesmo acreditando que quanto mais eu falar mais o leitor, dessa simples resenha, irá se atiçar para ler, e eu recomendo muito, a leitura de toda a série, mesmo que apenas dois tenham sido publicados até o momento. Mas fico feliz em dizer que mês que vem (Setembro), sairá o terceiro livro, que nos conta a história de Kieran, esse mocinho galante e avesso a paixões. Não vejo a hora de vê-lo rendido aos pés de uma das nossas guerreiras.

Sem mais, termino aqui minha resenha aplaudindo Megan Maxwell e parabenizando a Editora Planeta, Selo Essência, pela publicação dessa série maravilhosa. E que venham mais Guerreiras!!!

site: http://www.sempreromantica.com.br/2018/08/furia-domada-megan-maxwell.html
comentários(0)comente



Acsa 07/08/2018

Deixou a desejar.
Não posso dizer que amei a história. Não podemos confundir relacionamento abusivo com romance de época. O marido toda hora humilhava Gillian, até mesmo a colocando inferior a outras mulheres!! Além de lhe dar tapas desnecessário. Foi o primeiro Romance de Época que li em que o relacionamento do casal foi totalmente abusivo.
O melhor do livro dói rever Ducan e Megan do livro anterior ??
comentários(0)comente



Cris.Pimentel 16/06/2018

A Redenção
Amei!
Na minha opinião este livro é muito superior a Desejo Concedido
A Gillian tem o equilíbrio que a Megan não conseguiu ter no primeiro livro, ela é forte e doce ao mesmo tempo. Turrona na medida certa.
A história é uma delícia, dei boas risadas com as trapalhadas da Gillian.
Não queria que o livro acabasse, sinal de que é bom né?
comentários(0)comente



Leilane 28/05/2018

"Fúria Domada" traz um dos casais mais teimosos que já li
Gillian faz bem jus ao apelido Desafiadora dado por seu clã. Ela não leva desaforo e já espantou muitos pretendentes. Entretanto, ela se vê em um impasse de honrar um acordo feito por seu pai com outro clã antes de morrer. Ela tem até o seu aniversário para escapar de um enlace que será desastroso e talvez sua única salvação seja o homem que ela jurou nunca perdoar por a abandonar para ir à guerra, seu amor de infância Niall. Só que Niall também já sofreu muito com a rejeição de Gillian e não parece disposto a facilitar a vida da moça.

“Fúria Domada” é o segundo livro da série “Guerreiras”. No primeiro, “Desejo Concedido”, conhecemos a história de Megan e Duncan, que em uma infinita guerra de vontades acabaram descobrindo o amor, agora é a vez de dois personagens que conhecemos no primeiro livro, o irmão de Duncan, Niall McRae, e sua bela Desafiadora, Gillian.

As personalidades dos personagens são bem parecidas com a do livro anterior, mas, ao mesmo tempo, e não achei que seria possível, são mais cabeças-dura ainda, a ponto de serem cruéis um com o outro, principalmente por parte de Niall. Isso me incomodou, ele usava a desculpa de estar protegendo seu coração e do domínio que ela poderia exercer sobre ele, mas quando ele era cruel, era possível discernir indícios de um relação que se tornaria abusiva, já que ele constantemente a comparava com outra mulher – que ele sequer se sentia atraído, era só para provocá-la -, duvidava dela constantemente e chega a humilhá-la em alguns momentos. E como isso se estende por boa parte do livro, a impressão que fiquei é Niall é um tipo de personagem que teria ficado melhor como secundário mesmo.

Mas esta é uma série sobre Guerreiras, então deixo claro que Gillian não aguenta nada disso calada e luta para ser feliz, que será ao lado dele quando ele deixar de ser tão idiota, mas ninguém é de ferro, de modo que ela se deixa afetar por algumas coisas que vão sendo superadas ao longo do livro, algumas de maneiras bem peculiares, um tanto divertidas e um pouco exasperantes também, afinal ela é essencialmente teimosa.

Há bastante atuação dos personagens centrais do livro anterior, que ajudam a orquestrar algumas dessas situações, então foi bom revê-los, mas confesso que o que mais me diverti foi com os guerreiros ferozes e desleixados do clã de Niall, que passam por uma makeover espontânea depois que a Gillian passa a aconselhá-los. Aliás, o clã como um todo floresce com os cuidados dela, então acabou sendo mais bonito de ver o clã aceitando e amando a Gillian, do que a história de amor do casal; algo incomum na minha experiência com esses romances highlanders.

E ficou claro que o próximo livro é do Kieran de tanto que anunciaram que quando ele encontrasse a mulher da vida dele e ficaria ainda pior do que os personagens que se casaram. E pelo que vi no Goodreads é mesmo e gostei que o quarto é o do irmão mais novo da Megan e da Shelma, mas fico pensando que a característica da Megan de deixar os personagens sempre cabeças-duras de mais para o próprio bem pode desgastar os enredos, no primeiro foi divertido, já agora no segundo já tirou um pouco o brilho, veremos como serão os próximos. Espero que a Planeta os lance logo.

site: http://lerimaginar.com.br/2018/01/semanahighlander-2-furia-domada-megan-maxwell/
comentários(0)comente



eduarda @romanceerotic 28/05/2018

Resenha @romanceerotic
Fúria Domada é o segundo volume da série Guerreiras escrita pela autora Megan Maxwell, e o livro foi publicado no Brasil pela Editora Planeta de livros no selo Essência. No primeiro livro, Desejo Concedido, nós fomos apresentados a Megan e Ducan McRae, e durante este livro nós conhecemos os que são os protagonistas desta segunda história, Gillian McDougall e Niall McRae. Eles são apaixonados há muito tempo, mas Niall foi convocado para servir o Rei da Escócia em uma guerra e partiu, o que consequentemente quebrou o seu noivado com Gillian. Quando Niall por fim retorna, Gillian demostra quão destemida é e o fato de que não é o tipo de pessoa que perdoa facilmente. As inúmeras tentativas de Niall de se reaproximar de Gillian foram em vão, então isso faz com que isso acabe para ele. Hora de seguir em frente.

Mas o que Gillian deve fazer quando descobre uma carta de seus pais dizendo que ela deve se casar até o seu vigésimo sexto aniversário? Isso foi uma promessa que o seu pai fez em seu nome e a sua única forma de fugir disto é convencendo Niall a aceitar a se casar com ela. Agora chegou a vez de Niall negar os pedidos de Gillian, mesmo sendo extremamente apaixonado por ela, sua recusa sobre o pedido de casamento é clara.

"Eu prefiro me casar com qualquer uma a desposar uma mimada como você."

Gillian McDougall tem a educação de uma elegante Lady, mas por dentro é uma guerreira. Seu temperamento é extremamente forte e ela sabe exatamente o que quer e quando quer. Ela gosta de lutar, e tudo o que envolve ser uma guerreira. Ser a moça indefesa não é o que ela anseia para si.

Niall McRae é um grande guerreiro. Corajoso, forte e um grande homem em batalhas. Mas parece que a única batalha que ele não consegue vencer é a de retomar seu relacionamento com Gillian.

"Esses highlanders do clã McRae gostam de suas mulheres com personalidade, querida. Por mais que insistam em praguejar e reclamar, eles nos adoram! E gostam que os desafiemos."

Como ambos os personagens têm temperamentos difíceis, isso acaba nos proporcionando diversas brigas ao decorrer da história. Eu sou fã da escrita da Megan Maxwell, então sou uma adoradora de suas cenas de brigas, mas desde o primeiro livro noto que ela colocou brigas desnecessárias na história, neste segundo livro não foi diferente. Mesmo com essas cenas que poderiam ser excluídas, a Megan me prendeu a história e até agora estou em dúvida de qual livro eu gostei mais. Sempre fui bem curiosa sobre a história da Gillian e do Niall e o porquê de toda a guerra que os rodeava no primeiro livro, então estava mais ansiosa por esse livro, o que me deixou com uma animação a mais ao decorrer da leitura.

Uma das coisas que gosto dessa série é o modo que autora faz os personagens secundários de fato presentes e importantes ao decorrer da história. Então você não se apaixona apenas pelos protagonistas e sim por todos aqueles que estão presentes no livro. O livro é uma mistura confusa de emoções, uma hora você sente raiva do quão cabeças duras ambos os personagens podem ser e depois você morre de amores do quão maravilhosos são quando estão juntos.

"Preciso dizer que te amo mais que a minha vida, porque você sempre foi e sempre será meu único e verdadeiro amor."

Gostei bastante da capa e a diagramação do livro, apesar de simples ela tem o seu charme e eu sou fã da capa. Acredito que combinou bem com a Gillian, foi uma ótima escolha de imagem. O acabamento é em brochura, as páginas amarelas e eu não encontrei erros, então o livro para mim está perfeito.


site: romanceerotic.blogspot.com
comentários(0)comente



Nick 18/05/2018

Perfeito
O segundo livro da série Guerreiras é mais um que te prende do início ao fim. Megan nunca me decepciona.
Gillian McDougall é uma mulher linda, forte, destemida, determinada e extremamente desafiadora.
Niall McRae é um highlander muito lindo, forte, teimoso e extremamente orgulhoso.
Fúria Domada traz a estória de um amor que vem crescendo a anos mas, que por alguns obstáculos não conseguiu se desenvolver.
Gillian pensou que Niall a houvesse abandonado próximo da data de seu casamento. Niall passou 2 anos cumprindo sua missão de highlander, e quando retornou soube que não tinha mais uma noiva. Eles passam muitos anos sem se ver mas, o destino os faz se reencontrarem. Para fugir de um casamento arranjado, Gillian precisa convencer Niall a se casar com ela, ele extremamente apaixonado porém, muito orgulhoso não aceita de maneira alguma. Depois de algumas armações os dois acabam se casando e tornando a vida de ambos uma frequente Guerra de gênios. Niall está disposto a fazer Gillian pensar que se casou somente para pagar dívidas que tinha com seu irmão Axel porém, suas barreiras vão ruindo conforme a linda guerreira vai o desafiando. O livro tem brigas de mais, e me fez querer arrancar Niall do livro e lhe dar uma boa surra, muitas vezes pensei “porra brigando de novo?” mas, compreendi que as eternas brigas nos fazem não desgrudar do livro ansiosos para chegar a parte do amor kkkk. Dois corações orgulhosos e apaixonados, serão capazes de abandonar o orgulho e viver somente o amor?
Venha conhecer você também esses dois orgulhosos super apaixonados, e conhecer o desfecho dessa guerra de gênios.
comentários(0)comente



Além das Páginas 18/04/2018

Gillian é a irmã mais nova do Laird Axel McDougall e graças a mente aberta do irmão, foi criada para ser independente, saber lutar e pensar por si própria. Por causa de sua personalidade forte, ela ficou conhecida no clã como "Desafiadora". A única pessoa que conseguiu alcançar o seu coração foi Niall e os dois tinham tudo para ter um final feliz alguns anos atrás, mas um chamado inesperado do rei fez com que Niall a deixasse dias antes do casamento do casal. E deixou Gillian despedaçada...

Os anos se passaram e a mágoa tornou-se ressentimento. Niall tentou reverter a situação com Gillian antes, mas o coração quebrado da jovem não conseguiu seguir em frente. Mas agora não há outra solução...

Durante a comemoração do nascimento do segundo filho de Axel, ele, seu avô e Gillian descobrem que o falecido pai fez um acordo de casamento envolvendo Gillian e o herdeiro de outro clã. Acontece que esse pretendente é um babaca condescendente, que não suporta o fato de Gillian não ser uma dama não convencional e demonstra prazer em quebrar o seu espírito após o casamento. A saída mais fácil é casar Gillian com outra pessoa antes do prazo do contrato expirar. E é quando Niall aparece para o resgate.

Tudo seria lindo e maravilhoso se Gillian e Niall não brigassem como criança o tempo inteiro. Durante o trajeto para as terras de Niall, ele fica flertando com outra mulher, a prima da Alana (do primeiro livro), uma jovem mimada e interessada no guerreiro. Como retaliação, Gillian fica fazendo birra, o que torna a interação entre os protagonistas cansativa e a leitura arrastada.
comentários(0)comente



Lê Golz 05/04/2018

Briga e romance
Fúria domada é o segundo livro da série Guerreiras, escrita por Megan Maxwell. Dessa vez acompanhamos a história de Gillian e Niall, que são apaixonados desde a infância. Após ser convocado para lutar junto ao rei da Escócia, Niall interrompe o noivado com Gillian quando parte para a guerra sem nem ao menos se despedir. Dona de uma personalidade forte e um caráter indomável, ela não o perdoa após seu retorno. Ele também não está disposto a lutar tanto por ela, depois de tantas tentativas. Anos depois eles se reencontram e os desentendimentos são ainda maiores, porém, no fundo todos perceberam e eles mesmos sabem que por trás dessa fúria existe um sentimento forte que jamais foi esquecido. Uma revelação familiar irá colocar a prova esse amor. Então eles precisão vencer o orgulho ou esquecer para sempre o que viveram juntos.

"E então a beijou. Devorou seus lábios como só ele e sua paixão sabiam, e Gillian se sentiu desfalecer." (p. 350)

Nesse segundo livro, Maxwell segue com a mesma narrativa fluída, envolvente e rica em diálogos. É só uma pena que para um romance de época, ela use muitas falas atuais, como "gata". Mas a autora cria tantas situações interessantes e divertidas, que acaba nos instigando a avançar rapidamente as páginas. Gostei muito de rever os personagens do primeiro livro, principalmente Megan e Duncan. Esses personagens rendem momentos descontraídos em meio ao turbilhão de brigas entre os protagonistas.

Tenho sentimentos bem contraditórios com todos os livros que leio da autora. Como no primeiro volume, as brigas infantis dos protagonistas e os inúmeros insultos acabam irritando na maior parte das vezes, em outras são imensamente divertidas. E são justamente essas brigas que parecem nunca ter fim, que tornam os momentos de reconciliação tão românticos e apaixonantes, nos deixando com um gostinho de quero mais. E por incrível que pareça vi uma tremenda química nesse casal. Acho que é só a autora equilibrar melhor o excesso das discussões claramente infantis e dar mais momentos de trégua entre os protagonistas.

Outro ponto que faz o livro valer a pena, é a criação de personagens secundários - além daqueles do primeiro volume. As crianças, por exemplo, aprontam muito e seguem com a personalidade de suas mamães (quem leu Desejo Concedido vai entender haha), os guerreiros do clã de Niall também rendem momentos de descontração e foi muito gostoso ver o amadurecimento desses personagens. Além disso, não menos importante, está o empoderamento feminino que continua tão presente nos livros da autora.

Fúria domada é mais um livro que amei da autora. Tem algo de especial no seu modo de escrever e criar seus personagens, porque ao mesmo tempo em que eles me irritam e me tiram do sério, eles também me encantam e me fazem suspirar. E uma coisa é certa: não consigo parar de ler os livros da Megan Maxwell e mal posso esperar pela continuação.

site: https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/03/resenha-furia-domada-de-megan-maxwell.html
comentários(0)comente



Aline Miguel Books 26/03/2018

Um Highlander. Uma Guerreira. Dois corações. Um amor.
Terminei de ler FÚRIA DOMANDA da Megan Maxwell. Segundo livro da Série Guerreiras.

Narrado em terceira pessoa. Super bem escrito, com uma linguagem fácil e que faz a leitura fluir deliciosamente.

Gillian é uma linda mulher, de família e que tem personalidade bem forte. Uma mulher que sabe exatamente o que quer, a hora que quer, quando quer e como quer. Uma mulher que não mede esforços para conquistar o que acredita e muito menos para defender os seus. Gillian é motivo de orgulho e de inquietação para os que a cercam. É educada, sabe se portar, nasceu para ser Lady, mas em seu sangue corre mesmo é o DNA de uma Guerreira.

Niall é um homem enorme, lindo, másculo, de família de Highlander. Um homem de honra, que comanda um grande exercito. Um homem que nos campos de batalha é temido por sua bravura, coragem, lealdade e excelência. Niall é poderoso, quente, sensual, decidido e acostumado a conquistar tudo o que quer, Sempre.

Dois guerreiros.
Duas pessoas com um passado não resolvido.
Duas pessoas geniosas.

O que Niall e Gillian não esperavam, por mais que tantos anos tenham passado, o que estava guardado dentro dos seus corações ainda era chama alta.

Enquanto eu lia o livro ficava pensando: Que raivaaaaaaaa... porque são tão cabeças duras? Logo depois eu suspirava feliz, passava algumas páginas e já estava novamente com vontade de colocar uma espada na garganta de cada um deles. Mas ai, logo ficava novamente encantada. Foi um vai e vem de amor e ódio. Um mix de sentimentos que meu Deus!!!! Um verdadeiro caldeirão de emoções.

Simplesmente não conseguia parar de ler. Precisava, queria saber o que ia acontecer a todo momento. Uma leitura dinâmica que me prendeu do início ao fim.

Acompanhar duas pessoas complicadas, aprendendo a lidar com seus sentimentos, com suas histórias, seus gênios difíceis e principalmente com o amor, foi uma loucura deliciosa.

Eu tive muita raiva. Eu torci. Eu briguei com os personagens. Me via falando com eles em voz alta. Senti suas frustrações e suas alegrias. Senti meu coração apertar e também ri bastante.

Uma leitura gostosa de ser fazer. Engraçada, com seus dramas, confusões e uma sensualidade deliciosa.

SE EU INDICO ESSA LEITURA?
Não tenha dúvidas de que sim. Megan Maxwell arrasou mais uma vez.

Agora estou aqui esperando pelos próximos livros da série.
E adorando conhecer todas as personagens que aparecem nessas histórias.

#FicaDica #AmoLer #MeganMaxwell #GuerreirasMaxwell #Romance
comentários(0)comente



23 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2