The Outsider

The Outsider Stephen King




Resenhas - The Outsider


7 encontrados | exibindo 1 a 7


felipe 13/04/2019

04.2019

Premissa - 4
Personagens - 4
Andamento - 3
Escrita - 5
Final - 3
comentários(0)comente



Alcione 06/07/2018

Um pouco fama demais.
Começa massa.Foda.A crueldade daquele assassinato é de tirar o fôlego.Terrível,chocante.
Vem a parte das impossibilidades.Dois lugares ao mesmo tempo?? Em se tratando de King,tudo é possível.
Seguindo vem uma rasteira e eu disse: Putz.
Aí temos o vilão...e tudo murcha.
Dentro do contexto faz sentido. Tá explicado,eu acredito.
Porém,sem sacanagem, não dá para respeitar aquele vilão. Eu até ri um pouco.
Personagens foda. Apesar de que não guardei nem um nome.
Confronto final brochante. E demorei dois dias para finalizar pois perdeu a graça.
E o final...bem.. A lá It A Coisa.
Então,foi isso.
Vale a leitura.
É um ponto positivo é que foge muito ao estilo prolixo de King.
comentários(0)comente



Z. 08/11/2019

Amei.
Primeiro livro queli de S. King e devo dizer que gostei muito. Talvez o final decepcione alguns, mas o começo é 10/10.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



leonel 21/07/2019

Bem melhor que todos livros do King dos anos 80, tipo umas 50 vezes melhor que It, Iluminado e a maioria daqueles lixos que ele fazia. Tem a mesma história do It, só que menos chato e retardado. Como evoluiu o REI.
comentários(0)comente



Benditos livros - Luana 28/06/2018

Será que hype é real?
O livro tinha – e ainda tem – muita hype, muito burburinho online. Leve isso em consideração. Vamos com sede, esperando uma obra prima do outro mundo. Uma das melhores qualidades do livro , segundo resenhadores, jornalistas e booktubers era que o livro trazia um feeling das obras mais amadas de King, e a onda de nostalgia tomou conta. Mas, no decorrer do livro, ainda que tivesse presenciado essa formula bem sucedida das historias dele, não vi nada excepcional.

Ainda assim, o livro tem ótimas qualidades. A história começa com o terrivel homicídio de um garoto. Todas as evidências apontam para o treinador de baseball da cidade, que é um cidadão acima de qualquer suspeita . Provas fisicas e testemunhas apontam sua culpa e a cidade se vira contra ele. Contudo, o treinador tem álibis perfeitos. Como a mesma pessoa pode estar em lugares diferentes ao mesmo tempo ? O tema é intrigante , e mexe com a gente.

A historia se apresenta em multinarrativa, e, por meio dela, podemos observar que o monstro desse livro é muito maior que uma presença sobrenatural. King sabe bem como trabalhar as falhas do caráter humano e os problemas sociais contemporâneos , fazendo deles temas assustadores. No livro vemos que a intolerancia, o fenômeno do fake news, a histeria coletiva, tudo isso contribui para deixar a historia cada vez mais real e urgente. No concerne a entidade sobrenatural per se , eu adorei o fato de ele ter sido tirada do folclore mexicano e ligada a histórias dos povos nativo americanos, mas achei ela meio sem graça.

Outra grande sacada do King foi a volta de Holly Gibney ( da Trilogia do Bill Hodges) . Na minha opinião, ela salva o terço final desse livro . Ela é um personagem completo, cheia de nuances, que sabe equlibrar bem o estranho e o lógico. Adoraria ler mais livros sobre o escritório de investigação Finders Keepers.

Para mim, o livro perde uma estrela porque é muito grande, e se arrastou em certos pontos para mim . O primeiro terço e a parte em que Holly toma parte da história são as melhores, e umas 50-100 páginas a menos não interfeririam com o desevolvimento da narrativa. A entidade sobrenatural e sua confrontação não me convenceram muito também. A sensação é de que faltou algo na sua definição, razão de ser, mas eu não sei bem o quê.

Mas esses são motivos não servem de desculpa para que você deixe o livro para depois. Ele é perfeito para os tempos atuais, onde julgamos e apontamos culpados mesmo antes de saber se as informações são verdadeiras, onde o medo do novo dificulta o entendimento do moderno. Stephen King sabe transformar o rotineiro em assustador.



site: http://benditoslivros.com.br/resenha-the-outsider/
comentários(0)comente



O Véio 30/06/2019

OUTSIDER: DAS TREVAS À LUZ, APENAS NUM PISCAR DE OLHOS!
Uma investigação criminal contada de uma forma magistral, como só o King teria capacidade de fazer. Tragédias, violência e morte. Ingredientes que nunca faltam em suas histórias, além de muitas referências a diversos outros autores dos mais variados gêneros literários. Tudo isso faz de OUTSIDER, um livro espetacular. Daqueles que prendem tanto a atenção que é difícil parar de ler. Salve King!
E é com muito pesar que comunico a todos que cheguei ao fim de mais um livro extraordinário do Mestre Stephen King. Exatamente uma semana se passou sem que eu tivesse a chance de sequer respirar. Eis aqui mais uma pérola do Mestre que deixa qualquer leitor literalmente sem fôlego. Não vou entrar em detalhes sobre a história para não soltar spoiler, embora a minha vontade neste momento é de soltar tudo!Personagens incríveis e muito bem construídos, é chover no molhado em se tratando do King. Além dos novos personagens que me marcaram muito, cada um a seu modo, King ainda teve a grande sacada de trazer de volta Holly Gigney, da série Mr. Mercedes. Aí foi que Outside ganhou forma, ganhou mais vida. Sensacional, espetacular, maravilhoso!Por mais que se leia Stephen King, é sempre muito difícil prever como as coisas vão terminar, quem vai morrer, quem vai sobreviver, enfim. Fiquei surpreso com a velocidade com a qual li esse livro espetacular. Existe uma magia, sei lá, que simplesmente, pega você e leva para lugares incríveis, situações incríveis, e ao mesmo tempo assustadores. Lugares estes que você não deseja sair nunca mais. É hipnotizante ler o King. Não adianta tentar ficar indiferente. Ele sempre pega você. Quem conhece o King sabe que ele tem um problema sério com os finais de seus livros. Boa parte deles tem um final que nos deixa meio que frustrados, ou não correspondem às nossas expectativas, porém, em OUTSIDER, King dá um show! O final é surpreendentemente perfeito. Absolutamente todas as peças se encaixam, todas as justificativas apresentadas foram perfeitamente aceitáveis, nada fora do contexto. Muito bom mesmo! Terror, mistério, suspense, medo, ódio, raiva, emoção, alegria, risos e lágrimas. Está tudo aqui reunidos nesta história fantástica contada de forma magistral por esse cara que não para de me surpreender e encantar com histórias incríveis.Em OUTSIDER, você quase que pode beber a luz do dia como água! LEITURA RECOMENDADÍSSIMA!
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7