H.P. Lovecraft

H.P. Lovecraft H. P. Lovecraft
H. P. Lovecraft
H. P. Lovecraft




Resenhas - H.P. Lovecraft: Medo Clássico, Miskatonic Edition


33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Alisson.Ramos 27/04/2019

Cutchulu, não, cutulo. Chtchulo? Chucrute!
O tipo de terror ao desconhecido de Lovecraft e muito outros autores. Sua linguagem é bem arcaica e a dificuldade de leitura é um pouco maior por ter termos mais complexos. Os contos, a maioria são curtinhos e tem sempre a característica de algo relacionado à criaturas do mar, praticamente todas suas criaturas têm tentáculos. Poderia aqui, exeplenficar o tipo de conteúdo que o leitor irá encontrar, mas tal ato é incompreensível para o conhecimento humano, de forma impossível explicar tamanha, o terror.
comentários(0)comente



Jessé 17/03/2019

Se você nunca leu Lovecraft (deveria), ao menos já ouviu falar do autor. Se você é um leitor ávido, ou amante do terror, já ouviu falar do mítico Cthulhu (criatura cujo nome ninguém sabe a pronúncia correta até hoje). Lovecraft revolucionou o terror do século XX, e é considerado o criador do Terror Cósmico, que nada mais é do que aquele terror que desafia as leis do espaço-tempo, grandioso demais para ser compreendido pela mente humana, e que nos faz duvidar de nossa própria sanidade.

O livro traz nove dos mais famosos contos do autor (que escreveu muitos, mas muitos contos), como A Cidade Sem Nome, Nas Montanhas da Loucura e O Chamado de Cthulhu. A maioria deles remetendo ao horror cósmico, mostrando que nós, humanos, não fazemos ideia do que veio antes de nós, milhões e milhões de anos atrás. A maioria mostra lugares quase inacessíveis, com informações que deixaria perturbado o mais são dos homens.

A escrita de Lovecraft pode ser considerada um pouco arrastada para quem está acostumado com histórias mais atuais. Os contos do autor quase não possuem diálogo, então preparem-se para longos parágrafos. Em contrapartida, a falta de diálogos é recompensada com uma narrativa bem detalhada, de forma que o leitor sente como se ele próprio fosse o personagem. Ele descreve a temperatura, ambiente, textura dos objetos e, principalmente, a incompreensão humana em meio ao desconhecido. Um medo tão ancestral e indescritível que nossos protagonistas mal conseguem descrevê-los em palavras.

A edição da Darkside Books está simplesmente fantástica. A capa é em baixo relevo, e traz Lovecraft junto de Cthulhu. Há anotações da própria editora e também do tradutor, quando necessário. Em cada nconto, há uma nota de rodapé, mencionando a primeira vez que ele foi publicado.

Se você nunca leu nada do autor e sentiu-se atraído por seus contos, esse livro é uma ótima introdução. Lhe garanto que é diferente de qualquer coisa que você já tenha lido.

site: www.dicasdojess.com
comentários(0)comente



Asttha 27/02/2019

H.P Lovecraft
As histórias parecem meio iguais e se arrasta muito, tem alguns contos bons, mais a maioria achei intediante
comentários(0)comente



etsilvio 24/01/2019

Bem repetitivo
Um dia talvez ainda vou concluir, mas passei da metade e só parei no "Nas Montanhas da Loucura" pois realmente é mais do mesmo ao quadrado. Aliás, os contos quando vistos como um todo são bem repetitivos.
comentários(0)comente



rbrenno_ 16/01/2019

Vem lembrar sua insignificância perante a imensidão do universo...
O que dizer dessa edição? Simplesmente um trabalho fenomenal que traz ao Brasil o melhor do gênero de terror e ficção cientifica, mas precisamente em um subgênero específico: o terror cósmico. Subgênero esse que o próprio Lovecraft é o seu criador.

Pra começar é bom falar da edição em si. O projeto gráfico é muito lindo. Nessa edição Cosmic Edition que foi a que eu li traz a entidade mais famosa do Lovecraft que é o Cthulhu na capa. Detalhe: a Darkside Books (editora) possui um aplicativo de realidade aumentada que funciona com o livro. Ao utilizá-lo da capa abre-se um portal e o tentáculos do Cthulhu aparecem para pegar o leitor.

Além dos 9 contos, a edição traz vários extras como Introdução ao autor, um texto que nos mostra como o Lovecraft é influente na cultura pop, uma analise feita pelo autor de Psicose relacionando Lovecraft e Edgar Allan Poe, uma especie de guia turístico da cidade de nascença do autor e que se serviu de inspiração para diversos contos do autor, além de várias cartas e rascunhos escritos com a própria letra do autor.

Sobre os contos, a assinatura de Lovecraft é bem perceptível logo desde o primeiro conto e se repete no decorrer dos outros contos, e o fato de Lovecraft ser bastante descritivo em alguns contos faz com que se tenha uma impressão de que a história não anda ou até mesmo que tal conto é muito parecido com outro conto já lido na mesma edição.

Dagon é um dos preferidos, é o menor conto da edição e abre a edição nos mostrando já o estilo de escrita do autor. As descrições do ambiente em que o personagem se encontra são tão críveis que parece que você realmente está junto com o protagonista

A Cidade Sem Nome, não é um dos meus favoritos, mas é perceptível o horror cósmico do Lovecraft ganhando forma

Herbet West: Reanimator no começo não parece com os contos do Lovecraft, mas no decorrer da história, o conto ganha um tons tão nojentos e algumas descrições causam repulsa. Gostei bastante, principalmente pela sensação de nojo e repulsa que o conto traz. Impossível ler e não lembrar de Frankenstein.

O Depoimento de Randolph Carter é genial, simplesmente porque mesmo não mostrando a entidade, é possível sentir o medo e terror dos personagens sobre as coisas que a gente não consegue descrever

O Cão de Caça era o conto que eu tava com um pouco de curiosidade justamente por saber que ele era bastante inspirado em Poe, não sei porquê, mas não curti muito.

O Chamado de Cthulhu era o que eu mais esperava, justamente porque tanto a história quanto o monstro são os mais famosos da literatura lovecraftiana. O começo da história é um pouco confuso, mas do meio por fim, se torna uma história de proporções extraordinárias. Meu preferido

Nas Montanhas da Loucura, é o mais aclamado principalmente por juntar o terror cósmico com a ficção cientifica. Estava ansioso pela leitura, mas a minha experiência é o contrário da anterior. O conto começa muito promissor e muito bom, mas o fato dele ser enorme (são mais de 100 páginas) e ser muito descritivo (descrição essa que no começo enriquece bastante a história, mas com o passar das páginas começa a ficar confusa e deixar a leitura cansativa). Tenho vontade de relê-lo talvez eu mude de ideia.

A Sombra Vinda do Tempo é o ultimo e eu acho incrível. Queria que fosse adaptado pra um filme. Lovecraft nos traz viagem no tempo de uma forma que eu nunca tinha visto. Outro preferido.

Então meu top contos fica:

1 - O Chamado de Cthulhu
2 - A Sombra Vinda do Tempo
3 - O Depoimento de Randolph Carter
4 - Herbet West: Reanimator
5 - Dagon
comentários(0)comente



Ari_Nay 06/01/2019

H.P. Lovecraft edição medo clássico Dark side books
Apesar de ter um ou dois contos que eu não tenha amado de todo, achei o livro muito interessante...Gostei bastante da forma como foi escrito, e a edição eu achei perfeita, amei conhecer Lovecraft através da Dark Side, comecei com uma boa opinião.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Doug 26/12/2018

Hégira do terror cósmico
Este livro traz a essência do que tornou Lovecraft um dos autores de terror mais referenciados no mundo todo. Os principais contos estão aí, inclusive o famoso "O chamado de Cthulhu".
comentários(0)comente



Guilherme Amaro 05/11/2018

Terror Lovercraft
"Remota no deserto da Arábia, jaz a cidade sem nome, em ruínas e silenciosa, suas paredes baixas quase ocultas pela areia de eras incontáveis. Ela já devia estar aqui quando as primeiras pedras de Menfis foram assentadas e quando os tijolos da Babilônia ainda nem haviam sido cozidos. Não há lenda tão antiga que a nomeie,ou que relembre que um dia já foi viva,mas ela é mencionada em sussurros ao redor de fogueiras de acampamentos e murmuradas por anciãos nas tendas dos xeiques.
A Cidade Sem Nome
comentários(0)comente



Selennie 28/10/2018

Muito engraçado o estilo dele, exagerado nos adjetivos e vocabulário. Pode não dar muito medo e pode ser preconceituoso, mas é divertido de ler.
comentários(0)comente



Luiz.Machado 16/09/2018

Glub glub
Lovecraft reizinho criativo e visionário que escrevia conto bom, gostoso de ler e super bizarro.
Cada história é um abraço cheio de tentáculos em quem gosta de literatura de horror cósmico.
comentários(0)comente



Lydia Perazzo 13/09/2018

NO GERAL GOSTEI DO LIVRO!
Não foi o meu primeiro contato com as obras do autor e pra quem odiou a mitologia criada por ele vai a dica, ele não escreve só histórias que envolvem esses “monstros” pesquise um pouco e verá que tem outros contos ótimos como por exemplo “A cor que caiu do céu” ou “Sonhos na casa da bruxa”, “O intruso”, “Ar frio” e muitos outros.

Nesse livro tem a junção de vários contos/novela que envolvem a mitologia criada pelo autor. Eu recomendo que não leia esse livro de uma vez só, intercale com outro livro de outro autor de sua preferência porque caso contrário pode ser que você ache cansativo! Tive uma sensação de repetição em alguns momentos pois algumas histórias começam com relatos de algum homem sobre algo que já aconteceu... Então de repente mais uma razão pra intercalar os contos com outro livro... Só recomendo que leia na sequência “Nas montanhas da loucura” e “A sombra vinda do tempo” porque eles são sequencia um do outro.

Não leia os contos esperando um final incrível porque alguns deles não têm esse final, em alguns deles o legal da história está no “meio” e não no fim propriamente dito. Lembre-se antes de ler esse livro que as histórias foram escritas de 80 a 100 anos atrás então aqueles tempos eram outros, um conto que hoje você lê e não sente nada metia o maior medo em quem lia lá em 1930!! Lembra que essas histórias são clássicos assim como as de Edgar Alan Poe e muitas outras.
.
Herbert West Reanimator é o conto mais diferente de todos os outros contos do livro, frequentemente nas resenhas eu vejo quem não gostou muito do livro diz que só gostou desse conto!! Rs
O Chamado de Cthulhu achei muito bom, comecei a ler e não consegui parar! Mas ele não é perfeito! Leia e vc vai saber do que estou falando (talvez rsrs)
Nas montanhas da loucura tem uma história muito louca! Interessante e até certo ponto eu fiquei super empolgada lendo, mas chega um momento em que ela se torna cansativa, acho que se tivesse sido menor ficaria ótima mas foi o jeito dele de escrever né... ele adorava fazer essas descrições minuciosas dos ambientes e tal não tem como fugir disso. Essa história tbm tem várias termos técnicos e eu tive que buscar um dicionário algumas vezes pra entender plenamente o que estava sendo dito mas isso não foi problema pra mim.
A Sombra vinda do tempo, eu achei incrível! Gente que história maluca é essa?! Mano.. vcs precisam ler isso..!
comentários(0)comente



P. Miguel Silva 02/09/2018

Lovecraft não é pra qualquer um...
Terminada a leitura de 'H.P. Lovecraft - Medo Clássico Vol. 1' FINALMENTE! Acabei demorando mais do que esperava, mais por motivos de provas, mas é importante também ressaltar que Lovecraft não é pra qualquer um. Howard Philips Lovecraft construiu uma mitologia cósmica rodeada por monstros e entidades inimagináveis que influencia até hoje escritores e a cultura pop como um todo, e é notável a genialidade e criatividade desse autor em todo universo construído por sua mente. Mas me deparei com algumas dificuldades durante a leitura principalmente por conta do uso de alguns termos arcaicos, além de sua estrutura sem diálogos. Seus contos e novelas são construídos como relatos ou estudos de forma direta, o que pode ser cansativo para quem não está acostumado. Talvez alguns anos atrás eu não teria gostado da leitura, mas hoje após anos lendo autores influenciados pelo filho de Providence, como Stephen King e Neil Gaiman por exemplo, tornou a leitura mais fluida e interessante, além também de me servir como inspiração para os meus futuros contos. Destaco alguns contos como 'Herbert West: Reanimator', 'Sombra Vinda do Tempo', além de sua obra mais famosa 'O Chamado de Cthulhu'. Vale ressaltar tambem a belíssima edição da Darkside Books que conta que belas ilustrações e extras bem interessantes.
Beatriz S. Kawashima 19/10/2018minha estante
undefined




P. Miguel Silva 02/09/2018

Lovecraft não é pra qualquer um...
Terminada a leitura de 'H.P. Lovecraft - Medo Clássico Vol. 1' FINALMENTE! Acabei demorando mais do que esperava, mais por motivos de provas, mas é importante também ressaltar que Lovecraft não é pra qualquer um. Howard Philips Lovecraft construiu uma mitologia cósmica rodeada por monstros e entidades inimagináveis que influencia até hoje escritores e a cultura pop como um todo, e é notável a genialidade e criatividade desse autor em todo universo construído por sua mente. Mas me deparei com algumas dificuldades durante a leitura principalmente por conta do uso de alguns termos arcaicos, além de sua estrutura sem diálogos. Seus contos e novelas são construídos como relatos ou estudos de forma direta, o que pode ser cansativo para quem não está acostumado. Talvez alguns anos atrás eu não teria gostado da leitura, mas hoje após anos lendo autores influenciados pelo filho de Providence, como Stephen King e Neil Gaiman por exemplo, tornou a leitura mais fluida e interessante, além também de me servir como inspiração para os meus futuros contos. Destaco alguns contos como 'Herbert West: Reanimator', 'Sombra Vinda do Tempo', além de sua obra mais famosa 'O Chamado de Cthulhu'. Vale ressaltar tambem a belíssima edição da Darkside Books que conta que belas ilustrações e extras bem interessantes.
comentários(0)comente

Beatriz S. Kawashima 19/10/2018minha estante
undefined




Bruno 01/09/2018

Resenha @leitor_noturno
H.P.Lovecraft - Medo Clássico VOL I .
Autor: H.P. Lovecraft
Editora: @darksidebooks
Estilo: Contos de Horror/ Fantasia/ Clássico
Resumo: A DarkSide reuniu 9 contos de um dos maiores escritores da história, H.P.Lovecraft, Em uma edição luxuosa, lindíssima, com direito a duas opções de capas, recheada de detalhes e ilustrações maravilhosas. Os 9 contos escolhidos não seguem uma ordem, tem personagens diferentes, as histórias são isoladas e na minha opinião deixaram de fora alguns contos importantes do autor. As informações extras, sobre a vida de Lovecraft e a ambientação de seus contos no cenário literário da época em que foram escritos. Muito horror, personagens marcantes e monstros históricos. Você precisa conhecer esse mestre do horror!
.
Capa: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Edição: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Personagens: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Fantasia: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Terror: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Monstros: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Enredo dos Contos: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Descrição dos contos: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Ligação entre os contos: ⭐️⭐️
Fluidez da Leitura: ⭐️⭐️⭐️⭐️
Encerramento dos contos: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Contos escolhidos: ⭐️⭐️⭐️
Informações extras: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
Quem pode gostar? Fãs de monstros, de histórias de terror, fãs de Edgar Alan Poe, quem gosta de contos, fãs de Stephen King, quem assiste Stranger Things.
Nota Final: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️

site: https://www.instagram.com/leitor_noturno/
comentários(0)comente



33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3