Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente

Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente TCD




Resenhas - Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente


147 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10


Evellyn.Souza 13/02/2019

Não recomendável para quem está de bem com a vida
Alguém uma vez me disse que todos os livros são bons e quando não gostamos de um é porque não é nossa hora de lê-lo. Concordo e acrescento, livros tem muitas personalidades, que nem sempre nos damos bem naquele momento.

Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente é um livro com uma personalidade muita intensa e não foi minha hora de lê-lo. Ao meu ver, foi cansativo de ler, e mesmo sempre lendo livros sobre o amor, eu não me adaptei a este.

Quando comecei a ler eu estava muito bem e conforme foi passando a leitura, os textos foram me deixando muito mal, triste e sem vida, isso porque não estou sofrendo por amor.

Ele tem 3 "etapas", pra mim, a última foi a melhor por não falar inteiramente sobre o que é sofrer por relacionamentos. Sim, eu sabia sobre o que se tratava,mas fui em frente e não deu certo.

Claro que tem um público alvo e é a ele que o livro agrada. Por fim, espero que ele tenha ajudado pessoas que estão sofrendo por amor, porque quem não está acha muito maçante de ler.
comentários(0)comente



Book.Obsession 13/02/2019

Quem nunca sofreu, passou por algum tipo de desilusão amorosa ou simplesmente se identificou com alguma nota ou trecho em que leu em algum livro ou em uma rede social?!

Em TCD, vamos nos deparar com vários trechos, poemas, frases, carregados de sentimento. Dividido em algumas partes com títulos que chamam atenção e outras apenas em capítulos.

“Era como se eu soubesse, por antecipação, o que me aguardava: a vida queimaria de maneira tão bruta que esforço algum seria possível. Viver é uma ferida incurável.”

Ao longo das páginas nos deparamos com uma gama de sentimentos e reflexões sobre o quão duro é passar por fases delicadas das perdas, a marca que deixamos em cada impressa em cada relacionamento e que em muitas vezes não somos o suficiente para sermos lembrados.

Tudo no livro é sentimental, cru e além dos textos, nos deparamos com imagens que nos faz refletir sobre esse espiral de dor que muitas pessoas são submetidas bem como, a dificuldade que muitas encontram em lidar e seguirem em frente.

“Como suturar essa parte minha que ainda chama teu nome quando sei que você já até se esqueceu de como sussurrar o meu?”

Pesar, medo, dor, angústia, tantos sentimentos que ficam incrustados na pele e no coração daqueles que padecem e constatam a incapacidade de levarem seus relacionamentos adiante.

Mas não é só de dor que o ser humano é representado e é possível sentir em algumas partes do livro, a mensagem de saudade, esperança, uma injeção de ânimo sobre a importância de se ter amor próprio.

Por ser um livro que traz tantas mensagens é impossível selecionar os textos e comentá-los separadamente, mas ao final fica nítido o quão precisamos independentemente de vivermos decepções ou não, olharmos para dentro, nos conhecermos, saber que mares estamos navegando e sobretudo a importância de estarmos em paz com nosso coração e nossa mente.

Como tenho gostado de inserir em minhas leituras cada vez mais esse tipo de livro, não perdi a oportunidade de comprar um ebook que estava na promoção e degustar aos poucos essa obra. Infelizmente para alguns leitores, os capítulos, que trazem uma realidade nua e crua, podem se tornar difícil a continuação da leitura, justamente por trazer alguns gatilhos.

Não foi uma leitura fluída e não me senti ávida à medida que fui lendo, mas em algumas partes a conexão estava por lá e isso me fez dar continuidade à leitura. Sem dúvidas não é o melhor do gênero, mas tem seu valor.

Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente, foi publicado pela Globo Alt e se tornou um sucesso de vendas e já conta com o seu sucessor que pretendo ler em breve.

site: https://www.bookobsessionblog.com/2019/02/resenha-textos-crueis-demais-para-serem.html
comentários(0)comente



Coala ð¨ð 10/02/2019

TCD - Surpreendente ;-;
Confesso que não esperava nada demais, mas em surpreendi muito, ele é simplesmente maravilhoso, pode ser que fique um pouco lento no meio, mas o final realmente vale a pena.
comentários(0)comente



Dayse 04/02/2019

Meses atrás comecei a leitura desse livro e não demorei muito pra abandonar, nunca fui de ler livros poéticos e não tava me prendendo, na verdade, eu mal estava entendendo, até que meu relacionamento terminou kkkk dei uma nova chance ao livro e as palavras estavam me penetrando tanto que chegava a ser doloroso. Sem dúvidas, textos cruéis demais para serem lidos rapidamente
comentários(0)comente



ray 01/02/2019

não me senti da mesma forma que a maioria
bom... não posso negar que me senti frustrada ao terminar esse livro.. não senti absolutamente nada demais, achei alguns textos cansativos, uma leitura que eu abandonaria sem pensar duas vezes, apenas terminei pq estava em uma meta. mas por alguns textos que me identifiquei dei três estrelas.
Mariana 03/02/2019minha estante
Me identifiquei só com 8 textos ?


ray 03/02/2019minha estante
ainda foi muitos viu miga... acho q eu só com 2 textos e olhe lá kk?kk




Thami.Pelizzoni 27/01/2019

Em cada página desse livro tem um pouco de minhas lágrimas.
O livro é dividido em três partes, em prosa e poesia, com temas como a dor da perda, saudades, tesão e as dúvidas que regem um relacionamento ou algo moderno que pode ser rotulado como tal. As ilustrações são bem legais e falam tanto quanto a poesia.
A edição contém alguns erros e a escrita por vezes é bem adolescente ou repetitiva, mas acredito que não é um livro pra ser lido direto. É um compilado de fases, alguns poemas fazem sentido pra garota que eu era aos 15 anos e outros pra de 23, 26 e 29.
O final é maravilhoso, conseguiram aliviar os possíveis gatilhos disparados durante o livro e encerram de maneira positiva como todo fim, que na verdade é só mais um começo.
Como o título é claramente uma referência a uma música da Fresno, a trilha sonora desse livro deveria ser Evaporar.

site: @mastigando_livros
comentários(0)comente



Kelly @leitora_assidua_ 21/01/2019

Textos Cruéis Demais para Serem Lidos Rapidamente, é uma coletânea de poemas que falam sobre perdas, amores e dores no geral.

Com o complemento de algumas ilustrações no decorrer do livro, ele expõe uma sensibilidade sem igual. Há poemas que falam com você.

Te tocam de maneira absurda, te fazem querer mais.

Assim como também há outros que são um tanto sem sentido? O livro no geral para mim foi uma excelente leitura.

Li todo dia um pouquinho antes de deitar e, por vezes, tinha um poema ou outro pelo Story. Quem acompanhou sabe o quanto os textos eram realistas ou tocantes.

Já leram o livro?! O que acharam?
Renatinha Araújo 24/01/2019minha estante
Olá. Você acha que uma pessoa com Depressão conseguiria ler este livro tranquilamemte?


Kelly @leitora_assidua_ 25/01/2019minha estante
Não vejo nada nele que possa ser um gatilho propriamente dito... Mas ela fala muito sobre decepções amorosas... Então se vc não tive passado por uma recentemente... Creio que não haverá problema algum em ler


Renatinha Araújo 30/01/2019minha estante
Pois é... Eu passei por uma recentemente.. rs... Muito obrigada por me responder!!




Wenders0n 20/01/2019

N foi ótimo, mas foi mt bom!
Esse livro fala sobre sentimentos: amar, sentir saudades por perder alguém, e lidar com isso, e um pouco de amor próprio. Há alguns textos bem tocantes, mas tem uns q n deu pra entender bem oq queriam passar; então foram apenas palavras jogadas ao vento com frases bonitas.
Gostei de ter lido. Nunca li algo parecido.
Gostei principalmente do inicio e do fim (parece q colocaram os melhores no inicio: pra te fazee começar a leitura; e no fim: pra vc terminar "gostando" do livro).


"O meu amor por mim me salvou. Obrigada por me mostrar isso ? da maneira mais honesta e desagradável possível."
- TCD.
comentários(0)comente



Maria Laura 18/01/2019

Textos superficiais demais para serem lidos com vontade
Não sou fã do livros poéticos, decidi dar uma chance ao gênero e fiquei triste que meu primeiro contato tenha sido com esta obra...
Repetitivo demais, percebo que forçaram uma profundidade através de metáforas sem nexo, me esforcei bastante para compreender as entrelinhas e...nada!
Poucos TRECHOS (não foram nem textos completos) realmente me fizeram refletir.
Pomposidade na escrita não é sinônimo de qualidade.
A sensação que tive na leitura foi que tentaram transmitir uma falsa relevância dos escritos, além de que se trata, basicamente, de uma narrativa (porque 90% dos textos são descrevendo os fatos dos relacionamentos, não a forma de se relacionar in abstracto). Ou seja: ou você mora em São Paulo/Rio de Janeiro e tem relações amorosas semelhantes às dos autores ou os textos se apresentam como uma dramatização infindável do que, na realidade, são eventos intrínsecos a essa coisinha chamada VIDA.

Enfim, não excluo a possibilidade de que eu seja apenas insensível... whatever.
Bruna 12/02/2019minha estante
Achei que tinha sido só eu que achei os textos superficiais. Um monte de palavra bonita pra dizer a mesma coisa em todos os textos. Fiquei bem decepcionada.




Lu 16/01/2019

Provoca emoções bonitas.
O gênero é poesia, mas trata-se de textos. Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente. Rs

Não aconselho pra pessoas que terminaram relacionamentos recentemente, pois a maiorias dos textos são sobre términos, e pode alimentar o luto que essa fase da vida provoca. Mas pra quem enxerga beleza nas tristeza, e que entende que em muitas ocasiões da vida é necessário passarmos por ela, que entende que a beleza dela está em sentil-la, e seguir até que a experiência te faça sorrir, esse livro é bastante adequado.

Alguns textos são confusos, mas no geral, eu gostei da grande maioria dos textos. É um livro super fofo, pra pessoas românticas e sensíveis.
Renatinha Araújo 24/01/2019minha estante
Obrigada! Gostei muito de sua resenha. Eu terminei um relacionamento há pouco tempo e estava na dúvida se eu deveria ou não ler desta obra.




Thainarabianchi 14/01/2019

Não é tudo isso que falam mais fácil de ler.
comentários(0)comente



Aninha 12/01/2019

Ok
O livro é dividido em 4 partes, sendo que a segunda foi a que eu achei mais repetitiva e eu li bem por cima, e pois é... É A PARTE COM MAIS PÁGINAS. Depois que ela passou ficou bom então eu daria 3.5 estrelas, por aí. Talvez eu não estivesse no clima pra ler esse livro sla
comentários(0)comente



Eduarda.Oliveira 11/01/2019

Decepção!
Basicamente, uma coletânea de textos sobre fim de relacionamentos. Essa é a lembrança que o livro deixou em mim. Achei tudo muito exagerado, dramático, como se fosse o fim do mundo terminar com alguém - e olha que eu sou uma pessoa extremamente intensa com relação a sentimentos. De todos os textos, uns 5 eu realmente gostei. Decepção é a palavra que fica, pois sempre fui muito fã das redes socias e amava os textos publicados nelas. Esperava mais!

site: https://www.instagram.com/eduardaa.oli/
Hamilton 12/01/2019minha estante
Exatamente...
Foi a mesma sensação que tive...
Tudo muito exagerado, dramático...
Em alguns momentos me pareceu forçado.


Eduarda.Oliveira 10/02/2019minha estante
pois é!




Jon 09/01/2019

Sinto muito.
De linguagem característica dos escritores que publicam nas mídias sociais, o livro do grupo TCD não foge do estilo de escrita visto na popular página que deu origem ao projeto. "Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente" é contemporâneo e conversa com as publicações da página principalmente no que se refere à temática dos textos e poemas.
A literatura feita e veiculada na internet, mais especificamente nas redes sociais, conta com um elemento que a fortalece: a identificação. Os escritos vistos nesse meio são sempre rodeados por temas que dialogam com sentimentos também sentidos pelo leitor, fazendo com que este se veja refletido nas palavras lidas. Acredito que esse elemento seja tão forte na escrita da internet pelo fato de poucas pessoas lerem. Isso dá espaço para uma grande presença de textos e poemas mais curtos, com uma linguagem extremamente simplificada - para atrair os poucos leitores. Este livro busca o contrário (a página também) e nos dá textos que, embora com uma linguagem não muito "difícil", propõem reflexões sobre as relações humanas. Essas reflexões são feitas de forma bastante confessional, e mais parecem ser desabafos e/ou conversas. O tempo todo lemos histórias de amor fracassadas ou não, acabadas ou não. Portanto, o fator de identificação está tão presente na obra quanto nas publicações da internet. Quanto mais você se identifica com os sentimentos contados, mais você gosta da obra. Por isso é cruel. Alguém que leia este livro sem se identificar com nada sentido por quem o narra talvez não goste.
Ademais, é bastante poético e emotivo; carregado de sentimentalismo. Esse é o ponto forte do livro. Quem sente, o lê de uma forma. Quem não, lê de outra.
Eu sinto muito.
Manoel 09/01/2019minha estante
Bela crítica!




Rayla Souza 08/01/2019

Muito bom e muito Ruim
O livro foi muito cansativo pra mim... Até o meio do livro eu tava com vontade de desistir, a escrita é boa mas muito repetitiva, sempre o mesmo sofrimento, mesmas palavras mesmo modo de sofrer.
O final do livro me interessou mais, as partes menos sofridas e mais motivadoras são sem duvidas melhores. Essas partes fizeram a nota subir, e me motivaram a terminar.

É um livro bom pra quem acabou de terminar um relacionamento ou está em um momento de perda.
comentários(0)comente



147 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10