Felicidade Desejada

Felicidade Desejada B.J. Harvey




Resenhas - Felicidade Desejada


6 encontrados | exibindo 1 a 6


dayukie 14/05/2019

"[...]
Após a boate de Sean, a mesma que Ryan trabalhava, sofrer um estranho assalto, Samantha Richards, acaba voltando a vida de Sean, eles tiveram uma história antiga inacabada e nunca resolveram essa questão, é obvio que nenhum dos dois esperava que fossem se encontrar novamente, ainda mais nessas circunstâncias, e o encontro acontece justamente, por Samantha ser policial.
Ela é uma mulher forte, independente, linda e nem um pouco submissa, como já sabemos dos gostos de Sean, encontramos um problema, mas a verdade é que no passado, eles se separaram, foi culpa da mãe de Samantha, e o fato dela não ter sido criada para viver a sombra de ninguém, muito menos de homem.
Esse caso mal resolvido dos dois e a situação de Ryan, tem tudo para ser uma história explosiva e maravilhosa, assim como os outros livros da série, esse foi sensacional, uma leitura gostosa de se fazer, rápida e que me prendeu do inicio ao fim e a autora soube dar um ótimo desfecho para a série, além de nos presentear com essa casal cheio de química.
As cenas dos dois são de tirar o fôlego, são quentes e capazes de elevar nossa imaginação. A trama fala sobre redenção, perdão e segundas chances, nos mostra personagens fragilizados emocionalmente e psicologicamente que encontram no amor um lugar melhor."

site: http://bit.ly/FelicidadeDesejada-BJHarvey
comentários(0)comente



Paula Juliana 27/10/2018

Paixão, amor e Redenção embalam os lençóis do final da série Bliss, nesse terceiro livro Felicidade Desejada encontramos mais um romance daqueles de tirar o chapéu, para os fãs de cenas picantes, de personagens fortes e dominantes é um prato delicioso e um perfeito banquete! Metáforas a parte foi um prazer como leitora finalizar essa série que é uma das minhas queridinhas da Editora Charme, e acompanhar as histórias de amor tão bem escritas pela autora B.J. Harvey.

Em Felicidade Desejada conhecemos ou melhor, nos reencontramos com personagens antigos, vistos nos primeiros livros da série e que ganham atenção e o protagonismo necessário e merecido. Vamos falar de homens dominadores? Simmmmmm, Sean Miller é um dom estilo Grey com menos masoquismo e mais amor, porém, ele é um poderoso macho alfa, dono de sua vida o que não quer dizer que sua história foi fácil. Sean já passou por muito, teve muitas perdas, seus pais quando era novinho, criado por seus avós, logo os perdeu também, sendo que o que lhe resta de família é seu irmão, e Ryan está longe de ser um irmão tranquilo.

Ryan sendo o irmão mais novo acabou sentindo de uma forma diferente as perdas de sua família, enquanto Sean virou um famoso advogado dono de empresas, entre elas uma boate famosa que tem algumas peculiaridades, Ryan se perdeu na vida, sempre se meteu em muitas encrencas e foi salvo por seu irmão mais velho, acabou se viciando em jogos, o que quando em parceria com pessoas do submundo pode ser um vício muito perigoso.

Foi depois de um estranho assalto a boate de Sean que Ryan trabalhava, que Samantha Richards volta a vida de Sean. Sim, previsivelmente o casal teve uma história antiga, viveu uma paixão que não acabou muito bem, melhor dizendo, não teve uma conclusão, e vocês sabem, casos entreabertos podem muito bem ressurgir das cinzas. Nem um dos dois esperavam se encontrar, ainda mais em uma situação assim, Sam é uma policial linda, forte e independente e aparentemente NADA submissa. E eis que encontramos o problema, um Sean dominador e uma Sam nada submissa, porém, no passado o que digamos que separou esse casal foi o encontro de Sean com a mãe da moça, e o fato que Samantha não foi criada para ser uma mulher que vive a sombra de ninguém.

Esse reencontro, a situação tempestuosa de Ryan e o romance mau resolvido do casal são uma receita EXPLOSIVA para uma trama que tem tudo para ser maravilhosa. E foi, para mim Felicidade Desejada foi uma leitura muito gostosa, bem rápida e atrativa, com um casal com muita química, um enredo que funcionou muito bem e um belo desfecho para a série. As cenas quentes são de tirar o fôlego e elevar a imaginação do leitor. B.J. Harvey fala de redenção, de perdão e segundas chances, mostra personagens bem desenvolvidos psicologicamente e até fragilizados, descobrindo no amor e em sua relação um abrigo. Recomendadíssimo para quem curte o estilo.

Paula Juliana

site: https://overdoselite.blogspot.com/2018/10/resenha-felicidade-desejada-bliss-3-bj.html
comentários(0)comente



Carolina DC 10/09/2018

O terceiro livro da série "Bliss" tem como protagonista Sean (um dos três parceiros casuais da Mac, do primeiro livro) e Sam (parceira policial do Zander). O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos alternam a perspectiva entre os dois protagonistas.
A trama se passa em Chicago como nos livros anteriores. Sean é um advogado de 33 anos de idade, que também é dono da boate Throb, uma boate "especial" com uma seção para clientes com gostos sexuais mais peculiares. Sean é um homem responsável que junto com seu irmão mais novo Ryan, foi criado pelos avós após ter perdido precocemente os pais amorosos.
Desde cedo Sean faz o papel de pai/ irmão mais velho de Ryan, que é um homem problemático e que constantemente se envolve em jogos ilegais e outros tipos de confusões. Ryan agora trabalha no bar do irmão e mais uma vez, se mostra não confiável.
Sam é uma policial correta que no trabalho não demonstra suas emoções e é conhecida como "Rainha do Gelo" pelos seus companheiros. Sua atitude fria é a carapuça perfeita para se manter afastada dos demais policiais, separando assim sua vida profissional da pessoal. Seus dois melhores amigos são Rico e Helen, paramédicos, parceiros e noivos. Helen conhece Sam desde a época da faculdade e Rico é um brasileiro (sim, a autora inseriu um personagem da nossa terrinha!) que dão apoio incondicional à amiga.

"Samantha Richards, a mulher que uma vez teve todo o poder e se recusou a reconhecê-lo. A mulher que saiu da minha vida e me rejeitou sem nenhuma explicação. A mulher que me abandonou no momento em que eu mais precisava dela." (p. 27)

Quando um assalto ocorre na Throb e Ryan se fere, Sam e Zander são os primeiros a chegar no local e Sam depara-se com o passado, e talvez com uma nova chance de encontrar a felicidade tão desejada.

"Para a minha sorte, eu ainda vou fixar meus olhos no único homem que me marcou durante todos esses anos. O homem que tem o poder de me deixar de joelhos, literalmente." (p. 18)

Sean e Sam se conheceram na Universidade e desde o primeiro momento, as faíscas voaram entre os dois. Porém, os dois cresceram de forma bem diferentes: enquanto Sean teve um lar amoroso com seus avós, Sam foi controlada por uma mãe que doutrinava a importância de não se depender de um homem.
Mais de uma década se passou e o reencontro não se trata apenas do relacionamento pessoal de Sean e Sam e sim dos problemas que Ryan está causando. Ao contrário dos livros anteriores, esse livro traz um pouco de ação e também presenteia os leitores com o retorno dos personagens já conhecidos da série: Zander, Kate e até mesmo Mac. Outra semelhança com os livros anteriores são as cenas hots, mas que dessa vez apresentam um tom mais cinza.

"Quando ele inclinou o queixo e começou a me beijar suavemente, eu soube que não havia a mínima possibilidade de dizer não a esse homem novamente." (p. 56)

O casal tem uma ótima química, o enredo é bem desenvolvido e os personagens secundários tem seus papéis bem definidos na história. Para os fãs de romances adultos, a série sem dúvida é uma boa pedida e "Felicidade Desejada" não deixa os leitores na mão.

"Sean Miller. O grande sacrifício da minha vida. Aquele que deixei partir." (p. 15)
comentários(0)comente



Notas.Literarias 19/07/2018

Quero um Sean Miller
Hello pessoas, tudo certinho?!?! Hoje vamos falar do terceiro livro da série Bliss, Felicidade Desejada!!! Sean Miller já é nosso velho conhecido, se você leu o primeiro livro, já topou com ele, se não leu, vai conhecer toda a sua personalidade dominante agora!!!

Sean e Samantha se conheceram na faculdade, a paixão floresceu após um embate quente sobre política. Tudo estava indo bem até que, a mãe de Sammy, resolveu que um homem dominador não era bom para ela. Um homem como esse só serviria para acabar com sua liberdade e seus interesses e com isso ela acabou a relação e no momento em que ele mais precisaria dela. Dez anos se passaram e nunca mais se encontraram, até esse momento.
“Sean MillerO grande sacrifício da minha vida.Aquele que deixei partir.”
Sean já perdeu as contas de quantas vezes teve que resolver as encrencas de seu irmão Ryan, sua postura, de ser a pessoa que tudo resolve, desde que perdeu seus pais, contribuiu para esse comportamento irresponsável de seu irmão. O que ele não imaginava é que, uma das ações dele, traria de volta a sua vida a única mulher que ele nunca esqueceu, a única mulher que ele queria para sempre em sua vida e em sua cama.
“ Se a morte dos meus pais me ensinou algo foi que a vida pode mudar num piscar de olhos, então você tem que vivê-la como se fosse eu último dia na terra. Se ao menos fosse assim tão fácil...”
Pois é minha gente, uma grande confusão pode por vezes afastar e na mesma proporção aproximar as pessoas. E exatamente esse foi o motivo do afastamento de Sean e Samantha, nossa opinião sobre o outro não pode ser baseada em experiências anteriores, porque as pessoas não são iguais, e fatalmente, teremos uma análise parcial. E julgar o caráter de alguém, com base em outra pessoa, quase sempre vai dar errado.
“Reúno toda a força que tenho e me viro, afastando-me da única mulher que nunca quis deixar, a única que precisa tomar a decisão sobre o que e quem verdadeiramente quer. E logo.”
Os dois tiveram dez anos de teimosia e de conclusões precipitadas. Ela achando que foi descartada por outra, e ele, pensando exatamente a mesma coisa mas por motivos totalmente inerentes a sua personalidade. Foi preciso que a vida de Ryan estivesse em perigo para que esses dois se reencontrasse. E novamente a vida de Ryan estará entre eles dois. Será que eles serão capazes de superar suas personalidades e conseguirão se reconectar?

Esse de fato é o livro mais intenso, em questões de relacionamento, seja amoroso ou familiar. Um enrosco sem fim, mas que nos leva a virar cada uma das páginas querendo mais e mais, desses personagens que nos encantam desde a primeira página.
“Tenho lutado, batalhado por ela, e, nesse momento, sei que continuarei lutando por Sam até o último dia de vida.!
Quatro notas bem quentes para Sean e Sammy!

site: http://www.notasliterarias.com/2018/07/resenha-felicidade-desejada.html
comentários(0)comente



Mari @enquadrandolivros 22/03/2018

"Felicidade Desejada" é o terceiro livro da série Bliss, que traz romances sensuais, contagiantes e clichês.

No livro vamos conhecer Sean Miller e Samantha Richards. Os dois se conheceram na faculdade e começaram um relacionamento. Samantha foi uma das poucas mulheres que Sean desejou mais de uma vez. E Sean, foi o único homem que Samantha deixou chegar perto o suficiente dela. Juntos, eles se davam super bem em uma relação de submissa e dominador. Mas algo aconteceu, e Samantha terminou o relacionamento sem dar explicações e desde então eles nunca mais se falaram.

Agora, depois de dez anos, Samantha é uma policial forte e independente, e Sean é um homem maduro, que sabe o que realmente quer. O destino vai colocar um na vida do outro novamente, e ambos vão se questionar sobre o passado. Sean quer acabar com o mistério, e descobrir o motivo do término, já Samantha, tenta manter sua postura de durona, mas fica evidente que ela não é forte o suficiente para resistir a todas as armas de sedução do Sean.

Umas das coisas mais legais do livro, é a relação bem construída, entre passado e presente. A estória é contata por Samantha e Sean, e nos trechos do passado percebemos o quanto foi complicado para Sean perder toda sua família e ter que amadurecer cedo demais para lidar com as irresponsabilidades do irmão mais novo. Já Samantha sofria com algumas atitudes abusivas de sua mãe, que a fizeram questionar sobre seu desejo de submissão, e isso não ficou apenas no passado, até hoje isso afeta nossa protagonista.

Além de uma trama bem construída, que envolve presente e passado, e de personagens carismáticos, a obra também tem muita sensualidade. O livro é leve e fácil de ler, e gostei da forma como a autora abordou o conceito de relacionamento, que muitas vezes pode ser conflitante e inconstante. A escrita da autora é bem fluída e direta, durante a leitura eu percebi que se tratava de um livro sem enrolação. Tudo que estava presente na estória era extremamente necessário.

A série Bliss está sendo publicada no Brasil pela editora Charme, e eu indico a leitura para quem curtes romances sensuais, leves e fáceis de ler.

site: www.enquadrandolivros.com.br
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6