Perverta-me

Perverta-me Anna Zaires




Resenhas - Perverta-me


25 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Rafað 04/07/2020

NÃO SE ROMANTIZA ESTUPRO
O livro mais desnecessário que li na minha vida, uma merda, além de ser sequestrada
e estuprada várias vezes, ela se apaixona por ele, a autora romantizou a relação abusiva e o estupro que ela sofreu.
Fico imaginando uma pessoa que realmente sofreu com um estupro tendo que ver sua dor sendo romantizada
ESTUPRO É CRIME CARALHOOO
Essa autora perdeu todo o meu respeito.
comentários(0)comente



Jack 02/01/2021

Sem condições! ?
Achei um absurdo a relação da Nora com o Julian.
A relação deles não é nada saudável e o fato dele ser obsessivo foi algo que me irritou muito! O fato dele também praticamente força ela a certas coisas, mesmo quando ela diz que não, mas acaba que ela chega ao ponto de aceitar porque a único opção que resta é essa.
Ele trata ela como se ela não tivesse vontades própria, como se ela não passasse de um ( bichinho) como ele mesmo gosta de chamar. E o que mais me assusta é o fato de ela muitas das vezes se pegar gostando dessa possessividade, desse controle dele sobre ela.
O jeito que ela reagiu a tudo isso (não dá!)
Uma relação problemática de mais, algo que eu não achei legal, não gostei!
Sem contar o estupro, porque por mais que o corpo dela reagiu a ele ( não sei como né, mais reagiu) se ela falou que não é não.
Só espero que nos próximos livros a relação deles seja trabalhada melhor e com mais cuidado para que possam ter uma relação saudável.
comentários(0)comente



MimideLuvas 22/04/2020

Protagonista sem personalidade
Eu amo dark romances, não ligo muito para os temas polêmicos que eles se propõem, e cada autora faz uma escolha entre condenar certas ações ou não. A contextualização do Julian é muito boa e há motivos para o que ele faz mas eu não consigo engolir a Nora. Ela era tão vazia que nada na vida importava mais? Faculdade, os pais, sonhos, sua autopropriedade??? Isso não é amor, é uma completa falta de auto-estima. Uma coisa são certos fetiches, outra é qdo isso ultrapassa qualquer barreira da sanidade. Eu só conseguia sentir nojo dos personagens principais.
Porém o livro é bem escrito e te envolve. Se vc conseguir gostar do casal vai fundo que é uma boa leitura.
comentários(0)comente



Lucimara 25/12/2020

Horrendo em muitos sentidos
Por onde começar...? Temos Nora, uma adolescente estúpida, que vai à balada com sua amiga e dá de cara com um homem mais velho, que mais tarde a sequestra. O resto é ela passando o tempo na ilha, enquanto espera ansiosamente pela volta de seu sequestrador, e, quando o mesmo retorna, eles comem, trocam duas palavras e vão transar. E é isso por muitos capítulos.

A "história" é insípida, como os personagens. Tudo acontece muito rápido. Mal somos apresentados a protagonista, e já a vemos atraída e "assustada" pelo tal cara misterioso. Na ilha, ela acorda depois de ter sido drogada, nua e logo é estuprada (sendo que ela era virgem). E você espera revolta, medo, angustia... Mas Nora está ocupada demais reparando no quanto ele é lindo e perigoso e sensual e agressivo e ai meu corpo traidor já está molhado só dele me olhar. Não tem evolução, não tem sentimento e, principalmente, não tem sentido.

Beth poderia ser substituída por um pedaço de papelão que não teria feito diferença. Ela me deu ódio, pois só sabia dizer que Nora estava reclamando de barriga cheia. "Você foi drogada, sequestrada, mantida cativa em uma ilha deserta longe de qualquer civilização e proibida de entrar em contato com qualquer um lá fora, é usada unicamente como boneca sexual por um estuprador sádico que ficou obcecado por você porque você se parece alguém que morreu e te mantém na base de ameaças. Garota, você não sabe o que é sofrer! Então, para de drama!" Como não amar Beth?!

E eu já spoilei, e não ligo: a justificativa para o sequestro é ela se parecer com uma menina que Julian conhecia. Grande razão! E a sua triste história de vida? Me debulhei em lágrimas! E a história de Beth? NOSSA, COMO ESTOU SOFRENDO!!! Que trama mais porca, preguiçosa e mal contada.

O """romance""" é asqueroso. Tudo é relevado porque ele é lindo e bilionário. Ele não faz NADA bom para ganhar simpatia. O cara estupra a protagonista várias vezes seguidas. Não é não. Pare é pare. Não respeitou essas simples palavras? É estupro! A guria se apaixona por ele desde o início. Ela vê uma pessoa sendo espancada por ela ter tentado fugir, e ainda consegue dizer que ama um merda desses. Nora é patética e burra demais. Ela não raciocina como um ser pensante. Ela se deixa ser manipulada e "treinada" para responder da forma que Julian quer. Ela sente falta do que ele faz com ela, mesmo ela sabendo que é completamente deturpado.

Nada. Absolutamente nada funciona aqui. Nada me fazia continuar querendo acompanhar. Nada me fazia simpatizar por qualquer personagem. Nada me fazia achar as cenas de sexo interessantes. Nada me fazia ficar minimamente tensa com as cenas de "ação". Tudo era cru, entediante, mal escrito e repetitivamente repetitivo. Eram páginas e mais páginas de nada com coisa alguma. Chamam Stephen King de prolixo, mas o que essa autora fez é de uma patifaria tremenda. Não faço ideia de como ela conseguiu enrolar essa porcaria para render três livros. E nem quero saber.

O mais chocante foi ter descoberto essa trilogia por meio de um blog, onde várias pessoas afirmavam que essa obra era ótima. A nota no Goodreads passa dos 4. Não me vi lendo um livro de romance, me vi lendo um terror. A única razão para me forçar ler até o final foi o fato de ser curto. Mas mesmo assim, demorei o triplo do tempo que poderia ter demorado, pois era quase impossível avançar de tanto estresse e tédio.

Ainda darei outra chance para a autora, mas chega dessa história.
comentários(0)comente



Lucy 26/03/2018

Para quem tem estômago, e não é um romance
Uma amiga indicou, como romance, terminei de ler tentando entender aonde ela viu o romance, pois todo momento ela disse não, ela tentou fugir, ele a condicionou a sentir sua falta, a sentir que ela precisava dele. Depois de meses na ilha é como se ele tivesse feito uma lavagem cerebral nela, pois mesmo ela não querendo e sabendo que era errado ansiava pelo seu retorno, mas simplesmente pq não havia mais nada para que pudesse recorrer, além da pessoa que ele escolheu para cuidar dela.
inconformada pelo final deste li os outros dois livros da trilogia, ainda sem tradução, nos demais livros a autora passa a narrar a história também pela mente doentia de Julian, e ele assume que a estuprou. Ela assume nos demais livros que está com a sindrome de estocolmo, mas nada muda, na verdade a partir do momento onde a existencia dela na vida dele se tornou algo publico a vida dela está em risco constantemente, devido a natureza de seus negócios. Ela só aceitou o "destino" e seguiu tentando fazer o seu melhor nos livros seguintes, abraçando o mundo dele como se tivesse nascido pra isso.
Eu recomendo se for ler esse livro : 1- não ler se tiver estomago fraco, pois ela é estuprada e humilhada, há cenas de violência física também por parte de inimigos que a sequestram, e a descrição é como em um filme de ação.
2 - Os livros são moralmente incorretos, ninguém tenta defender as ações, apenas informam o que levou aquele ponto e que não há arrependimentos. Há assassinatos, estupro, comercio ilegal, corrupção. Muitas partes é exposto o pior da natureza humana e você sabe que em algum lugar do mundo aquilo é real e está acontecendo.

No geral avaliando a trilogia eu gostei, odiei o primeiro pela romantização do estupro, mas achei que no geral a historia se desenvolveu bem.

É claro que em momentos onde a voz feminina se torna mais forte e sua luta mais presente, livros como esse podem dar a falsa impressão defendida por alguns imbecis que mulher gosta de ser pega "a força", que se for rico e bonito ta tudo ok. Mas se olhar apenas pelo lado literário é um historia interessante, eu sei das minhas convicções e pra mim não difere um romance com estupro assumido de tantos outros best sellers queridinhos onde o ricasso ceo persegue e insiste com a mulher mesmo ela dizendo não tantas vezes, rastreia celular, não deixa ninguém se aproximar por ela ser posse dele. (como um objeto). E vale lembrar que quem escreve essas histórias de sucesso são mulheres também. E vende! Pelo menos nessa não teve muita hipocrisia, um cara pertubado e uma jovem que mesmo ciente do problema psicológico que ele criou e perigos a sua vida decidiu mergulhar no mundo dele.
Simone 09/03/2019minha estante
Eu to começando a ler e vim dar uma olhada nas resenhas, eu adoro romances dark, pesado, fortes, o que não quer dizer que tô apoiando a violência, infelizmente a gente sabe que existe, mas romances eu gosto desses estilos diferentes, sei que muitas criticam muito esse estilo, acho tão bom ter vários estilos pra ler , mas enfim, vou continuar a leitura e depois venho dar minha opinião, pelo jeito ele fica obcecado por ela e ela ao mesmo tempo que detesta a situação se sente atraída por ele.


MimideLuvas 22/04/2020minha estante
Eu nunca odiei tanto um casal na minha vida qto Nora e Julian.




Desi Lyra \@mixturaliteraria 31/01/2018

EU REALMENTE NÃO SEI O QUE PASSOU PELA CABEÇA DA AUTORA
Eu fico realmente triste quando quero muito ler um livro e quando finalmente consigo eu vejo que ele não é bom. Quando eu li a sinopse eu fiquei super empolgada porque é uma proposta diferente, ousada e eu amo isso em um livro! Fiquei super curiosa !

E que decepçãao! A escrita da autora em si é bem boa, mas a história, simplesmente não dá!

Minha mente passou 85% do livro gritando: TÁ ERRADO, TÁ MUITO ERRADO, ISSO TUDO TÁ ERRADO!

Meu problema nunca foi com o sequestro, porque quando há uma justificativa convincente, é totalmente aceitável dependendo do contexto, mas por mais que ele gostasse dela e ela gostasse dele, NADA ANULA O FATO DE QUE VOCÊ TRANSAR COM ALGUÉM QUE ESTÁ CHORANDO E PEDINDO PRA VOCÊ PARAR É ERRADO! É MUITO ERRADO.

Ele podia ter sequestrado ela e eles irem se conhecendo, existiam mil justificativas que a autora poderia usar, existiam mil caminhos por onde ela poderia ir, E ELA FOI PELO PIOR E MAIS FEIO DE TODOS.

Eu quase abandonei o livro, logo depois da metade, Sabe quando você pensa 'vou ler só de raiva'? Foi isso! Eu ainda tinha esperança que algo diferente e talvez justificável aparecesse no final, mas não.

Não estou dizendo que ela é uma péssima autora, nem nada do tipo. Estou apenas falando desse livro.

Eu leria algo dela novamente, até por curiosidade, pra saber como seria, mas infelizmente, pela 1º vez, vou dar 1 estrela a um livro na minha vida!
Vania Luciana 06/02/2018minha estante
undefined


Val 13/08/2018minha estante
Esse foi o primeiro livro dark que eu li na vida, foi difícil para mim digerir, depois dele vieram vários e hoje posso te dizer que é o meu gênero literário preferido. Vale salientar que na vida real eu não admito nem um tipo de abuso. Mas estava cansada de ler sempre mais do mesmo, sempre os CEOS ricos com garotas ingênuas estavam me enchendo o saco. Talvez depois de algum tempo você consiga ver o livro como ele é: um livro dark e não um romance e nos livros darks dificilmente existe redenções dos vilões ou finais realmente felizes. Meu comentário não é uma critica ao seu tá! É que amo debater sobre livros. Bjs :)


Giulia 03/05/2020minha estante
Eu penso a mesma coisa, meu Deus, o tempo todo eu pensava ?TA MUUITO ERRADO ISSO MEU DEUS!!? Como essa menina larga tuuudo não pensa em nada, e abandona a própria vida e família, cade o amor próprio? Agora basear um livro que muita gente romantiza e acha lindo o estupro e sequestro. Meu Deus não da pra mim. Eu ganhei a trilogia, cheguei no terceiro não dava mais para mim, tive que abandonar total. Estava a beira da loucura em um nível, não bom e nada aceitável na minha concepção!


22/05/2020minha estante
Eu tô na metade e precisava encontrar um comentário igual o seu. A autora realmente é boa, meu segundo livro dela, o primeiro que li dela A Prisioneira dos Krinars recomendo muito você ler, porque o cara de certa forma também sequestra a mocinha mas nunca força ou machuca em nenhum momento.




Mih 08/03/2018

Lixo.
Imagine um livro ruim, imaginou? É esse aqui.
Não vi romance, vi uma garota sofrendo da síndrome de Estocolmo.
Val 13/08/2018minha estante
Mas o livro retrata realmente a síndrome, é um livro dark.




flaflozano 28/07/2018

Sem " best part "
Não consegui achar uma parte que gostei.Não sei de onde surgiu o amor da parte de Nora, mas é uma boa historia, neh?!
comentários(0)comente



Fabiola.Carvalho 09/04/2020

Um livro intrigante. Onde você de início acha uma loucura e vai lendo até que se sente envolvida com toda a loucura da Nora. Bom livro!
comentários(0)comente



Ju.Cassimiro 29/06/2020

Muitas emoções...
Perverta-me é o meu primeiro romance dark e acredito que foi uma ótima escolha. O livro tem uma clima pesado e não é politicamente correto, mas também não vai nas profundezas do darkside.

A história é no mínimo interessante e intrigante. Toda a tensão e o misto de sentimentos te prende bastante.
Os personagens são bem legais e confesso que em alguns momentos tive mais raiva da Nora do que do Julian que é o "errado" da história. Acredito que a intenção da autora foi justamente essa, fazer com que a gente se apaixone por ele também apesar de tudo.

Não tenho uma opinião formada sobre se o que aconteceu foi ou não Síndrome de Estocolmo.
No geral o livro foi interessante, sexy e intrigante. Não sei o que esperar dos próximos mas acho que o primeiro foi uma boa leitura. Ansiosa para continuar explorando esse gênero.
Maria.Fernanda 29/06/2020minha estante
Leia twisted emotions É TUDO




Nath 05/01/2019

(EXTRAORDINÁRIO) melhor livro que li até hoje
Ele mistura todas as sensações que procuro em um livro. É simplesmente EXTRAORDINÁRIO, penso o tempo inteiro nesse livro, até sonho com ele, de verdade é incrível !!!!!!!!!!
Audrea.Oliveira 22/01/2019minha estante
Oi vc tem em pdf para me doar? ?


Cida.Rodrigues 14/09/2020minha estante
Boa tarde , eu gostaria de ler ele completo , mas nao consigo baixar li ate a pagina 186. Alguém poderia por favor se nao fosse pedir de mais me mandar no meio imail o livro completo.mariaaparecidama234212@gmail.com. .desde ja agradeço


Cida.Rodrigues 14/09/2020minha estante
mariaaparecidama234212@gmail.com




Mariana.Silva 22/10/2020

Não tem como gostar disso
tentei de todas as formas prosseguir a leitura porém MDS a Nora é muito burra, ela deixa fazer oq bem entender com ela, o cara humilha ela, bate nela, estupra ela, e ela deixa MDS DO CÉU e ela contínua boba apaixonada ai olha sinceramente...
comentários(0)comente



Juliana 10/05/2020

Razoável
Li por indicação da Amazon, pesquisei algumas opniões e vi que falavam maravilhas, mas infelizmente não vi essa maravilha toda.
Nora chega a ser pior do que Bella Swan.
Prefiro a história de Lucas e Yulia, que é da mesma autora, é muito mais envolvente e interessante.
comentários(0)comente



Gabi 03/09/2020

Não recomendo para ninguém, um livro que romantiza assuntos delicados. Desnecessário esse livro
comentários(0)comente



kevillyn 24/04/2020

O livro todo é basicamente a romatização de um sequestro, a protagonista fica totalmente dependente do sequestrador e sem dúvida desenvolve uma síndrome do Estocolmo. A verdade é que fiquei indignada com as reações dela e quero que ele vá para o inferno, o livro contém uma quantidade absurda de estupros e abuso psicológico, mas por mais ridícula que a trama seja não consegui parar de ler. Parabéns a escritora.
comentários(0)comente



25 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2