Os Flintstones - Volume 1

Os Flintstones - Volume 1 Mark Russel...




Resenhas - Os Flinstones


15 encontrados | exibindo 1 a 15


Eric Rocha - Ersiro 15/07/2020

Surra de críticas sociais
Eu tô no chão da enxurrada e surra de críticas sociais em cada página que existe nessa obra. Por vezes a narrativa consegue alcançar um nível emocionante e poético. Ela nos permite várias reflexões durante toda sua leitura; não consegui simplesmente devorar a história de uma vez, pois precisava dar uma pausa para pensar no que tinha lido.

Vamos lá aos assuntos que a HQ trabalha e/ou questiona: Exploração no trabalho; mão de obra barata; distribuição de renda não igualitária entre os trabalhadores; consumismo desenfreado; as significações da arte para aquele que a cria; tomada de terras dos nativos à força (para colonização, ?civilização? e criação de novas formas de superfaturar dinheiro); guerra e a vida de soldados pós-guerra; pessoas em situação de rua; a incômoda tarefa de se adequar e se identificar em grupos aos quais você não pertencem; o casamento como um negócio financeiro e jurídico, como um modo de garantir uma ilusória segurança, que retira liberdades dos parceiros e produtor da superpopulação, em nome de uma união sagrada; preconceito e tolerância a ideais e modos de vida e de ser diversos; uso de animais para exercerem atividades de benefício humano; a promessa vazia da religião e de uma figura divina para obter o sentido da vida; patriarcalismo; desmatamento; xenofobia; fake news; solidão

O último capítulo é certeiro e vem para questionar o quão sutil e ilusório é a linha da racionalidade e da boa vizinhança e de tudo o que construímos como civilização, e em como isso pode ser destruído de um momento para outro com apenas um gatilho.

O traço e as cores são lindas!

Nota 5 ? ? Favorito!
Gabriel Rodrigues Viana 15/07/2020minha estante
Nossa surpreso, não é o que eu iria esperar de uma HQ dos Flintstones, ironias em relação a vida moderna sim, mas críticas sociais não, muito interessante


Eric Rocha - Ersiro 15/07/2020minha estante
Gabriel, eu também não esperava algo do tipo, principalmente depois de ter lido Scooby Apocalipse, que também é um projeto da DC. Ainda tô desnorteado com essa leitura




Fulano 28/07/2020

Resenha de HQ: "Os Flintstones", de Mark Russell
A série animada sobre a família Flintstone, produzida pela Hanna Barbera nos anos 60, certamente fez parte da infância de todos, ganhando uma ousada releitura pelas mãos de Mark Russell e Steve Pugh, em 2016. Embora Wilma, Fred e Barney ainda vivam na idade da pedra, esta série de histórias em quadrinhos traz conflitos que refletem e criticam nossa sociedade atual.

Esta obra prima que você precisa ler urgentemente retrata a formação da nossa civilização, sendo uma sátira sobre a construção das estruturas sociais que conhecemos hoje. "Os Flintstones" fala sobre a indústria da guerra, conservadorismo, capitalismo (por que choras, Estados Unidos da América?), política, sexismo, exploração da força de trabalho, patriarcado e até especulação imobiliária.

Leia a resenha completa com fotos das duas primeiras edições, através do link http://www.conexaomista.com.br/2020/07/resenha-hq-os-flintstones-de-mark.html

site: http://www.conexaomista.com.br/2020/07/resenha-hq-os-flintstones-de-mark.html
comentários(0)comente



Matheus 08/05/2019

Se o hype fosse menor tinha se saído melhor.
Os Flintstones é uma volta a infância em uma roupagem adulta. Trata de questões sociais, religiosas importantes. Equipara uma sociedade paleolítica aos dias de hoje e faz isso de forma bem humorada.
Mas, a construção dos personagens é rasa, o enredo é simples, as críticas são clichê e as histórias não se conectam, ficam perdidas em uma necessidade desesperada de contar tudo rápido. Para mim é uma HQ desenhada para adultos, com uma narrativa infantil. Não recomendo a não ser que seja muito fã dos personagens. Talvez, se o hype não fosse tão grande nessa releitura do desenho animado a avaliação seria menos severa.
comentários(0)comente



Henry 25/05/2021

Yabba Dabba Doo!
Que delícia! Que sentimento nostálgico foi ler essa HQ e relembrar essa clássica obra de arte de Hanna Barbera.

Mark Russell recolheu tudo que foi feito dessa turma e criou uma história sensacional. Mesmo se passando na Idade da Pedra, a HQ aborda temas EXTREMAMENTE pertinentes e atuais, tais como: política, religião, idéia de casamento, liberalismo e conservadorismo, introdução às "novas tecnologias", capitalismo, dentre inúmeros outros.

Tudo isso combinado com desenhos muito competentes e com cores vivas, que dão um toque muito gostoso à obra.

Como é raro eu dar cinco estrelas para um livro quando ele tem continuação, vou dar quatro, mas querendo muito dar nota máxima na conclusão. Pois eu avalio a obra num geral. Mas admito que achei brilhante. Se fosse volume único, certamente falaria mais e daria a nota merecida. Mas vamos ver se o autor consegue manter a pegada no próximo volume.

Recomendadíssimo!
comentários(0)comente



Cilmara Lopes 13/02/2018

Uma hq que te faz lembrar porquê você gosta tanto de algo! Difícil explicar o quanto isso é formidável...
Divertida, mas ao mesmo tempo possui seu cerne crítico.
E se você acha que não conhecerá nada de novo, dê uma chance e se surpreenderá.
Tacada de mestre da DC. A nata da nostalgia!
comentários(0)comente



Lamboglia (@estantedotibas) 17/02/2018

Yabba-Dabba-Duuuu!
Sem dúvida alguma a melhor aquisição de 2018. Para quem imagina que os males da humanidade/sociedade se tornaram mais agravantes no século XXI precisa fazer uma visita para a Idade da Pedra na cidade de Bedrock. Lá observaremos muito bem as críticas sociais (capitalismo, consumismo, exploração e falta de oportunidades no trabalho, casamento, homossexualismo, empoderamento da mulher, demência da guerra, animais, política, alienação, ciência e religião) que permeiam a humanidade desde então em uma história divertida e inteligente; ácida e madura que faz nos questionarmos sobre a si mesmo em relação a cada ponto abordado. Um estudo interessante sobre o comportamento humano e suas inúmeras e complexas camadas.
Luize 17/02/2018minha estante
Já quero!


Lamboglia (@estantedotibas) 20/02/2018minha estante
Bom demais!




Évely Kynsk 24/06/2018

A sociedade em que vivemos é "das pedras"?
Um quadrinho que faz uma crítica da sociedade atual sobre diferentes assuntos como: consumismo desenfreado, preconceitos, política, trabalho escravo, relacionamentos e mais.
Vale a pena refletir com este quadrinho com uma arte tão bonita de acompanhar.
comentários(0)comente



Roberta 27/06/2018

Decidi ler "Os flintsones" porque além de adorar o desenho quando criança, ouvi dizer que era uma HQ voltada ao público adulto. Foi uma boa surpresa porque o quadrinho satiriza o modo de vida americano dentro do universo de "idade da pedra" dos Flintstones, compreendemos o quanto alguns valores daquele país são atrasados. Dentre os temas abordados temos as guerras sem necessidade, o preconceito contra imigrantes, questões religiosas de nossos tempos e principalmente uma severa crítica ao sistema de trabalho. Existe também uma história que gostei bastante dedicada a questão do que seria considerado arte, a forma que ela é julgada pelos que dizem entender muito bem.

A leitura é rápida e divertida, não tem como não rir com questões sérias. Mas não siga o hype que teve no lançamento, é uma história boa mas sem exageros.

site: @take.an.unexpected.read (instagram)
comentários(0)comente



Lara 22/07/2018

Super atual e divertido.
Trata de temas como consumismo, religião, política e relacionamente de maneira engraçada.É um gibi da época atual, a qual se caracteriza por confusão e alienação.Os eletrodomésticos são um show a parte e nos trazem reflexões muito pertinentes.Uma família moderna da idade da pedra.Arte e cores lindas.Tem um tom de nostálgia para quem assistia o desenho na infância e adolescência.Os balões tem bastante texto.Fiz a leitura de uma vez só, pois é difícil querer parar de ler.
comentários(0)comente



Gláucia 31/12/2018

Os Flintstones Volume 1 - Mark Russell e Steve Pugh
O primeiro volume reúne os seis primeiros números. Comprei por causa da nostalgia e foi uma grata surpresa, não sabia o que esperar. Temos aqui uma divertida e sagaz crítica aos tempos modernos, à sociedade e cada parte aborda um determinado tema: lazer, consumismo, religião, casamento, eleições, guerras e até imperialismo.
Espero que os próximos consigam manter o nível.
comentários(0)comente



Pandora 06/01/2019

Não gostava de assistir "Os Flintstones" quando era criança. Sei lá Fred me parecia alienado e invejoso, Wilma me parecia talentosa demais para ser só dona de casa. O povo me parecia explorado demais, exploração animal e tudo mais. Eu ficava pensando "Qual é a graça?".

Gente, eu sei que sou risonha, mas 80% das vezes eu tô rindo de nervoso, não sou uma pessoa humorada. Quase nunca entendo a piada e desconfio 100%. E quando vejo alguém sendo trapaceador sempre me identifico com quem perde nunca com quem lucra. Devido a tudo isso passei longe dessa HQ, só tendo desejo de ler devido a várias críticas positivas e ainda assim aguardando o pior.

No entanto, estou super surpresa e deliciada. Que trabalho INCRÍVEL! Fazia tempo que não lia algo tão lúdico, inquietante, problematizador e astucioso ao mesmo tempo. O trabalho de Mark Russell e Steve Pugh é MARAVILHOSO! Estou impactada nível quero cecionar todas as edições de "Universo Hanna-Barbera".

Essa é daquelas HQs primorosas que vale a pena ter na estante pois diverte e faz pensar, aquece o coração e nos faz rir com cumplicidade. Simplesmente amei.
comentários(0)comente



Pedro 15/03/2019

Horrível
Me arrependi de ter pagado dinheiro nisso, recebi ótimas recomendações e não gostei nem um pouco, o quadrinho se baseia basicamente em algumas sátiras sobre a nossa sociedade, política, religião e outras coisas, porém de uma maneira nada original, não é agradável de ler, as histórias e os personagens não são bem desenvolvidos e as críticas em geral são ruins, não recomendo.
comentários(0)comente



Marcos.Vinicius 04/03/2020

O que aconteceu com o conceito de caverna para Platão?
Aqui o conceito de um homem das cavernas é outro, o criticismo ácido acerca de temas relevantes na nossa sociedade atual torna a história com personagens que estamos familiarizados desde sempre em uma grande obra prima
comentários(0)comente



Vicente 16/05/2020

Diferente
Quadrinho bem diferente do desenho animado, mas uma das melhores leituras do ano. Excelente crítica social.
comentários(0)comente



Marcelo Fernandes 06/01/2021

Quadrinho incrível
Fiquei pasmo em como esse quadrinho apesar de ser de 2017 ainda faz críticas pontuais em assuntos tão discutidos nos últimos tempos. É uma leitura divertida e que ainda mostra diversos pontos nos quais podemos melhorar e precisamos melhorar.
comentários(0)comente



15 encontrados | exibindo 1 a 15


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR