Um Reino de Sonhos

Um Reino de Sonhos Judith McNaught




Resenhas - Um Reino de Sonhos


96 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Maripapps 20/07/2021

Bom
É um livro longo com várias reviravoltas. Bom, vale a pena a leitura. Tem uma problemática envolvendo agressão, mas temos que entender que é um livro contado a muito séculos atrás. Bom, vale a pena ler.
comentários(0)comente



Kese 06/07/2021

Leia! Apenas leia!
Sabe o tipo de história que te prende do início afim em que te faz pular refeições, adiar compromissos tudo para conseguir ler a próxima página ou próximo capítulo? Pois este é o livro. A Judith Mcnaught sempre consegue me cativar com suas histórias maravilhosas mas eu senti algo mais nessa. Talvez por ela conseguir arrancar emoções mais controversas como querer dar na Jennifer por sua teimosia ao mesmo tempo amar as reviravoltas que essa teimosia traz a história. E o que falar sobre o perfeito cavalheiro, forte e as vezes bruto Royce? Me cativou do início ao fim por sua força e lealdade, sem meandros para ir em busca do que deseja. Em resumo, não costumo fazer resenha ou algo próximo a isso mas essa história merece ser elogiada, merece ser lida e exaltada!
comentários(0)comente



Amanda 19/06/2021

E que sonho?
E finalmente eu comecei essa coleção da Judith que todo mundo fala tanto. E temos o melhor estilo highlander que podemos esperar: mocinho forte, turrão, mas super honrado; mocinha cabeça dura, personalidade forte, mas muito ingênua com a família; e muita química e brigas entre os dois que deixam os fãs de romance gato/rato em estado de graça hahah.
Royce Westmoreland é o conde de Claymore, mais conhecido como o Lobo Negro. Sua fama é de um homem impiedoso, mortal, sedento de sangue e batalhas, que leva destruição onde pisa. E sempre foi muito conveniente deixar todo mundo pensar assim. Como inglês a serviço de Henrique, rei da Inglaterra, ele enfrentou muitas batalhas na Escócia e está em missão para invadir as terra do conde Merrick. Enquanto pensa em um plano, seu irmão tem uma ideia brilhante (pra não dizer o contrário) e aparece com duas prisioneiras, filhas de Merrick e talvez sua perdição.
Jeniffer Merrick, ou Jenny, é filha do conde Merrick e uma condessa por nascimento por parte de mãe. Tudo o que ela sempre quis foi ser amada por sua família e clã, mas o ódio gratuito de seu meio-irmão acaba incitando burburinhos e discórdia entre todos que passam a odiá-la por rumores. Seu pai, ao invés de resolver, a envia para uma abadia onde fica reclusa por 2 anos. Quando Jenny finalmente acha que vai conseguir ser reinserida ao clã (mesmo que por meio de um casamento com um velho asqueroso), ela cai em uma armadilha e junto com sua irmã Brenna acaba sequestrada pelos homens do lobo negro.
Jenny com sua personalidade forte consegue armar várias confusões enquanto tenta escapar ao mesmo tempo em que cativa a atenção do taciturno Royce, que se encanta com falta de medo da jovem condessa. Após uma proposta indecorosa, Jenny acaba tendo sua honra comprometida e depois a única solução possível pode ser um sacrifício de ambas as partes.
Os dois passam por humilhações (cada um na sua proporção) devido aquela famosa falta de diálogo entre os dois. Além disso, a fé no amor e carinho da família que Jenny possui, afeta muito o desenrolar as coisas. O orgulho de Royce também é difícil de derrotar, mas quando tudo entra em cheque com o que sentem um pelo outro, terá passado que segure esses dois?!
Eu adorei a história, me diverti horrores com a tia Elinor perturbando o Arik e os outros escudeiros do grupo, todos os personagens secundários são muito interessantes e te cativam, mesmo aparecendo como visão dos principais. Quanto ao casal, eu sou suspeita: amo highlanders (mesmo em essência ele sendo inglês hahahah) e amo estilo gato/rato na história. Adorei a Jenny e amei o jeito protetor do Royce, mesmo ela sendo meio boba e ele, grosso, as vezes. Também achei o final meio corrido (bem estilo autora de banca - o que tenho quase certeza esse livro já foi), mas nada que te deixe insatisfeito, já que no final você termina suspirando hahaha adorei, quero logo ler os outros!
Aisha Andris @AishandoBooks 19/06/2021minha estante
Ahhhhh, que resenhão! Fico feliz que vc tbm tenha amado. E já vi que vc começou o próximo livro, estou curiosa pra saber se vc vai ter a mesma opinião que eu ou se vai ser do team que ama.


Amanda 19/06/2021minha estante
Siiim! Por enquanto não estou com a mesma animação que tive com o primeiro. Não gostei tanto assim da personalidade da Whitney, ao mesmo tempo que ela é original, foi super obsessiva com o Paul no começo. Não simpatizei com o Clayton por enquanto (e acho que nem devo pelo que você disse hahahaah). Até agora só gostei mesmo do Nicky, lady Anne, lorde Edward e da Emilie hahahahah




Julia 18/06/2021

Chocada!
U-A-U! Que Livroo! Escrita fluida e viciante, e a historia já começa com originalidade, diferente de tudo que já li de época, inclusive a época que se passa o livro, onde a sociedade é mais bruta, guerras de espadas e campeonatos de justas, com castelos rústicos e muralhas.
Romance super cativante e com protagonista forte e inteligente, e o protagonista bem estilo de lobo mau, inclusive é conhecido como Lobo Negro.
Nota cinco, cinco vezes!
comentários(0)comente



Aisha Andris @AishandoBooks 11/06/2021

Romance cheio de emoções e com o casal cão e gato que a gente adora
Antes de “Um Reino de Sonhos”, eu havia desistido completamente da Judith McNaught, de tão ruins que haviam sido minhas duas primeiras experiências com a autora, mas algumas amigas me convenceram a dar uma chance a este livro, e serei eternamente grata a elas, porque, meu Deus, que história maravilhosa! Eu amei demais, sério!
“Um Reino de Sonhos” traz a história de Royce, o mais temido guerreiro inglês, que inspira medo aonde vai e vence inimigos sem sequer precisar pisar no campo de batalha, fazendo-os se render apenas para não enfrentá-lo, e Jennifer, uma impetuosa garota escocesa que acalenta em seu coração o desejo de conquistar o amor e o respeito do pai e do seu clã, e também a única pessoa capaz de enfrentar Royce sem um pingo de temor no olhar. Quando os dois se encontram, faíscas voam para todos os lados e dão origem a um romance arrebatador que nos faz passar por uma montanha russa de emoções e nos prende da primeira à última página.
“Um Reino de Sonhos” é um daqueles livros tão completos que são capazes de agradar até mesmo quem não é tão fã de romance de época, porque, além de um casal cão e gato daqueles que a gente adora, ainda temos intrigas políticas, torneios de cavaleiros e muitas reviravoltas que deixam a gente sem saber o que esperar. O romance de Royce e Jennifer é construído aos poucos e passa por tantas fases: nós temos a oportunidade de vê-los se encontrando, odiando-se à primeira vista, aprendendo a se respeitar mutuamente e descobrindo uma paixão ardente nos braços um do outro, mas ainda tendo que lidar com o ódio e a rivalidade que existe entre seus reinos, até, por fim, renderem-se a um amor tão intenso que é capaz de superar todas as diferenças e unir seus corações para sempre. Foi uma experiência deliciosa acompanhá-los nessa jornada, tenho certeza que vocês também serão fisgados por essa história.

site: https://aishando.home.blog/
comentários(0)comente



Tt 31/05/2021

Diferente e animador
Eu apenas queria mais livros dessa autora agora. Um romance de época remetendo a primeira linhagem da trilogia. Muito bom.
comentários(0)comente



Livvye 07/05/2021

No começo o livro foi muito bom, chegou no meio a história começou a ficar massante, comecei a pegar um pouquinho de raiva da Jenny sendo que eu tinha amado ela no começo. Royce aí coitado.
comentários(0)comente



Estante Flor de Lis 27/04/2021

A Melhor sempre!
Eu não canso de elogiar os livros da Judith, chega a ser chato, mas a cada livro que leio dela, eu ainda me impressiono com as emoções que eles me causam! Eu SEMPRE termino os livros dela dizendo: "Judith sua danada!!".
Com Um Reino de Sonhos não foi diferente, ela nos apresenta o início da Dinastia Westmoreland, com o primeiro Duque.

Royce Westmoreland, é conhecido como o "Lobo Negro", implacável em suas batalhas e temido por todos, ele é Inglês.
Jennifer Merrick, é uma jovem Escocesa, negligenciada pela família, e trancada em um convento.
Quando Stephen (este não é o Stephen de Até Você Chegar), irmão de Royce, sequestra Jennifer e sua irmã Brenna, para usá-las como moeda de troca na guerra entre Ingleses e Escoceses, o destino de Royce e Jennifer é traçado.
Com uma coragem e valentia que Royce nunca tinha visto em uma mulher, Jennifer encanta o Lobo, e ela acaba percebendo que talvez o temido Lobo não seja exatamente aquele ser cruel e impiedoso que contam as lendas.
Com o sequestro a tensão entre os dois povos aumenta, e urgente paixão entre os dois também. Sem conseguir controlar seus impulsos, os dois acabam se rendendo a paixão e agora Jennifer se vê em meio a uma difícil decisão para poder ser feliz!
Judith apresenta um contexto impecável de conflito entre Inglaterra e Escócia. E a aflição de Jenny para ser aceita por sua família e seu clã, é um drama bem elaborado e envolvente.
No que diz respeito ao romance Judith não perde a mão, como sempre! É intenso, porém delicado, e nos envolve rapidinho! O livro transborda amor!
Não é atoa que Judith é minha best e está entre as melhores!

Lembrando que os livros da dinastia podem ser lidos aleatoriamente e valem muito a pena! Se você ainda não conhece, RECOMENDO!

site: https://estanteflordelis.blogspot.com
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Leticia Simoncelos 08/03/2021

Lendo madrugada a fora!
Que a escrita de Judith McNaught é singular ninguém duvida. Que suas histórias são surpreendentes e fora do "mais do mesmo" também não há dúvidas.
Em Um Reino de Sonhos ambas as características estão presentes.

Com uma história única, personagens principais e secundários marcantes, diálogos interessantes e um ambiente que dispensa comentários, a narrativa prende o leitor do início ao fim.

Assim como outras obras da autora, esta conta com detalhes um tanto "desagradáveis" que não precisavam existir. Ainda que considerando a época em que foi escrita.
comentários(0)comente



Camila 22/02/2021

Que escrita é essa?
Esse livro é simplesmente perfeito, na minha opinião um dos melhores livros de época que já li.
A escrita por mais que seja em 3a pessoa não te deixa perdida no tempo.
Os personagens são bem desenvolvidos, os cenários e as cenas de ação muito bem explicados.
comentários(0)comente



Thah Rosa 21/02/2021

O melhor da Judith
Com certeza o melhor livro da judith!!!

A começar quando se trata de um guerreiro ingles maravilhoso com uma escocesa marrenta entao obvio que ja sabemos que nao tem como dar ruim.

Royce e Jennifer tem tudo para dar errado mas dao certo, e muito certo mas os conflitos entre as familias, amigos e reinos sao intensos para deixar os dois em papeis complicados ate conseguirem encontrarem o equilíbrio e a paz que tanto buscaram.

É um livro que deixa o coracao quentinho.
comentários(0)comente



Kelly Viana 13/02/2021

Essa autora ganhou meu coração.
Sua escrita é maravilhosa, ela consegue nos transportar através da descrição detalhada e rica dos locais e eventos da história.
Esse romance medieval nos trás Jennifer, uma mocinha impetuosa e muito corajosa, que não é considerada bela, segundo os padrões da época. E Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, um temido guerreiro. Que apesar de ser conhecido como um homem impiedoso e cruel, nos mostra ser um homem justo e honrado.
Um romance cheio de guerras, intrigas e traições.
Fiquei irritada com Jenni em várias situações, mas me lembrava que ela era uma jovem de apenas 17 anos. E que teve que tomar decisões muito difíceis.
Os personagens secundários são maravilhosos e me deixaram com vontade de saber o que aconteceu depois, principalmente o Arik.
Enfim, deem uma chance para os livros da Judith McNaught
comentários(0)comente



Nath 12/02/2021

Uma leitura diferente.
Acho que poderia definir este livro como "um romance nada romântico".
Não é um romance para se "sonhar", pois a todo momento temos uma cena calma e do nada ela se transforma em uma tormenta. Ódio, vingança, mentira e traição, são elementos que não fazem parte de uma história bonita e de final promissor -apesar de ter tido-. Porém, de alguma forma, você consegue se sentir cativado por cada personagem, e até certo ponto, entender seus motivos e angústias.
Por mais que nosso subconsciente vá se apegando a cada personagem, e vá torcendo pelo casal, sabemos que é uma relação formada através de abusos e elementos tóxicos.
É uma história que nos convida a nos colocarmos na era medieval, onde o homem é soberano, e mulheres são uma moeda de troca.
Nesta realidade, temos uma personagem que vai ao oposto desse fluxo, logo, uma personagem que vai sofrer não só abusos psicológicos, mas físicos também, e que tenta lutar ao máximo contra cada um deles.
Também temos um personagem masculino que, através da "rebeldia" de nossa heroína, descobre um mundo completamente novo, e aos poucos, vai mudando sua maneira de ser e de ver o mundo.
Eu recomendo a leitura. É diferente do que eu estava acostumada, porém, conseguiu me prender desde o início!
comentários(0)comente



Rafa 30/01/2021

Lindo
Eu comecei a ler os livros da Judith Mcnaught pela série Sequels (amei os três por sinal) e achei muito interessante como a mudança do século XIX (quando se passa os outros livros de época autora) para o século XV impactou na construção dos personagens, o que demonstra sensibilidade histórica da autora.
Eu conheci os livros dela por um acaso e acho que se tornou uma das minhas escritoras favoritas. Quando pego o livro dela não consigo parar até terminar. E são sempre estórias intensas, cheia de reviravoltas, com momentos em que ficamos tristes e desesperados com os eventos, momentos de muita raiva da mocinha e do mocinho, momentos hilários e romances não perfeitos mas talvez até por isso mesmo tanto profundos.
Falando agora desse livro, pela primeira vez senti um pouco de tédio no meio do livro, mas o todo com certeza compensa. Acho que o Royce é um dos melhores mocinhos de romance de época, ganhou meu coração. Confesso que chorei muito e me emocionei com a jornada dos dois. Não é meu livro favorito da autora mas ainda sim está entre os melhores romances de épocas que já li. Com certeza recomendo.
comentários(0)comente



96 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7