Os porões do Majestic

Os porões do Majestic Georges Simenon




Resenhas - Os porões do Majestic


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Literatura Policial 05/04/2018

Como todo bom enredo de Simenon, quando o assunto é Maigret, estamos envoltos na atmosfera de uma Paris na primeira metade do século XX e temos a oportunidade de, não só visitar o subúrbio e suas ruas e casas simples, como de adentrar um luxuoso e exclusivo espaço nos arredores da prestigiada avenida Champs-Elysées. Estamos na época em que ligações precisavam de telefonistas para serem feitas. Em que cartas escritas à mão eram provas únicas detentoras de segredos.

A trama não foge ao tradicional estilo Simenon e diverte o leitor que busca uma história breve, inteligente e bem construída. Alguns diálogos, em especial, são excepcionais.

site: https://literaturapolicial.com/2018/04/05/maigret-e-os-poroes-do-majestic/
comentários(0)comente



Fabio Shiva 03/11/2018

Espetacular!
Realmente o Simenon é um dos autores mais viciantes que conheço! Quando um livro dele vem parar em minhas mãos, dificilmente consigo resistir mais que 24 horas antes de colocar de lado tudo mais que eu estiver lendo no momento para me dedicar exclusivamente a ele.

Em muitas outras resenhas que fiz dos livros dele, tentei analisar e explicar os motivos de tanto fascínio. Ao ler “Os Porões do Majestic”, contudo, apenas me permiti desfrutar de mais uma narrativa impecável, diversão e arte do início ao fim!

Aqui o comissário Maigret está às voltas com o assassinato da esposa de um rico empresário americano, que deixa as autoridades francesas melindradas. O método de investigação do comissário, como sempre, é desconcertante: ele fica vagando pelos corredores subterrâneos do luxuoso Hotel Majestic, onde o corpo foi encontrado. Maigret é a própria imagem da pachorra em meio à frenética atividade dos funcionários do hotel. Mas por que será que ele não faz sequer uma pergunta para a principal testemunha do caso?

Simenon é genial. Toda vez que leio um livro dele, é como se renovasse os mais sagrados votos de minha vocação de escritor. Merci, Georges!

https://comunidaderesenhasliterarias.blogspot.com/2018/11/os-poroes-do-majestic-georges-simenon.html




site: https://www.facebook.com/sincronicidio
Israel Miranda 03/02/2019minha estante
Fábio, tens um top 5 do Simenon?


Fabio Shiva 04/02/2019minha estante
Salve Israel! Difícil responder essa! De cara lembro de dois títulos que me marcaram muito: "O Assassino" e "Os Inocentes". Mas todo livro dele que li achei ótimo!!!


Israel Miranda 05/02/2019minha estante
Valeu




Ernani.Maciel 26/06/2019

Que competência.
Em poucas palavras - 152 páginas - o autor construiu um enredo empolgante e, principalmente, coerente.
Que competência. Um livro puro-sangue policial com todos os ingredientes clássicos.
Boa ambientação, investigador perspicaz, personagens intrigantes e uma narrativa que instiga o leitor constantemente a juntar peças na tentativa de descobrir quem é o assassino.

Alguns escritores pecam pela prolixidade, apenas para engordar de páginas seus livros; impaciento-me com isto.
Prefiro o estilo seco e direto ao ponto, sem rodeios, adotado por Simenon.

Leitura divertidíssima, um passatempo de alto nível.

Preciso ler outros deste escritor.

Edição: simples, material levíssimo, porém com uma primorosa revisão de texto.
comentários(0)comente



Fátima Lopes 16/09/2019

O comissário Maigret é uma figura peculiar: aparentemente lento, quase paquidérmico , seu exterior maciço encobre um policial com raciocínio brilhante e compreensão da natureza humana. Ele é atento tanto a detalhes materiais relativos aos crimes como a aspectos psicológicos dos suspeitos. Já li mais de sessenta obras do autor e não pretendo parar por aqui.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4