Pra Falar de Amor

Pra Falar de Amor Matheus Gaudard




Resenhas - Pra Falar de Amor


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Fábbio - @omeninoquele 04/07/2018

Lindo!
❝Para alguns rascunhos, não importa a bagunça, a gente enfrenta até gavetas fundas.❞
⠀⠀
Falar de um sentimento inconstante do ser humano é por sua cara a tapas e mostrar que o amor é algo que precisa ser discutido atualmente, vivemos num mundo onde nas pessoas estão pregando menos o amor e dissimulando mais o ódio e isso está totalmente errado.
⠀⠀
Nesse livro de poemas e poesias o assunto principal é o amor, como sugere o próprio título. E os poetas fazem uma reflexão através de seus poemas, cada um com seu estilo que vai de poesia erótica, dores e dramas da existência humana até poesia em forma de protesto.
⠀⠀
"Pra falar de amor" é o tipo de livro pra se ler em uma sentada e do tipo que quando termina sentimos um quentinho no coração, pois a poesia tem a força de revelar a alma de quem a escreve e de quem a lê, falar de amor parece ser sigiloso, pois revela quem você é e o que você sente, mas é preciso ter coragem pra dizer que você ama no presente em que vivemos. O amor é um sentimento volúvel mas que faz parte da existência humana assim como o respirar.
⠀⠀
O livro está disponível na plataforma kindle, por um preço super em conta e grátis no Unlimited. E é uma super dica pra quem curte ler poesia moderna.
⠀⠀
❝O amor é uma linha obtusa.❞
⠀⠀
#PraFalarDeAmor

site: https://www.instagram.com/p/Bk0wN0PHYgg/?taken-by=omeninoquele
Matheus Gaudard 14/02/2019minha estante
Aaaaaaah, depois de tanto tempo sem entrar aqui, aí entro e vejo uma resenha dessa, bicho. Gratidão.




jemimapsico 18/03/2020

Livro maravilhoso ?
Há vestígios de ti
Em tudo que há em mim.
Os teus toques me tocam
Mesmo quando tu não estás.
Os teus olhos me olham
E os teus suspiros me acariciam
O pescoço Mesmo quando
Tenho em mim a tua ausência
Feito faca Perfurando meu peito,
E espero em ti
Todas as esperas.
comentários(0)comente



Geane.Gouvea 10/02/2020

Uma leitura ousante e exagerada
E se conclui assim: "...Espero que todos saibam: aprendemos a dizer de amor não porque somos sábios ou conhecemos sua linguagem ? ninguém chega a esse ponto ?, mas porque nos deixamos coexistir."
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3