Volta Para Casa

Volta Para Casa Harlan Coben


Compartilhe


Resenhas - Volta Para Casa


60 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Silas.Vadan 03/01/2019

Volta para casa
Primeiro livro que li do Coben,adorei a escrita,livro dinâmico, direto nos seus capítulos,um triller com muitas reviravoltas onde nada é o que parece ser. E com um final surpreendente.
Mega ansioso para ler os outros da série.
comentários(0)comente



Felipe Miranda 23/12/2018

Volta Para Casa - Harlan Coben por @siteomd
Depois de um tempo sem escrever sobre Myron Bolitar, Coben finalmente retornou à série do ex-jogador de basquete que a gente tanto ama. Abordando, mais uma vez, relacionamentos familiares, o autor nos entrega uma história sem muitos acontecimentos avulsos para se conectar com a questão principal. Mas olha, mesmo assim o livro consegue apresentar capítulos intrigantes. O mote de Volta para Casa é interessante por si só: e se houvesse um impostor dentro da sua casa? O título, que não é um pedido ou suplício, conversa mais com a ideia de que esse retorno ao lar não esteja sendo tão feliz e calmo como o esperado.

Rhys e Patrick foram sequestrados aos 6 anos de idade. Ambos estavam sob os cuidados de uma babá que, na ocasião, fora encontrada amordaçada. Mais de dez anos depois, uma denúncia anônima coloca Win cara a cara com um desses meninos. O melhor amigo de Myron Bolitar encontra Patrick num ponto de prostituição e quase perde o seu rastro ao transformar uma situação num banho de sangue. Típico, né?

Quem leu outros livros da série sabe que estamos falando do personagens mais psicopata e gente boa já criado nesse contexto policial. E caso você esteja achando tudo muito confuso, afirmo, mais uma vez, que esse é um livro que pode ser lido fora de ordem. É que cada história possui início, meio e fim independente da contextualização geral que sempre acontece. As aventuras que Bolitar protagoniza serão melhor aproveitadas caso lidas em sequência, mas, eu próprio, nunca fiz isso e passo bem.

Acompanhar Myron e Win trabalhando juntos é muito bacana pelo equilíbrio natural das coisas. Myron é racional, pé no chão, reflete sobre os riscos. Win acreditar que se arriscar é a melhor jogada sempre. Na situação que o livro acompanha as emoções estão a flor da pele pelo fato de Rhys, o outro garoto desaparecido, ser filho de uma prima de Win. Quando envolve família tudo fica mais sensível, né? O que vocês precisam saber é que Patrick volta aos braços de seus pais um tanto que fragilizado. Ele não lembra de muita coisa, mas precisa falar.

Onde esteve por tanto tempo? O que aconteceu no dia do sequestro? O que realmente aconteceu nesse dia? Porque nunca procurou os familiares se estava, aparentemente, livre nas ruas? Onde está Rhys? Ele está vivo?

Todas essas questões se transformam numa tortura quando os pais do garoto passam a se esquivar. Fugir do compromisso de ajudar a outra família. Quando teorias de que Patrick seria um impostor surgem, tudo fica mais delicado. Perigoso. E a babá? Onde ela está agora? Porque ela desapareceu do mapa?

Nesse livro até o sobrinho de Mickey dá as caras para ajudar. Quem melhor que um adolescente para interagir com outro adolescente? Mickey leva a narrativa para outros caminhos e a relação entre os dois Bolitar é explorada um pouco mais em alguns momentos. Quem já leu Coben sabe que suas histórias sempre caminham para algo mais emotivo. Nunca será apenas uma obra literária sobre a resolução de um crime. O que todo esse cenário de desespero, saudade, dúvida e medo ensina para os personagens? Cada pista encontrada entrega causas e consequências para o que está acontecendo. Voltar ao passado sempre traz dados importantes…

Há um inimigo recém-adquirido para importunar o andamento das investigações, acontecimentos paralelos para reforçar o universo construído por Coben para Bolitar e os diálogos mais fervorosos e cortantes de todos. Big Mama, Esperanza e Zorra são a cereja do bolo e não há quem discorde.

O desfecho caminha para segredos familiares revelados e o já batido questionamento: o que você faria por amor? Já adianto que é quase impossível adivinhar o que realmente aconteceu a partir das pistas deixadas ao longo da narrativa. Coben é o tipo de escritor que desconstrói nos últimos capítulos tudo que criou até então. Leitura leve, nada técnica e que flui. O Mestre das Noites em Claro fez mais um ótimo trabalho.

site: http://www.ohmydogestolcombigods.com.br/2018/11/em-volta-para-casa-harlan-coben-entrega-suspense-policial-sobre-segredos-familiares-que-matam.html
comentários(0)comente



Lana 21/12/2018

Divo do meu coraçâo
VOLTOUU... minha dubla dinâmica Myron e Win voltaram, adoroo.
Apesar de não ter lido todos da serie dele ainda, senti aquele ar de finalização das aventuras do Myron. Win que me deixou na duvida, não explicaram muito esse ano que ele passou sumido, seria pedir muito um livro do Win?! Ou to pirando?!
A historia como sempre dinâmica e engraçada. Final surpreendente como sempre. É aquele livro que você termina e continua pensando nele.
comentários(0)comente



Luana.Kraus 04/12/2018

Chocada!!
Caramba, que reviravolta! Amei a minha experiência com o HC, a escrita dele é fantástica.
Recomendo s2
comentários(0)comente



Diogo Matos 26/10/2018

Livro com tom de despedida
Volta para casa começa a todo vapor, com muita ação, em sua metade até o fim, ele perde o ritmo, mas o desfecho da trama é satisfatório. O principal elemento narrativo diferente nesse título, é que pela primeira vez na série, vemos várias situações a partir da perspectiva de Win, inclusive o início do livro.
A princípio, achei que a história envolveria uma trama mais complexa, no entanto, a resolução é bem simples, pois o que realmente importa nessa livro, é a interação e o destino de nossos queridos personagens, que acompanhamos ao longo desses tantos livros.
comentários(0)comente



Tânia (@ritmoliterario) 21/10/2018

Suspense emocionante!
Dois meninos de 6 anos são sequestrados enquanto brincavam em casa, após dez anos do desaparecimento surge uma pista que pode levar ao paradeiro de um deles. Começa então uma investigação para comprovar se as informações sobre o sequestro são verdadeiras e tentar encontrar o outro garoto que ainda esta desaparecido.

Harlan mais uma vez me surpreendeu com sua escrita e trama tão bem construída. Volta Para Casa é o tipo de história que desperta diferentes emoções e sensações, vamos da alegria à angustia, dá tensão à leveza. Mas uma coisa é certa, você irá se emocionar profundamente.

Nunca imaginei que fosse me sensibilizar tanto lendo um suspense. Porque apesar de o foco ser na parte investigativa, esse livro é completo, cheio de outros ingredientes que tornaram a história perfeita. Harlan soube dosar todos esses ingredientes de maneira espetacular, humor, tensão e drama.

A forma como o autor conduz a trama te faz ficar vidrado com as pistas que surgem. Mas nada me preparou para o desfecho, e eu até suspeitei, mas a forma como ele nos mostra o que de fato aconteceu, me abalou. E impossível ser indiferente, é impossível não sentir e sofrer com essas famílias, com essas mães.

E o que falar dos personagens, são todos maravilhosos e bem construídos, e apesar de tudo, não dá para sentir raiva, não dá para condenar. Há a apenas o pesar.

É o primeiro livro do “universo” Myron que leio, e esse senhor perspicaz e irreverente me conquistou, ele e seu fiel escudeiro Win, o modesto (sqn). Esses dois amigos são incríveis juntos, uma sintonia que somente amigos de verdade tem, e me diverti muito com eles. Gostei muito de Myron, mas gostei mesmo de Win e seria tão bom um livro dele, não custa sonhar né😅
Amei o livro, me envolvi completamente com essa história, e com esses personagens. Duas famílias devastadas pelas incertezas, e que quando surge um fio de esperança é preciso acreditar, porém também é preciso ser forte para suportar caso esse fio se partir.

Um livro intenso e comovente, que me arrancou lágrimas em plena madrugada. Favorito!
comentários(0)comente



Nati Amend @livrosdanati 19/10/2018

Surpreendente e maravilhoso!
Por que eu demorei tanto para ler Harlan Coben? Logo no meu primeiro contato com seus livros, já sou arrebatadoramente surpreendida!

A narrativa traz o caso de dois meninos que foram sequestrados enquanto brincavam em casa. Após o pedido de resgate, as famílias nunca mais tiveram notícias de seus filhos. Dez anos depois, uma pista anônima leva ao paradeiro de uma dessas vítimas.

"O garoto, desaparecido há dez anos, ressurge. Dez anos, e agora não mais que uns 50 metros, me separam do garoto desaparecido."

“Volta pra casa” é o 11° volume da série que trata do personagem Myron Bolitar e suas investigações criminais. Apesar dos livros não precisarem ser lidos na sequência, acho que se eu tivesse conhecido as outras histórias na ordem correta a experiência teria sido um pouco melhor. Mesmo assim, sem saber do passado dos personagens principais, é muito fácil se apegar a eles e isso se deve à escrita fluída e despretensiosa do autor. Os diálogos são rápidos, consistentes e alguns até divertidos.

“- Não acha que está usando um canhão para matar uma formiga?
- Eu sempre uso canhão.”

Além disso, os personagens secundários merecem destaque, pois são adoráveis e nos proporcionam uma leitura confortável. O livro é um suspense policial que tem um pouco de tudo em seu enredo: drama, investigações, mistério, reviravoltas e muitas emoções.

Achei a trama muito bem construída e amarrada, ao ponto do leitor conseguir identificar os pontos que serão cruciais para a resolução do caso, mas, ainda assim, não desvendar o seu final. E quando chega a hora do plot twist, somos pegos desprevenidos e ficamos sem chão!

Com certeza a história mexeu muito com o meu emocional e em diversos momentos eu me peguei imaginando como seria estar no lugar das famílias envolvidas. Já consigo entender o fascínio de todos por este autor e posso me considerar parte desse grupo de fãs!

site: https://www.instagram.com/livrosdanati
comentários(0)comente



MILA 12/10/2018

Me surpreendeu.
Thriller de suspense nunca foi meu forte, porém, é sempre bom ler de vez em quando, principalmente quando o leitor quer fugir da rotina, ou quando quer uma leitura rápida onde o leitor tenta desesperadamente descobrir todos os mistérios.


A primeira coisa que encontramos em Volta para Casa é a personalidade forte e impactante de Win que recebeu um e-mail anônimo sobre o possível paradeiro de uma das crianças sequestradas dez anos atrás, o problema é que nem tudo sai como o esperado e Win precisa da ajuda de seu grande amigo Myron Bolitar, claro que com ele iremos encontrar também Esperanza e outros personagens já conhecidos.


Afinal, o que aconteceu com Patrick e seu grande amigo Rhys? É possível revisitar acontecimentos de dez anos atrás em busca de respostas?

Neste livro descobrimos que sim!


Resenha Completa no Blog Daily of Books

site: http://dailyofbooks.blogspot.com/2018/10/resenha-volta-para-casa.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Prof. Angélica Zanin 28/09/2018

Trezentas páginas até a verdade
Duas crianças brincam e misteriosamente desaparecem. É assim que se inicia mais uma trama de Harlan Coben. O autor narra em 3a pessoa a história de um sequestro e, em capítulos intercalados, surge uma personagem narrador Win, melhor amigo do investigador do caso, o já famoso mestre dos disfarces Myron Bolitar.
É o primeiro livro que leio com esse protagonista, mas confesso, demorei demais para concluir, a história não me fisgou. Ela tem o seu suspense, momentos de alta tensão, gera uma ansiedade e cria expectativa pela Volta Para Casa, no entanto, achei morno. Vamos para o próximo, e Coben continua na minha lista de feras de "O que realmente aconteceu?"
comentários(0)comente



Lívia Gusson 23/09/2018

VOLTA PARA CASA - HARLAN COBEN - 5/5
Começo a resenha com uma indagação: porque não havia lido ou conhecido Harlan Coben antes? Não sei se outros livros do autor seguem a mesma veracidade, mas esse me conquistou por completo.

Os personagens são densos e profundos, mais do que o esperado para um livro de ação e por vezes a amizade entre Myron e Win me fizeram suspirar. A amizade aliás, para mim, foi o ponto forte na história, ver adultos mantendo tão intrínsecas suas relações foi algo bonito de se ler e ver.

Infelizmente, não posso falar muito mais sobre tais personagens, pois, o livro faz parte de uma serie composta por 11 livros, qualquer coisa que eu tentar explanar, ficará vago e sem conhecimento. Iniciei a leitura ciente de que fazia parte de uma série, mas não afetou o entendimento dos fatos e ao meu ver é possível fazer a leitura independente dos livros.

Já sobre o enredo, foi algo sutil e ao mesmo tempo complexo. É ação do início ao fim e por isso chega a ser angustiante largar as páginas sem respostas. Comentei uma vez, sobre conseguir matar charadas logo de cara, esse livro nos leva numa jornada em que é impossível antecipar qualquer situação, vamos acompanhando as descobertas junto com os personagens, o autor me ganhou aí.

Fiquei literalmente de cara com o desfecho e pelo epilogo que nos amarra pelo coração e nos enche de expectativas para uma próxima leitura.


site: @descobrindoleituras
comentários(0)comente



Ana 15/09/2018

Volta para casa - Opinião
Rhys e Patrick são duas crianças de 6 anos que brincavam tranquilamente na casa de Rhys, aos cuidados de sua babá, quando são sequestrados. A babá é encontrada amordaçada e as crianças sumiram. 10 anos depois, uma delas é vista em um ponto de prostituição em Londres. O que aconteceu com as crianças após 10 anos de seu desaparecimento? Essa é a sinopse de mais uma história fantástica do mestre do suspense Harlan Coben. Sou suspeita para falar, pois sou fã do Harlan, li todos os seus livros, principalmente as histórias com Myron e Win, as minhas preferidas. Mas realmente esse livro superou todas as minhas expectativas. Suspense, mistério, psicologia, investigação e um final tão emocionante que até chorei. Um dos melhores de Harlan, com certeza! Pra quem acompanha o autor, é um livro imperdível!
comentários(0)comente



Zaila 11/09/2018

Gostei muito
O livro começa com Win, personagem que pensei que seria o principal, mas não foi, e nem sei dizer se tem. Seu sobrinho foi sequestrado juntamente com um amigo há 10 anos atrás, mas então ele recebe uma pista e vai atrás dela, e é neste momento que aparece Myron Bolitar, seu melhor amigo e parceiro de "crime". Juntos os dois se envolvem numa verdadeira tramoia, um cartel de prostituição infantil, tudo para resolver o drama familiar que se estende tanto. Logo, um dos garotos consegue ser resgatado por Myron, e o garoto não abre a boca sobre nada. História vai história vem, me sentia que estava no meio de uma leitura cujo começo eu não participei. Influenciou muito? Até que fluiu bem, mas sempre me sentia tipo "tem mais coisa pra trás".
Harlan tem o dom da descrição, sério, me fascinava cada lugar ali citado, uma história envolvente, com muito humor, aventura e drama.
O final não é tão surpreendente, mas não chega a ser previsível.
O que senti falta mesmo foi de uma presença mais ativa de Win. Será se em outro livros é assim tbm?!

(Só para esclarecer, não gosto de ler as sinopses. Gosto mesmo é de pegar uma capa um título e ter interesse de destrinchá-lo pelo simples prazer da minha descoberta)
comentários(0)comente



Livroseliteratura 29/08/2018

Resenha do blog Livros & Literatura
Fui fisgada pelo Harlan Coben desde o primeiro capítulo do primeiro livro de sua autoria que tive o prazer de degustar.

PORÉM, não sei explicar que zica é essa, mas já é o segundo livro da série Myron que eu abandono, por simplesmente não conseguir mergulhar no enredo.

Posso estar enganada, mas os livros independentes têm uma construção bem distinta. Minha impressão é que cada personagem é explorado nos pormenores do prisma pessoal nos volumes da série Myron, o que torna o enredo um tanto enfadonho para mim.

Particularmente, curto mais a ação, os acontecimentos e fatos do que a parte extremamente detalhista e pessoal de cada figurante daquele universo ficcional.


site: www.instagram.com/livroseliteratura
comentários(0)comente



Blog Virando a Página 28/08/2018

|| Resenhado por Mary Reis ||
Fico pensando em como não amar as histórias de Harlan Coben, principalmente as que envolvem o meu queridíssimo detetive, Myron Bolitar. Só pela sinopse já pensei que iria amar a leitura. Dito e feito! Volta Para Casa é sem dúvida uma das melhores obras desse autor.

Bom, na verdade esse livro não é pelo ponto de vista de Myron e sim de Win, seu grande amigo. E mesmo assim o autor não deixa nada a desejar, até porque com essa dupla é difícil algo ser ruim.

Há dez anos duas crianças foram sequestradas em uma mansão, que por sinal era parente de Win. Os sequestradores pediram resgate, mas nunca pegaram o dinheiro e ninguém nunca mais viu as crianças.

Até que Win descobre uma nova pista sobre o caso e resolve ir atrás para desvendar esse mistério. Chegando no local do possível paradeiro, ele encontra um rapaz em um ponto de prostituição que tem as características de Patrick, uma das crianças desaparecida. Ao tentar abordar o adolescente, Win se mete em uma confusão e seu alvo consegue fugir. Deparando-se com a gravidade da situação ele resolve chamar Myron para lhe ajudar a descobrir o que realmente aconteceu com as crianças. E onde está Rhys, a outra criança desaparecida?

Em um jogo de muito suspense e mistério, eles percebem que nem sempre as coisas são o que parecem. E o final... Aah o final! Sempre com uma grande reviravolta que só Harlan Coben sabe fazer. Impossível não se surpreender!

Eu sempre fico com uma bela ressaca literária ao ler esses suspenses. E tenho aquela vontade de “desler” só para poder sentir toda a emoção novamente. Volta Para Casa tem um enredo espetacular, a cada capítulo a gente fica com mais vontade ainda de ler e de não querer largar o livro nunca. É viciante! Mais do que recomendada essa leitura!

Para mais informações, leia a resenha completa no blog.

site: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2018/06/resenha-volta-para-casa-harlan-coben.html
comentários(0)comente



60 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4