Volta Para Casa

Volta Para Casa Harlan Coben


Compartilhe


Resenhas - Volta Para Casa


42 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Kamilla 18/08/2018

Nesse livro o Harlan Coben me conquistou!
Dois meninos de 6 anos desapareceram, Rhys e Patrick foram sequestrados enquanto brincavam na casa de um deles em um bairro de luxo em Nova Jersey. Eles estavam com a babá, que foi deixada, porém amarrada e amordaçada.

Dez anos se passaram e o caso ainda não foi resolvido... mas tudo começa a mudar quando o Win, primo da Brooke - mãe do Rhys - recebe um e-mail anônimo dando informações a respeito dos garotos sumidos. Ele vai atrás e acaba encontrando o Patrick, mas acaba perdendo-o logo em seguida após um ocorrido. Resolve contatar a um velho amigo, Myron Bolitar. E aí começa a buscar pra solucionar esse sequestro de dez anos atrás...

Na busca pelo Rhys e Patrick, Myron se depara com uma enorme rede de prostituição de adolescentes e tráfico, onde o bandido sabendo da procura pelo Rhys resolve ganhar ainda mais em cima disso. Myron faz um acordo que acaba dando tudo errado, já que a intenção deles não era as melhores, mas mesmo as coisas saindo totalmente do controle, o nosso protagonista consegue salvar um dos garotos, o Patrick. O que será que aconteceu durante esses dez anos? Cadê o Rhys? São muitas perguntas, mas quase nenhuma resposta. Quando o Patrick é recuperado, a família dele resolve não colaborar muito pra não sobrecarregar o filho... mas o Rhys segue desaparecido, Brooke continua desesperada pra encontrar o filho.

Volta Para Casa é um livro que te prende nas primeiras páginas, te deixa aficionada pra saber como as coisas vão desenrolar. Sem dúvidas Harlan Coben criou uma história totalmente envolvente, com personagens ótimos, que te deixam curiosos, desconfiados e até com vontade de abraçar... as descrições são ótimas, o autor te insere totalmente dentro da trama.

Myron e Win especulam sobre várias coisas, desde o comportamento estranho dos pais do Patrick como o envolvimento dos adolescentes nessa rede absurda de prostituição. A cada especulação, uma esperança ou um medo, e claro que o leitor vai juntando os fatos com eles. Porém, devo admitir, que tudo foi uma grande surpresa pra mim e particularmente adorei como tudo desenrolou, porque não esperava, mas sofri também porque não queria.

Um dos grandes pontos positivos da obra pra mim foi que além de todo o suspense, ação, mistérios que rodeavam o desaparecimento dos meninos, foi o fato de conhecermos as pessoas, o Harlan deu destaque aos personagens e as dores deles, de como tudo isso acarretou em grandes mudanças, como divórcio e até amizades que se fortaleceram pela dor. É impossível você não se apegar e/ou entendê-los, você realmente se sente próximo a eles...

Destaco dois que me ganharam: Myron é um cara incrível, com uma família maravilhosa (principalmente a mãe feminista que tem, que aliás já considero), o Win é daqueles que faz as coisas mais nas surdinas, mas que fiquei com uma vontade imensa de conversar, conhecer, ler mais dele (principalmente com o final). A obra tem a visão desses dois personagens, creio que por isso eu tenha me sentido tão próxima. E ah, outra coisa que amei é que o autor também nos presenteou com diálogos sarcásticos entre os dois, mostrando como a amizade deles é bacana.

Volta Para Casa tem suas doses engraçadas, dramas, dores, suspense, ação e reviravoltas. É uma obra que te prende do começo ao fim, e quando vai chegando no final ainda te deixa surpreso. Foi o meu segundo contato com o autor, a primeira vez não me entusiasmei pra ler mais obras, mas depois desse... Harlan, querido, quero ler tudo seu! Super recomendo!

site: http://www.lendoeapreciando.com/2018/08/resenha-volta-para-casa-harlan-coben.html
comentários(0)comente



Kelly 16/08/2018

Muito bom
Acho sinceramente que tomei um enxurrada de spoilers kkk, mas confesso que descobri isso depois de finalizar a leitura, agora paciência e bola pra frente. Mês passado vi a oportunidade de enfim conhecer a escrita de Harlan Coben, e finalmente matar uma curiosidade que já perpetua há um tempo.

Para quem, assim como eu, não leu os dez volumes anteriores, em Volta para casa conheceremos os amigos Win e Myron. Win um mega milionário um pouco bruto e misterioso, mas com um coração gigantesco, e Win aparentemente um detetive? (Não consegui chegar a uma conclusão), que só deseja sossego e sua amada recém conuistada.

Win recebeu um e-mail anônimo avisando onde poderia encontrar Patrick, o menino que foi sequestrado aos 6 anos de idade junto com Rhys o filho de sua prima Broken. Na esperança de encontrar os meninos 10 anos após o sequestro, Win parte para o ataque, mas as coisas fogem do controle e ele precisa da ajuda de seu amigo Myron para resgatar os garotos e enfim solucionar o caso. O problema é que quando enfim Patrick volta para o lar, o problema não acaba, e agora os amigos se encontram com algo muito maior, desvendar o que realmente aconteceu com os meninos há dez anos atrás!!!


?Em suma, se tudo no amor é questão de reação química, como acredito que seja, o composto resultante desses dois elementos é, no mínimo, um composto luminoso.?


Logo de cara já gostei da escrita do Harlan, não é cheia de termos técnicos e nem pesada, pelo contrário, a narrativa acontece de forma fluida e digamos que até divertida, e logo me vi na metade da leitura.

Os personagens são cativantes, e apesar de não ter lido os anteriores confesso que não senti falta, claro, peguei alguns spoillers, e fiquei viajando em alguns momentos, como por exemplo, onde Win esteve nesse um ano que andou desaparecido? Quem já leu depois me conta por favor kkk.

A escrita de Coben é muito gostosa, e seu suspense é bem construído, prende o leitor e o mantém concentrado enquanto o próprio tenta desvendar o mistério. Tá explicado porque o homem é tão amado. Seu enredo é bem construído e confesso que fiquei bem curioso para conhecer melhor esses amigos e entender tudo que aconteceu para que eles chegassem a esse momento.

Harlen não é um suspense pesado e de difícil leitura como estou acostumada, nada de cenas fortes ou de embrulhar o estômago por aqui. Apenas um bom mistério para ser revelado com um pouco de ação e comédia que fica garantida por Win e Myron.

O livro traz à tona debates importantes sobe maternidade e amor, até onde uma mãe é capaz de ir para proteger um filho? Além dos sentimentos entre os protagonistas e os amigo mais próximos. E apesar de ser uma série, os livros podem ser lidos independentes, mais um motivo para você se jogar na leitura.

Adorei a leitura e valeu muito a experiência, agora já posso embarcar nos outros títulos do autor que tenho por aqui sem medo de me decepcionar. Leitura mais que indicada para quem pretende se aventurar no mundo de Mistério e Suspense, e para quem gosta de um bom policial de leitura bem rápida e fluída.

leitura super indicada!!
comentários(0)comente



Mila Góes 10/08/2018

Mais um livro fantástico do Harlan Coben. Como sempre ele transita muito bem entre o suspense, a ação e o drama prendendo o leitor do início ao fim.

E para mim, a cereja no bolo de ?Volta para casa? foi, pela 1ª vez, ele ter escrito alguns capítulos sendo narrados pelo Win. Simplesmente, amei!
comentários(0)comente



Virgílio César 10/08/2018

Excelente livro. Não dei nota máxima pois gosto mais quando ele escreve sob o ponto de vista de vários personagens, como no caso de "A Promessa". Prende a atenção do início ao final.
comentários(0)comente



Mundo de Tinta 25/07/2018

Resenha Blog Mundo de Tinta
Após um período sabático, o nosso amado "psicopata do bem", Win recebe uma pista sobre o paradeiro de Rhys, o filho da sua prima sequestrado há 10 anos junto com seu amigo e vizinho Patrick, na ocasião ambos com seis anos de idade.
Ele então convoca seu amigo e parceiro de tretas, Myron, para auxiliá-lo nessa busca. E numa arriscada operação de resgate, Patrick é resgatado mas Rhys não.
Com todo o trauma sofrido, Patrick não é muito capaz de ajudar e não pode ser pressionado em busca de informações relevantes sobre o paradeiro de Rhys.
A única escolha que resta aos dois é tentarem reativar a investigação voltando àquele dia e desvendando o mistério em torno do desaparecimento desses meninos. Mesmo que nesse meio tempo tenham que lidar com uma rede de prostituição de menores, tráfico de pessoas, lavagem de dinheiro e conflitos familiares por todos os lados.
Além de Myron e Win, a história conta com a presença de personagens marcantes de outras aventuras, que até trazem um certo saudosismo à trama. Reencontramos Big Mama, Esperanza e Zorra, figuras que complementam a equipe/gangue e a família de Myron, o pai Al, mãe Ellen, sobrinho Mickey e os amigos Eva e Colherada.
A trama em si é maravilhosa! Como sempre surpreendente e levemente assustadora! Algumas reviravoltas importantes e alguns dramas sempre na medida certa.

Continua no blog...

site: http://blogmundodetinta.blogspot.com/2018/07/resenha-de-tinta-volta-para-casa.html#more
comentários(0)comente



Notas.Literarias 19/07/2018

Hello pessoal, Myron Bolitar está de volta, para nossa alegria!! Eu sei que você lembrou daquele vídeo da música, mas vamos focar aqui na história... para nossa alegriaaaaa risos.

Depois de algum tempo sem escrever nenhuma história do universo de Myron, Win e companhia, Harlan nos traz uma história definitivamente impactante e completamente envolvente.
"Estamos em King's Cross, uma área inteiramente "revitalizada" ao longo dos últimos vinte anos, com a chegada de museus e bibliotecas, do Eurostar na estação ferroviária e até de uma placa indicando a plataforma 9 3/4 onde Harry Potter embarcava no trem para Hogwarts."
Há dez anos, dois meninos desaparecem da mansão da prima de Win. Seu priminho, Rhys e o amigo Patrick. Ninguém conseguiu descobrir absolutamente nada durante todo esse tempo. Mas agora Win tem uma pista, e ao investigar encontra o adolescente Patrick Moore num conhecido antro de prostituição londrino, mas as coisas fogem ao seu controle e o menino também.

Ciente de seu atropelo, ele liga para a única pessoa em quem confia para ajudá-lo, Myron Bolitar. Quando ele chega em Londres descobre tudo em que Win está envolvido, sabe que algo muito maior está acontecendo e eles estão perdendo algum gancho.

Depois de acertarem alguns detalhes, eles partem para a ação, e precisam encontrar esses meninos. Eles só não esperavam cair em uma rede de prostituição, lavagem de dinheiro e tráfico em suas buscas pelos meninos. Quando enfim conseguem um acordo com um conhecido bandido, as coisas novamente saem de controle, mas dessa vez um dos meninos é resgatado, e aí o tormento de Brooke, prima de Win, permanece.
"Portanto, não posso me precipitar. Preciso ser paciente. O que quer que tenha acontecido dez anos atrás, qualquer que tenha sido o golpe cruel da humanidade (não acredito em golpes cruéis do destino [...]) que tirou esses meninos da opulência de uma mansão para colocá-los na imundice das ruas, meu receio é dar um passo em falso e fazer com que ele suma de novo, dessa vez para sempre."
Na volta aos EUA eles precisam descobrir o que de fato aconteceu naquele dia há dez anos. A volta de Patrick não tem sido exatamente o retorno de um adolescente ao lar, seu comportamento e o de sua mãe deixam, Myron e Win desconfiados de que tem mais coisa acontecendo que um sequestro e nisso, passamos por momentos tortuosos tentando acompanhar tanto acontecimento.

Em uma história completamente envolvente, e com descrições tão realistas e descritivas, somos envolvidos de uma forma intensa e visceral na história dessas duas famílias. E a cada segredo descoberto e a cada segredo desfeito, nos vemos sem conseguir pensar em outra coisa que não seja, cadê Rhys.
"A dúvida ou a esperança... isso acaba sendo uma tortura ainda maior que a certeza da morte. O que torna uma tragédia dessas ainda mais obscena."
Com um desfecho emocionante, como não poderia deixar de ser, e enfim a descoberta da verdade, nos traz algum conforto, mas como sempre ele precisa só de uma página e meia para nos deixar ansiando pela próxima história. Com um livro basicamente narrado por Win, será que podemos ansiar uma série só dele?!?! Ou pelo menos um livrinho?!?!

Preparem-se para reencontrar Esperanza, Big Cindy, Mickey, Ema e até Colherada, então já sabem que tem muita confusão, muita emoção e até Hester Crimstein mostrando todo o seu poder.
"Mães protegem seus filhos. Assim é a vida e ponto final."
Cinco notas para Volta para Casa.

site: http://www.notasliterarias.com/2018/04/resenha-volta-para-casa.html
comentários(0)comente



Alex Nascimentto 19/07/2018

Olá, amigos leitores! Anteontem acabei a leitura desse livro maravilhoso que estava tão empolgado a ler, e fiz isso. Foram poucos dias e já conclui a leitura que mais uma vez o autor me deixou atônito, acho que essa palavra define a grandiosidade desse livro. Uma narrativa elétrica, ágil e que vai virando um filme na mente. Sim, faz parte de uma série, esse é o 11° livro, porém não é necessário ler os anteriores, pois não há nada que atrapalhe o andar da leitura. Agora vamos falar do que se trata Volte Para Casa. ???????????????????
Nesse livro temos duas crianças ricas, Patrick e Rhys, que são sequestradas e que ninguém nunca conseguiu explicar o porquê nem o paradeiro dois dois. Só que 10 anos após o desaparecimento dos garotos, Win tem a impressão de ver Patrick em Londres, e isso acaba mexendo muito com ele que decide, mais uma vez, começar a investigar esse caso, juntamente com seu companheiro de trabalho, Myron. ???????????????????
Um livro surpreendente que vai da dúvida a tensão, quero ler mais desse autor, ano passado tive meu primeiro contato com ele quando fiz a leitura de Não Conte a Ninguém e sabia que ele não iria me decepcionar em nenhum quesito. Gostei bastante da obra, das pitadas de ação e suspense, afinal Harlan é sensacional. ???????????????????
comentários(0)comente



Nina 16/07/2018

A história começa dez anos atrás, quando Brooke deixa o filho Rhys de 6 anos em casa com o amiguinho Patrick, aos cuidados de uma babá. Ao voltar, ela encontra a moça amarrada e nenhum sinal dos meninos. Os anos passam e não há pistas ou contato dos sequestradores, até que Win, primo de Brooke, recebe um e-mail anônimo relatando o paradeiro de Patrick. Mesmo tanto tempo depois, Win decide ir à fundo no caso e encontrar Rhys, para isso ele vai contar com a ajuda de seu amigo detetive Myron Bolitar.

Eu amei o livro! Dinâmico, cheio de reviravoltas e com um final surpreendente, finalmente consegui entender porque Harlan Coben é reverenciado! Eu simplesmente não consegui largar o livro de tão envolvida no mistério e nas questões que o enredo traz. Coben mantém um ritmo frenético e as coisas vão sendo esclarecidas nos momentos certos e todo o quebra-cabeça é montado peça por peça, sem deixar uma brecha a ser preenchida. Quanto aos personagens, eu esperava me encantar mais com Myron. A história está mais focada em Win do que nele, mas imagino que essa tenha sido a opção do autor.

A leitura é leve e intensa ao mesmo tempo, sem ter aquelas partes pesadas (que sempre me assustam é me deixam impressionada por dias!) mas cheia de reflexões. O enredo discute temas bem delicados, especialmente com relação aos cuidados com as crianças. É impossível pensar que uma sociedade que não cuide e proteja suas crianças, possa ter um bom futuro.

Sem ter lido os livros anteriores, eu consegui acompanhar bem a história, mas senti que faltaram informações sobre a vida pregressa dos personagens e eu acho que peguei vários spoilers dos demais livros. E agora com certeza quero ler a série toda! Se você está na mesma situação que eu e ainda não conhece a série Myron Bolitar, saiba que dá para começar com Volta Para Casa sem problemas, mas se prepare para ser picado pelo bichinho Harlan Coben e querer todos os livros!

site: http://www.quemlesabeporque.com/2018/07/volta-para-casa-harlan-coben.html
Kelly 16/07/2018minha estante
hahahahaha achei que só eu tinha começado por ele e me enchido de spoilers hahahaha




Mila - @sharingbooks2 13/07/2018

"...com a dor eu consigo conviver, com a derrota, não. Entendeu agora?"
"Talvez fosse mesmo possível conviver com a dor, mas o inferno de não saber, o limbo do eterno mistério, isso não havia cristão que aguentasse. Chegava uma hora em que as pessoas precisavam de uma resposta".

Era um dia comum em um bairro rico de Nova Jersey, quando dois garotos de 6 anos foram sequestrados, Rhys e Patrick. Eles estavam brincando juntos sobre a supervisão de uma babá, na casa de um deles, quando tudo aconteceu. Apesar da investigação da polícia, o caso não foi resolvido. Depois de dez anos sem notícias, uma nova pista surge, e um dos garotos é encontrado. Quando Win e Myron encontram Patrick em Londres, eles iniciam uma busca por questões que nunca foram respondidas, sendo a principal delas: Onde está Rhys? Para resolver esse mistério, eles vão ter que voltar ao inicio, investigando tudo e todos os envolvidos, desde o dia do sequestro.

" - ... sei que é um clichê, mas não deixa de ser verdade.""-Sempre há um fundo de verdade nos clichês"

Harlan Coben é um dos meus autores favoritos, então a expectativa tá sempre alta. E esse livro não decepcionou, pelo contrário, entrou na lista de preferidos do autor. Apesar de já ter lido algumas obras dele, nunca tinha lido nenhuma da série Myron Bolitar. Comecei logo do 11°(😂😂), mas apesar dos possíveis spoilers (saber como os personagens estarão nesse "futuro"), não me incomodou. Senti foi vontade de ler os livros anteriores.

"...aquela contusão "destruiu" a minha vida... - Agora entendo que aquilo foi apenas uma encruzilhada na minha estrada"

Myron Bolitar foi um promissor jogador de basquete, que viu sua vida mudar após uma contusão bem no inicio da carreira. Depois disso, ele passou por muitas coisas, mas no momento do livro está feliz com a mulher que ama. É nesse momento que seu amigo Win liga pedindo ajuda, para encontrar o filho da prima. Gostei muito dos dois personagens e da interação deles. Uma amizade baseada na lealdade e no amor, e cheia de cumplicidade e pertubações (meu tipo favorito).

"Ele entendia muito bem que tudo na vida tinha um ciclo, que a passagem do tempo era inexorável, etc. e tal. Mas nem por isso precisavam achar bom."

O enredo é muito bom. Não só a forma como ele construiu o mistério mas a o jeito de Harlan de nos conduzir por muitos acontecimentos, que levantam várias possibilidades e nos prendem na leitura. O sumiço dos meninos teve um impacto enorme nas duas famílias, e gostei bastante de como Harlan discutiu essa parte da história, sobre a dor de não saber o que aconteceu, de não ter uma conclusão após um evento trágico.

"Sou um homem de muitos recursos, mas, ao contrário de Harry Potter...., não possuo uma capa de invisibilidade"

Outro ponto que amei foram algumas referência que Win fez a HP, são poucas, mas gostei! A escrita de Harlan é incrível e nesse livro ele conseguiu ligar um bom mistério, com ação e humor. Amei esse toque que ele deu, porque é um enredo "pesado", mas a interação dos personagens ameniza. E digo isso não só por Myron e Win, mas pelos outros também: Mickey, Emma, "El AL" e Esperanza. Gostei bastante deles! Foi uma leitura muito boa! Já estou louca para conhecer mais de Myron Bolitar, com toda certeza vou voltar para o inicio e ler os outros livros da série!

site: www.sharingbooks.com.br/ @sharingbooks2
comentários(0)comente



"Ana Paula" 09/07/2018

É difícil imaginar que Harlan Coben ficou 5 anos sem escrever nenhum livro dessa série e, quando escreve, nos trás uma história única, cheia de reviravoltas e com conceitos tão necessitados nos dias de hoje. Volta para Casa não é só mais um livro da série, é O livro. O motivo? Win Lockwood. Sou apaixonada por Myron sim, mas Win sempre me despertou aquele lado amigo/psicopata sabe? Então foi uma surpresa maravilhosa quando comecei a leitura e descobri que Win seria muito mais que o amigo de Myron nessa história.

Há 10 anos, Brooke, prima de Win, deixou seu filho, Rhys, e o amigo, Patrick, brincando em casa com a babá. Ao retornar para casa, encontra a babá amarrada e os dois garotos desaparecidos. Ao longo dos anos, eles ficam no escuro e sem receber nenhum contato dos sequestradores ou de algum tipo de resgate. Porém, tudo parece mudar quando Win recebe um e-mail.

"Uma imagem foi surgindo na tela: uma cela com paredes de cimento e, no centro dela, Patrick. Hematomas nos olhos. Lábios inchados e sujos de sangue."

Nesse e-mail, Win encontra possíveis pistas sobre a localização dos garotos. Agora, em outro país, ele se vê no meio de um esquema complicado e acreditando ter visto Patrick. Para conseguir seguir em busca de pistas e de seu primo, ele chama Myron para ajudá-lo.
Claro que Myron não negaria ajuda ao seu melhor amigo e, mesmo com seu casamento chegando, ele não mede esforços para ajudar Win e tentar desvendar esse mistério.

Este é o primeiro livro do Harlan que resenho aqui no blog da Fernanda, mas no meu blog (Livros de Elite) vocês vão encontrar outras resenhas do autor e dessa série.
Me apaixonei por Myron e Win logo de cara. Ambos são personagens maravilhosos e a escrita do autor não deixa a desejar: quando o leitor percebe, já está finalizando a obra e clamando por mais!

"As pessoas não entendem como é possível conviver com tanta dor. Vou lhe dizer por quê. Porque a dor é melhor. Porque viver a dor é melhor do que dar meu filho como morto e tocar o barco adiante. Não há mãe que faça isso, que desista de encontrar um filho desaparecido.”

Volta para Casa é um livro gostoso de ler, que trás questionamentos atuais. Harlan aborda vários temas e nos instiga a descobrir o que virá.
Com capítulos curtos, por isso a leitura flui rapidamente. A edição é simples, como os demais livros da série. Este volume me trouxe uma surpresa que eu não esperava: capítulos na visão de Win. Imagina minha alegria por conhecer mais dele, saber mais sobre seus pensamentos e atitudes! Meu lado psicomântico agradece!

site: http://www.lendoeesmaltando.com/2018/07/resenha-volta-para-casa-myron-bolitar.html
comentários(0)comente



Mikaela 04/07/2018

Ágil e cheio de reviravoltas
Uma narrativa ágil, personagens que parecem saídos de filmes e várias reviravoltas ao longo da história. Para quem gosta de uma boa dose de ação e mistério, Volta para Casa é um prato cheio.

Antes de mais nada, esse é um livro que pode ser lido independentemente dos anteriores da série. Fiquei assustada ao saber que ele fazia parte de uma coleção extensa, mas consegui aproveitar a leitura mesmo assim. Claro que há inúmeras referências a fatos passados, mas nada que atrapalhe a história.

Em meio às reviravoltas da história, Myron e Win interagem com personagens claramente marcantes dos livros anteriores, o que deve ser maravilhoso para os fãs da série. Como eu disse anteriormente, quem não leu nada de Harlan Coben antes também não vai se decepcionar.

O meu personagem favorito foi o badass Win, que conseguia colocar todo mundo no bolso com muito charme. Quase um James Bond. A bem da verdade, os personagens de Volta para Casa são até mais profundos do que eu esperava para um livro de ação, mas, no geral, não vá esperando um thriller no estilo A Mulher na Janela.

Win, Myron, Brooke, Esperanza, Mickey e os outros já devem ter se desenvolvido ao longo da série, portanto, o que vemos aqui é uma profundidade na medida certa para não atrasar o ritmo eletrizante que Harlan Coben impõe na história. O único "porém" foi que achei um pouco chato quando a história focava muito nas relações entre esses personagens, o que quebrava um pouco a ação. No entanto, isso deve ser importante para quem é familiarizado com a série.

Não foi um livro muito marcante, mas acabou sendo uma leitura empolgante que me prendeu a atenção várias vezes. A reviravolta de Volta para Casa definitivamente não era o que eu imaginava, o que contou pontos positivos para o livro.

Quem adora ação e investigação policial, esse livro é a pedida certa para muita diversão. Quem prefere um suspense mais voltado para o thriller, talvez essa não seja a vibe. Mas, de forma geral, Harlan Coben provou que sabe desenvolver muito bem as suas histórias.

Obs: É muito bacana quando Win, um personagem mulherengo, revê algum dos seus conceitos em face à luta pela igualdade de direitos de homens e mulheres.

site: http://www.leituranossa.com.br/2018/06/resenha-volta-para-casa-harlan-coben.html#more
comentários(0)comente



Mari 04/07/2018

Há 10 anos, Brooke deixou seu filho, Rhys, e o amiguinho, Patrick, brincando em casa com a babá. Quando retorna, encontra a babá amarrada e desesperada: os dois garotos foram levados. Ao longo desses anos, eles ficam no escuro e sem receber nenhum contato dos sequestradores ou de algum tipo de resgate. Porém, tudo parece mudar quando Win recebe um e-mail.

Win, que é o primo de Broke, recebe um e-mail com possíveis pistas sobre a localização dos garotos. Agora, em outro país, ele se vê no meio de um esquema complicado e acreditando ter visto Patrick. Para conseguir seguir em busca de pistas e de seu primo, ele convoca Myron para ajudá-lo.

Sem pensar duas vezes, Myron corre ao seu encontro e é então que as coisas vão se desenrolar das formas mais improváveis possíveis. Mesmo com o seu casamento chegando, ele não mede esforços para ajudar Win e tentar desvendar esse mistério.

Usando mais uma vez a fórmula que conquistou tantos leitores (me incluindo nisso), Harlan Coben continua nos entregando uma trama cheia de reviravoltas, surpresas e pontos de humor tão característicos de seus personagens. Com capítulos curtos, a leitura flui rápido e se torna impossível parar de ler.

Dessa vez, ele nos presenteia com alguns capítulos na visão de Win, o que me deixou muito animada e querendo cada vez mais. Como sempre deixei bem claro por aqui, eu sou apaixonada nesse personagem. E poder ver a história na sua visão, foi um dos melhores momentos desse livro.

Os personagens continuam trazendo uma leveza à trama que não tem comparação. Myron e Win conseguem fazer piadas e serem irônicos nos momentos mais tensos da investigação, fazendo com que a trama perca um pouco do peso que os temas abordados trazem. Também revemos Esperanza, Big Cindy, Zorra, Mickey, Ema, Colherada e os pais de Myron. Cada vez que um deles aparecia, era um pedaço do meu coração que se aquecia.

Assuntos delicados como prostituição e traição estão bem presentes nessa investigação, mas são muito bem tratados pelo autor. O ambiente familiar também é aproveitado e aparece em momentos como a preocupação de Myron com os pais, o amor pelo seu sobrinho e a lealdade com os seus melhores amigos.

Mais uma vez, não consegui acertar o final do livro. Até agora Harlan Coben ganhou todas de mim, pois ele não me deixou acertar nenhum hahaha Estou ficando ressentida já! E por falar em final, esse foi espetacular. O epílogo foi emocionante e lindo. Confesso que deixei algumas lágrimas escaparem. Acho que juntou a história com o fato de ser o último livro da série... Isso mexeu comigo haha

A diagramação é a mesma dos outros livros de Coben. Sem detalhes e ilustrações, o livro vai direto ao ponto. As páginas são amareladas e a fonte são ótimas. Deixando fácil a leitura e contribuindo para a leitura rápida.

Volta para Casa é o último livro da série Myron Bolitar e me trouxe uma bela surpresa. Com capítulos na visão de Win e uma trama cheia de reviravoltas, a leitura fluiu fácil e me conquistou logo nas primeiras páginas. Foi uma maneira ótima para fechar uma série tão importante para mim. Super indico!

Não aceito vocês me falarem que nunca leram nada do autor hahaha E se esse for o caso, por favor, leiam! Vale a pena. A série Myron Bolitar é uma das minhas preferidas e me trouxeram momentos maravilhosos. Sim, ainda estou chateada com o final dela, me perdoem haha Deixem seus comentários para eu saber o que acharam, ok? Beijinhos!

site: http://galaxiadosdesejos.blogspot.com/2018/07/volta-para-casa-harlan-coben.html
comentários(0)comente



Michel.Rodrigo 29/06/2018

Esse livro te prende desde o começo
Li muito rápido e em momento algum fica entediante. Fiquei muito apegado nos personagens o que sempre me causa ressaca literária. O final foi surpreendente. O desfecho de alguns episódios subjetivo a interpretação! Amei.
comentários(0)comente



Alessandra 29/06/2018

Uou!!!
Mais um excelente livro do Harlan Coben! Com um final surpreendente, o livro me prendeu do início ao fim. Harlan Coben é um mestre, senhoras e senhores.
comentários(0)comente



@mamaetalendo 25/06/2018

?????#voltapracasa #harlancoben
Não é por acaso que Harlan Coben é conhecido como ?mestre das noites em claro?! Caramba! Não tenho palavras! E confesso: acho que vem ressaca literária por aqui!
.
Os personagens são perfeitos! Tá sou suspeita! Amo tanto que puxo ?sardinha?. Matei saudades de todos, Esperanza, Big Cindy, Win, Al e El, Ema, Mickey, Colherada e claro: Myron. .
Fiquei triste pensando que a era do achocolatado havia acabado quando Myron diz que se curou do vício de Yoo-hoo. Aí ele aparece tomando Toddynho! Hahaha! Muito bom!
.
O livro é bem amarrado, não deixa pontas soltas. Como sempre fui criando teorias, e como sempre Harlan arrebenta com a solução do caso! Myron e Win verdadeiros Sherlock e Watson!
.
Dois garotos de 6 anos sequestrados 10 anos atrás... Myron e Win conseguem resgatar um dos garotos - Patrick. Ainda falta encontrar Rhys (filho da prima de Win). .
Então agora é só perguntar ao garoto onde o outro está né? Simples. Final feliz! Ledo engano, aí não seria Harlan sendo Harlan! A trama se intensifica... final como sempre surpreendente!
.
Ahhhh e o Epílogo? Nossa! Pena que não posso soltar spoiler, porque olha! Demais!
.
#VoltaPraCasa é o 11o livro da série #MyronBolitar. É importante ler os três da serie #MickeyBolitar também, pois vemos os dois juntos nessa trama. #recomendo #euleioarqueiro #arqueiro #myronbolitar #seriemyronbolitar #livros #books #bookaholic #bookstagram #igliterario #instabook #instalivro #mulherbacanale #clubedolivro #mamaetalendo
comentários(0)comente



42 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3