Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre?

Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre? Sophie Kinsella




Resenhas - Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre?


84 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Mariana 18/07/2020

Depois de ler ?minha vida não tao perfeita? e ter adorado, resolvi me arriscar em mais uma leitura da Sophie Kinsella, mas essa foi mais difícil, o livro demorou pra me pegar de fato, acabou sendo uma leitura mais arrastada, mas no meio fica legal, entretanto, apesar de trazer temas importantes achei um livro bem chatinho sem conseguir prender muito a atenção aos acontecimentos...
comentários(0)comente



Pri 15/07/2020

Mais ou menks
Leitura fácil e rápida como todos os livros da Sophie mas não consegui me apegar ao casal e aos conflitos da história...
comentários(0)comente



Victoria 11/07/2020

Romântico e Cômico
Ri, chorei, fiquei com raiva, esse livro foi uma montanha russa de sentimentos para mim. Como sempre com os livros da Sophie me envolvi completamente, daquela maneira quando paramos de ler e não é mais letras que vemos nas folhas mas sim o cenários, os cheiros, paisagens e todo o ambiente da história que passa estar ao nosso redor. Amei a trama, os suspenses e as descobertas. AMEI!
comentários(0)comente



Sarah.Costalunga 09/07/2020

História incrível
Essa escritora nunca decepciona. Que livro com lições matrimoniais incríveis
comentários(0)comente



Thef 06/07/2020

Um livro muito amorzinho, me peguei refletindo em várias partes do livro, a escrita da Sophie é bem fluída.
comentários(0)comente



Lô @livrosdalo 26/06/2020

Me decepcionei um pouco
O livro é bom, mas foi diferente do que eu achei que seria, não gostei de umas partes, mas finalizou bem
comentários(0)comente



Elisangela 19/06/2020

Lindo
O livro é gostoso de ler, aquele chic lit que você respeita, com humor, romance e os personagens secundários que te conquistam demais... só queria que falasse um pouco mais a história dos vizinhos, principalmente do professor Russel e Owen. Mas curti demais.
comentários(0)comente



Paty Gluszczak 17/06/2020

Mas tem que ser mesmo para sempre
Gostei bastante do livro ,leve e cheio de personalidade com uma pitada de humor.
Me identifiquei em muitos pontos.
comentários(0)comente



Alesandra 09/06/2020

Resenha
Não foi nem de longe um dos meus preferidos dessa autora, achei que ficou a desejar
comentários(0)comente



Três Leitoras 30/05/2020

Resenha: Mas tem que ser mesmo para sempre?
Esse livro, para mim, foi um ponto fora da curva. Geralmente, me conecto super rápido a leitura e desta vez ela só deslanchou para mim, depois de 50% do livro lido, sem contar que este foi o livro menos divertido dela que eu li.

O que realmente me conquistou foi o drama da história, achei a temática interessante e acabou me fazendo refletir. Afinal, quando casamos e prometemos o "para sempre" não pensamos muito bem em quanto tempo ele significa.

E foi isso que aconteceu com Sylvie e Dan. Eles estão juntos há 10 anos, tem uma conexão incrível e um estilo de vida que os deixa felizes. Porém, após uma consulta médica, tudo muda, pois muitos questionamentos surgem. O médico comunica que eles tem uma saúde tão boa, que viverão por mais 68 anos.

Serão 7 décadas juntos e eles começam a calcular tudo na vida, desde as coisas mais simples à mais complexa. E com isso surge um tal Projeto Surpresa, onde cada um deles teria que surpreender o outro. Mas nem tudo saiu como o planejado e é aqui que temos as partes engraçadas da história.

Só que o que resultou deste projeto, foi realmente uma surpresa não planejado por eles e o casamento encara uma certa crise, pois segredos surgirão e como será que eles vão reagir a estas situações?

Para mim, Sophie Kinsella trouxe a realidade dos casamentos e convivência diária, apesar de nunca ter sido casada, consegui ver realidade em tudo baseada nos comentários e desabafos de amigos. O livro tem partes divertidas, mas vejo muito mais drama do que qualquer outra coisa.

Não leia esse livro esperando as gargalhadas de Fiquei com seu número, mas com certeza é uma leitura super válida e que traz pontos para refletirmos.

site: http://www.tresleitoras.com.br/2020/03/resenha-mas-tem-que-ser-mesmo-para.html
comentários(0)comente



Daniela Colaci 23/05/2020

Uma mistura de chick-lit com drama familiar
Sylvie e Dan estão juntos há 10 anos e compartilham uma vida feliz, com bons empregos, duas filhas e uma casa confortável. Numa visita de rotina ao médico, descobrem que graças a excelente saúde dos dois, a expectativa é que vivam mais 68 anos juntos!

Eles sempre se deram muito bem, a ponto de completar as frases um do outro, mas a perspectiva tão longa assusta! Sylvie e Dan temem cair na rotina e começam a pensar em ideias para movimentar o casamento!

Quando o Projeto Surpresa (é daí que vem o título original, Surprise Me) é colocado em prática, certas desavenças começam a aparecer e alguns segredos vêm a tona.
Será que Sylvie e Dan eram mesmo um casal feliz ou só pensavam que eram?

Adoro os livros da Sophie Kinsella, porém “Mas tem que ser mesmo para sempre?” demorou um pouco mais para me envolver. Achei o conflito inicial bobo, como se estivessem procurando uma agulha no palheiro ou vendo pelo em ovo, como se diz no ditado popular. Na minha cabeça, a expectativa de viver mais 68 anos juntos, sendo um casal tão feliz, seria um motivo para comemorar, não para surtar.

Mas como confio na autora, resolvi continuar lendo e foi uma agradável surpresa! A história começa a deslanchar e tem reflexões importantes sobre real felicidade e uma vida de aparências... E também fala sobre aqueles sapos que a gente engole e como eles voltam para atormentar no futuro. Tem aquele exagero básico, mas também não deixa de se assemelhar a problemas que vivemos na realidade.
Além das reflexões que tirei, o livro também tem momentos muito divertidos, que me arrancaram algumas risadas! Consigo imaginar essa história adaptada para um filme, como aquelas comédias românticas gostosas que eu adoro assistir!

Como já li outros livros da autora, fica difícil não comparar esse aos outros, então ele não entrou pra minha lista de favoritos. Porém, vendo-o isoladamente, é um chick-lit divertido, com reflexões pertinentes e que vale a leitura!

site: https://www.instagram.com/resenhasdealgodao/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Simone Pagliari 16/05/2020

Mais ou menos
Essa autora é conhecida por suas historias engraçadas e cativantes, mas essa historia não foi assim. Foi uma leitura arrastada e não tão interessante.
comentários(0)comente



Natalia 13/05/2020

O mesmo clichê
Apesar de ser uma grande fã da autora, confesso que deu trabalho ler este livro. Apesar da boa escrita, o romance acaba sendo cansativo e clichê, mas tem gosto pra tudo também.
comentários(0)comente



Letícia 08/05/2020

Achei o livro bom, mas entendo quando dizem que está longe de ser o melhor da Kinsella. Eu achei ele bem mais puxado para o drama (não chega a tanto, mas é a melhor palavra que achei para descrever), do que para a comédia, que é a marca dela.

A sinopse (inclusive, o nome do livro) nos dá a entender que vai ser um livro leve, de comédia. Eu esperava um livro inteiro com Dan e Sylvie e suas tentativas malucas de passar as décadas. Mas não posso dizer que me agradei com a mudança de foco para o pai da Sylvie. Sinceramente, me irritou um pouco a idolatracao com aquele homem.

Porém, eu não esperava que o segredo fosse aquilo. Eu cheguei a cogitar que todo o clima que estava rolando, Dan convidando sua ex, desabafando com ela e tal, fosse uma armação para que Sylvie passasse a gostar da ideia de passar 68 anos com ele, ao ter medo de perdê-lo. Eu não acreditei nem por um segundo que ele estivesse, de fato, traindo a mulher. Mas fiquei muito triste e agoniada com ela acreditando de verdade que estava sendo traída. Me fez mal.

A escrita da Sophie pra mim é algo sempre extraordinário. Muito leve e fluído. A mulher tem talento e isso não podemos negar!
comentários(0)comente



84 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6