Nunca Vou Me Apaixonar

Nunca Vou Me Apaixonar Mari Monni




Resenhas - Nunca Vou Me Apaixonar


42 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Tati 25/08/2021

Não é divina, mas com certeza é uma comédia (romântica) ?
"Quanto mais nos aproximamos de uma pessoa, mais vulneráveis ficamos." (p. 27)

Dante é um típico clichê ambulante, como é descrito em certo momento: bonito, rico, mulherengo e com aquela autoestima bem de homem-cis-branco-hétero, sabe? Todo mundo conhece o tipo.

Há dez anos, depois de uma grande decepção amorosa, Dante e seus dois melhores amigos, Lucca e Gael (aliás, já quero uma amizade como a desses três!), fizeram um pacto: nunca se apaixonarem. Agora, dedicando sua vida ao trabalho, o protagonista tem seguido essa promessa à risca...

Até certa ruivinha, que cora em alguns momentos e em outros grita palavrões, aparecer em sua vida. Trazendo boa companhia, risadas e lealdade, Clara também expõe uma curiosidade sobre si: ela é virgem. Com isso, o contraste entre ela e Dante não poderia ser maior. Mas é claro que um galinha-mor como o protagonista não iria se envolver emocionalmente com alguém tão diferente do que ele vive, certo?

Certo?

"? (...) Chegou a hora de crescer e dar uma chance para que coisas boas se aproximem." (p. 180)

Confesso que, embora até conheça mulheres com os mesmos posicionamentos (e que também ultrapassaram os limites do que queriam e, ainda assim, ficaram apegadas a algo meramente simbólico), inicialmente, o objetivo de vida da Clara me deixou com um pouco de preguiça. Mas a mocinha tinha suas justificativas pra pensar daquela forma, então, como demais personagens, facilmente me encantei com a "Fadinha".

Exceto pelo prólogo ? que primeira frase de livro pra prender o leitor, viu? ? e por um dos epílogos, o livro é narrado por Dante, personagem que me arrancou muitas risadas, fossem com ele ou dele. E já que fico ansiosa apenas pelo tombo de personagens como ele ?, surpreendentemente, também me arrancou suspiros. Os "fatos relevantes" no início de cada capítulo, os dias de brunch, citações das noites de quiz, as referências literárias, o amor de/por sua família e a bela amizade com Lucca e Gael só deixaram a história ainda mais cativante.

Como outros livros que li da Mari Monni, essa história é bem fluida, divertida, leve e ao mesmo tempo ?. A edição do livro físico também ficou muito boa e deixou a leitura ainda mais confortável.

Que venha o Lucca agora!
comentários(0)comente



Iza 21/07/2021

Cada um tem um projeto de vida diferente
Como aceitar que alguém possa pensar de uma forma tão contraditória de tudo aquilo que pensamos? Simples, aceitando que nem tudo que é bom o suficiente pra nós é o melhor para o outro. Clara e Dante são assim, um casal improvável, mas que mostra que até o mesmo o improvável pode dar certo quando se aprende a ouvir e entender suas razões
comentários(0)comente



Elis 23/06/2021

Nunca vou me Apaixonar
.
Livro: Nuca vou me Apaixonar
Autora: Mari Monni @marianamonni
Editora: Pitangus @pitanguseditorial

Um pacto, uma promessa e tre?s amigos. Nesta histo?ria divertida e recheada de risos, nos deparamos com ?Dante, Gael e Lucca? tre?s jovens bonitos e sedutores que levam uma vida regada a bebidas, mulheres, noitadas e com uma coisa em comum: ?nenhuma para se envolverem?.

Apo?s se mudar para um novo apartamento, Dante conhece sua vizinha Clara, de forma inusitada. Um jovem de poucas curvas, cabelos ruivos e dona de olhos verdes marcantes, o oposto das mulheres com quem Dante se aventura, mas desperta no jovem uma atrac?a?o diferente, que a tempos na?o sentia. So? o que ele na?o esperava era que Clara tivesse seus ideais formados e na?o se deixa levar por qualquer um.

Dante e Clara passam a ser ver com mais frequências, despertando em ambos sentimentos e novas descobertas, iniciando um jogo de gata e rato, onde o coração prega peças e leva os jovens a descobrirem o verdadeiro amor.

Com cenas quentes, diálogos com alguns palavrões, mas nada que não tenhamos ouvido antes e momentos hila?rios a cada virar de pa?ginas, me surpreendi muito como a escrita da autora que é maravilhosa e nos apresenta personagens diferentes e ta?o marcantes. Citações de
Shakespeare e Oscar Wilde e fazer refere?ncias a Divina Come?dia me conquistou e engrandeceu assim a histo?ria.

Foi um presente está leitura, a cada capítulos a autora soube nos proporcionar momentos de risos e reflexo?es como respeitar as opinio?es de outros, o respeito, saber ouvir e o amar na?o so? de corac?a?o mas de alma, entre tantas outras lic?o?es.

?Fadinha e Cliche? Ambulante? va?o te levar ao prazer absoluto em meio a novas descobertas e um passado de decepc?a?o amorosa que moldou o jovem Dante a nunca mais se apaixonar.
comentários(0)comente



Elle 30/04/2021

Envolvente
Um clichê que foge um pouco dos clichês que eu tô acostumada, foi uma ótima leitura, finalmente consegui não ter ranço de um playboy
comentários(0)comente



Natalia | @_lendoumlivro 26/04/2021

Amei
Até o momento o livro do Dante está sendo o meu favorito. Ansiosa para ler o livro do Lucca, já que comecei pelo terceiro kkkk (toda errada). Uma leitura boa e divertida.
comentários(0)comente



Jane's Books 26/03/2021

Gostei
No primeiro volume da série, conheceremos a história de Dante. Integrante de uma família italiana, Dante é aquele rapaz que está voltado para o trabalho e a família. Não acredita em relacionamentos pois foi traído pela namorada o que o levou a fazer um pacto com seus dois melhores amigos Gael e Lucca de nunca se apaixonarem e assim eles viveram os últimos 10 anos. Até que um belo dia Dante acorda em sua cama e ?percebe? que está acompanhado e sem saber como se livrar de ?sei-lá-qual-seu-nome?.

É aí que ele conhece Clara, sua vizinha, que topa participar de uma cena pra ajudar Dante a ?se livrar? da visita indesejada. A partir daí surge uma amizade entre os dois que vai evoluindo com o dia-a-dia apesar de ambos não se darem conta disso.

Já sei o que estão pensando: que história clichê!! E quem não gosta de chichês?? Aviso que, conforme a própria Clara fala: Dante é um clichê ambulante.

Foi meu primeiro contato com o trabalho da Mari e adorei. Leitura leve, rápida com tiradas hilárias. Os personagens coadjuvantes enriquecem a história. Outra coisa muito legal é a amizade entre os 3 amigos, bem como a relação familiar de Dante com a qual me identifiquei por também ser de origem italiana. Oh povo pra gostar de uma festa.. E agora vamos ao segundo volume da Série (Nunca vou me Entregar) e em breve teremos resenha dele aqui também..

Site: www.instagram.com/janes.books
comentários(0)comente



Bia Evans 16/03/2021

Já tinha tido contato com a escrita da Mari Monni anteriormente e resolvi me aventurar em Nunca Vou Me Apaixonar, pois quando li a sinopse e o alarme "clichê" soou, eu não consegui evitar.

Clara e Dante são vizinhos e logo de cara Dante não causa uma boa impressão em Clara, mas após Dante precisar da ajuda de Clara para se livrar de uma ficante um pouco insistente, eles começam a conversar e ver que estavam enganados sobre suas opiniões sobre o outro.

Dante passou por uma decepção amorosa que o marcou muito e o moldou como é hoje. Ele fez um pacto com seus amigos de nunca mais se apaixonar, então ele não busca relacionamentos sérios, ele só quer relacionamentos casuais de uma noite.

Já Clara é o total oposto. Ela quer algo certo, ela quer se casar, ter filhos e tem um voto: se manter virgem até o casamento com o amor de sua vida.

Claro que os dois começam a se envolver, porém cada um sabe o que o outro quer, e têm em mente que essa relação não vai dar certo.

Cada vez mais Dante percebe que seus sentimentos por Clara estão se tornando algo que ele pretendia evitar, e quando ele se vê em uma situação decisiva para o relacionamento dos dois, ele cai na real.

O livro é bem descontraído, arranca gargalhadas da gente em diversos momentos e sua escrita leve faz a gente se envolver ainda mais na história.
comentários(0)comente



Emilly Ferrareis - @emydoslivros 03/12/2020

"Esqueça do passado, não se preocupe com o futuro e foque no presente"
Mais um livro delicioso de se ler da Mari, essa mulher é craque em leituras leves e divertidas, perfeitas para tirar a gente da tão temida ressaca literária. E nesse não seria diferente.
O QUE FALAR DESSES TRÊS HOMENS, a não ser que QUERIA um para ontem kkkk
Os personagens são apaixonantes, a narrativa incrivelmente fluida e que me prendeu na primeira frase escrita, o livro é super fofo e o tanto que eu ri com esse povo não está escrito kkkkk
É clichê?! é, mas a gente ama um clichê bem feito né
E tudo o que posso dizer mais é que estou super curiosa para as histórias dos outros amigos.
comentários(0)comente



Cia da Leitura 05/11/2020

?Se eu me permitir me apaixonar, posso não me recuperar da queda quando ela inevitavelmente acontecer.?

Dante teve uma desilusão amorosa na época da universidade e depois de seu estado depressivo, decidiu mudar e dar a volta por cima! Ele e seus amigos Lucca e Gael prometeram: NUNCA VOU ME APAIXONAR.

Dante mudou de cidade para estudar, voltou e seu foco era todo em seu trabalho. Proprietário de dois bares junto com seu amigo e sócio Lucca, ambos muito focados em seus estabelecimentos.

Amigos inseparáveis têm suas vidas para o trabalho, a família, os amigos e mulheres, só entram na equação para uma noite de diversão e nada mais. Após ter recebido uma ordem de interdição, Dante vai para seu novo apartamento, é só não imaginava que sua vizinha ruiva de pijama de fadinha iria mudar sua vida.

O novo vizinho chegou tirando o sossego de Clara, música alta e gemidos a vontade, depois de uma noite sem dormir ela se depara com seu novo vizinho sentado nas escadas e ainda precisa ajudá-lo a se livrar de sua acompanhante da noite passada.

E nessa primeira interação entre eles surge uma amizade e um conforto em estarem um na presença do outro. Clara irá lhe ajudar a decorar seu novo apartamento e a cada conversa cada um descobre mais sobre o outro e percebem que seus objetivos de futuro são muito diferentes. Mas no ?? ninguém manda, não é? Acho que você pode imaginar o que acontece...

Mais um livro de Mari que deixa aquele gostinho de quero mais... ainda bem que tem conto e mais livros desses amigos gatos de Dante que estou louca para ler.

Já falei em outros posts o quanto adoro a escrita e a fluidez das tramas da Mari e mais uma vez adorei essa leitura. Com cenas muito divertidas pq Dante e Clara juntos falam cada pérola que me diverti muito!! Sem contar nas cenas calientes, que mesmo pegando fogo, Dante penou com Clara!
comentários(0)comente



Beta Oliveira 28/09/2020

Dante passou por uma decepção amorosa muito grande e prometeu que nunca mais choraria por uma mulher. Estava tudo bem até Clara e o pijama de fadinha entrarem no campo de visão dele. O que era simples, ficou complicado, para ele e para ela. E, a partir daí, bem, pactos podem ser revistos, né?
O texto completo sobre Nunca vou me apaixonar está no Literatura de Mulherzinha.

site: https://www.literaturademulherzinha.com.br/2020/09/cap-1714-nunca-vou-me-apaixonar-mari.html
comentários(0)comente



Mazi - @manuscritoliterario 20/09/2020

Eu li esse livro em tempo record, acho que o tanto de irreverência na escrita da Mari foi o que me levou a ler tão rápido. Sério! É impossível não cair na gargalhada com os devaneios de Dante. Depois que ele é privado de sexo a incoerência dele piora ainda mais, é muito interessante ver como autora derruba cada construção machista e pensamento que ele possa ter anti-compromisso.

?A vida te leva para onde você precisa ir. E, por mais que você queria uma coisa ou outra, o destino sempre te carrega para o lado certo.?

Não tenho nem como explicar a minha gratidão por a Dea me apresentar a esta história tão irreverente, eu amei demais Nunca vou me Apaixonar.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Vi 15/08/2020

Uma história divertida e romântica!
Pense em um livro que você gargalha alto enquanto está lendo!
Amei Dante e a fadinha! Uma história fofa, clichê sem ser tão clichê assim!
Quer ler um romance fofo, com um toque de comédia romântica e personagens encantadores? Então é esse aqui!
Mari Monni, virei sua fã! Vai pra lista de autoras queridas!!!
comentários(0)comente



Entrelivros_efilho 14/08/2020

📖❝[...]a vida te leva para onde você precisa ir. E, por mais que você queria uma coisa ou outra, o destino sempre te carrega para o lado certo.❞
ㅤㅤ
Após sofrer uma desilusão amorosa, Dante faz um pacto com seus dois melhores amigos Gael e Lucca, de nunca se apaixonarem, e o esquema de pega e não se apega vai bem até que ele conhece Clara, sua nova vizinha.
Clara é independente, linda, inteligente e...virgem. Ela sonha em se casar com o homem dos seus sonhos e construir sua família, mas ela e Dante acabam ficando amigos e aos poucos os sentimentos novos sentimentos vão surgindo, mas dois clichês ambulantes e o oposto um do outro, será que um cafajeste pegador e apaixonado consegue manter uma vida celibatária?
ㅤㅤ
📖❝Ainda não entendo muito bem como funciona essa coisa de amar e estar apaixonado, mas cara..... É foda.❞
ㅤㅤ
Que delicinha de história! Se quer sair de uma ressaca literária e dar muitas risadas essa história é pra você, mas se comédia romântica não é sua praia e você quer sair da zona de conforto essa história também é pra você, porque a autora nos entrega uma leitura leve, fluida, divertidíssima e que ainda deixa o coração quentinho ao finalizar.
ㅤㅤ
A história é narrada em 1ª pessoa pelo ponto de vista de Dante e ele adora compartilhar fatos relevantes e por isso, a cada início de capítulo ele compartilha uma curiosidade que para mim a maioria eram desconhecidas e eu adorei, ele e Clara, são personagens que nos identificamos fácil, pois tem medos, sonhos e falhas tão reais que é fácil gostar de ambos, foi gratificante ver Dante e Clara amadurecendo, ele se rendendo ao amor novamente e ela se despindo dos seus medos para viver o amor que tanto sonhou.
ㅤㅤ
O que mais gostei nessa história é que tudo acontece naturalmente, primeiro eles ficam amigos e só depois os sentimentos vão mudando e a autora além de ter administrado bem essa transição, soube mesclar romance, cenas sensuais, humor e drama na dose exata para te envolver e prender até a última página.
ㅤㅤ
Uma comédia romântica divertida com personagens cativantes e que nos deixam apaixonados, recomendo.

site: https://www.instagram.com/p/CD4LafCDxbT/
comentários(0)comente



@vicios_e_paixoes 11/08/2020

Ótimo para se apaixonar e passar vergonha em público ?
Ola?, pessoal! Gostaria de reforc?ar a dica da autora, de na?o ler esse livro em pu?blico. E? se?rio, passei a maior vergonha. Dei tanta risada lendo, que o povo deve ter me achado maluca. ?
Com isso na?o preciso nem falar o que achei do livro ne??
Esse livro e? bem curtinho, voce? consegue terminar em um dia. E? numa leitura que te prende do ini?cio ao fim e voce? vai se divertir horrores com todos os personagens.
Na verdade voce? vai passar umas raivas, mas no fim vai dar tudo certo.

Dante e? um homem que sofreu muito com uma traic?a?o da sua primeira namorada. Mas apo?s refletir, ele decidiu fazer um pacto com seus melhores amigos, Lucca e Gael de que nenhum deles se apaixonariam. Os amigos com receio de sofrer e de ver o amigo ter a mesma decepc?a?o, aceitaram. E assim eles va?o vivendo a vida. Se relacionando com va?rias mulheres, sem entregar seu corac?a?o a nenhuma delas. Isso ate? Dante conhecer a sua vizinha, Clara.
Clara e? uma linda mulher, independente, inteligente, cheia de sonhos, imprevisi?vel e virgem.
A primeira impressa?o que Clara teve de Dante na?o a melhor. Pois ele passou a noite com uma mulher que gritava tanto, que a nossa fadinha na?o conseguiu dormir direito.
E por incri?vel que parec?a, ela ainda o ajudou a se livrar da mulher no dia seguinte, fingindo ser a namorada trai?da. Logo, ele comec?aram a conversar e a ter uma relac?a?o de amizade, que foi evoluindo para um namoro, que vale ressaltar, sem sexo.
Dante na?o quis assumir que estava apaixonado por Clara. E isso fez com que o relacionamento deles abalasse.
Esse e? um romance muito fofo, imprevisi?vel e muito divertido.
comentários(0)comente



42 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR