A Fraternidade

A Fraternidade Fernando Luiz




Resenhas - A Fraternidade


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Kah 10/10/2020

‘SOMENTE UM DRACULEA DE SANGUE PODE SER O CONDE’ NO ENREDO DE ‘A FRATERNIDADE’ DO AUTOR LUIZ FERNANDO
A Fraternidade contará a história de Dimitri Skapov. Durante muitos séculos todos os seres humanos do mundo acreditaram nas lendas contidas nos livros, principalmente aquelas que estiveram rondando o Drácula, de Bram Stoker. Mas será que tudo era uma lenda mesmo? O que os meros mortais não poderiam imaginar era que a lenda de Drácula era real e não apenas uma história criada, e que de tão viva haviam seguidores, vampiros, que viviam nos mesmos ideias.

Pelas ruas da Romênia nós seremos levados pelo mundo de luxúria, poder e sangue que rege todo esse mundo e os seguidores dos descendentes diretos da linhagem de Drácula. Com a morte do vampiro mais importante de toda a história, uma instabilidade passa a reinar entre os vampiros e lobisomens. O Coven solicita a Igor que encontre o próximo herdeiro de sangue para guiar os vampiros nesse novo mundo que se segue, Vladmir Notoryev é o escolhido.

Alguns anos depois Dimitri Skapov, um jovem estudante de Direito, que acaba de ingressar na faculdade decide ir a uma festa na fraternidade Dracul. O que o jovem rapaz não poderia imaginar era que essa festa poderia ser sua última. Ao encontrar com a jovem Alira, a presidente da fraternidade Dracul, o rapaz se vê em um novo mundo onde vampiros e lobisomens são muito mais do que meras lendas.

Dimitri é resgatado por Vladmir, onde passa a ser treinado para tornar-se um vampiro. Assim o mesmo passa não só a se afastar de seus amigos como também a entender o porquê de ter se tornado um deles. No meio disso tudo muitos segredos e mentiras passam a voltar, reabrindo portas do passado a muito fechadas e trazendo consigo dores que levaria para toda a eternidade.

Resenha completa no link:

site: https://www.jinformal.com.br/2020/10/somente-um-draculea-de-sangue-pode-ser.html
comentários(0)comente



ClauClau 27/03/2020

A Fraternidade
Enredos envolvendo os seres notívagos mais conhecidos da literatura é sempre bom e instigante, mas por vezes acreditamos que jamais alguém poderá apresentar algo novo do que já tínhamos visto, mas nesse livro posso garantir que uma certa particularidade e originalidade se fez presente na trajetória apresentada.

Prestem bem atenção,
Onde houver veneno haverá talvez, remédio.

Neste livro personagens já conhecidos serão mencionados, pois o autor referencia o célebre livro de Bram Stoker “Drácula” e nos apresenta de uma forma bem singular a trajetória de seu séquito. O autor conseguiu construir uma obra própria e espetacular criando uma aura toda particular para os descendentes que irão se apresentar. A ordem consanguínea do temível e cruel Vladislau Tepes será exposto e em contra partida estará aqui presente também os descendentes do grande caçador de monstros “Van Helsing” alguns aliados e outros nem tanto que serão os portadores do sangue dos licantropos tão temíveis, então iremos trilhar nos tempos atuais pela escura e úmida Romênia, e conhecer um dos herdeiros humanos do conde que carrega consigo a linhagem em seu sangue e terá que aceitar sua nova condição e tomar seu lugar, após a morte do secular Drácula.

Fernando Luiz conseguiu explorar com muita propriedade o universo do lendário Drácula, uma história bem adulta, cheia de mistério e muitas mortes. O autor nos brinda com uma história inebriante, onde o amor, sede de poder e a sina assassina se envolvem.
Um enredo bem amarrado, onde todos os personagens são bem desenvolvidos e apaixonantes.
Esse é um livro excelente para quem gosta de uma história eletrizante, misteriosa e deliciosamente sanguinária.

Encantem-se com uma história bem contada onde a luta pelo poder será o maior combustível para seus oponentes!

E lembrem-se “O Caminho da vida é a morte”!

Resenha na íntegra no blog

site: www.euleiosimedai.com.br
comentários(0)comente



Priscila 08/06/2018

Ótimo livro
A Fraternidade
De Fernando Luiz

Fernando nos prende através desse livro que não é apenas mais uma história sobre vampiros, mas uma narrativa fluida e muito bem elaborada com personagens bem construídos.
Baseado no livro de Bram Stoker, ele nos leva à Romênia e nos conta a história de Dimitri, um jovem que pensava apenas que estava numa simples faculdade cursando direito, mas que nem imaginava que ao curtir uma festa numa das fraternidades badaladas de nome sugestivo Dracul, encontraria seu destino e morte.
Deixado para morrer, o jovem, porém é salvo por Vladimir Notoryev, conde de uma linhagem direta de Drácula, e os lobos do clã de Van Helsing. Dimitri então vê sua vida dar uma reviravolta entre traições, mortes e muito sangue e começa a entender os motivos pelos quais precisa se afastar de Carla, a garota que conheceu na faculdade e pela qual se apaixonou , se quiser vê-la em segurança.
Treinado por Vladimir, ele precisa mostrar ao coven que a noiva de Drácula vive e que, não apenas no passado foi co-autora de traição, como agora é autora das mortes e traições que rondam a faculdade e os anciães.
O mundo precisa de um conde.
comentários(0)comente



Jonas.Zair 10/04/2018

Finalmente
Depois de anos frustrado, esperando e procurando um livro que trouxesse o verdadeiro vampiro, encontro A Fraternidade.

Um verdadeiro presente aos amantes do gênero.

Parabéns ao autor que fez um trabalho lindo, e com bases.
Fernando 10/04/2018minha estante
EU que agradeço os comentários




#PandS 06/04/2018

Sem brilho e purpurina.
Tudo que o jovem Dimitri queria, era se aventurar pelos mistérios e lendas da Romênia enquanto dedicava-se aos estudos no seu curso de Direito. Mas, ele não imaginava que durante uma festa na casa da fraternidade mais badalada do campus, presenciaria um acontecimento que mudaria sua vida para sempre.
Atacado e deixado a mercê dos corvos na floresta, o rapaz é salvo pelo conde Vladimir, um vampiro que vive a um longo período naquela região.
Essa ?salvação? se tornará um grande fardo na vida de Dimitri, pois ele será obrigado a se afastar dos seus amigos para mantê-los em segurança, alem de lidar com a sede de sangue e a impossibilidade de sair ao sol, sem se machucar.
_
Através de uma escrita leve, cenário bem ambientado e uma leitura fluida, Fernando Luiz, criou um enredo repleto de reviravoltas, muita ação e sangue, onde embarcaremos na história de vampiros descendentes do conde Drácula e lobisomens da raça de Van Helsing, que vivem no século atual.
Fernando 10/04/2018minha estante
Linda resenha, amo demais




Witany 01/04/2018

Um livro que vai sugar sua atenção !
Bem o que posso dizer desse livro ?
Além da escrita super leve , gostosa e objetiva a história trás um grande diferencial do que já estamos acostumados em livros que tem Vampiros como o centro das atenções .....
Os personagens são únicos , e eu sou meio suspeito a falar pq , sou fã de carteirinha do Vlad .

A fraternidade vai narrar a história de Dimitri , um jovem universitário que irá descobrir , da pior forma possível , que o mundo n é tão preto no branco quanto ele pensava ..

Enfim , foi uma das minhas primeiras leituras do ano e eu super recomendo esse livro para quem é fã de vampiros chamorsos e totalmente sedutores ?
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR