O Segredo de Helena

O Segredo de Helena Lucinda Riley


Compartilhe


Resenhas - O Segredo de Helena


32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Ka. 19/04/2018

Que saudade das antigas histórias de Lucinda
Não adianta, todo livro de Lucinda Riley eu compro. Compro e leio. E vou continuar fazendo isso msm que me decepcione um pouco.
O segredo de Helena é um livro bem fraco comparado às outras obras da autora. Até metade do livro é só enrolação e a outra metade é um pouco sem graça, msm quando descobrimos o tão temido segredo de Helena.
Enfim.. Quando leio esses novos livros de Lucinda, sinto uma saudade danada de histórias mais densas e bem elaboradas, as antigas obras dela.

Juh Moreira 19/04/2018minha estante
To lendo esse livro e estou tendo essa mesma sensacao!!


Dani(ela) 21/04/2018minha estante
Siiiiimmmm. Ate pq o grande segredo de grande não tem nada. Achei o livro bem fraco também. Mas sempre leio tudo dela. : )


Juh Moreira 21/04/2018minha estante
Pois é, eu sempre leio tudo dela também! Ah minto... s Série das Sete irmãs eu só li o primeiro! Como sou muito ansiosa e não saíram todos, eu preferi ler mais pra frente! Mas os individuais eu já li todos!!


Dani(ela) 21/04/2018minha estante
Eu tenho lido o das irmãs conforme vão saindo mas estão ficando muito repetitivos.


Juh Moreira 21/04/2018minha estante
Serio!? Eu temo por isso! Acho que após eu acabar o Segredo de Helena, lerei o segundo livro das Sete irmãs e assim por diante!


Dani(ela) 21/04/2018minha estante
Acho boa ideia. Pq se fores ler todos em sequencia com certeza vai ficar enjiativo!


Tamara 21/04/2018minha estante
Estou em dez por cento do livro. Ainda não me apaixonei, mas vamos ver, uma amiga gostou bastante. Quanto a série das sete irmãs eu amo demais, elas tem todas a mesma pegada, mas acho muito bem construídas, mas não acho um caminho bom ler tudo de uma vez, é tudo denso demais, realmente, pode se tornar enjoativo.


Alcione 22/04/2018minha estante
Então nem vou ler por agora. Parabéns pela resenha. E tive a sensação de repetição nas histórias. E foi ótimo encontrar pessoas com a mesma opinião pois todo mundo dizia amar...


Dani(ela) 22/04/2018minha estante
:)


Ka. 24/04/2018minha estante
Sim.. Adoro a autora e sigo na direção de continuar a ler as obras dela, mas tem realmente ficado repetitivo e comum demais.
Não deixa de ser um bom passatempo, mas nem de longe se compara às primeiras obras, na minha opinião.


Alcione 24/04/2018minha estante
A alternância entre presente e passado sem nenhuma mudança da uma ideia de déjà vu.


Thais 29/04/2018minha estante
Acabei de ler e estava vindo falar exatamente a mesma coisa! A leitura só engrenou pra mim na segunda metade, que já era totalmente previsível. O livro é legal, mas deixa muito a desejar comparado com vários outros da Lucinda.

E realmente, o das irmãs tá sendo mais do mesmo. Só consegui terminar o da Ceci pq me esforcei bastante. Tenho medo dos próximos.


Alcione 29/04/2018minha estante
Nem tentei os da irmãs. E para mim A árvore dos anjos já era. Abandonei. A luz através da janela só fluiu depois da metade.Mas ainda assim foi muito previsível.E detestei a heroína do passado.


Thais 29/04/2018minha estante
Eu já amei A Árvore dos Anjos! Agora, a garota italiana foi medonho pra mim.


Alcione 29/04/2018minha estante
Esse eu nem tentei. Vi resenhas tão desanimadoras que nem perdi tempo.




Beta Oliveira 16/05/2018

A frase de Tony Stark sobre Nick Fury em Os Vingadores “os segredos dele têm segredos” serve também para Helena Beaumont. É uma história sobre como se perdoar, o peso que verdades não ditas pode causar a uma pessoa e o quanto decisões influenciam outros, direta e indiretamente. Lucinda Riley costura a jornada dos personagens com uma simplicidade tão grande, que você tem a sensação de estar ouvindo histórias de alguém que conhece. Comigo sempre funciona. E que venha o próximo!
O texto completo está no Literatura de Mulherzinha.

site: http://livroaguacomacucar.blogspot.com.br/2018/05/cap-1473-o-segredo-de-helena-lucinda.html
comentários(0)comente



@mamaetalendo 25/06/2018

Adoro os livros da @lucindarileyofficial , tenho alguns favoritos. Apesar de ter gostado muito da leitura esse não entrou na minha lista de favoritos. #OSegredoDeHelena #lucindariley
?
Como o próprio título diz, o tema principal do livro é o segredo de Helena, mas a verdade? A verdade é que o passado omitido compromete o futuro e tem que lidar com as consequências. ??... mas quando existe amor, há sempre um futuro?...?
?
O cenário lindo do Chipre, a casa ?Pandora? e as férias em família cria uma atmosfera encantadora. Afinal, férias em família tem de tudo né: drama, alegria, filhos maravilhosos... um relacionamento perfeito...perfeito?
?
Todo mistério, ambiente familiar e personagens cheios de carga emocional oferecem uma leitura deliciosa... #recomendo
?
Para saber mais tem que ler o livro mesmo! .
?O amor é realmente capaz de suportar tudo?
Quer saber mais? Entra no blog! Link na Bio ??
#euleioarqueiro #arqueiro #igliterario #instabook #bookstagram #books #bookaholic #igreads #instalivro #livro #leitor #leitura #leituradodia #literatura #literaturaestrangeira #mulherbacanale #clubedolivro #mamaetalendo
comentários(0)comente



Eliane Maria 25/04/2018

O que achei do romance
Narra a história da vida de Helena, através do diário de Alex seu filho.
Desencontros, paixão, amizades, segredos mantidos a 7 chaves durante a vida inteira, são narrados nessa maravilhosa trama.
Lucinda Riley, minha autora preferida, me faz viajar através de sua narrativa cheia de detalhes.
comentários(0)comente



Greice Negrini 20/06/2018

Um lugar para chamar de seu!
Pandora é uma casa linda e antiga onde morava Angus, o padrinho de Helena. Uma casa onde vidas foram vividas, e muitos amores e desamores tem histórias contadas e gravadas em suas paredes. Foi nesta linda casa no Chipre que Helena passou suas férias durante vários momentos de sua vida, já que sua mãe e seu pai não tinham tempo para ela, e seu padrinho a acolhia com todo o seu coração.

Aquele céu azul e o calor envolventes fazem com que Helena se sinta acolhida em todos os sentidos. Ao invés do frio da cidade onde mora na Inglaterra. Helena resolveu passar férias na linda Pandora agora que seu padrinho faleceu. Ela precisa voltar para dar uma boa organizada no lugar e até mesmo modernizar com alguns bons móveis, uma nova cor e uma ou outra coisa que venha a agradar a ela. Não que vá mudar a vida que exista nela.

Assim Helena e seus dois filhos, Alex de treze anos e Immy de cinco, saem na frente para arrumarem a casa para a chegada do seu marido William e seu outro filho de três anos, Fred. Apesar de ser férias em família, muita gente se convidou para ficar aquele período em Pandora também. Jules, o marido e seus dois filhos e mais Sadie, sua melhor amiga. No fim de tudo, a filha do primeiro casamento de William também vai fazer parte dos convidados e assim todos vão desfrutar de um lugar ao sol de Chipre.

Mas em meio a passeios e entretenimentos ao redor da ilha, Helena encontra um amor do passado, Alexis, com quem teve um relacionamento na adolescência. É com ele que ela vai relembrar algumas dores e momentos de felicidade e também é ele quem vai ajudá-la em momentos mais difíceis.

Alex, filho de Helena quer descobrir quem é seu verdadeiro pai. Mesmo que William sempre tenha sido seu pai por criação, ele tem a curiosidade de saber quem é o seu gene de verdade. Sua mãe nunca quis conversar sobre isto e ele tenta aos poucos descobrir alguma coisa. Ser um gênio não ajuda muito já que ele se torna diferente de muitas pessoas, mas agora ele pretende saber quem é o seu pai e tentar saber sobre sua família por parte de pai.

Em meio ao amor em Chipre e a felicidade de todos, muitos segredos serão revelados e talvez muito do que se originou naquele lugar poderá ter fim ali mesmo, anos depois.

Nem preciso dizer que amo Lucinda Riley. Este é o mais novo lançamento dela que não está elencado junto com a saga das Sete Irmãs e quando comecei a ler vi que ela estava colocando mais um novo lugar em sua história: Chipre. Nunca tinha lido uma história com este país como cenário e amo quando leio algo com calor e natureza em volta. A descrição da casa, dos locais, da população em si é bem generosa, o que facilita a leitura a fluir muito mais fácil.

Neste livro não há a passagem de tempo costumeira da autora. Vamos começar a história em 2006 com o Alex voltando até Pandora para rever a casa e depois relembrar a história que acontece em 1996 em que ele conta através de um diário e também pela visão de Helena.
Lendo a história e conhecendo um pouco sobre a vida de Lucinda Riley jurei estar lendo o diário pessoal dela. É como se pelas páginas ela descrevesse suas próprias férias e fiquei imaginando se ela seria daquela forma, tão simples e tão calma ao mesmo tempo. Tão receptiva e cativante como é com todos os leitores. E ao final do livro ela deixa uma nota em que descreve que também fez uma viagem assim e se baseou na sua própria história para fazer O Segredo de Helena, deixando assim mais veracidade na sua escrita.

É um livro emotivo. Vai tratar de diversos assuntos mas principalmente de escolhas. E escolhas difíceis que se toma na vida. Eu me coloquei no lugar de Helena e acredito que tomaria as mesmas decisões dela e acredito que ela foi totalmente corajosa em cada ponto.

Terminei a história suspirando. Feliz com a trajetória de todos os personagens e querendo ir tirar umas férias em Pandora. A diagramação do livro é de letras de tamanho normal e com páginas meio amarelinhas, daquelas que adoro ter e que não prejudica a visão.

Só fico chateada quando cada livro acaba e sinto que tenho que deixar Lucinda Riley ir mais uma vez. E com o livro todos os personagens aos quais já tinha me apegado. Mas sei que ela voltará. E que novamente me fará suspirar em um mundo de cenários ora selvagens, ora românticos. E de todas as formas estarei repleta de vida em páginas novamente.

site: www.blogandolivros.com
comentários(0)comente



Notas.Literarias 19/07/2018

Se você acompanha minhas resenhas, sabe que Lucinda Riley é a minha autora favorita. Eu adoro suas capas, mas também a sua escrita, que sempre remete ao passado e o une ao presente. Afinal, na vida tudo são escolhas e consequências, não é mesmo?

Mas em O segredo de Helena, não é bem assim que acontece. E eu amei! No começo nós temos Alex, um homem de 23 anos que está de volta à casa que sua mãe herdou há mais de uma década, do padrinho dela. A história volta ao passado, como era de se esperar, mas há outro passado mesclando-se a isso, ou seja: primeiro há uma década, quando Alex era um garoto de 13 anos, e depois há 24 anos, quando sua mãe possuía apenas 15 e passou uma temporada de verão inesquecível.


O livro gira em torno de Alex, mas também de sua mãe, Helena, que possui um segredo (isso é óbvio!). Esse segredo, ao que tudo indica, é sobre o pai biológico de Alex, que é criado pelo padrasto desde os três anos. Esse é um segredo que nem a melhor amiga de Helena e seu próprio marido sabem. Será o pai de Alex um homem chamado Alexis, o primeiro amor de Helena?

Mas lá estava ele, exatamente como Helena se lembrava, parado quase no mesmo lugar em que ela o vira pela primeira vez, 24 anos antes.
Alex sempre quis saber quem era seu pai. Mas quando eles foram passar as férias de verão no Chipre, na casa que sua mãe herdou e onde ela passou suas férias de verão, ele deseja mais do que nunca descobrir suas origens. Afinal, ele acredita que seja Alexis, o amigo de sua mãe que sempre arruma um jeito de estar presente e ajudar, nas ausências de seu padrasto. O marido de Helena também fica pra lá de incomodado com isso, é claro.

Como ela dissera, com justa razão, o que quer que houvesse acontecido quase um quarto de século antes não tinha a menor relevância agora. Só que o jeito como Alexis olhara para ela na taberna, mais cedo...Willian soube instintivamente que aquele era o olhar de um homem ainda apaixonado.
É claro que faz todo o sentido, mas veja bem: Helena não vê Alexis desde aquela época. São 24 anos de distância, sendo que Alex tem apenas 13. A conta não fecha e o segredo de Helena continua! Junte a isso uma amiga com o coração partido, uma família de amigos problemática, uma filha que há tempos não aparecia e é praticamente uma estranha para Willian, e temos férias nada perfeitas no Chipre.

Ficamos às voltas com esse segredo durante muito tempo, gerando grande ansiedade, e só vamos saber quem realmente é o pai de Alex quase no final, depois da metade do livro. Lucinda nos judiou, mas o segredo é realmente grande e pode acabar com a vida conjugal de Helena e Willian.

Eu inclusive comentei com meu marido e com umas amigas sobre este livro, sobre sua trama ser muito bem feita, com tudo muito bem amarrado. Dessa vez, Lucinda se superou! Agora, basta saber se o amor de Willian e de Alex por sua esposa e mãe, respectivamente, é maior do que o segredo que Helena guardou por muitos anos. Ela teve seus motivos para isso, como você perceberá, mas poderão Alex e Willian confiar em Helena novamente?

Não admira que você nunca tenha me contado quem é o pai de Alex. Só posso desejar que Deus ajude o menino, quando ele souber de tudo isso, Helena. Deus abençoe o seu pobre filho. Caramba!
A diva nunca escreveu um livro tão bom, e olha que eu adoro os livros dela. Lucinda, sem sombra de dúvidas, é a minha autora favorita, e O segredo de Helena entrou para os meus favoritos ever. Não tinha como ser diferente! O que você está esperando para descobrir o que Helena esconde? Você verá que não é somente ela que guarda segredos!


site: http://www.notasliterarias.com/2018/04/resenha-o-segredo-de-helena.html
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 02/08/2018

“Desceu do carro, parou e aspirou o cheiro potente de azeitonas, uvas e terra do qual ela se lembrava vagamente - a um mundo de distância das rodovias asfaltadas e das palmeiras de neon. O olfato era mesmo o mais poderoso dos sentidos, pensou. Evocava um momento específico, uma atmosfera, com minuciosa precisão.”

Pandora guarda muitos segredos, Helena pelo menos nunca esqueceu quando visitou a casa de seu padrinho no Chipre em um verão há mais de duas décadas atrás, quando tinha apenas quinze anos. Após herdar a casa, ela resolve voltar com seu marido, seus filhos e alguns amigos para passar mais um verão em Pandora. Porém, Helena sabe que voltar até lá novamente pode trazer a tona segredos que ela guarda a sete chaves. Pessoas que ela não imaginou ver reaparecem e, passado e presente de Helena acabam se chocando, fazendo com que a vida dela e de sua família mude para sempre. O livro resenhado hoje é “O Segredo de Helena” escrito por Lucinda Riley, lançado pela editora Arqueiro.

A primeira coisa que preciso falar é que as pessoas que moram comigo ficaram esperando para saber qual era o tal segredo da Helena, tudo isso porque toda hora que me viam eu estava lendo e acabei terminando o livro em dois dias. Sou curiosa e se começam a cutucar minha curiosidade já era. Nunca tinha lido nada da autora, então não posso opinar se esse foi o melhor livro que ela escreveu, mas já sei que ela é bem avaliada por muitas pessoas, e pelo menos, para mim “O Segredo de Helena” entrou na lista de favoritos. O livro não só atiça sua curiosidade, fala de amor, segredos, redenção e principalmente família.

Achei a proposta como ela escreveu bem intrigante e instigante, não é Helena quem começa o livro e sim seu filho Alex, e isso já me deixou com a pulga atrás da orelha pensando, “onde está a Helena?”. Quando Alex pega seu diário que fez durante aquele verão com a família, vamos descobrindo o que aconteceu. A ordem acaba sendo, diário de Alex e depois o que aconteceu no dia em que ele escreveu a página, mesclado às vezes com o Alex adulto lendo seu diário. E cada capítulo foi cutucando a minha curiosidade para saber o que tinha acontecido com Helena e qual era seu segredo, até porque, todas as minhas teorias foram caindo por terra enquanto a história avançava.

Quando estava terminando o livro e finalmente descobri o segredo, vem outra incógnita, o que aconteceu com a Helena depois que tudo foi revelado e onde ela está agora que Alex já é adulto? O que aconteceu com as outras pessoas? O legal é que Lucinda me prendeu até a última página, pela a minha curiosidade e ansiedade de saber logo o que estava acontecendo, e foi literalmente na última página que todas as coisas foram resolvidas e soubemos o que realmente se passou na vida deles. Enfim, foi uma delícia ler ele do inicio ao fim, e agora quero muito ver outras coisas que sejam escritas pela autora.

Agora vamos falar dessa capa? Que coisa linda e delicada foi essa Arqueiro? O livro não é só um amorzinho pela história instigante, mas também por essa capa linda dele mostrando a porta e a varanda de uma casa, com flores descendo pelas paredes. Fui pesquisando um pouco sobre o livro, e acabei descobrindo que o título original é “The Olive Tree” o que combina com a história, mas acho que “O Segredo de Helena” ficou bem melhor (alguns outros países também publicaram o livro com esse nome). Lucinda Riley nasceu na Irlanda, e já trabalhou como atriz. Seu primeiro livro foi escrito aos 24 anos e suas obras já foram traduzidas para mais de 30 idiomas e venderam mais de 12 milhões de exemplares em todo o mundo. Lucinda está na lista de autores mais vendidos do The Sunday Times e The New York Times.

“Então, reflito, o que aprendi nestas férias? Que existem todos os tipos de amor, e que ele vem em toda sorte de moldes e formas. Pode ser conquistado, mas não comprado. Pode ser dado, mas jamais vendido. E, quando está presente de verdade, ele gruda para valer. Esse tal de amor.”

Por: Ana Elisa Monteiro
Site: http://www.coisasdemineira.com/2018/07/resenha-o-segredo-de-helena-lucinda.html
comentários(0)comente



MILA 11/06/2018

Muito bom!!
O livro conta a história de Helena, que herda uma casa de seu padrinho, chamada Pandora. Onde viveu na infância e adolescência, e se apaixonou pela primeira vez, portanto a localidade traz recordações não tão apropriadas agora que é uma mulher casada e mãe.

Achei a leitura previsível, mas a escrita da autora flui muito bem, sem ser cansativa.

O tal segredo do título, é sobre o passado da protagonista, ela tem um filho chamado Alex, e quem cria é o padrasto, já que ela não revela quem é o pai biológico nem aos amigos mais chegados, ao retornar ao local onde passou a juventude, algumas coisas voltam a tona, inclusive o que talvez não gostaria...e é o que move nossa leitura, a curiosidade!


Resenha Completa no Blog Daily of Books Mila
comentários(0)comente



Michelle Trevisani 25/06/2018

Um ótimo drama familiar
E aí pessoal? Tudo bem? Espero que sim! Hoje a resenha que trago é de um lançamento da Arqueiro da autora Lucinda Riley (bastante conhecida por ter escrito a série Sete Irmãs) - O segredo de Helena. Essa é a minha primeira experiência com a autora e já posso mencionar que gostei demais. A escrita da Lucinda é fluída e apesar de ir trazendo aos poucos a história para o leitor, isso não me incomodou, pelo contrário, me senti assistindo uma novela, fascinada pela ambientação da autora, o que nos proporciona imaginar a história de uma forma muito rica em detalhes.

O segredo de Helena é o tipo ideal de livro para quem gosta de uma trama familiar regada por segredos e sentimentos. A protagonista, a Helena, tem alguns motivos para ser uma pessoa reservada e muitas vezes distante em seu relacionamento com o marido Willian, que acredita que Helena nunca se entregou totalmente ao casamento de ambos. Willian sabe que a esposa já teve ter passado por algumas dificuldades, afinal, tem um filho, o Alex, a quem Willian criou como se fosse um filho, mas que sabe pouco a respeito de seu passado, inclusive quem é o pai do garoto. Helena nunca se aprofundou em conversas que tiveram sobre o passado, e Willian sempre respeito esse distanciamento. Mas quando você passa dez anos casados com uma pessoa, e já tem dois filhos frutos desse relacionamento, começa a querer exigir mais desse compromisso.

E parece que tudo resolveu borbulhar num período de férias que a família resolve passar na casa herdada por Helena de seu padrinho, no Chipre. Pandora, como é intitulada a casa, já escondeu muitos segredos de seus antepassados. As paredes sabem mais a respeito dos visitantes que ali estiveram do que qualquer pessoa.

A família não estará sozinha nessa jornada de férias, já que Helena convidou alguns amigos da família - Sacha, melhor amigo de Willian com sua esposa Jane e os filhos, sua melhor amiga Sadie e sua enteada, Chloe. Era para ser um período tranquilo e sereno, até pessoas do passado de Helena começarem a surgir para visitá-la, entre eles Alexis, um moreno alto e dono de umas vinícolas perto da propriedade herdada por Helena, e que nunca a esqueceu. Será que o passado de Helena está prestes a vir à tona? Você saberá se mergulhar nessa linda história de amor, segredos e de uma jornada em busca de libertação.

Leia o restante da resenha no meu blog >> LIVRO DOCE LIVRO

site: https://meulivrodocelivro.blogspot.com/2018/06/resenha-o-segredo-de-helena-de-lucinda.html
comentários(0)comente



Diane Ramos 11/06/2018

O SEGREDO DE HELENA - Lucinda Riley

Não é novidade pra ninguém que sou uma grande admiradora da autora Lucinda Riley... Acho suas obras encantadoras, completas e sempre acabo me surpreendendo com algo em suas histórias, seja um personagem diferenciado, uma situação inesperada ou um desenrolar totalmente imprevisível. Sendo assim, foi com muito entusiasmo que iniciei a leitura de O Segredo de Helena e, como sempre, Lucinda Riley se mostrou uma autora fantástica!
O livro traz a história de Helena, uma mulher que nunca esqueceu o verão que passou na mágica Pandora, a casa de seu padrinho no Chipre, onde, cercada por oliveiras e pelo verde-esmeralda do Mediterrâneo, ela se apaixonou pela primeira vez, aos 15 anos.
Mais de duas décadas depois, tendo herdado a antiga propriedade, ela retorna a Pandora para mais um verão, dessa vez em companhia do marido e dos filhos. No entanto, Helena sabe que voltar àquele lugar pode trazer à tona segredos que ela preferia esconder.
Um desses segredos envolve Alex, seu filho mais velho, fruto de uma relação anterior a seu casamento. Com uma inteligência acima da média, ele vive a difícil transição para a vida adulta e está determinado a descobrir a identidade de seu verdadeiro pai.
Enquanto o verão avança e pessoas do passado de Helena reaparecem, Pandora parece pronta a revelar os mistérios que ocultou por tantos anos e que, uma vez descobertos, farão com que a vida de Helena, e de sua família, nunca mais seja a mesma.

O Segredo de Helena é narrado em primeira pessoa sob a visão de vários personagens do livro, o que facilita ainda mais o entrosamento da história já que podemos acompanhar os dilemas apresentados sob diversos pontos de vista. Além disso, para complementar ainda mais, temos o peculiar diário de Alex, que aparece vez ou outra na narrativa e nos apresenta os principais acontecimentos e aborrecimentos da casa Pandora, sob um olhar crítico e irônico de Alex, sem dúvida, os trechos do diário foram a parte mais interessante da obra e me arrancaram boas gargalhadas. A escrita de Lucinda Riley continua a mesma: instigante, fluida, surpreendente e nos pegando de surpresa a todo momento! Durante toda a leitura paira um mistério no ar, o leitor é ciente de que Helena esconde vários segredos e essa ânsia de desvendar os buracos de seu passado acaba tornando a leitura extremamente rápida, pois, é impossível largar o livro sem antes desvendar o tal segredo que a protagonista esconde.
Os personagens foram extremamente bem construídos, o que me chamou a atenção foi que todos eles se parecem com seres humanos comuns, tem seus segredos, seus defeitos, suas incertezas e, é claro, cada um possui sua personalidade e qualidades próprias, tornando assim semelhantes a pessoas reais, o que facilita muito na aproximação entre leitor e personagem. Gostei bastante da família de Helena, a forma como eles interagem e protegem uns aos outros é extremamente linda, mas, entre todos os personagens do livro, o que mais se destacou, na minha opinião, foi Alex, um adolescente sagaz, carismático, de QI avançado e que sempre tem uma resposta sarcástica para dar.
O Segredo de Helena é um livro que fala sobre relações familiares, sobre os laços que unem as pessoas para sempre e sobre a capacidade de amar e perdoar. Lucinda Riley deixa uma mensagem bastante clara onde nos mostra a importância e as conseqüências das escolhas que fazemos ao longa da vida, que sempre devemos confiar em quem está ao nosso lado e destaca ainda a importância da família e amigos em momentos difíceis.
Enfim, O Segredo de Helena é um livro extremamente envolvente, misterioso e que te conquista desde a primeira página! Amei acompanhar o verão na casa Pandora e recomendo a leitura de olhos fechados pra quem está em busca de uma boa leitura.

site: http://coisasdediane.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Helana O'hara 08/07/2018

Um livro que emociona
O Segredo de Helena é um livro com capa linda, ele remeta a memórias de uma casa. Sua diagramação é simples, tento divisões de tempos durante a leitura, comum nos livros da autora. Suas cerca de 460 páginas é dividas em 34 capítulos bem curtos. E passagens de tempo de tempo entre 1992, o diário de Alex em 2006 e 2016.

A história começa com Alex voltando a Pandora em 2016, observando aquele lugar cheio de memórias, ali sua mãe Helena, suas família viveram momentos intensos lá. Imune de um diário Alex começar a ler e reviver mentalmente tudo que já tinha acontecido em Pandora, aquele lugar cheio de memórias, lembranças que ás vezes deveriam desaparecer.
Além dessas memórias Pandora aguarda segredos de Helena, ela herdou o local e voltar lá com sua família para um versão aconchegante parece ser uma boa ideia. Mas Pandora tem muito mais do que isso.
A história da chega da família é em 2006 onde Alex começa a escrever o diário e de tudo que sente ao estar lá, chegando para um verão, Helena chega antes com seus filhos Alex e Immy para preparar o local para chega da família é amigos.
Helena quando mais jovem foi uma grande bailarina, porém a gravidez inesperada de Alex fez ela abandonar os palcos e cuidar de seu filho de forma independente, e isso fez ela passar por dificuldades.
Tempos depois ela conhece seu marido William, um homem carismático, tornou-se pai de Alex, cuidando muito bem dele. A vida da família sempre foi pacata, mas William sabia que Helena não era muito feliz, sempre reservada, quieta nos cantos – leva-la para Pandora parecia uma ideia excelente para ela viver perto das pessoas que ama. Mas Helena tinha medo que todo esse conto com as pessoas não ajudaria muito com seu segredo e o que Pandora escondia.
Helena precisa lidar com o passado, com o presente para resolver o que fazer do futuro.

O Segredo de Helena é um livro cativante, apesar dele fugir muito do que somos acostumados dos livros da autora, ele trás um fôlego gostoso.
Ler um livro de Lucinda Riley onde a história em si não é o personagem principal é estranho, porém maravilhoso de ler, a gente percebe autora saiu sutilmente de sua zona de conforto e escreveu um livro belíssimo.

Apesar de Helena ser a grande personagem do livro por conta do seu segredo, Alex e seu diário dão um charme a toda a leitura, ele nos dá pista sobre a família e sobre ele mesmo, como ele sente com as coisas que acontecem e sua opinião franca foi surpreendente para um rapaz tão jovem.

Não foi a melhor leitura de Lucinda Riley que fiz, mas com certeza foi um livro emocionante de ler. Helena é uma mulher com teto de vidro, ela tem medo do que as pessoas vão achar do que ela esconde por tantos anos, medo que seu casamento seja fragilizado, medo do que seus filhos vão pensar. Todas as pessoas que a cercam são importantes a sua maneira e o como ela lida com isso é muito humano.

Lucinda Riley mostrou para o leitor um lado humano demais em Helena, em muitos momentos, mostrou que um casal precisa deixar o orgulho de lado para o amor tomar conta dos corações, deveria ser assim sempre não é? E Alex teve um papel muito especial mostrando a William como entender Helena e sua angustia.

Com certeza O Segredo de Helena é um livro que surpreende não apenas pelo drama em si, mas pelas vivências de seus personagens, Lucinda Riley sabe tomar o coração dos leitores!
comentários(0)comente



Patrícia Morais/@sistersbookaholic 22/05/2018

@sistersbookaholic
Nota: 3,9
“...Mas, quando existe amor, há sempre um futuro.” Pág 347

Helena nunca foi capaz de esquecer os momentos vívidos em Chipre, em Pandora, na casa de seu padrinho. Certamente foi um verão mágico, pois neste verão ela se apaixonou pela primeira vez.
Décadas depois, lá está ela novamente retornando a Pandora, para passar mais um verão, só que agora na companhia de sua família. Só que essas férias em Pandora podem trazer vários segredos à tona, segredos que se dependesse de Helena estariam para sempre enterrados.

O amor realmente é capaz de suportar tudo?

Este é o meu primeiro contato com a escrita de Lucinda Riley, e gostei do livro, mas tenho algumas ressalvas quanto a ele.
No começo achei a leitura um tanto arrastada, mas acho que foi pelo o fato de ainda estar me inteirando sobre a história. Do meio para frente a leitura ficou mais fluida e fiquei cada vez mais curiosa para saber o segredo que Helena tanto guardava.

O livro é dividido em partes, em alguns momentos somos levados ao passado, outros ao diário de Alex, e para o presente. O livro gira em torno da história de Helena e de seus familiares e amigos. Vamos conhecer o passado de Helena e também vamos conhecer a história dos seus amigos.
Aqui Lucinda fala sobre mentiras, e o que elas podem desencadear em nossas vidas e como o amor pode superar todas elas. Minha ressalva quanto a esse livro é que achei a trama um pouco enrolada, a autora demorou a desenvolver a história e a contar ao leitor qual era o segredo de helena, e isso me incomodou um pouco.

Com todo sigilo que Helena fez, achei que seria um segredo terrível, mas quando descobri sobre o que se tratava, não achei que precisava de tanto alarde. Mas entendo todos seus medos e inseguranças, mas acho que se ela tivesse revelado no momento que devia teria evitado tanta angústia por ter que guardar o segredo por tantos anos, e teria evitado o sofrimento das partes envolvidas.
A respeito dos personagens, o meu favorito foi o Alex. Gostei muito de Alex, que é um menino muito maduro para sua idade e tem a inteligência acima da média. Um garoto fofo e compreensivo.
Helena para mim acabou ficando em segundo plano, achei a personagem um pouco covarde e egoísta, pois o segredo não girava só em torno dela, mas entendo o seu lado e motivo que a levou a esconder o segredo por tanto tempo, pois ela é muito dedicada à família.

Apesar das ressalvas, achei O segredo de Helena um livro bom. Com um final reflexivo e grandes ensinamentos. Com toda certeza quero ler outros livros de Lucinda. Indico para todos os fãs de livros que abordam dramas familiares.

site: https://www.instagram.com/sistersbookaholic/
comentários(0)comente



Aione 05/06/2018

O Segredo de Helena é o mais recente lançamento de Lucinda Riley pela editora Arqueiro e, também, um de seus romances menos típicos: aqui, não há uma trama histórica atrelada a outra contemporânea, como em muitos dos seus títulos, apenas um enredo que se desenvolve basicamente em um mesmo cenário — Pandora, uma casa no Chipre.

Helena se apaixonou e teve sua vida modificada aos 15 anos, quando visitou o padrinho no Chipre. Agora, 24 anos após os acontecimentos que tanto a impactaram, ela recebe Pandora de herança e retorna com a família ao local que desperta nela sensações tão conflitantes. E, assim como no mito grego, Helena sente que sua caixa de segredos está para ser revelada, causando com ela a destruição de tudo pelo que ela mais lutou para construir.

O livro mescla diferentes vozes narrativas: o que abre e fecha o livro é a perspectiva de Alex aos 23 anos, filho de Helena, em primeira pessoa em uma linha temporal posterior aos acontecimentos centrais da trama; o enredo em si é narrado em terceira pessoa sobretudo pela perspectiva de Helena durante a estadia de sua família em Pandora ao longo do verão, embora a narrativa se aproxime também da visão de outras personagens; e na abertura de cada capítulo, há o diário de Alex aos 13 anos, o que permite ao leitor compreender as impressões do garoto durante o desenrolar dos acontecimentos. Com isso, Lucinda Riley garante alguns efeitos na leitura: em primeiro lugar, já desperta a curiosidade do leitor desde as primeiras páginas e incita algumas dúvidas a respeito do que ele poderá encontrar; depois, torna sua narrativa mais rica justamente por sua maior abrangência.

Ainda que o cenário de O Segredo de Helena basicamente se limite a Pandora, seu enredo acaba tendo maior complexidade pela gama de personagens presente e pelas muitas tramas que vão sendo desenvolvidas. Ao mesmo tempo em que elas dão substância à obra e apresentam novas facetas das personagens, permitem que, pouco a pouco, uma teia maior de eventos seja habilmente formada em torno do conflito central.

O Segredo de Helena foi meu primeiro contato com a escrita de Lucinda Riley. Comecei a leitura curiosa pelo que encontraria e o que mais chamou minha atenção desde as primeiras páginas foi a facilidade com que a autora me ganhou. Mesmo em meio aos trechos mais descritivos, realizei uma leitura completamente ágil e fluida e li o livro em apenas um dia. Fui cativada pelas paisagens acolhedoras, pelos conflitos das personagens e, sobretudo, pela escrita encantadora de Lucinda. Ainda que a leitura não tenha se mostrado de fato surpreendente, já que consegui perceber o segredo da protagonista bem antes de sua revelação, ela certamente foi acolhedora.

A temática central da obra é, sem dúvidas, a familiar e a autora desenvolve com sensibilidade as relações exploradas no romance. Mas, acima disso, adorei a forma de como apresentou as diferentes facetas da protagonista: Helena é mãe, madrasta, mulher e seus conflitos são vividos de acordo com seus diferentes papéis. Ela experimenta alegrias e angústias, dificuldades e acertos através deles e demonstram ao leitor a complexidade de ações e emoções que experimentamos ao longo de nossa existência.

Embora o foco de O Segredo de Helena seja sem dúvidas emocional, tanto pelos conflitos abordados quanto pelo que busca suscitar no leitor, essa não foi, de fato, uma leitura que me provocou lágrimas, por mais envolvida que eu estivesse e por mais que tenha gostado do que li.

De qualquer forma, achei O Segredo de Helena uma boa escolha para ter iniciado meu contato com a escrita de Lucinda Riley. Mesmo que o livro não tenha me impactado e, ao seu final, tenha sido até mesmo um pouco cansativo pelo excesso de desenvolvimento dos acontecimentos futuros ao verão em Pandora, ainda assim me proporcionou uma leitura na qual mergulhei por completo desde o início, me cativando sobretudo pela delicadeza com que as relações familiares foram tratadas. Certamente, o livro me deixou com ainda mais curiosidade de ler outras obras da autora, com as quais, imagino, terei experiências ainda mais envolvedoras.

site: https://www.minhavidaliteraria.com.br/2018/06/05/resenha-o-segredo-de-helena-lucinda-riley/
comentários(0)comente



Maah 25/05/2018

O Segredo de Helena
?O Segredo de Helena ? Lucinda Riley?
? ?? ?? ?
?...aquele verão que passei aqui certamente moldou meu futuro.Não é incrível ver como casa decisão que tomamos afeta a decisão seguinte? A vida é um conjunto de dominós em queda, esta tudo conectado.Dizem que podemos descartar o passado, mas não podemos, porque ele faz parte de quem somos e de quem vamos ser.?
? ?? ?? ?
Uma das minhas autoras favoritas da vida é a Lucinda, e eu amo seus dramas, os personagens intensos,e por isso sou bem exigente com suas historias,e nesse livro faltou.É gostoso de ler, mas o enredo achei fraco.
? ?? ??
Helena se apaixonou pela primeira vez quando tinha 15 anos, foi em uma viagem para Chipre na Grécia, mas depois que voltou para casa nunca mais teve a oportunidade de voltar,o tempo passou e sua vida seguiu em frente, quando herdou a casa decidiu retornar com sua família.
? ?? ?? ?
Agora casada e com 4 filhos e alguns amigos vai reviver os momentos que teve no local, a casa que trás lindas lembranças também pode desencadear alguns segredos que Helena guarda a sete chaves e uma delas é a identidade do verdadeiro pai do seu filho mais velho.
? ?? ?? ?
Alex com apenas 13 anos é inteligente,sagaz e ama a família intensamente,sempre soube que William não é seu pai verdadeiro,mas depois de ver a interação da mãe com um vizinho da casa de Pandora quer descobrir quem é seu verdadeiro pai.
? ?? ?? ?
Será que Helena está preparada para revelar ao filho e pra família quem é verdadeiro pai de Alex?Será que a família vai continuar unida?
? ?? ?? ?
O meu maior problema foi com esse tal segredo da Helena, sabe quando falta? Achei que foi feito muito drama principalmente pelo marido dela que foi um grande babaca kkkk, amei a interação de todos os personagens que lotaram a casa, cada um com seu defeito,depois da nota da autora da pra perceber que ela tirou muita coisa da própria família.Alex foi de longe meu personagem favorito e o final dele foi bem legal. É uma grande bagunça com varias crianças.A descrição da autora do lugares é perfeita e fiquei com vontade de conhecer.É um livro bom,mas por ser da Lucinda esperava mais.
? ?? ?? ?
?...nunca se deve lamentar nada na vida.O passado, bom ou ruim, é que nos faz ser quem somos.?
comentários(0)comente



Carla - @sharingbooks2 23/06/2018

"... as pessoas só recebem na vida aquilo que são capazes de enfrentar."
O padrinho de Helena acaba de falecer e deixou a sua casa Pandora, no Chipre como herança para ela. Na adolescência, aos 15 anos, ela passou um verão dos sonhos em Pandora e conheceu pela primeira vez o amor.
Agora já bem adulta, com sua família formada, ela volta para passa o verão
com a sua família e alguns amigos. O seu primeiro amor vive lá, seus amigos chegam com problemas na sua família, seu filho Alex começa a se questionar quem é o seu pai biológico. Esse verão carrega muitos segredos, mas será que eles serão capazes de se manter em oculto? Quanta verdade o amor é capaz de suportar?

Essa é uma história de drama familiar. A matriarca dessa família, Helena, aparentemente não teve uma vida fácil, desde a infância. Sempre viveu em berço de ouro, mas sempre vivia em grandes dificuldades com a sua família não muito amorosa. Parece que a sua primeira viagem a Pandora marcou a sua vida e é aí que os segredos se iniciam. Ela era uma bailarina muito talentosa que teve que interromper sua carreira após engravidar do seu primeiro filho, o Alex. Mas ninguém, a não ser Helena e um amigo, sabem quem é o pai. E esse segredo vira uma grande bola de neve que ameaça a derreter bem no verão dos sonhos da família no Chipre.
Além dos dramas da família de Helena, tem os dramas da família dos seus amigos convidados. E essa história toda vira um grande dramalhão.

"A casa...Pandora...o instinto que ela tivera a respeito de voltar ali fora acertado. A caixa tinha sido aberta; seu conteúdo empoeirado fora vomitado pelos cantos escuros e saíra voando livremente, provocando caos e sofrimento. No entanto, assim como no mito, ainda restava uma coisa: a esperança."

Meu primeiro contato com a autora foi com a sua série As sete irmãs (tem resenha aqui), mas esse é o meu primeiro livro único dela e eu tinha muita expectativa. Andava vendo por aí as primeiras resenhas publicadas dessa história e não foram assim tão boas. Acabou que as minhas expectativas diminuíram por conta disso e acredito que isso ajudou no fato de eu adorar a história.
De fato, o segredo de Helena é facilmente deduzível e acertado, mas o ponto alto da história não é descobrir o segredo, é ver o desenrolar dela e conhecer a história dos personagens e suas características.
O desenrolar é lento para que possamos nos afeiçoar e conhecer o personagens. Alguns são muito cativantes, como por exemplo as crianças, eu adorei o "elenco infantil". Helena já não é tão cativante por conta da sua personalidade, ela é muito certinha, mãe e esposa perfeita, além de ser muito misteriosa e evasiva. No fim, entendemos a personalidade dela, mas durante a história é difícil, por exemplo, ama-la. Ela é tão perfeita que não parece real.
O esposo de Helena a conheceu quando Alex tinha 3 anos, ou seja, ele criou o enteado. E a relação que vai se desenvolvendo ao longo da história é simplesmente LINDA! Que delícia de ler esse desenvolvimento.

Uma coisa que eu amo em qualquer que seja a história, mas principalmente as de Lucinda, que são as ambientações. É como se você estivesse lá com os personagens. Ela é capaz de descrever cada ambiente e cada cena de forma muito real. Você realmente se sente transportado. Apesar de muitos que a leem achar que ela enrola muito, na verdade é que ela desenvolve muito a história e os personagens.
Além da escrita sem igual da autora. É muito gostosa e cativante. A leitura foi incrivelmente fluida e me ajudou muito a vencer uma ressaca literária que eu estava passando.
A passagem do tempo, para mim, casou muito bem. Achei que ficou muito bem colocado, não ficou parecendo que ela quis correr com a história.

As minhas considerações finais são que: Recomendo! Eu gostei demais dessa história, me prendeu, me cativou e fez com que eu me envolvesse com essa família e com todo o drama envolvido. As demais histórias dessa autora está certamente na minha lista de próximas leituras.

"Então, reflito, o que aprendi nestas férias? Que existem todos os tipos de amor, e que ele vem em toda sorte de moldes e formas. Pode ser conquistado, mas não comprado. Pode ser dado, mas jamais vendido. E, quando está presente de verdade, ele gruda para valer, esse tal de amor."

site: www.sharingbooks.com.br/ @sharingbooks2
comentários(0)comente



32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3