Em Pedaços

Em Pedaços Lauren Layne




Resenhas - Em Pedaços


316 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Geisa Kauana 27/05/2020

Que delicia de leitura!
Eu AMEI esse livro!
E eu ja soube na primeira página que estava amando. A escrita da Lauren é maravilhosa, fácil de ler, rápida, envolvente e viciante.
Eu devorei esse livro!!!!

A estória é LINDA e me prendeu muito. Li o livro em um dia, porque não conseguia parar...

Ah, essa autora tem o dom de criar personagens bem construídos né?!
Nesse livro os personagens são diferentes, humanos, reais. Com histórias de vida, bagagem emocional, traumas do passado...
E eu amei conhecê-los - apesar de os dois serem teimosos e orgulhosos.

O que leva a outro ponto: eu me diverti muito nessa leitura.
Sabe aquele livro que você lê com um sorriso no rosto? Foi assim pra mim.

O final deixou meu coração explodindo de tanto amor, e queria que tivesse mais.
Ai, perfeito!
Priscila.AraAjo 05/06/2021minha estante
Moça eu não consigo abrir o livro para ler oq eu devo fazer?


Geisa Kauana 06/06/2021minha estante
Você tá lendo pelo celular, por algum app? Porque não consegue abrir?




Fer 01/01/2021

Não...
Poderia ser melhor. Não gostei do início e o que deixou a leitura um pouco interessante para mim foi quando passou a ser narrada a parte do mocinho. No decorrer da narrativa percebe se que a autora sempre sobrepõe algo ruim com algo “bom”, ele faz uma merda e logo em seguida faz algo “legal/romântico”. Acho super normal ele querer afastar as pessoas dele, o maior problema é a forma que isso é colocado, que ao meu ver foi um tanto abusiva.
Bom, a história do Paul é até que comovente já a da Olivia, sem contar que Paul não teve um desfecho digno com o pai porém isso é o de menos pois o primeiro encontro dos dois foi um desastre por si só.

Abandonei e confesso que pulei algumas páginas para saber como tudo terminou.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Livros e Citações 08/07/2020

Eu não sei como Em Pedaços acabou sendo classificado como um romance leve ou até mesmo uma história irresistível -- o que foi quase irresistível foi tacar esse livro longe algumas vezes, confesso.
Em Pedaços é uma recontagem moderna de A Bela e a Fera e escrito como "uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor." Para mim, foi só romantização de abusos e a um certo ponto da história me questionei se a mocinha era um ser humano ou somente um saco de pancadas.

A trama gira em torno de Olivia Middleton. Com 22 anos, ela vive em Nova York e parece ter uma vida dos sonhos: ela é  linda e rica, cheia de oportunidades. Mas por dentro ela guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-chegado da guerra. Mas o que ela não esperava era que seu paciente fosse Paul Landon, um jovem enigmático de 24 anos tão amargurado quanto cativante.

"Não importa pra onde eu olhe, as paredes estão caindo. E essa garota continua despertando em mim a coisa mais perigosa do mundo. Esperança."

Se você lê romances com frequência, você com toda certeza já encontrou romances como este antes: mocinho machucado, mocinha que deseja ajudá-lo enquanto lida com seus próprios problemas. E sinceramente? Não tenho problemas com clichês. O clichê vende, e se tramas como essa se repetem é porque algumas vezes simplesmente queremos ler algo fácil e leve. Só que eu não sei como Em Pedaços acabou sendo classificado como um romance leve ou até mesmo uma história irresistível -- o que foi quase irresistível foi tacar esse livro longe algumas vezes, confesso.

Veja bem, eu adoro recontagens de Bela e a Fera. Nosso mocinho, Paul Landon, é um veterano ferido, que perdeu pessoas queridas na guerra, me lembrando muito outro protagonista que eu adoro do livro Beleza Perdida, mas é só até aí mesmo porque ele está longe de chegar aos pés do protagonista do livro de Amy Harmon.

Paul Landon é tóxico. Repetidas vezes ele ataca Olivia, menospreza, humilha e a deixa pra baixo. E cada uma dessas vezes ela facilmente perdoa Paul e levanta a questão de que por amor vale tudo, até o perdão. Mas até que ponto? Onde fica o limite? E sinceramente, passou do ponto e mais de uma vez e esse papo de “ok, você me fez sofrer, mas tudo deu certo no final porque o amor venceu” soa muito como romantização da trouxice alheia.

Eu realmente entendo porque muitos gostam desse livro. Há muita atração entre Paul e Olivia, eles pegam fogo. Mas, honestamente? Não valeu meu tempo e eu queria nunca ter lido este livro porque infelizmente eu terminei essa história com uma sensação ruim e chateada com toda a situação. Só aprendi duas lições desta história: nunca mais vou ler algo da Lauren Layne e nenhum amor é maior do que o amor próprio.

"Você fez com que eu me sentisse completo de novo. Pegou uma alma infeliz e em pedaços e mostrou como voltar a viver."
Jess 08/07/2020minha estante
Nossa :( Em pleno 2020 e têm gente que escreve histórias assim e dizem ser romance :/


Lila 11/07/2020minha estante
Misericórdia, que ogiva nuclear!




Carol 19/06/2021

Interessante?
Um romance diferente, recheado de assuntos importantes, traumas, solidão, sofrimento e punição. E claro, amor. É muito interessante ver o desenvolvimento dos personagens ao longo da história.
Mas acho que a lição mais importante é a superação de seus próprios obstáculos.
comentários(0)comente



Ester 06/11/2020

Amooooo
comentários(0)comente



Thaysinha 11/08/2021

Eu não gostei muito desse livro, já faz um tempo que eu li a leitura não fluiu pra mim, achei a personagem principal um pouco sem graça. Quero concluir meu desafio ??
comentários(0)comente



Greh 05/06/2020

Muito bom
A história de Paul é muito linda...
Esse livro conta a história de uma garota que vive a sombra de um erro no passado e um rapaz que se afasta do mundo devido o que viveu no Afeganistão.
Em pedaços nos faz ver que pra você ajudar alguém, você não precisa estar 100% bem emocionalmente, mas que duas pessoas quebradas e marcadas podem se ajudar.
Emocionante e inspirador..
Fofo, objetivo, cativante e emocionante..
Como eu já havia dito, esse livro eu gostei mais do que mais que amigos ...
Gente eu recomendo a leitura
comentários(0)comente



pedropdr 19/01/2021

eu amei
que livro incrivel serio, eh muito gostoso mesmo, eu amei demais
eh otimo pra quem amou como num filme, ver que o ethan e a steph tao bem e dessa vez conhecer a olivia, q destruiu o ethan, ela eh uma personagem muito interessante de conhecer
o paul tb eh maravilhoso, a historia por tras dele me tocou demais, eu ate chorei KKKK e o desenvolvimento dos dois e extremamente incrivel
eh basicamente uma fanfic bem escrita e otimamente desenvolvida mas eh um otimo livro
comentários(0)comente



Manu 21/05/2021

Achei um bom livro, um bom romance com uma pegada diferente. São muitas cicatrizes (internas) que fazem com que o Paul se feche pro mundo completamente, muito mais que as externas, a Olívia acha que cometeu um erro gravíssimo e quer mudar isso tentando uma ?caridade?, fazer algo que nunca fez na vida. A relação deles é bem difícil no início, o Paul é literalmente uma fera com medo de sair do casulo, mas tudo vai mudando com a proximidade dos dois, é uma história intensa, onde os dois conseguem lutar contra suas inquietações um do lado do outro.
comentários(0)comente



Tami 22/06/2018

"Quero Olivia. Só que, mais do que isso, quero que ela me queira."
Depois de ter lido e amado Mais Que Amigos, fui sedenta fazer a leitura de Em Pedaços. Infelizmente a experiência com este livro foi muito diferente, pois se em Mais Que Amigos me encantei com Parker e Ben, neste primeiro volume da série Recomeços a simpatia para com os protagonistas não deu as caras.

Para começar temos a motivação fraquíssima de Olivia para deixar tudo para trás. A reação foi muito desproporcional à ação e deixou tudo inverossímil demais. Para completar, logo que ela chega em seu novo local de trabalho, é só colocar os olhos em Paul para ficar com água na boca (o termo usado é literalmente esse). Autoras, não! Apenas parem com isso, por favor! A impressão que fica é que, no momento em que coloca os olhos em Paul, ela esquece o que a fez se mudar para o Maine.

Outra coisa que eu não engoli foi o fato de Olivia tentar justificar todas as atitudes estúpidas de Paul. Ele era uma pessoa marcada pela guerra? Sim, era, mas isso não justifica sua canalhice e o fato dela ser condescendente com tudo que ele fazia!

Ainda sobre Paul, compreendo o efeito de seus traumas, afinal, o cara veio da guerra, sofreu perdas e presenciou coisas muito difíceis, mas a impressão que eu tive é que a maior parte da sua revolta era por ter ficado "feio" e "manco", assim, entre aspas mesmo. Pelas descrições eu não consegui imaginar um estrago tão grande. Seu grande segredo, aquilo que fazia com que ele dependesse do dinheiro do pai, é algo praticamente esquecido dentro da trama, não há propósito algum...

Leia a resenha completa no blog! :)

site: https://www.meuepilogo.com/2018/06/resenha-em-pedacos-lauren-layne.html
comentários(0)comente



Ari 26/05/2021

EM PEDAÇOS
Já é o segundo livro que finalizo em menos de 48 hrs (quando o livro te prende já era né!!!!!!). Lauren Layne, você superou o insuperável essa recontagem de a bela e a fera ficou incrível e a escrita então? Não ficou nada monótono. Realmente a Lauren não pode deixar de escrever seus livros de comédia romântica. As vezes mais romântico em umas partes, ou mais comédia em outras. Mais não pensem que é só isso que ela põe na suas histórias... Essa escritora se entrega em seus livros essa é a real. Agora o que me resta, é ler a segunda e a última parte da série "recomeços".
comentários(0)comente



ninavi 12/05/2021

A bela e a fera!
A escrita do livro é uma coisa muito boa, e amo quando tem o ponto de vista dos dois personagens.
Eu não tinha muitas expectativas quando comecei a ler, e no começo pensei seriamente que eu não iria gostar da Olivia (pensei que ela fosse bem fútil), mas com o tempo fui amando a forma como ela é consciente e bem madura!
Já o Paul é aquele clichê da fera, aquele cara todo machucado e quebrado que só distribui bastante patada de graça nos outros!!! Maaas, é bem nítido que ele conhece bem os limites do bom senso e ele se sente mal quando ultrapassa na base da grosseria.
O enredo mesmo sendo previsível é muito bom, e a química dos personagens é simplesmente....deliciosa!!! O livro é muito cativante e você acaba lendo em um dia!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Lala 04/07/2021minha estante
Como num filme e Imperfeitos são maravilhosos e da mesma autora??


Leberbel 04/07/2021minha estante
É eu vi mas não sei se vou ler eles
To meio assim




Madu 07/06/2020

Envolvente, rápido e fácil de ler. Acabei me apaixonando pelos dois personagens e pela problemática e como eles lidam com elas
comentários(0)comente



316 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR