Em Pedaços

Em Pedaços Lauren Layne




Resenhas - Em Pedaços


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Rafa 05/06/2018

Amei amei amei
Este é apenas o segundo livro de Lauren que leio, e amei muito!

Com uma narrativa fluída, que prende o leitor, a autora conduz muito bem um reconto de A Bela e a Fera. Ela soube inserir romance, desejo, drama, comédia, tabu e amizade, em um livro com menos de 300 páginas.

Olivia está fugindo novamente do passado e de seus erros. Quem vê essa garota mimada do Uper East Side, mal sabe de sua dor. Então ela deixa família, amigos, amor, faculdade e um futuro para trás e parte para o Maine. Precisamente para ser uma cuidadora de um veterano de guerra abalado. Porém ela não sabe nada sobre como ajudá-lo, porque também não tem ideia de como esquecer suas marcas.

E por falar em marcas, conhecemos um terrível, cruel e marcado Paul, vivendo recluso a dois anos na propriedade do pai. Depois de expulsar seus antigos cuidadores e companhias, o pai faz um ultimato, última chance de tentar superar, ele lhe dá 3 meses, o esse último cuidador for embora, então ele também terá que se virar e arrumar outro lugar para morar.

Assim que Olivia chega ela se depara um homem bonito, mas com cicatrizes que vão além de físicas. É claro que ele vai tornar a vida dela um inferno, mas dessa vez, essa cuidadora vai ser diferente, mais persistente.

E entre tantas brigas e discussões, uma amizade e companheirismo sutilmente vai invadido o coração gelado de Paul.

Amei ver como um ajudou o outro. Paul é um dos personagens mais complexos que me deparei, mesmo com sentimentos bons ele insistia em mostrar o seu pior lado, e muitas vezes magoava Olivia. Já ela, sem dúvida, é a melhor personagem. Sim, aqui o mocinho nos emociona com tudo que viveu no Afeganistão, nos dramas e traumas das consequências que agora são sua realidade. Mas com Olivia tudo é um motivo para tentar, ter esperança. E adorei a força dela, como ela o motiva, como ela acredita nele!

O livro tem um conteúdo bastante sensual sim, aquela tensão entre personagens. E mesmo não havendo grandes reviravoltas, e focando somente neles dois, você não larga por nada esse livro.

Amei demais. É um amor que só vem realmente após toda a tempestade, após a cura dos dois, com perdão pelos erros e redenção. Cada uma vai colando seus pedaços, um vai colando os pedaços do outro. E vê-los se abrindo para as coisas boas, porque eles as merecem e muito, é maravilhoso. Fica a dica!
“Trinta segundos depois, estou sozinha no meio do estacionamento abandonado, me perguntando quanto mal posso ter feito a uma alma que já estava em pedaços”.

“Desejo por ela, por sua risada, pelo jeito simples como espera coisas boas de mim, só porque acha que sou bom”.

“Cheguei a conclusão de que o melhor que cada um de nós pode fazer é reparar da melhor forma possível os erros que cometemos com as pessoas que magoamos, e se esforçar mais no futuro. Um dia por vez e tudo o mais”.
comentários(0)comente



GETTUB 17/06/2018

http://www.gettub.com.br/2018/06/em-pedacos.html
ALERTA: Este livro possui conteúdo adulto e é impróprio para menores de dezoito anos.

Olivia Middleton é uma jovem de 22 anos e moradora de Nova York. Ela é rica e tem uma vida maravilhosa, mas após certo acontecimento, a jovem abandona a faculdade e decide se tornar cuidadora de um ex-soldado que foi ferido em guerra. Essa atitude fez com que todos ao seu redor a vissem como uma garota bondosa, mas na verdade, o que ela quer mesmo é fugir para longe das duas pessoas que ela magoou e, talvez, ter a oportunidade de se redimir de alguma forma.

Sem muitas informações sobre o tal ex-soldado, Olivia vai para Bar Harbor, no Maine, encontrar com o que ela imagina ser um homem debilitado e que, de acordo com as poucos informações que recebeu, necessita de ajuda e companhia. Mas o que ela encontra é uma pessoa totalmente diferente do que imaginou. Paul é um jovem de belos olhos azuis, com cicatrizes que preenchem todo o lado direito do seu rosto e tem uma das pernas ferida, o que o leva mancar ao andar. Ele não quer ajuda, pois mesmo com esse problema, é totalmente capaz de se virar sozinho. O que ele precisa, na verdade, é de alguém que cure suas feridas internas e amoleça um pouco seu coração de pedra.

Bom, vou começar dizendo que essa é uma ótima releitura de A BELA E A FERA. Com elementos inusitados, a autora conseguiu criar uma história bem contemporânea, mas que lembra bastante essa história tão conhecida por todos nós. Pode ter até um certo clichê, mas os sentimentos dos personagens são bem explorados e há bastante drama, fazendo com que a leitura seja bem prazerosa.

O livro tem capítulos intercalados, narrados por Olivia e Paul, o que é muito bom, pois assim a autora conseguiu transmitir bem os sentimentos de ambos os personagens. O livro é bem curtinho, mas consegue passar sua mensagem. A história se passa em um curto período de tempo, mas é bem nítido o amadurecimentos dos protagonistas. A maior parte do livro se passa na casa de Paul, portanto não estão presentes tantos personagens, e os que aparecem, recebem pouco destaque, só aparecem em partes que são essenciais, e isso bastou para que a história de Olivia e Paul se desenrolasse de forma agradável.

Olivia e Paul são personagens feridos e assombrados pelo passado. Ambos tem medo de machucar outras pessoas, mas, ainda assim, acabam fazendo isso - Paul, principalmente. Tive uma relação de amor e ódio com Paul, ele é autodestrutivo e tem muita raiva acumulada dentro de si. Desde quando voltou da guerra, costuma maltratar as pessoas ao redor e não quer se ajudar, muito menos receber ajuda. Passa seus dias definhando em casa e sentindo pena de si mesmo. É certo que o trauma que ele sofreu foi muito sério, ele passou por coisas horríveis, mas a culpa não foi de ninguém de seu convívio, então não é justo o modo como age com as pessoas. Parecia que seu objetivo de vida era tornar a vida dos outros tão ruim quanto a sua. Paul, em diversos momentos, foi muito cruel com Olivia e isso foi o que mais me incomodou, já que, na verdade, ele queria estar com ela, queria compartilhar tudo o que estava sentindo, mas mesmo assim, continuava fechado.

Olivia foi uma personagem que me cativou pelas suas atitudes e características. Ela é muito calma e paciente, nunca vi personagem com tanto autocontrole! O que Paul faz com ela é péssimo, acho que qualquer outra pessoa que estivesse no lugar, não ficaria naquela casa por mais de um dia (na verdade, isso aconteceu com os cuidadores anteriores). Ela se culpa tanto pelo que aconteceu em seu passado, que se acha a pior pessoa do mundo e precisa fazer algo a respeito. Ela, sim, tem o desejo de melhorar, ao contrário de Paul.

Mesmo sendo completamente diferentes, Paul e Olivia sentem uma atração inevitável um pelo outro e é bom acompanhá-los nesse processo de descoberta e cura. A autora soube inserir algumas cenas quentes em momentos certos, assim como as partes de drama. A mistura funcionou muito bem, estou ansiosa para ler outras obras da autora!

site: http://www.gettub.com.br/2018/06/em-pedacos.html
comentários(0)comente



Caroline 12/06/2018

Amei demais!
comentários(0)comente



Desireé (@UpLiterario) 03/06/2018

A Bela, a Fera e duas vidas despedaçadas. (@UpLiterario)
Olivia tem a vida perfeita, mas os erros do passado a assombram, a sufocam, e ela precisa escapar. Fugir do Upper East Side, da Nova York que tanto ama, da faculdade que lhe parecia perfeita, fugir de sua própria vida. Ela irá para o interior do país para ajudar um veterano de guerra inválido. Não é o trabalho humanitário dos seus sonhos, mas foi o melhor que conseguiu para convencer sua família. Ela só não contava que lá iria encontrar um veterano tão mais problemático que si mesma.
.
Paul tem 24 anos e os traumas de uma guerra que lhe rendeu cicatrizes pelo seu rosto, destruiu uma de suas pernas e destroçaram sua alma. Sem paciência para enxergar o mundo da forma como ele o via antes, Paul passa os dias embrigado, lutando contra qualquer contato social e tentando esquecer os erros que o levaram a perder tudo. Incluindo a si mesmo.
.
Mas quando seu pai contrata uma nova cuidadora que mais parece saída de um conto de fadas, ele se vê tentado a destruir tudo e todos. Pois Olivia representa tudo aquilo do qual Paul mais deseja fugir: o desejo de ser normal como todos os outros. E isso é impossível - e inadmissível - agora.
.
"Que talento você tem em incluir insultos em todas as suas frases" [...]. "Deve ser bem útil na sua vida social agitada e tudo mais."
.
Um romance lindo, daqueles que vai te aquecendo das pontas dos dedos até se afundar permanentemente em seu coração.
Uma ótima história, com momentos que vão te fazer rir, se apaixonar e chorar de tristeza e raiva. Tudo ao mesmo tempo.
.
Mais do que recomendado. Tem que ler!

site: www.instagram.com/upliterario
comentários(0)comente



Angela 10/06/2018

Livro muito fofo.
Leitura rápida, fluida, que faz com que você o leia rapidamente. Só achei o final muito abrupto, queria mais, dá até vontade de continuar a escrevê-lo. Recomendo a leitura, pois apesar de todo clichê e a mesma mensagem que esses livros passam eu amo esse tipo de leitura.
comentários(0)comente



Crika | @PitacosLiterarios 29/05/2018

Em Pedaços é uma recontagem moderna do clássico A Bela e a Fera e traz uma história de perdão, cura e, sobretudo, do poder do amor.

Olivia Middleton é uma jovem linda, inteligente e acostumada à vida boa em NY. Todos a veem com bons olhos, mas o que ninguém sabe é que Olivia guarda um grande segredo que a quebrou por dentro. Querendo deixar o passado pra trás, Olivia deixa Manhattan ao aceitar um emprego como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. Mas não era bem o que ela esperava.

Paul Langdon tem apenas 24 anos e é dominado pela raiva. Após sofrer os horrores da guerra, ele precisa conviver com as terríveis lembranças, perdas e a desesperança. Há dois anos, se isola em casa e já botou pra correr muitas cuidadoras, até receber um ultimato de seu pai. Ou aceita a nova cuidadora ou vai ter que se virar sozinho, sem dinheiro. Então, Paul cede, mas jamais poderia ter se preparado para o que estava por vir.

Olivia é uma tremenda gata e a lembrança de tudo o que ele não pode ter. Por outro lado, Paul também a assusta por ser tão interessante, atraente e despertar nela um lado atrevido e provocador. A atração entre eles é inegável.

Começa então um joguinho, onde cada um tenta ter mais poder e se desafia a todo instante. De um lado, Olivia tenta socializar com Paul e o incentiva a se cuidar. De outro, um Paul cada vez mais curioso em relação à jovem. Aos poucos, eles aprendem a conviver e percebem que ambos são muito mais do que tentam demonstrar. Mas, ao mesmo tempo em que fazem progresso, as coisas se complicam e tomam drásticas proporções.

Duas almas em pedaços. Agora ambos precisam encarar seus maiores medos e lutar por seus sentimentos. Será possível a vida transformar-se num grande conto de fadas com final feliz?

"Somos como dois animais sedentos que precisam um do outro para sobreviver."

A escrita da autora é fluida e nos conduz facilmente pela história. A leitura foi boa, porém não consegui me conectar tanto com os personagens. Mas gostei da evolução deles e de como aprenderam com seus erros. Eu torci por isso!!

site: https://www.instagram.com/p/BjYFudvHkX1/?taken-by=pitacosliterarios
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6