O que Alice esqueceu

O que Alice esqueceu Liane Moriarty




Resenhas - O que Alice esqueceu?


295 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |


Feh 16/04/2020

Muito bom
Eu descobri que sou uma fã assídua de romances envolvendo casamentos que estão por um fio. E eu não sabia que ia me apaixonar tanto por essa história incrível, por personagens tão cativantes, principalmente os filhos, que sinceramente foram as melhores coisas do livro.

Como eu falei, tem um romance ótimo, mas não é tudo na história, a autora quis focar mais na parte da Alice e em como ela se transformou de uma pessoa quieta e na dela em um furacão.

Devo dizer que fiquei um pouco decepcionada com o grande mistério que fez Alice e Nick se afastaram tanto, e mais ainda quando alguns afastamentos não foram explicados e me deixaram confusa.

Mas foi uma história incrível é que me surpreendeu muito, não sabia que ia gostar tanto.
comentários(0)comente



Daniana.Bittencourt 23/11/2020

Agradável
Alice, a protagonista, levou um tombo na academia e ao acordar após o desmaio perde a memória dos últimos 10 anos de sua vida. Ela não se lembra dos filhos, nem mesmo do divórcio iminente e muito menos do atual namorado, pois acredita estar em 1998. À medida que os dias vão passando, Alice fica impressionada ao perceber como sua vida mudou em uma década e até ela mesma (vaidade, rispidez, ocupação...). Vendo o rumo que sua vida está levando, a “antiga” Alice de dez anos atrás anseia mudar a vida da sua versão “atual”. Mas, aos poucos, sua memória está voltando. Será que ela será capaz de não voltar atrás de suas novas decisões quando se lembrar de tudo pelo o que passou nessa década?
Paralelo à história de Alice, temos a história de sua irmã Elisabeth, que sofre com diversos abortos espontâneos e várias fertilizações in vitro sem sucesso. A autora aborda de uma maneira diferente: Elisabeth escreve o que sente como uma espécie de diário a pedido de seu terapeuta. Ali percebemos quão sofrida é a vida do casal que anseia tanto por um filho.
Temos aqui uma leitura leve, com dramas familiares, sem muitas reviravoltas ou acontecimentos emocionantes, mas sim, algo bem próximo da realidade.

site: @livromeulivroseu
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jaque - Achei o Livro 26/01/2021

O que Alice esqueceu é o quarto livro da autora que eu leio, que tem uma característica muito particular nas suas narrativas. Toda a construção dos conflitos familiares com um mistério de plano de fundo, marca sua escrita.
Nessa trama o mistério não é tão grande como nos outros livros, assim como os conflitos vivenciados pela protagonista.

Alice sofre uma queda na academia e quando acorda não se lembra de absolutamente nada dos últimos dez anos. A princípio sua maior preocupação é com sua gravidez ainda no começo e por isso tem dificuldades em acreditar que está 10 anos mais velha, com 3 filhos e em fase de divórcio.
O que aconteceu com seu casamento feliz? E como voltar para casa e cuidar de crianças que ela nem conhece?
A leitura fluiu muito bem no início, onde eu devorava as páginas movida pela curiosidade em saber o que se passou na vida da Alice nesses anos todos.
Porém, conforme a trama avançava, percebia que os conflitos da personagem não eram tão interessantes a ponto de me manter presa na leitura como no início.
Uma coisa que me incomodou demais foi as interrupções nas horas mais importantes da estória. Sei que isso é um recurso do autor para despertar a curiosidade mas criado em demasia irrita e foi isso o que aconteceu aqui. Sempre que a Alice tinha alguma dúvida sobre sua vida, as pessoas ou se recusavam a responder ou a resposta não chegava por que alguém interrompia.
Alice perdeu a memória, não se lembra dos filhos, o marido que ela tinha adoração agora a odeia e ela é largada sozinha em casa. Sem ajuda, sem nem mesmo voltar ao médico. Ela continua levando a vida, com suas rotinas no modo automático, como se nada tivesse acontecido.
As crianças parecem adultos conversando, salvo a menorzinha que era uma graça.
A escrita da autora é perfeita, isso é incontestável, mas a estória foi fraca na minha opinião tanto que teremos mais duas narrativas para criar conteúdo. Só o drama de Alice não se sustenta. Quando tudo se revela não há surpresa, não teve nada que impactasse e ainda por cima um epílogo que achei totalmente desnecessário.
Mas o livro não é ruim. Gosto do modo de escrita dela e a parte do diário da irmã, onde ela é 100% sincera nos seus sentimentos e expõe seus problemas pra mim foi o ponto alto da estória. A irmã sim teve dramas suficientes, muito mais difíceis de lidar que os da própria Alice.

Enfim, todo livro de Liane Moriarty é bem vindo, mas esse não supera "Pequenas grandes Mentiras" e "O segredo do meu marido".

Nota: 3,5

site: https://acheiolivroperdiosono.blogspot.com/2021/01/o-que-alice-esqueceu-liane-moriarty.html
comentários(0)comente



Geovana 25/09/2020

Muito muito bom.

Contente que o final do livro entregou o que eu queria, bem nos 45 do segundo tempo.
Livro que fala sobre muita legal: em como toda situação tem dois lados, no equilíbrio que devemos encontrar entre nosso eu mais jovem, inocente, e entre nosso eu atual, mas experiente e cínico. Fala sobre chegar no fundo do poço mas também de superação.
comentários(0)comente



Paula 13/10/2020

Super recomendo!
Tive um pouco de dificuldade com o início do livro mas a partir da página 50 não consegui mais parar!
Uma história divertida, interessante, contagiante, emocionante e linda!
Cada vez fico mais fã de L. Moriarty!
comentários(0)comente



Luma! 22/04/2020

Fiquei fissurada na leitura!
Liane Moriarty sempre arrasando nas histórias...

Alice sofre um acidente na aula de step e acaba perdendo a memória dos últimos 10 anos de sua vida. Suas útimas lembranças eram estar grávida do primeiro filho, casa recém-comprada, casamento maravilhoso e cumplicidade com sua irmã. Ela "acorda" passando por um divórcio conturbado, disputa da guarda das crianças, e um relacionamento muito afastado com a irmã. Muitas coisas aconteceram e mudaram, principalmente ela mesma. Um momento de auto conhecimento, de questionamentos, do que poderia ter mudado, o que fez alguém se tornar que ela é atualmente.

Achei hilário o blog da Fannie, achava muito engraçado os comentários! E inicialmente achava a Elisabeth meio chata, mas no decorrer da história entendemos o que se passa e compadecemos.

--- trecho com spoiler!!!!
Confesso que o final me decepcionou um pouco... Eu torcia no início que Alice e Nick se reconciliassem, mas depois comecei a torcer para que ela e Dominick ficassem juntos (o que não ocorreu). Parece que Alice ainda tinha a dúvida interna se realmente queria passar a vida ao lado de Nick, pois se questionava muito em como seria a vida dela se tivesse se casado com Dominick.

E eu não me simpatizei muito com a Gina. Acho que a Alice desenvolveu dependência emocional muito grande (afinal, a amiga surgiu na vida da protagonista quando esta estava se sentindo muito sozinha), a ponto de trazer os problemas do casamento da amiga para o dela com o marido. Gina parecia influenciar muito nas suas escolhas, em mandar e dizer o que fazer. Aliás, Gina influenciou a todos (parecia Deus no céu e Gina na terra kkkk) tanto que mesmo depois de morta parece que todos a idolatram...
comentários(0)comente



Clube Tripas 01/04/2020

[Resenha]
Conteúdo: Jovem/Adulto
Livro: O que Alice esqueceu
Autora: Liane Moriarty @liane.moriarty
Editora: @intrinseca
Páginas: 416
Avaliação: Gostei muito (4/5)
Mês: Março/20
Bibliotecária: Vanessa Guimarães / Hortolândia-SP

A história se passa na Austrália. Terra da autora Liane Moriarty. Escritora de sete livros, sendo um transformado em série: Big little lies.

O enredo gira em torno de quatro mulheres: Frannie, Barb, Elisabeth e Alice (a personagem principal).

Cada uma com o seu sonho, sua angústia, sua história... História pela qual você, eu ou qualquer outra pessoa poderia ter passado. E nem por isso se torna uma leitura, digamos, que chata, cansativa.
Muito pelo contrário!

Às vezes sinto falta de histórias assim, despretenciosas, que só querem falar do comum, do dia a dia de uma família.

Só a história da Alice que foge um pouquinho do normal, à princípio, pois a partir de um acidente Alice perde parte da sua memória, uma década para falar a verdade, mas logo tudo está envolto da normalidade. Do que escolher? Para onde ir? Qual decisão tomar?

E é neste momento em que Alice se sente frustrada e feliz pela mulher, mãe, esposa, filha, irmã que se tornou.

Uma narrativa ágil, fácil e que fala de recomeços!
comentários(0)comente



michajunco 01/06/2020

Perfeito!
Classifiquei o livro com 5 estrelas pois a narrativa me prendeu do início ao fim. Não tive vontade nenhuma de parar de ler este livro e o devorei em poucos dias. Apesar de ser uma história simples e cotidiana, a estrita da autora é maravilhosa e a forma como ela nos apresenta os fatos torna o livro muito interessante. Recomendo!
comentários(0)comente



di Angelo 11/06/2020

Intrigante.
Um livro que me trouxe as maiores angústias de meu próprio passado, faz a gente revirar lembranças próprias sem ao menos sabermos que as tínhamos.
Enquanto eu lia, eu sentia que talvez cada lição de virtude aprendida da personagem serviria para que eu me lembrasse, das erros que cometi e, o que eu faria se os esquecesse? As pessoas que magoamos orgulhosamente na vida...
Essas pessoas, elas não teriam tido tanto amor, nem tanto coração se eu tivesse passado pelo que Alice passou.
Indescritível, sem palavras, fascinante!!!!!!
comentários(0)comente



Joyce Silva 06/06/2020

Final surpreendentemente fofo
Adorei a história, nos faz pensar tudo que vivemos nos últimos anos, o que teríamos feito diferente, foi uma leitura fácil e muito prazerosa, pequenos hábitos, pessoas indo e vindo... Cada coisa que nos acontece desde os pequenos detalhes, coisas boas ou ruins, são importantes, pq elas nos fazem ser exatamente quem somos, foi um prazer refletir minha própria vida durante a leitura... Vc mudaria algo nos seus últimos 10 anos? Se vc se esquecer deles? Quem vc seria?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Erica 16/01/2021

Acho que o livro poderia ter focado mais na história da Alice, ao invés de intercalar o drama da irmã e o alívio cômico da avó.
Acharia mais interessante se intercalasse, por exemplo, ela tentando lembrar e o marido lembrando do mesmo momento, ou a filha mais velha tendo visto de fora...

De qualquer forma, gostei de imaginar o que 10 anos faz com a vida, e fiquei pensando em como a história seria diferente se fosse dos 18 pros 28, ou dos 41 pros 51, ao invés dos 29 pros 39 da Alice.

Teria mudado o fim (quando lerem fica fácil entender qual seria a alteração), mas no todo, foi um livro bom. Recomendo.
comentários(0)comente



Ellen 10/09/2020

Surpreendente!
Essa foi a primeira palavra que me veio ao ler esse livro que é fora da minha zona de conforto. A história é mt envolvente e a confusão da Alice chega a ser cômica de certa forma, mas dps chega dar pena dela por não saber as coisas mais óbvias... amei, fiquei feliz que dei chance a essa história!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



295 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |