Um Verão Na Itália

Um Verão Na Itália Carrie Elks




Resenhas -


180 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


cris.leal.12 06/05/2020

Poderia ser melhor, mas...
Ao desistir de participar de uma peça de teatro nas vésperas da estreia, o ator Sam Carlton, além de deixar a dramaturga Cesca Shakespeare furiosa, causou um bloqueio criativo que a impedia de escrever.

Seis anos depois do ocorrido, Cesca e Sam se reencontram a sós numa belíssima Villa italiana, onde, finalmente, têm a oportunidade de colocar os pingos nos iii.

Gostei do enredo, mas senti o ritmo e o clima da leitura sendo quebrados em alguns momentos por conta de muito mi mi mi... Sabe aquela hora que você só quer ver o casal se entendendo, mas a autora acha que é melhor eles conversarem, mesmo que só falem abobrinhas? Pois então, é isso que acontece. Mas no geral, não é uma leitura ruim.
comentários(0)comente



Nanda 16/02/2020

O livro não me envolveu tanto quanto eu esperava, mas proporciona uma leitura fluida, leve e agradável.
comentários(0)comente



Nivea Ceroni 25/04/2020

Um Verão na Itália.
Desde que lançou eu fiquei empolgada para ler, quando vi que seriam 4 livros decidi esperar até lançar todos para a leitura não ficar perdida... Curti a história, mas esperava mais. Já li livros da Carrie e senti falta de mais romance... a forma como acabou também achei um pouco perdido, poderia ter completado melhor a história. Vamos para o Livro 2!
comentários(0)comente



Clara 05/06/2020

Um livro leve, lindo, fofo e divertido! Foi uma leitura maravilhosa, é tanto que favoritei. Com certeza irei ler todos os outros livros das irmãs Shakespeare.
comentários(0)comente



Geyza 28/04/2020

Aquece o coração
No início achei o livro um pouco chatinho, mas depois foi melhorando e começou a ficar interessante, a estória é bem bonitinha mesmo. É uma leitura gostosa, sem sobressaltos, que traz um aconchego ao coração.
comentários(0)comente



Lu Oliveira 14/05/2020

Boa leitura
Gostei bastante da história de Cesca e Sam... o desenvolvimento do romance dos dois, a fluidez do texto, os diálogos... só não fui convencida pelos motivos de problemas familiares do Sam... quanto a história de Cesca, das dificuldades enfrentadas após os planos darem errados foi bem legal! O Sam é um cara muito fofo! Gostei muito dele!
comentários(0)comente



may 19/06/2020

O primeiro romance da série das irmãs Shakespeare conta a história da jovem Cesca, uma londrina que não consegue segurar um emprego e, tendo perdido o último, ela busca ajuda do seu padrinho, que tem a proposta perfeita para ela: um emprego temporário em uma villa na Itália.

Parece perfeito demais: em outro país, paga para cuidar de uma casa onde ninguém mora no momento, um lugar isolado e lindo, vale ressaltar, no qual ela pode aproveitar o tempo livre para voltar a escrever (ela é roteirista); sim, é bom demais para ser verdade, poucos dias sozinha e o seu inimigo mortal aparece na casa, Sam, dono da casa (filho do dono) e também o ator que abandonou a primeira peça da Cesca.

Não é preciso dizer que a Cesca o odeia e ele não faz idéia de quem ela seja, ela tenta superar o bloqueio criativo e eles se apaixonam. É um clichê, mas tão fofo, a leitura é fluída e os personagens são bem construídos, os diálogos são divertidos, mas esse casal merecia mais um livro, ou pelo menos mais páginas com alguma reviravolta.
comentários(0)comente



Hemilly Medeiros 06/06/2020

O livro é escrito em terceira pessoa, isto me fez não me sentir tão conectada com os personagens.
Também achei que a história de cada um deles deveria ter sido aprofundada melhor. Alguns momentos eu achei meio rasos.
É um clichê que em certos momentos eu penei para ler.
comentários(0)comente



Rosinha.Correia 27/05/2020

Uma história ridiculamente fofa, vem instalove, adorei a evolução da personagem, a forma como entendeu que só ela podia se ajudar.
comentários(0)comente



Rita Aguiar 30/05/2020

oi deus, sou eu dnv, necessitando de um macho literário...
depois de entrar na fossa por causa de "é assim que acaba" (confesso que tudo me faz lembrar o livro, tipo assim:"água" ah o Atlas tomava água :( foda...) eu precisava muito de um livro pra aquecer meu coraçãozinho destruído...e esse se encaixou bem...aquele clichê que a gnt nunca se cansa de ler...sempre vai ter o coração dos leitores...fechar o livro respirar fundo e dps voltar a ler não pode faltar, né?? Amo a história de quando os personagens se odeiam e tem q conviver juntos e blá blá blá e quando jogam um coadjuvante no meio pra fazer ciúmes é melhor ainda... Sam, é aquele personagem que se existir fora dos livros eu ainda não encontrei, se alguém encontrou... me avisa pfv... Cesca, aiai tive um leve rancinho, mas passou rápido, pq achei ela muito decidida e independente...mas o orgulho dela me deixou um tiquinho puta (não julgo pois sou igual)... é isso, vou ler os outros, amo livros assim
comentários(0)comente



Mel 22/04/2020

Um livro gostoso de se ler e que deixa o coração aquecido.
Me deixou morrendo de vontade de conhecer a Itália e suas magníficas comidas...
Indico para quem quer uma leitura leve, rápida e descontraída.
"O passado era só o prólogo, e o futuro não havia sido escrito"
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Carlise Paiva 02/06/2020minha estante
Gabs não consegui escrever uma resenha sobre este livro, pq não tinha como descrever tamanha imaturidade dos personagens. Vc conseguiu escrever bem as minhas impressões sobre o livro.




_MarinaSts 22/05/2020

Essa é aquela leitura que você pode sentar em uma cafeteria e ler tranquilamente e se sentir dentro da historia.
Um Verão na Itália é o primeiro livro da série As Irmãs Shakespeare de Carrie Elks,publicado pela editora Verus. Composta de quatro volumes, a quadrilogia traz a história de cada uma das quatro irmãs, cujo o sobrenome é igual do famoso escritor inglês, em uma determinada estação do ano — a começar por Cesca, segunda mais nova da família, que logicamente ficou com o verão.

Cesca Shakespeare é uma jovem de 24 anos que ama teatro, quando criança era nas coxias que ela criava histórias e se imaginava seguindo os mesmos passos da mãe. Talentosa desde muito jovem, antes de entrar na maioridade escreveu uma peça que gerou grandes expectativas de público, mas que acabou tornando-se um fiasco total. A razão?A ator principal fugiu da noite para o dia, na noite de estréia, fazendo com que a peça fosse cancelada.

A humilhação e a frustração foram tantas que Cesca jamais conseguiu voltar a escrever, e agora pula de emprego em emprego sem conseguir se estabelecer, tendo funções mirabolantes, que nada tem haver com sua personalidade.

site: https://bloggeekthings.blogspot.com/2019/07/resenha-um-verao-na-italia-as-irmas.html
comentários(0)comente



rebecadio 29/04/2020

Muito bom
O livro é exatamente o que eu esperava. Um clichê bem desenvolvido e bem escrito.
comentários(0)comente



LT 02/07/2020

Olá!

Olha eu aqui, novamente! Hoje venho "falar" sobre o primeiro livro da série “As irmãs Shakespeare”, que são compostas das quatro estações do ano.

Temos em mãos um livro leve, mas que emociona o leitor e que me deixou querendo mais... As vezes julgamos e culpamos as pessoas pelos nossos próprios problemas, ficamos dentro de uma bolha e achamos que nunca haverá uma solução, todavia...

Vou parar de enrolar, vamos a resenha?!

Cesca mora em Londres. É uma garota loira, bonita, inteligente e talentosa. Ela é roteirista, escreve peças, seu sonho era ser reconhecida e ter uma vida estável, mas aconteceu uma coisa terrível na estreia que a marcou para sempre, o ator que interpretaria o papel principal desistiu na última hora e sua vida foi por água a baixo depois disso.

Passados seis anos e a vida de Cesca continuava uma bagunça, ela não conseguia ficar muito tempo em um emprego e se via em meio as despesas para pagar, vivia quase na miséria apesar de ter parentes com uma vida estável, mas não queria depender deles (na verdade eles nem sabiam de sua situação financeira).

[Quote] Foi difícil identificar o momento exato em que ela percebeu como havia decaído. Quando olhou em volta e descobriu o buraco em que se encontrava, já era tarde demais. Ela era muito orgulhosa para pedir ajuda e tinha muito medo de admitir para a família e os amigos o estado em que sua vida estava. [...]

Era uma questão de sobrevivência conseguir fazer isso sozinha, mas havia um bloqueio, nossa garota não conseguia escrever mais roteiros, estava ficando muito difícil, até seu tio Hugh arrumar-lhe um emprego provisório, para poucas semanas, Cesca aceitou, só tinha que ir para a Itália.

Cesca estava cuidando de um refúgio maravilhoso de veraneio, Villa Palladino, localizado no lago Como, na cidade de Varenna, ficando na casa sozinha para organizar as coisas enquanto seus donos não estavam presentes, se sentia em paz como nunca antes.

Calma e distante de tudo, sem pensar nos problemas, Cesca recomeçou a escrever, sua inspiração surgiu de uma hora para outra. Numa madrugada uma buzina incessante toca e de repente ela se viu na frente de seu pior pesadelo...

Sam Carlton chega a Villa de maneira inesperada, Cesca fica sem reação e indignada, já que fora ele a pessoa que destruiu a sua carreira. Sem saber o que fazer, se irrita, no entanto ele é filho dos donos do lugar e veio para ficar, ela não tinha como discutir isso.

Agora vocês me perguntam: Ela não sabia que a casa era da família dele? Então... leiam o livro e descubram!

Sam é um ator famoso, rico e italiano, depois de ter abandonado a peça de Cesca foi para Los Angeles onde consagrou sua carreira, fez muito sucesso, se tornando uma das celebridades mais conhecidas e desejadas do país.

Sam saiu correndo de Los Angeles, por causa de paparazzi e de uma atriz mentirosa com quem se envolveu, ela queria um pouco mais de fama na sua carreira, começou a inventar rumores e suposições, ele não pensou duas vezes, decidiu que tinha que se esconder até a poeira baixar.

Esse encontro entre os dois foi marcado por muitas discussões, ressentimentos e muita raiva da parte de Cesca. Estar na frente da pessoa que arruinou sua carreira, perceber que ele conquistou seu sonho e ela vivendo nessa miséria, relembrando as coisas que aconteceu, não era justo (esse era o pensamento dela).

Para tudo tem uma justificativa... Cesca e Sam se viram presos naquele lugar, depois de muita discussão, entraram em um consenso. Eles irão se aproximar, esclarecer o que realmente aconteceu com ele, e ela por sua vez contando um pouco de sua vida depois do seu fracasso.

Me vi presa no enredo do começo ao fim, porque apesar de ser um drama da vida de Cesca, vi sua força de vontade de vencer a barreira de bloqueio, não é só isso, esse período de correr atrás de trabalho lhe causou uma depressão e muita agonia. Sam, por outro lado, tem essa fama toda, mas ninguém sabe o que passou e o que passa na sua vida ainda, tem uma mãe e duas irmãs que o adoram, mas tem um padrasto...

[Quote] O sorriso dele não alcançou os olhos. Mal chegou aos lábios, na verdade. Ela queria tocar o rosto dele e afastar a tristeza de sua expressão. Tirar sua dor, assim a dela também poderia sumir. E foi um sentimento tão estranho, em contraste com suas emoções de antes. Antes ela só queria machucá-lo, mas agora queria confortá-lo. [...]

Me diverti com Cesca, apesar de ter sofrido tanto, com a morte de sua mãe e depois com o fracasso de sua primeira peça no teatro, tem um humor cômico e carrega no sangue a essência de ser bem sucedida (sua mãe era atriz). Talento tem e força de vontade também, só falta oportunidade para mostrar seu trabalho, seu tio/padrinho é um personagem que faz de tudo para ajuda-la.

Cesca e Sam se viram ligados pelo passado e o rumo que suas vidas os levaram até aqui, os protagonistas foram bem construídos e são bem diferentes, ela espontânea, explosiva e com uma língua afiada, ele é mais fechado, muito carismático e faz tudo por aqueles que ama, quando se juntam no mesmo ambiente pegam fogo.

Será que esses dois conseguem passar por cima do orgulho e dar uma chance para o amor? Quem será que vai dar o primeiro passo?

Li o livro no formato digital, não tenho muito o que falar da edição por conta disso, mas a capa é linda. Não notei erros de digitação. A história é narrada na terceira pessoa, sendo que a protagonista principal é a Cesca e que a cada começo de capítulo temos uma citação de um livro. Achei muito interessante todo o livro, os personagens secundários são cativantes, me deixando curiosa e espero revê-los nos próximos livros.

Recomendo essa obra para quem gosta de uma leitura rápida, com uma trama simples, mas com um significado muito importante, que carrega um romance intenso e com personalidades marcantes.

E vocês, já leram? Se já, comentem, caso não, me digam o que acharam dessa resenha? Volto com as resenhas dos outros livros da série assim que possível. Até mais!

Resenhista: Cris Santana.

site: https://livrosetalgroup.blogspot.com/
comentários(0)comente



180 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |