A Luz da Cegueira

A Luz da Cegueira Patrick Correa




Resenhas - A Luz da Cegueira


17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Gustavo Rodrigues 03/11/2021

Quando tava começando a ficar interesse, acabou ?. Acho que merecia ter mais umas páginas, seria bom.
comentários(0)comente



Gustavo Barberá 03/10/2020

Resenha do conto "A luz da cegueira"
Conto: A luz da cegueira
Autor: Patrick Correa
Ano: 2018
Editora: Independente
Páginas: 13

* Conto gentilmente cedido pelo autor.

Medo. Uma das piores sensações do mundo, se não for o primeiro. E nesse conto de Patrick Correa, ela será nossa melhor amiga nessa história horripilante que irá atormentar o leitor de uma forma indescritível.

O conto nos traz Thomas Boyer, um garoto que está cuidando de sua mãe com uma doença terrível e para isso, precisa do auxílio de sua avó. Só que suas casas são separadas por uma floresta sombria, mas somente se cruzá-la a noite. E certo dia, por causa de um contratempo, Thomas, sem menos perceber estava inerte na floresta em pleno anoitecer. A partir daí acontecimentos sinistros começam.

E não pense que esse relato seja o suficiente para você saber da história e pensar que não tem nada de apavorante. Os detalhes e o que são esses acontecimentos são detalhados pelo autor, o que te deixará atormentado. E há um fato bizarro que as pessoas dizem acontecer se alguém cruzá-la no período noturno. E infelizmente Thomas sentiu na pele.

"O garoto parou, ao ver que a trilha afunilava na direção de uma luminosidade escarlate que mal clareava o fundo negro".

Narrado em terceira pessoa e com um enredo muito bem construído e conciso, fará com que perturbe o leitor com cenas surreais que irão abalar o psicológico, pois a forma em que Patrick Correa descreve as cenas e os personagens, tiram sua paz de espírito.

É uma história incrível, mesmo descrevendo o que ele proporcionará ao leitor, características reais de um bom conto de terror, o autor mais uma vez nos mostra seu talento nesse estilo de leitura que prende demais atenção e não percebemos quando chegamos ao seu final.

"A mente pode ser criadora de males terríveis nos momentos em que nossa sanidade mergulha nos abismos do horror".

Portanto, se ainda não conhecia ou não leu “A luz da cegueira”, não perca tempo e venha se aventurar junto de Thomas nessa floresta que irá despertar o verdadeiro medo que existe em você, mas talvez não conseguirá mais encontrar seu caminho de volta para casa...


site: http://www.leituraenigmatica.com
comentários(0)comente



jusousan 29/10/2021

A luz da cegueira
Após ler um outro conto do autor intitulado ?Onde Habitam as Sombras? decidi testar outro.

Apesar de ser um conto bem curto, me surpreendi com a narrativa. Uma história envolvente e a tensão junto a alguns elementos de terror no desfecho do conto foram bastante positivos para mim.

Recomendo!
comentários(0)comente



Igor.Paiva 30/05/2018

SURPREENDENTE!
E mais uma vez, me pego desprevenido lendo um conto do autor Patrick Correa.

A LUZ DA CEGUEIRA é o mais novo conto de horror psicológico que tive o prazer de ler (Minha mente já não compartilha desse mesmo sentimento, mas, eu amo essas coisas que fazem um desgraçamento em minha mente, abrindo vários leques de interpretações e varias horas pensando sobre a obra.) Com esse conto, não aconteceu diferente!

O conto nos apresenta o jovem Thomas, indo à casa de sua avó buscar remédios caseiros, para a sua mãe que se encontrava debilitada, acometida por uma doença. O garoto vaga ali pelo bosque conhecido como Túmulo das Almas, famoso por lendas que cercam o local, onde diziam que por aquelas bandas vagavam crianças de olhos arrancados.

Entre passos e pensamento assombroso pela sensação ruim que causava o bosque, o jovem chega ate a casa de sua avó. Estando um tempo em sua presença, o menino perde a hora e acaba tendo que voltar para a casa um pouco tarde. Ele sabia que era perigoso andar pelo bosque depois que o sol se punha, sua avó o adverte dizendo que as sombras do bosque ficam mais densas, e a partir daqui, o sangue de Jesus tem poder!

Como sempre, Patrick entrega um enredo ousado, com um leque de interpretações e um final surpreendente. Os personagens dão um calafrio, principalmente a avó do menino. As coisas que acontecem naquele bosque são tenebrosas e Patrick tem a audácia de brincar com nosso imaginário.

É impressionante como ele consegue, com poucos elementos, nos fisgar de forma ágil. Ele brinca com nossa mente como um manipulador de marionetes. Esse conto é um campo minado e o final… é surpreendente!
comentários(0)comente



@pro_funda 05/06/2018

Alucinante


Somos apresentados a historia de Thomas um jovem camponês que mora ao sul da França, em um povoado medieval. Thomas tem sua mãe de cama e extremamente debilitada por causa de uma doença, e necessita atravessar o bosque, até a casa da avó, para buscar frascos de remédio caseiro para ela. O bosque que é reconhecido como " Túmulo das Almas", e como qualquer bom bosque que se preze, é rodeado por lendas macabras de crianças massacradas que somem e tem seus olhos arrancados.
.
Ao chegar à casa da avó (esta, um tanto macabra, acusada de bruxaria), Thomas vê que ela fez sua torta preferida, come um pedaço e pelo cansaço, físico e emocional, acaba durmindo em cima da mesa. O tempo passa e quando ele acorda já é noite, e agora? Ele tem os remédios, não pode deixar sua mãe doente e sozinha em casa, mas o bosque escuro e deserto está entre ele e seu destino. Contorna-lo? Impossível. Isso duraria 2 dias e até lá sua mãe já estaria morta.
.
O que dará errado nessa história? Será real as lendas sobre o bosque? E as crianças que nunca voltaram?
.
Alucinante. É a palavra certa para designar qualquer trabalho do autor Patrick Correa, lendo seu trabalho você se perde no tempo e no espaço, e sinceramente, nunca gostei tanto de estar perdida.

site: https://www.instagram.com/pro_funda/
comentários(0)comente



Cley 04/06/2018

Pode virar livro fácil
Em um povoado no Sul da França Thomas Boyer mora com sua mãe que está muito doente, a mesma conta apenas com ajuda de seu filho de 15 anos. Um garoto gentil, que demonstra todo seu amor. Um processo invertido, onde filho toma conta da mãe.

Para poder ajudar, Thomas precisa ir à casa da avó Gretel que mora afastada do Vilarejo. Lá ele encontrará remédios que sua mãe precisa. Para isso, ele precisa atravessar o bosque chamado “Túmulo das Almas”, pegar os remédios e voltar para casa. O lugar é tenebroso, pois, segundo as lendas crianças eram assassinadas e seus olhos eram arrancados.

❝ Em seu coração havia o toque frio de um medo que se agigantava a cada passo que quebrava o silêncio do tinido de galhos secos estalando pelo chão.

O cenário que o Patrick se atribuiu para compor esse conto é de arrepiar. Os bosques têm algo sombrio em sua volta, por trás das árvores e matas não sabemos o que está oculto, e isso impõe um sentimento que nos faz manter distância deles, principalmente se esse bosque contém histórias de fazer qualquer um se arrepiar.

Narrado em 3ª pessoa, em apenas 13 páginas de conto somos conectados ao Thomas, sua mãe Artemísia e sua avó Gretel, uma mulher que carrega na alma um passado sombrio e cheio de mistério. Eu gostaria de saber mais sobre essas mulheres, mas sei que quando se trata de um conto o enredo se torna menor, nos deixando muito curiosos e desejando respostas.

“A Luz da Cegueira” é um conto que poderia virar livro fácil. Indico a todos que gostam de contos de terror psicológico.
Se perder é um processo de descoberta, medo, angústia, e nem sempre quando saímos E SE saímos voltamos a ser os mesmos.

❝ Já faz um tempo que eu ando e não encontro a saída.

O conto está disponível no site da Amazon por um preço bastante acessível.
comentários(0)comente



Fábbio - @omeninoquele 31/05/2018

Maravilhoso!
❝As coisas parecem piores quando a noite cai.❞
⠀⠀
Thomas Boyer tem quinze anos e vive com sua mãe enferma numa cabana, num povoado medieval no sul da França.
⠀⠀
Ele tem uma missão importante, buscar os remédios caseiros para sua mãe doente na casa da avó do outro lado do povoado e para isso ele terá que passar pelo denso bosque conhecido como Túmulo das almas, ele sabia atravessar o bosque e já fazia isso rotineiramente, mas sempre de dia.
⠀⠀
Ao chegar a casa da avó ele é recepcionado por um cheiro maravilhoso de uma torta de amoras. A Sra Gretel é uma velha senhora que vive afastada do vilarejo porque anos atrás fora acusada de bruxaria e conspiração com demônios. Ela perdera a visão justamente no Túmulo das Almas.
⠀⠀
Ao adormecer, Thomas acaba perdendo a hora e quando é acordado às pressas percebe que já estava escurecendo e sabe que passar pelo bosque à noite não é algo muito seguro, mas mesmo assim decide ir com os frascos de remédios numa mão e uma vela acesa na outra, pois ele não poderia deixar sua mãe agonizando sozinha na cabana deles.
⠀⠀
O bosque é um lugar perigoso, com pouca iluminação muita fumaça e um intenso perigo, somados as lendas antigas que diziam que o local era assombrado por almas de crianças massacradas que se erguem dos seus sonos em busca de seus olhos arrancados por um tal de "cão louco."
⠀⠀
Ao cruzar o bosque, Thomas se depara com uma menina que diz estar perdida e não consegue achar a saída e pede ajuda ao garoto, que logo acende o sinal de alerta, mas não deixa de ajudar a estranha menina. Será que ele conseguirá sair do bosque a tempo para ajudar a sua mãe? E a menina, é algo sobrenatural daquele bosque horripilante?
⠀⠀
Mais uma vez somos agraciados por um conto de terror psicológico instigante, e surpreendente de Patrick Correa, que sabe a fórmula para uma boa história arrepiante. Gostei demais do que li e sem dúvidas esse conto já está mais do que recomendado pra você que gosta de uma boa história de terror.
⠀⠀
O conto está disponível na Amazon, por um preço super em conta e está também para os assinantes do unlimited.
⠀⠀
#ALuzDaCegueira

site: https://www.instagram.com/p/BjdQCm_nOsm/?taken-by=omeninoquele
comentários(0)comente



Fernando @sabioleitor 31/05/2018

Tenebroso, enigmático, arrepiante!
As resenhas do Patrick são sempre desafiadoras. Mas vamos enfrentar mais uma, se isso for possível e eu não permanecer preso no Túmulo das Almas e na obscuridade do bosque.

O garoto Thomas Boyer terá de conviver com os mais profundos horrores e medos em uma noite praticamente infinita no bosque cercado por lendas, as quais revelam pessoas condenadas a escuridão por seus olhos arrancados.

"Thomas rezou em pensamento, rogando que as lendas fossem apenas invenções, mas em seu coração havia o toque frio de um medo que se agigantava a cada passo que quebrava o silêncio no tinido de galhos secos estando pelo chão."

Encarar os pesadelos será uma tarefa necessária para Thomas, se quiser buscar a poção preparada por sua avó Gretel, uma senhora verdadeiramente adorável, para manter a vida de sua mãe que se esgota a cada a minuto devido a uma doença.

Com um desfecho totalmente surpreendente, aberto para interpretações, capaz de manter o leitor inerte e perturbado. Dotado de ótima escrita e fluidez, Patrick corrobora que é o mestre do terror psicológico
comentários(0)comente



Jonas.Zair 31/05/2018

Final enigmático para poucos entenderem.
Patrick manja mesmo de criar ambientes obscuros e macabros, mas não só isso, ele faz a gente sentir essa ambientação. Com poucas páginas constrói um intrigante enredo que termina de uma forma que me fez querer largar o aparelho na mesa para me levantar e bater palmas.

O autor assume um grande risco com esse final, o risco de muitos não entenderem e levarem a mensagem superficialmente e de até não gostarem por não compreenderem.

Resumindo, esse conto só mostra que o autor está crescendo e melhorando cada vez mais o seu nível. Parabéns!
comentários(0)comente



Line @lostwordsblog 30/05/2018

Em um povoado medieval ao sul da França, conhecemos Thomas, um garoto de 15 anos que precisa cruzar um bosque, mas não é qualquer bosque, esse é conhecido como túmulo das almas, um lugar seguro durante o dia, mas apavorante à noite, bom, isso é o que as lendas dizem né?! Crianças são trucidadas, e seus olhos arrancados.
Thomas está com sua mãe debilitada, e para pegar os frascos de remédios caseiros que sua avó faz precisa passar pelo bosque.
Ele faz esse trajeto a anos, mas dessa vez algo dá errado, e Thomas precisa ser audaz para enfrentar os perigos desse lugar sombrio.
Sempre difícil fazer resenhas dos livros do Patrick, o cuidado para não falar além é redobrado. Mas eu sempre fico admirada com sua capacidade de criar cenários complexos, onde me deixam fascinada do começo ao fim, e falando em fim, A Luz da Cegueira tem um final bem inusitado, acredito que alguns leitores podem ter uma visão completamente diferente da minha e mesmo assim serem surpreendidos.

Os personagens dos livros do autor nunca são banais, e nesse conto isso acontece mais uma vez. A avó de Thomas me deixou com medo, coisa bem incomum para uma avó né?! O Thomas me conquistou pela inocência e ao mesmo tempo pela dedicação e coragem ao cuidar de sua mãe. A escrita do Patrick nunca deixa a desejar, os detalhes, a narrativa fluida, são coisas que o tornaram um dos meus autores favoritos. E sabe o melhor de tudo isso? HOJE O CONTO ESTÁ GRATUITO NA AMAZON (30/05), então vocês podem baixar, ler e avaliar também

site: https://lostwordsin.blogspot.com/2018/05/resenha-luz-da-cegueira-patrick-correa.html
comentários(0)comente



Lidi 16/06/2018

Resenha @darksideloversclub
O autor Patrick Corrêa é o escritor certo quando você pensar: Quero um Thriller para perturbar minha mente rs. Os contos e livros desse autor são para aqueles que gostam de ser surpreendido e sair da zona de conforto. Quase que uma materialização dos nossos pesadelos.
.
Nesse conto Patrick nos apresenta Thomas, sua mãe Artemísia e sua avó Gretel. Thomas é um jovem de 15 anos , bom filho é que quer a todo custo ajudar a sua mãe enferma . Artemísia piora a olhos vistos a cada dia. E os remédios que a sua avó envia parece não mais surtir efeito. Desesperado esse bom filho, só tem uma saída contar com a ajuda de sua avó. Talvez se ele puder fazer um remédio mais forte, Artemísia consiga sobreviver. Gretel tem fama de bruxa, por morar afastado e por entender bem de remédios e plantas e talvez por algum outos motivos que o jovem Thomas desconheça.
O lugar onde sua avó escolheu morar fica próximo de um lugar cheio de lendas. Um lugar onde muitos crêem ser amaldiçoado e que várias crianças teve seus olhos arrancados. Conta a lenda que coisas horríveis acontecem com quem ousar ir por essas bandas e se perderem no "Túmulo das Almas". É assim como ficou conhecido esse lugar tão macabro.
A pressa de tentar salvar a mãe faz com que o jovem não dê ouvidos a essas lendas e além do mas ele pretende ir e voltar antes do sol se pôr.
Gretel esconde um passado doloroso e muitas mágoas. E além de tudo consegue viver tão perfeitamente bem sozinha mesmo sendo totalmente cega. Sua inocência se torna ainda mais duvidosa quando permite que seu neto adormeça, alegando não ter conseguido acordá-lo, por ouvir e entender que ele estava exausto. Será que foi isso mesmo?
No momento que o Thomas Boyer percebe que ao voltar para casa, a luz do sol já se foi totalmente, sons e arrepios começam a correr por todo o seu corpo. Indício de que a noite será um pesadelo.
comentários(0)comente



Gabe | @cafecomgabe 16/06/2018

Incrível!
Thomas tem apenas 15 anos e está em busca de ajuda para tentar curar sua mãe que está doente. Para isso ele precisa atravessar um bosque e chegar à casa de sua avó, a unica capaz de preparar um remédio de ervas para curar sua mãe.

Devido a lendas que rodeiam o vilarejo, todos preferem atravessar o bosque de dia, há alguns relatos assustadores sobre coisas estranhas que acontecem ao cair da noite.

Thomas atravessa o bosque, chega até sua avó mas vencido pelo cansado decide tirar um cochilo, ao acordar percebe o erro. Está anoitecendo... como ele poderá chegar mais rápido em casa sem ter que atravessar o bosque e se submeter às histórias macabras que os moradores contam? Não há escapatória, Thomas terá que enfrentar seus medo.

O conto é bem curtinho, ele te deixa ansioso e temeroso sobre o que acontece dentro do bosque, quem ou o que está lá dentro à espreita. O que é real e o que é fruto do medo? Li esse conto com poucos muitos e compartilho do mesmo sentimento de muitos: eu precisava de mais!

Ao finalizar eu não pude acreditar no que estava acontecendo! Milhões de ideias se passaram na minha cabeça, refiz todos os passos do Thomas, todos os detalhes. Eu precisava entender o desfecho e saber se fui enganado pela inocência do nosso protagonista ou não.Recomendo à todos vocês que gostam de se aventurar em histórias atormentadoras que te arrepiam dos pés à cabeça haha!
comentários(0)comente



Lipe 31/07/2018

A luz da Cegueira
No conto somos apresentados a Thomas Boyer um jovem de Quinze anos que mora num pequeno povoado medieval no Sul da França. Ele vive com sua mãe que é castigada por uma terrível doença que a faz ficar acamada.
?????????
Thomas movido por amor a mãe, precisa buscar alguns frascos de remédio na casa de sua avó, que mora do outro lado do bosque conhecido como 'túmulo das almas' ele conhece mais do que ninguém o caminho, mas sabe que devido às lendas antigas nunca deve atravessá-lo após o por do Sol, pois sabe que quem faz isso algo cruel e desconhecido acontece.
?????????
Ele consegue chegar a casa de sua avó Gratel, lá percebe que a mesma estava fazendo sua sobremesa favorita Torta de amoras. Sua avó que um dia acabará perdendo a visão justamente nesse bosque, reconhece os perigos que ele trás. Porém, Thomas acaba adormecendo e perdendo a noção do tempo, quando acorda ele percebe que já escureceu e precisa voltar para casa, pois não pode deixar sua mãe sozinha. Sua avó oferece uma lanterna para que ele consiga atravessar o bosque com mais facilidade.
?????????
Daí pra frente acompanhamos Thomas atravessar o bosque e coisas bizarras acontecer. Ele vai se deparar com criaturas assustadoras e terá de enfrentar seus medos.
?????????
O autor faz você duvidar da nossa sanidade e do protagonista. Com um toque de suspense psicológico esse conto apesar de curto vai fazer você se arrepiar e ficar ansioso.
?????????
Assim que terminei o livro não acreditei que tinha acabado, reli e vi que realmente terminava. O autor faz você criar diversas ideias do que realmente aconteceu, e isso é espetacular.
?????????
O conto está disponível no plano do Kindle Unlimited de forma gratuita, ou para compra na Amazon.
comentários(0)comente



@resenhandodark 01/02/2019

@resenhandodark
Em seus relatos mentais sobre uma noite sem fim no interior do obscuro bosque, Thomas Boyer cruza não somente o túmulo dos mortos, mas também os limites de seus próprios medos, vendo a si mesmo no interior de um pesadelo vivido, enquanto tentava buscar ajuda para sua mãe que tem a vida drenada por uma terrível doença.
Partindo de si mesmo, o garoto emerge de seu próprio abismo, enfrentando o horror das lendas sobre as crianças que tiveram os olhos arrancados, trazendo para a superfície a luz da cegueira, na luminosidade opaca de uma vela no interior de uma garrafa, iluminando os medos mais profundos, onde a inocência sangra em densa escuridão abismal.
Um micro conto psicológico, pro confundir sua cabeça junto com o Thomas, após imergir no bosque depois do sol, caindo em um loop perturbador, fazendo uma confusão entre realidade e insanidade.

Acho que o maior objetivo em um suspense psicológico é literalmente confundir sua cabeça, e esse com certeza faz isso, você finalizá e pensa em várias possibilidades diferente, será que foi um sonho, uma doença, ou ele realmente está preso com as outras crianças da lenda.
Não se sabe ao certo, mas uma observação minha me deixou com certas suspeitas com a sua avó, onde Thomas à procura para buscar um remédio para sua mãe, porém achei suas atitudes um tanto suspeita, para alguém que acredita na lenda.
comentários(0)comente



Anna Maia @livrosdashesha 22/03/2019

Assustador
Um conto com um bosque sombrio é sempre mais assustador.
A aura sombria desse conto instiga nossa curiosidade e nos faz ler mais ávidos para descobrir os mistérios que existem no bosque.

@livrosdashesha
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR