Fome de Poder

Fome de Poder Ray Kroc




Resenhas - Fome de Poder


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Rosângela 03/05/2019

Muito trabalho, muitos anos!
De músico pra corretor de imóveis, de corretor pra vendedor de copos de papel, dos copos de papel para os mixers de 5, 6 rotações para milk-shake, de milk-shake para seu primeiro contato com os irmãos MCdonald's, Ray Kroc viveu pelo trabalho de empreendedorismo, suando nas ruas, teclando até quase cair os dedos, dormindo poucas horas ao dia e sempre buscando novas oportunidades de negócios.

A história em si escrita ou não pelo próprio Kroc é tendenciosa, pois mostra de forma exaltada os bons momentos e de forma amenizada os maus. Praticamente não se vê no livro nada que desabone Ray kroc, mesmo com as ressalvas do epílogo.

O livro também é escrito de uma forma muito semelhante à um relatório de acontecimentos, soando frio em alguns momentos ao citar mortes e separações de trabalho, apesar creio que o autor não deixou quase nada de fora se a meta era uma biografia resumida.

O texto é um pouco cansativo, tem só 200 e poucas páginas, mas são tantas tecnicidades do ramo alimentício citadas, outras vidas resumidas, questões contratuais explicadas que é uma batalha ler até o final.

Vale a leitura por nós falar de uma variedade de assuntos, além de claro do império Mcdonald's, mas cabe a mim confessar, prefiro o Girrafas.
comentários(0)comente



Paulamarins 06/09/2019

Bom mas um pouco massante
O livro é interessante e rico em detalhes, porém, as vezes chega a ser massante. Alguns longos trechos poderiam ser retirados e incluídos outras histórias mais interessante da construção do império McDonald's. De toda forma, vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2