Uma Noite e a Vida

Uma Noite e a Vida Chris Melo




Resenhas - Uma Noite e a Vida


16 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Bea Albuquerque 04/10/2021

Que livro, em determinadas partes realmente me vi na vida do Caio e da Vi. Você ri, você chora, sente raiva. Um mix de emoções. Muitooo bom
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lolo 02/06/2021

Esse livro mexeu comigo de uma maneira muito profunda. É um retrato de vida real mesmo. O relacionamento com todas as m* que realmente existem, não apenas história de amor de livro, que tem intriga mas no fim todo mundo é feliz. Relacionamento é perrengue mesmo, e este livro descreveu bem a vida dos jovens.
comentários(0)comente



Moira 23/02/2021

Primeira impressão do livro
Gostei muito do livro e achei bem interessante. Me envolvi com os personagens e gostei bastante do final, achei bem real comparando com uma noite e a vida de São Paulo.
comentários(0)comente



Rê Lima 21/08/2020

O livro "Enquanto a Chuva Caía" é muito especial para mim, mas não me conectei com esse. Não gostei dos personagens, não gostei da narração, tive problemas com a troca de verbos presente/passado. Queria ter gostado mais.
comentários(0)comente



BookCall 29/04/2020

A história a conta sobre Virgínia, uma fotógrafa com alma aventureira, e Caio, um cara recém formado que acha que a vida são hobbies, festas e mulheres. Fala sobre amar e amadurecer.

“Pois o verdadeiro encantamento do amor acontece no dividir dos dias, na capacidade de carregar a parcela do outro na gente e viver sem o pedaço que transcendeu o nosso eu e foi morar dentro de quem amamos de fato.”

Sabe aquele livro que fica encalhado na estante e que a gente pega só porque não aguenta mais ver a pilha enorme de ‘não lidos’. Foi esse o caso. E ainda bem que ele saiu dessa pilha.

Nesse primeiro contato com a escrita da Chris Melo, temos um romance narrado em terceira pessoa - que já não tem sido tão comum nas últimas leituras - com uma narrativa que prende, traz angústia e aquele quentinho no coração na medida certa.


Durante toda a leitura a gente acompanha o amadurecimento dos personagens, junto com todos os seus tropeços. Que traz reflexões sobre a vida. Um livro que surpreende e encanta com toda simplicidade e realidade.
comentários(0)comente



Mari @enquadrandolivros 22/05/2019

Uma Noite e a Vida, da autora Chris Melo, é um livro jovem, intenso e real. Você pode ler a sinopse várias resenhas, mas só lendo o livro todo para saber do que realmente se trata essa história.

No livro vamos conhecer Virgínia, uma jovem que acaba de voltar de um mochilão e parece que ela realmente se encontrou. Ela é decidida e independente, mas antes dela se tornar a mulher que é hoje, ela precisou passar por algumas situações complicadas. A história também nos apresenta Caio, estudante de Publicidade, sustentado pelos pais e super privilegiado por sua beleza.

Caio e Virginia são duas pessoas completamente diferentes que o destino une de maneira repentina. A química entre eles é imediata, e sem muita enrolação, eles se tornam um casal. Esse é um romance que foge dos padrões, aqui não temos um vilão tentando separar o casal principal. O grande problema, é a vida real. Virginia ainda não encontrou como tinha pensado, e Caio é um mimado que não sabe o que realmente quer da vida, ele ama Virgínia, mas sua cabeça-dura e imaturidade fazem com que ele sempre cometa deslizes que prejudicam qualquer relacionamento.

Uma Noite e a Vida narra a história de personagens que parecem ser reais, é impossível não se identificar com eles, principalmente com Virginia. Os sentimentos, os anseios e os dramas vividos por eles são bem reais, e isso acaba criando várias reflexões durante a leitura. A autora consegue transmitir muita emoção através da sua escrita delicada, leve e com várias citações poéticas. A trama é do tipo fluida, que não nos deixa parar de ler.

Através de Caio e Virginia, a autora passa uma mensagem importante sobre como nossas vidas não saem como o esperado. No livro percebemos como a vida nos transforma, e a importância de amadurecer e tirar aprendizados dos nossos erros.

Uma Noite e a Vida foi publicado pela selo da Editora Rocco, Fábrica231. Para quem gosta de livros jovens e reflexivos, eis uma ótima opção de leitura.

site: www.instagram.com/enquadrandolivros
comentários(0)comente



Manu 13/05/2019

Impactante
Uma Noite e a Vida é um romance que estava na minha wishlist há séculos! Logo, fiquei muito animada com a possibilidade de realizar essa leitura. E caramba, que leitura, viu?

Chris Melo não mediu forças e realmente nos faz viajar por dentro das nuances do relacionamento. É um livro real, humano e que mostra o amor exatamente como é, assim como a vida adulta também. Caio e Virgínia têm seus próprios problemas e dilemas, ela com um passado que a persegue, ele com um futuro que parece incerto e escuro. E tudo isso, de certa forma, respinga no relacionamento, levantando uma questão bem interessante: O quanto da nossa vida pessoal e dos nossos conflitos internos interferem em nossos relacionamentos? Sejam românticos, familiares ou de amizade?

Confesso que me identifiquei bastante com Caio, seu amor pela arte e sua confusão jovem, o medo de tomar um passo a frente e simplesmente encarar esse mundão aí. Acredito que muitos de nós compartilhem desse mesmo sentimento. Mas Virgínia também não fica para trás e é uma personagem marcante, capaz de trazer muita identificação também.

Gostei de acompanhar o amadurecimento desses dois e torci para que dessem certo como casal. Foi um livro que me trouxe muitas reflexões e por vezes me senti tomando um soco no estômago com as coisas que aconteciam.

É uma obra forte, completa e que nos mostra como a vida é. Recomendo.

site: https://www.instagram.com/palavrascruciais/
comentários(0)comente



Priscilla 17/04/2019

Maravilhoso
Vou começar do começo. Escolhi esse livro por acaso. Estava na livraria, olhando e folheando tudo, e a história desse livro me chamou a atenção por falar sobre relacionamento e ter algo a ver com meu momento pessoal. Num impulso, comprei e trouxe pra casa, pra esperar numa pilha de livros "para ler". Depois de vários dias no meu quarto, eis que o escolho pra leitura ontem (16/04/2019), sem qualquer razão específica, apenas queria algo para me distrair depois de um dia dedicado ao trabalho.
Comecei a leitura despretensiosamente. Notei que a história seria simples, leve e fácil: mais uma história romântica como gostava na adolescência e há tempos não lia. Meus gostos estavam mais voltados a outro tipo de leitura. Talvez não estivesse aberta ao romantismo? Não sei dizer. De uma vez só, li um terço do livro e não me impressionei muito, na verdade me desapontei um pouco, pois esperava mais da história e da escrita. Esperava algo mais profundo, mais complexo, mais bem escrito. Deixei pra continuar depois.
No dia seguinte, retomei a leitura. Dessa vez, foi diferente. Notei que, apesar de realmente simples e algumas vezes muito clichê, havia algo de especial na história. No começo, havia estranhado o tipo de escrita que, depois dos diálogos entre os personagens, trazia um comentário do narrador em terceira pessoa, como que avaliando a cena que havia passado. Achei estranho e não havia gostado muito desse estilo. Não estava acostumada. Depois, no segundo dia de leitura, passei a achar os comentários do narrador muito pertinentes e até muito profundos porque incitavam uma verdadeira reflexão sobre os momentos, a vida e, principalmente, os sentimentos. O livro me fez sentir junto com ele, junto com Caio e Virgínia. Me fez sentir paixão, romance, amor, angústia, dor, choro, pesar, resignação, consolo, alegria. Me fez reconhecer alguns momentos da minha própria vida na história. Me fez repensar e refletir sobre alguns sentimentos meus em situações pessoais e sobre a vida em geral, seu propósito, seu sentido, seus caminhos, as vidas que se entrelaçam e se desenlaçam.
Ao final, notei que a história não era um clichê romântico, irreal e idealizado, como me parecia no começo. Na verdade, é uma história bem real sobre relacionamentos, encontros e desencontros, vida em família e sentimentos. É algo bonito de se ler e que dá espaço à reflexão sobre a vida. Gostei muito da leitura e recomendo muito. Que você também esteja aberto à reflexão e aos sentimentos despertados pela história de Caio e Virgínia.
comentários(0)comente



Maiara 14/10/2018

Não funcionou como funciona sempre
É Chris Melo, mas ao mesmo tempo não é. Narrado em 3ª pessoa, tive muita dificuldade de me identificar com os personagens, porque a narrativa os colocava muito longe de mim. Acredito que algumas características que me irritaram nos personagens foram de propósito e para mostrar o crescimento Deles. É bom, no final eu já estava mais envolvida e deu uma emoção. Mas não é, nem de longe, o melhor da autora. No início fiquei comparando a todo tempo com "Sob Um
comentários(0)comente



Ceci (@umcantinhosomeu) 04/10/2018

Sem palavras.
É possível uma pessoa ser capaz de mudar sua vida e ainda permanecer com você para sempre?
Nesse romance maravilhoso, Chris Melo mais uma vez nos encanta. Dessa vez com um casal que terá todas as experiências possíveis que a vida tem para oferecer.
Virgínia uma jovem destemida,  viajada e que ama fotografia e Caio um jovem até certo ponto infantil, mimado e extremamente de bem com a vida. Em uma noite que só podemos descrever como mágica eles se encontram, mas não foi somente um encontro de simples seres humanos e sim de almas que se procuravam a tempos. Mas como qualquer outra pessoa comum, eles também tem seus segredos, conflitos, tristezas e dúvidas. E no decorrer da história desvendamos esses segredos, vivemos cada conflito com eles, dividimos suas tristezas e compartilhamos de suas dúvidas.

Como disse uma amiga, a magia aconteceu novamente.  Até agora não tenho palavras para descrever meus sentimentos sobre esse livro. Foi apaixonante, lindo, triste, alegre, enfim teve de tudo. Esse para mim foi um dos livros da Chris mais realistas, que nos mostra as alegrias e tristezas da vida de cada um de nós. Claro que ele foi parar no top 10 do ano. Eu recomendo a todos que amam um romance, sem clichés e sim com uma dose real da Vida. Minha autora nacional favorita ?. E para completar ainda inclui uma playlist com músicas maravilhosas que tem tudo a ver com Virgínia e Caio.
comentários(0)comente



Fernanda 06/09/2018

Uma noite e a vida
Resenha disponível no blog

http://modoliterario.blogspot.com/2018/09/resenha-uma-noite-e-vida-chris-melo.html

site: http://modoliterario.blogspot.com/2018/09/resenha-uma-noite-e-vida-chris-melo.html
comentários(0)comente



Gramatura Alta 27/08/2018

http://gettub.com.br/2018/08/27/uma-noite-e-a-vida/
A história fictícia de Caio e Virgínia é semelhante a milhares de histórias da vida real. Difícil encontrar uma pessoa que não tenha escutado de amigos, de conhecidos, ou mesmo vivido, situações parecidas. Ela é fotógrafa de crianças, mas anseia por mais; ele está se formando em publicidade e não tem qualquer ambição. Ela se sente responsável por cuidar da irmã gêmea, Luiza, cuja saúde é precária; ele foge da família, do emprego fixo, de compromissos. Ela vem de uma relação conturbada, de uma decisão difícil; ele pula de uma relação para outra, enxerga na próxima mulher sua verdadeira paixão, que dura uma semana. Eles se conhecem em uma casa de shows, e a partir desse encontro, começam a se questionar sobre a vida que levam e a vida que gostariam de levar.


A narrativa de Chris Melo é em terceira pessoa, entretanto, a forma como escreve é semelhante a uma conversa entre ela e o leitor, como se ela fosse presente, uma conhecida, uma amiga, que está contando algo de pessoas que existem, que ela conhece. Isso a transforma em uma personagem, porque, ao contrário de outros livros, onde o narrador é imparcial e se contenta em apresentar a história sem tomar partido, Chris toma partido, dá sua opinião sobre os acertos e os erros de Caio e Virgínia, solta pensamentos do que ela acha que eles deveriam fazer, critica atos e decisões, divaga sobre como eles se comportam, ou seja, dá palpites como alguém que faz parte da história, e, com isso, leva o leitor junto.

É uma técnica de prosa que eu não conhecia, e não me lembro de algum outro livro que a utilize. Sinceramente? Gostei, porque tornou a experiência da leitura em algo mais pessoal, e criou uma aproximação, não apenas dos personagens, mas da própria autora. A coisa é tão diferente, que em certa parte, Chris parece que sente até raiva de seus personagens, como se não fosse ela quem criou cada um deles e o que eles estão vivendo. Por isso, repito que considero a autora como uma das personagens do livro.

Cris é o típico garoto que virou homem, mas não percebeu. Ele é imaturo, individualista, mimado, dramático, mulherengo, inconsequente, impulsivo, como praticamente todo homem da mesma idade, ou seja, entre os dezoito e os sessenta anos. Vive às custas da família em um apartamento e não sabe o que quer da vida. Gosta das coisas que tem, gosta de paquerar e ser paquerado, não enxerga seus erros, e quando é acusado de algo, se faz de vítima, instintivamente, e acredita que realmente é uma vítima.

Virgínia toma para si responsabilidades que não são suas. Ao invés de ingressar na faculdade, decide fazer uma viagem longa, se apaixonada por um homem mais velho e vive com ele dois anos fora do Brasil. Acontece algo na relação que a obriga a tomar uma decisão radical, sua irmã Luiza fica doente, ela volta para seu país e começa a trabalhar como fotógrafa infantil. Nesse ponto, ela não sabe para onde deseja seguir, não sabe se tem forças para tentar algo novo e se sente sufocada pela relação familiar.

Caio e Virgínia são a representação da maioria dos jovens adultos de classe média brasileira. Não sabem o que tem, não sabem o que querem ter, não sabem como manter uma relação afetiva, não sabem como responder à família, não sabem como realizar seus sonhos e desejos. Eles aprendem tentando, errando, consertando, errando de novo, consertando de novo, se separando, voltando, e assim em diante, até que consigam se acertar, ou se separar, definitivamente.

UMA NOITE E A VIDA trata desse tipo de relação, onde os erros de ambos, alguns pequenos, outros maiores, são o motor para moldar o caráter de cada um deles, até que finalmente consigam amadurecer e reconhecer o que realmente desejam. Aos poucos, Caio e Virgínia aprendem que uma relação se faz estável e duradoura, através de respeito, de confiança, de fidelidade, de pequenas concessões. Não há a possibilidade de existir um convívio harmonioso sem concessões. E para existirem concessões, é necessário existir respeito e amor. É necessário reconhecer no outro, aquilo que lhe é essencial, e abrir mão do que para você não é essencial. Equilíbrio.

Mas o livro trata de mais assuntos, como a inevitabilidade do destino em juntar duas pessoas. Há quem diga que quando uma pessoa está destinada para a outra, mesmo que demore muito tempo, mesmo que aconteçam separações, curtas ou longas, um dia, inevitavelmente, elas irão se encontrar de novo. E quanto esse encontro acontece, se elas já forem maduras suficientes, se já tiverem aprendido o que é respeito e como respeitar, então elas ficarão juntas para sempre.

UMA NOITE E A VIDA é um romance simples, atual, jovem, familiar, que trata de temas sensíveis de forma responsável, que se preocupa em ensinar. Acompanha a jornada de duas pessoas que se amam, mas que, primeiro, precisam aprender a se amar, a amar a família, a saber perdoar e a se perdoar. São coisas simples, cotidianas, mas que para muitos, são difíceis de reconhecer e de fazer. Pelo menos ao ler, pode ser que seja mais fácil para você.

site: http://gettub.com.br/2018/08/27/uma-noite-e-a-vida/
comentários(0)comente



Luana.Kraus 23/08/2018

De quantos perdões se faz um amor?
É este e tantos outros questionamentos que fazemos durante a leitura desta linda história. Como sempre, Chris Melo encontra o equilíbrio perfeito entre a leveza e a sensibilidade, nos fazendo emocionar (leia-se chorar muito ?) e suspirar.
Uma noite e a vida nos leva até Caio e Virgínia, dois jovens completamente diferentes, mas, dispostos a amar e a fazer tudo por este amor.
Ela, talentosa e sonhadora, completamente dona de si.
Ele, boêmio, amante da sétima arte e cheio de boas intenções.
A vida fez questão de juntar esses dois corações, mas, encontraram alguns obstáculos pelo caminho e tropeçaram em alguns segredos e mentiras.
.
?O amor é um laço fácil de atar??
.
Eles me ensinaram que o amor está no simples, naquele detalhe que quase ninguém vê.
Será que estão destinados a ficarem juntos e viver o seu ?felizes para sempre?, ou foram apenas essenciais na vida um do outro para serem melhores no próximo amor?
Permita-se aventurar nesta linda história que começou com uma noite, e valeu uma vida.
.
.
[...] coisas grandiosas fogem à nossa percepção, escapam ao entendimento humano, e o instante em que olhamos o outro e imediatamente o separamos dos demais é tão bonito que merece permanecer inexplicável.
comentários(0)comente



Adriana @livrosedevaneios 29/07/2018

Será que o amor é laço fácil de atar?
E a magia acontece outra vez.
Sempre acontece. É Chris Melo.
Mais uma vez finalizo uma leitura completamente arrebatada por tanto sentimento profundo e isso vem da poesia que se mistura com a narrativa da Chris. Na realidade, a poesia é algo intrínseco aos textos dela, o que nos leva a refletir sobre as questões sentimentais, algumas que, muitas vezes, nem mesmo nós entendemos, mas em linhas despretensiosas encontramos reconhecimento.

Em seu novo livro, Chris nos apresenta Caio e Virgínia. Jovens, cheios de sonhos, ansiosos quanto ao futuro, perdidos no quesito amor.

Virgínia é apaixonada por fotografia.
Apesar da pouca idade, ela possui inúmeras cicatrizes, se cobra um pouco mais do que deveria, carrega alguns pesos que não são dela.

Caio, por sua vez, está prestes a se tornar publicitário e leva uma vida regada à boemia e alguns cigarros. É um mocinho no melhor sentido da palavra.

Duas pessoas tão diferentes que se encontram ao acaso (destino, você acredita?) e se descobrem em um amor tão intenso que é capaz de transformar suas vidas.

Tenho a sensação que Caio veio trazer um pouco de leveza pra vida de Virgínia e ela um pouco de direção para a vida dele. Um encaixe certo que se ajusta à realidade da vida adulta, conflitos, inseguranças, encontros, desencontros e mais uma porção de fatores.

Um texto direto, sem despropósitos, reflexivo, intenso e cheio de surpresas. Todas as cenas compõem, de forma direta e completa, o enredo da história.
Essa é Chris Melo em mais um romance lançado através do selo Fabrica 231 da Editora Rocco.

"Será que o amor é laço fácil de atar?"

Descubra lendo Uma Noite e a Vida.
comentários(0)comente



16 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR