Agora e Sempre

Agora e Sempre Judith McNaught




Resenhas - Agora e Sempre


90 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Tina 18/08/2019

Revoltadaaaa!!!!
Revolta: essa é a palavra que descreve esse livro!!! Poxa, a estória tava indo tão bem... mas aí acontece o casamento deles e a mocinha é estuprada! E pior ainda, ela ainda se culpabiliza por ter sido estuprada e fica correndo atrás do mocinho e tentando seduzi-lo novamente. Oi?? Eu fiquei puta da vida lendo esse livro. Não recomendo !!!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Kelly Martinez 26/05/2019minha estante
Tadinho do Jason! Hahahahahahahaha!
:p


Thallyne.Castro 30/05/2019minha estante
Foi exatamente isso que pensei. A narrativa é ótima, mas ele maltrata ela demais. No final que ele vem se redimir, mas ai o livro acaba e eu fiquei pensando, que ele merecia que ela ficasse com o Andrew, pq ele foi um babaca o livro todo. Ela é maravilhosa e por mais que ele não soubesse amar, não justifica o tanto q ele foi péssimo até quase o final.


Alessandra 30/05/2019minha estante
Exato Thallyne ! No final por maos que o Andrew foi fraco preferia que tivesse ficado com ela ?




Sandra 16/05/2019

Msio 2019 bom
Romance agua com açucar. Desde primeiro capitulo voce ja sabe o final. Leitura para beira da piscina.
comentários(0)comente



Dani A. 14/03/2019

1° livro da série Sequels
*Contém spoilers*

Victoria é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores mocinhas de romance histórico: uma mistura de inocência, beleza, gentileza, humildade, determinação e graciosidade que deixa o leitor aos seus pés...amei como ela ganhou o respeito da criadagem e da sociedade, impossível não se apaixonar por ela! Já o mocinho Jason eu demorei um pouquinho para me afeiçoar, pois no começo achei que não foi um personagem bem trabalhado, mas ao longo do livro foi impossível também não me apaixonar perdidamente ... ele faz aquele tipo clássico de romance antigo: mocinho 'frio', traumatizado e personalidade forte ..mas ele têm um charme, uma aura de masculinidade e ferocidade que eu amo nos protagonistas masculinos, confesso que tenho um fraco pelos mocinhos mais malvados rsrs Mas eu não perdoo a autora por não ter dado mais pov's pra ele, por não ter tratado a fundo seus traumas, eu adoraria saber mais sobre o Jason !

O romance entre eles começa meio morno, pensei que não fosse engrenar, no começo não achei que a autora focou muito no casal, achei pouco vago o relacionamento deles, mesmo assim não conseguia largar o livro de curiosidade sobre o desenrolar do romance..mas tudo muda quando eles se casam, acho que a autora estava aguardando o foco no casal depois desse acontecimento, e olha vou confessar: por mim o casal já poderia ter casado nos primeiros capítulos, por que eu amei todas as cenas dele como marido e mulher, as de ciúmes, as de dúvida, de convivência como casal, da guerra que travaram, da sensualidade, do sofrimento..sim, eu amo um relacionamento bem dramático (só nos livros claro rs) , é bemmmm mais interessante..e foi aí que o livro me ganhou, sensualidade e paixão nota 10!

Tenho que destacar duas cenas ótimas e que me fez sentir bem em romance histórico raiz: o pai do Jason fingindo estar a beira da morte para obrigar os protagonistas a se casarem...eu achei o máximo essa cena, eu caí direitinho kkkk E as cenas dos criados de Jason fofocando e conspirando para unirem os recém-casados eram hilárias, adorei !!!

Não dei 5 estrelas por que acho que em várias partes a autora poderia ter desenvolvido mais os seguintes assuntos: trauma do Jason, principalmente em relação ao filho; a avó da Victoria que do nada ficou do bem (???); o final foi claramente apressado, por mim poderia ter no mínimo mais umas 50 páginas relatanto os 'felizes para sempre' e explicando alguns fatos jogados no fim, principalmente do namoradinho de infância da Victoria que ressurgiu... Enfim, por mais que acho que poderia ter sido melhor trabalhada algumas situações, o livro é ótimo e envolvente (por isso que só consegui diminuir 0,5 da nota final kkkk), e me apaixonei pelo casal, eles entram para o meu rol de melhores protagonistas com certeza !! E relendo ainda continuo com a mesma impressão: as 415 pág. não foram suficiente para mim, necessitaria de mais umas cem páginas sobre casal :/
Leninha 14/03/2019minha estante
Eu amo esse livro!!! Concordo com você poderia ter tido mais páginas ... Acabou muito rápido!!


Helen 21/03/2019minha estante
Perfeito !!




Talita 26/11/2018

Temos que conversar sobre esse livro urgentemente
Gente que livro maravilhoso e triste ao mesmo tempo.
Victoria acabou de perder os pais, só lhe resta agora somente sua irmã, e também acaba de descobrir antes que sua mãe morresse que um duque e uma duquesa é seu tio e sua bisavó, mas somente um quer em sua casa, e ela vai ter que conviver sem a sua irmã já que a duquesa quer Doroty, e é aí que sua vida enrola e desenrola em uma velocidade impressionante.
Jason é filho ilegitimo de um duque, mas se passa por sobrinho, ele também possui muitas riquezas e diversas propriedades, o que falta é amor no coração, então quando seu "pai" anuncia que irá se casar com a condessa Victoria é claro que ele vai agir como todos esperam (Dica: não é com cortesia).
Victoria e Jason então tem uma missão, conviver junto até que um desses casos aconteça: Ou o melhor amigo e amor de Victoria apareça (o que depois de um tempo parece impossível), ou Victoria acabe se casando com outra pessoa, vamos logo ao ponto dizendo que nenhum dos casos acontece , então depois de um episodio muito estranho acabam se casando e meu deus do céu, eu não sei se fico assustada ou impressionada com o que autora nos apresenta sobre como a falta de um diálogo pode acabar por machucar (literalmente)uma pessoa.
O caso é que o casamento deles só cai a medida que o tempo vai passando, mas se tem uma pessoa que consegue ser forte é a nossa amada Victoria, que passa a olhar com outros olhos o seu marido e acaba por descobrir suas longas cicatrizes, e se Jason sentia falta de amor agora ele vai ter de sobra.
O que me chateou, mas não tirou o sucesso do livro, foi o fato de que Victoria só descobre as coisas depois de muito tempo e essa falta de sensibilidade para uma verdadeira conversa acabou me entristecendo em algumas partes do livro. Mas seriamente é um livro espetacular e depois de ler somente me vem a cabeça: Vamos Conversar ?
comentários(0)comente



Laura A.M 24/09/2018

Decepção
O livro tem lá seus momentos, mas em um todo só soube me estressar.
A relação do casal não é nem um pouco saudável, sendo que Victoria vive em um relacionamento abusivo e agressivo. Além disso achei que houve diversas pontas soltas ao longo da história.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gessi 27/07/2018

Mulheres, previsamos falar sobre este livro!
Este com certeza é PIOR livro que eu já li em toda minha vida. Sério é nojento.

Ele um romance do tipo gato e rato, onde a mocinha e o mocinho se gostam, mas se odeiam e tal, e eu gosto muito desse tipo de narrativa e por isso achei que eu iria amar este.

A minha decepção veio quando eles finalmente se casam e ele ESTUPRA ela na noite de núpcias. Isso mesmo, ele, o mocinho da história, estupra a mocinha.

E eu fiquei louca, dai pensei "cara esse livro não é nada que pensei, a autora vai mudar completamente a direção da história, isso não vai ser o romance água com açúcar que eu pensei, ela vai fazer algo muito foda com essa historia".

Doce engano, meu amor, doce engano. A autora simplesmente romantizou aquela violência, trazendo mil e uma justificativas para o mocinho/escroto ter feito aquilo, colocando a culpa sempre em quem? Sim, nela mesma, a vítima. Parece familiar?

E não, a intenção da autora não foi levantar uma crítica, e nos fazer pensar sobre relacionamentos abusivos, nao. A história é mesmo de romance. E na cabeça doente da autora, é super romântico um cara que quebra tudo quando tá com ciúme, que vai embora curtir altas festas e deixa em casa pra te fazer sentir insegura, que te agride verbalmente, amores do céu, violência não é só quando o cara bate, pelo amor de Deus, o que esse homem fez com esposa é abuso doméstico, violência, crime!!!

Mas, ok Gessiliane, naquela época era comum, até hoje ainda é, então por que todo o espanto? Certo? Errado. O problema aqui não é a violência, mas a forma como ela é tratada pela autora. Que o tempo todo fica nos dizendo que ele é assim porque sofreu muitos traumas, que ela deve ter paciência, que ela deve lutar pelo amor, que aquilo não é nada demais. E fica noa entupindo com bobagens românticas pra tentar amenizar a violência por trás de tudo.

E o livro todo é focado na mocinha se desdobrando em mil pra 'dar um jeito' no marido. Sabe, é que aquele velho discurso que mulher boa, marido bom. Reforçando essa idéia absurda de que a mulher é que deve transformar o marido. Gente do céu! Que raiva desse livro.

Eu fiquei muito preocupada com isso, de verdade. Porque é um livro escrito por uma mulher para outras mulheres e retrata de forma romântica o típico relacionamento abusivo. E o pior, as resenhas que li sobre esse livro, os comentários dos leitores, me deixaram doente de verdade, porque as pessoas parecem não perceber o problema desse livro, eles só vêm o "romance". E acham fofo. Fofo? Fofo, gente? O cara que estuprou a esposa? Pra mim não tem justificativa pra isso. Eu penso nas inúmeras mulheres e garotas que lerão este livro e pensarão que o amor é complicado assim mesmo, que sofrerão abusos como esses, mas sentirão que têm a obrigação de lutar por seu amor, que é só uma fase ruim, que o sujeito vai melhorar. Penso nas mulheres que sofrem violência doméstica e acharão que a culpa é sua por não ter insistido um pouco mais no "amor". A essas mulheres eu só digo: "você não é responsável pelo coração de ninguém mais além do seu, cuide dele, cuide si, e não permaneça onde te machuca".

P.S: 'minha esposa não é virgem', sim essa é a justificativa do cara pra estuprar a esposa.
comentários(0)comente



Janaina.Navarro 28/06/2018

Agora e Sempre
Agora e Sempre te prende do início ao fim. Jason é simplesmente um sonho de Homem, viril e maravilhoso e o que falar de Victoria, que passou por tristes momentos em sua vida, superando perdas e humilhações mas é uma jovem forte e corajosa. Uma história que te prende e que você passa a amar seus personagens des do inicio tornando a leitura difícil de largar. Super recomendo.
comentários(0)comente



Amante de Romances 14/05/2018

Judith McNought é uma das minhas escritoras favoritas da vida, em seus livros elas nos faz refletir, se emocionar, amar e chorar, definitivamente ela tem esse poder.

Agora e Sempre é o primeiro livro da trilogia Sequels, que conta a história de Victoria Seaton, uma jovem dama americana que após perder seus pais e ficar órfã junto com a irmã Dorothy, recebe a notícia de que tem um parente nobre na Inglaterra.

Elas são enviadas a um país diferente e lançadas na nobreza inglesa, porém, a bisavó de Victoria não aceita ser sua madrinha, preferindo ficar com a irmã mais calma e a deixando aos cuidados do seu tio e amor do passado de sua mãe. Então é aí que entra em cena o mocinho da história, Jason Fielding é um primo distante, nobre, arrogante e frio, é muito misterioso e completamente atraente.

Obrigada a se hospedar na casa de seu 'primo' Victória não entendia os motivos por ele ser tão reservado e distante e eles passam por bons momentos de aceitação.

Jason é marcado por um passado realmente doloroso, que o tornou insensível e frio, porém não consegue esconder a pequena chama que a irritante garota americana acendeu em sua vida. Em alguns momentos a autora mostra um lado cínico e amargo, mostrando um personagem humano, cheio de defeitos e com um temperamento instável, mas aos poucos ela também nos prova que não há somente príncipes encantados nas histórias e que apenas o amor é capaz de quebrar barreiras e cicatrizar feridas que pensava-se ser incuráveis.

Agora e Sempre é realmente um dos meus livros preferidos, ele pode não ser uma unanimidade, afinal cada um tem gostos diferentes, entretanto Judith consegue trazer uma história cheia de personagens imperfeitos, que aos poucos vão aprendendo o sentido do verdadeiro amor.

site: https://www.instagram.com/amantederomances/
comentários(0)comente



Erica.Martins 18/04/2018

HISTÓRIA MARCANTE
Esse livro vai contar a historia da americana Victoria que ao perder os pais precocemente aos 18 anos se vê desamparada ao lado da irmã mais nova, com ajuda de um velho amigo do pai ela e a irmã Dorothy são encaminhadas para Londres onde reside um primo que foi citado pela mãe delas no leito de morte.

E claro que é ai que surge todo o drama, pois pense em um macho chato do caralho, gente é serio, o que o cara tem de lindo e maravilhoso ele tem de chatice, ele simplesmente vive de mau humor, sabe aqueles velhos chatos que briga até com formiga passeando no chão pois é, só que o nosso mocinho tem bem uns 30 anos, tudo bem que ele teve um passado “sofrível” e convenhamos comparando a todos bofes de infância e vida sofrida a Lá Cristhian Gray até que a do Jason é compreensível, porém ele ultrapassa todos os limites do macho escroto.

Por outro lado temos a mocinha Victoria que é uma personagem meiga, simpática, carismática, linda, engraçada, divertida enfim...uma verdadeira Lady da época. Uma pena a autora ser sádica e judiar dela até quase as ultimas paginas, porque sinceramente ela merecia coisa melhor, varias vezes fechei o livro de raiva das ações do Jason, o homem parece bipolar, todo paranoico, do nada tira umas conclusões maluca que o leitor fica “QUE???”

Como um todo o livro é bem escrito, tem uma trama legal, que prende, tem seus momentos ápices, não dou 5 porque me incomodou a personalidade do mocinho, a autora tenta justificar, a gente tenta entender mas simplesmente não vai sabe, acho que tinha como as coisas serem diferentes mesmo mantendo os conflitos.

Pra quem curte romance de época recomendo a leitura ;)
comentários(0)comente



LBL 18/02/2018

Amei o livro!
Amei o livro! Achei os personagens muito bem desenvolvidos e a trama bem construída. Foi legal ver o Jason se apaixonando pela Victoria e lutando contra o sentimento, ao passo em que Victoria tb se descobria apaixonada. Ao longo do livro, fiquei muitas vezes com raiva de Andrew, mas, no final, tive muita pena dele! Tomara que a autora escreva um livro sobre ele.
Cheguei a pensar em dar nota quatro ao livro em razão do comportamento abusivo de Jason na noite de núpcias...na verdade, ainda estou pensando em rever minha avaliação por causa disso. Por enquanto, manterei a avaliação pq o Jason se redime depois e pq, naquela época, esse tipo de comportamento masculino não era estranho. Mas que se o Jason não fosse um personagem cativante, eu bem que torceria pra Victoria fugir com o Andrew!
Mila.Mesquita 23/02/2018minha estante
Dei 4 para esse livro, mais nem foi por causa do Jason( se levarmos em conta a época, é até "compreensivo " esses pensamentos sem noção e a forma que ele agiu, se fosse nos temos de hje, aí sim seria diferente.
Mais fiquei chateada com o fim. Quero epílogo lindo... queria saber um fim pro Andrew, mais foi meu primeiro contato com a autora e amei... quero tudo dela agora. Kkkkk
Tenho o segundo livro de uma outra série, que está lançando até o primeiro agora, entao vou esperar pra ler na ordem né. Rsrs...

Mais ameiii


LBL 24/02/2018minha estante
Tb queria a história do Andrew! Fiquei com uma peninha dele!


Mila.Mesquita 27/02/2018minha estante
Duas.




Bell 19/01/2018

Experiência Inesquecível!
"Encontrara o seu verdadeiro lugar. Jason possuía seis propriedades na Inglaterra, dois palácios na Índia, uma frota se navios, mas nunca, em lugar algum, se sentira em casa. Agora, estava em casa, em seu lugar, nos braços daquela linda mulher."
⭐⭐⭐⭐⭐5/5
Nota pessoal: meu primeiro Romance de Época, e estou apaixonada.💖 Amei ser mergulhada em outros costumes, valores diferentes, amei como a autora descreveu as roupas pomposas, as jóias caras e invejáveis, móveis e objetos, e a disposição deles no casarão, as carruagens, os cavalos... Tanta coisa realmente linda,💖 e sem falar, lógico, da excelência da Judit, meu Deus! Até a metade do livro é uma história sem suspense e em nenhum momento achei que isso mudaria, (hahaha levei na cara) que livro! Um romance cheio de reviravoltas e muita paixão. E a maior lição, que é o mais importante para mim, é que as vezes ficamos esperando a compreensão, empatia e até piedade dos outros, julgando que já sofremos demais, mas quem nos garante que a pessoa próximo à nós não possui feridas maiores?
Nadja 22/01/2018minha estante
Bem Vinda Bell. Te convido a ler mais da Judith McNaught. Você não vai se arrepender. Ela é diva.




Isadora 18/11/2017

Razoável
Nessa história acompanhamos Victoria, uma bela órfã americana, que vê sua vida mudar ao conhecer Jason, um Lord inglês. Jason é amargurado, cruel e tem um passado sofrido.

Eu tenho muita raiva desses personagens que rotulam todas as pessoas de sua vida pelos erros de outras. Porque a primeira esposa foi uma decepção para Jason, todas as mulheres não prestam. Parece criança!

E também, os livros da Judith são repletos de muitos e muitos mal entendidos. Tantos que dá até para perder a conta.

Fiquei com muita pena do Andrew. Coitado, ele foi enganado. É como se os sentimentos dele não tivessem importância. Esse Charles manipulou todo mundo para fazer sua própria vontade, como se ninguém tivesse direito a escolhas.

E agora, o que vai ser de Andrew?

#chateada
comentários(0)comente



90 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6