Mensageira da Sorte

Mensageira da Sorte Fernanda Nia




Resenhas - Mensageira da Sorte


55 encontrados | exibindo 46 a 55
1 | 2 | 3 | 4


Raquel 14/09/2018

Ótimo livro de estreia
Bem, quero começar falando que adoro o trabalho da Fernanda Nia nos quadrinhos do Como eu Realmente. Comprei o ebook na pré-venda com altas expectativas. Fico feliz em dizer que quase todas elas foram cumpridas.
Mensageira da sorte conta a história de Cassandra Lira, mais conhecida como Sam, e suas peripécias como estagiária do destino. Depois de um acidente, ela acaba tendo que trabalhar como instrumento da sorte e passa presságios para pessoas azaradas, uma tarefa nada fácil qnd vc tem que ao mesmo tempo se adaptar com a mudança de cidade e a perda precoce e violenta do pai.
Sam definitivamente é um dos pontos fortíssimos da história. Por ser em primeira pessoa, temos acesso a todas as nuances de sua personalidade, suas inseguranças e sua luta para derrotar a apatia da depressão (adorei a descrição da doença no livro, btw. É difícil encontrar um autor que não perde a mão quando se trata de depressão, ou até romantizá-la). Sam tem um senso de humor ótimo e sua percepção das coisas são incríveis e hilárias.
Em relação aos pontos fracos da história, apenas um dificulta um pouco a leitura. À medida em que os desdobramentos da história acontecem, senti que houve muito "infodumping". Tipo, sei que todo o mecanismo do DCS é complexo e bem construído, mas era uma explicação atrás da outra e teve uma hora que ficou muito cansativo, muito mesmo. Acho que com certeza poderia ter tido uma enxugada nessas informações pra deixar o texto mais fluido como no início da história. Todas as motivações do Armando Novo também ficaram bem cansativas. Falando nisso, achei que os vilões do livro tinham motivações um pouco rasas. É difícil dar mais profundidade em vilões quando o texto é em primeira pessoa, então acho que poderia ter tido uma enxugada nas informações dos vilões também. Mas nada que atrapalhasse muito.
Os personagens secundários também foram bem construídos (exceto os vilões) e queria dizer que adorei a mãe da Sam, apesar de ter aparecido pouco (mas o suficiente). Todas as emoções e sentimentos de mãe foram mto bem colocados, achei muito legal a relação dela com a filha. O Leandro foi um nem fede nem cheira pra mim. No início ok, no meio ok, no final com toda aquela história de heroi revolucionário e inconsequente, mais ou menos. Mas gostei das interações dele com a Sam.
Em suma, sendo o livro de estreia da Fernanda Nia, só tenho elogios para dar. Com certeza continuarei acompanhando o trabalho dela! Parabéns pela história incrível, Fernanda!
comentários(0)comente



Naty Frederico (@prateleiradepapel) 03/09/2018

MARAVILHOSO
Sinceramente, fazia tempo que um livro não me prendia assim, eu precisava de um livro que me fizesse focar mais na leitura, porque a correria do dia-a-dia tinha me afastado disso, e então eu encontrei esse livro que trouxe um pouco de sorte para a minha vida.
O livro conta a história de Sam, uma menina que perdeu o pai no meio de um protesto e alguns meses depois começa trabalhar para o Destino, entregando mensagens que podem mudar a vida das pessoas.
No meio desse caminho ela encontra Leandro, um youtuber que busca conscientizar seu fãs sobre tudo que está acontecendo na cidade.
A partir de então, começa uma busca pela justiça, com romance, e doses de sorte e de azar para nos prender.
A autoria, Fernanda Nia, está de parabéns, conheci ela na Bienal e é uma pessoa incrível.
Eu ADOREI o seu livro e não tenho palavras para descrever o quanto estou apaixonada.

"Não existem finais felizes. Felicidade é uma busca constante" - Mensageira da Sorte - Fernanda Nia
comentários(0)comente



Nicoly Mafra - @nickmafra 30/08/2018

#ResenhaNickMafra - MENSAGEIRA DA SORTE | @fernadania | @plataforma21_ | Nota: 5.
"Às vezes, pessoas que gostamos vão embora da nossa vida. E normal chorarmos a sua perda, mas devemos lembrar que, assim como elas nos deixam, outras sempre aparecem mais adiante para nos acompanhar. Pode não ser a mesma coisa, já que nenhuma alma é perfeitamente substituível ao coração, mas é sempre reconfortante saber que, não importa o que aconteça, não precisamos seguir pelo nosso caminho sozinhos. E que quando você cair, em algum lugar sempre vai haver uma mão te oferecendo ajuda para levantar de novo. Sim, eu sei. Alguns tropeções são piores do que os outros. E tem uns dias que você mesmo precisa se erguer sozinho. Mas sempre, sempre vai haver um jeito de se levantar. Então se prepare, Destino. Já vesti minhas joelheiras, meus tênis de corrida, a minha torcida está firme e forte do meu lado. Agora, não importa o quanto você tente me dar rasteiras de azar, eu não vou mais parar no chão. Nunca mais."

Sam está muito feliz por finalmente voltar ao Rio de Janeiro; após uma grande tragédia e período de recuperação, deixar sua antiga casa para trás é um alívio, ainda mais quando tudo traz memórias tão dolorosas.

Logo que Sam entra em sua nova rua, a garota é surpreendida por um protesto contra a AlCorp, uma corporação gigantesca que está controlando todos os preços do mercado. Entre o empurra-empurra, gritaria e desespero, Sam presencia o momento em que uma senhora leva um tiro na perna, e sem pensar duas vezes, Sam corre para socorrê-la.

Ao tocar a senhora, algo estranho acontece, uma corrente elétrica invade o seu corpo e assim, como mágica, Sam acaba assumindo o cargo da mulher ferida, o cargo de Mensageira da Sorte do Departamento de Correção da Sorte, que possui a finalidade de corrigir os desníveis de sorte e azar dos humanos a fim de corrigir a Balança da Justiça. Para isso, tudo que Sam precisa fazer é entregar presságios de sorte a diferentes destinatários.

O primeiro cliente de Sam é Leandro, seu novo vizinho, colega de classe, youtuber em ascensão e possível crush, porém, ao se aproximar do garoto, Sam se vê no meio de uma rede de intriga, corrupção e poder, e a garota fará de tudo para ajustar a reajustar a Balança da Justiça.

Neste fantástico romance de estreia na literatura jovem de Fernanda Nia, e com uma escrita divertida, sarcástica, cheia de referências à cultura geek e pop, porém, ao mesmo tempo, muito sensível, a autora transporta o leitor para uma incrível estória cheia de intrigas políticas, fantasia e aquela dose gostosa de romance. A estória de uma garota tentando se reencontrar e reerguer-se em meio de tanto caos.

Essa leitura foi uma experiência literária incrível: gargalhei com os comentários de Sam, indignei-me com as ações da AlCorp, quis me tornar uma Mensageira da Sorte e ajudar os desafortunados e amei cada página deste livro! Uma estória divertida e fantástica, porém, ao mesmo tempo, muito real, pois não deixa de retratar o momento de injustiça e crise política que vivemos. Leitura recomendadíssima para todas as idades!

site: www.instagram.com/nickmafra
comentários(0)comente



Kennia Santos | @LendoDePijamas 30/08/2018

"Se a curiosidade é o que mata os gatos, o orgulho é o que mata os homens."
Título: Mensageira da Sorte
Autora: Fernanda Nia
Classificação: 4,25/5

Durante o Carnaval carioca, dentro de uma confusão envolvendo protestos contra a AlCorp -uma corporação que passou a dominar e controlar o preço dos alimentos e medicamentos do país- Sam, em um acidente, se torna uma mensageira temporária no Departamento de Correção da Sorte, uma organização secreta extranatural que possui a função de controlar o nível de sorte\azar na vida das pessoas, de forma que a balança esteja sempre equilibrada.

Para manter esse equilíbrio, os mensageiros do DCS recebem presságios de sorte ou azar e devem avisar os destinatários das consequências, deixando o livre-arbítrio para que o mesmo tome uma atitude ou não com relação ao aviso.

O primeiro cliente de Sam é justamente seu vizinho e colega de classe, Leandro. O garoto é um youtuber em ascensão e o presságio que ela deve entregar envolve algo relacionado a paçocas (??) e isso levará o seu canal ao auge. Mas o que ela não sabe é que ele também é um ávido protestante contra a AlCorp, e não mede esforços para derrubar a corporação corrupta e abusiva, nem que precise usar seu canal para isso.

Mas há algo em Leandro, além da boa aparência e da mania em comum de compartilhar "memes" na internet, que atrai Sam. A garota, ainda lidando com o luto pela morte do próprio pai, possui muito receio de deixar qualquer pessoa se aproximar demais depois de tudo que passou.

"Éramos PHD em memes de internet, e o que a zoeira une, nem o diabo consegue separar." (p.92)

"É mais difícil lidar com a perda em palavras, quando a morte só fala a linguagem da dor. Não existe tradução fiel em português para o sentimento de devastação quando alguém que nós amamos é arrancado brutalmente dos nossos braços. Só quem sente pode entender." (p.102)

"Compartilhamos tanto nas últimas horas, e nos mostramos tão estranhamente semelhantes nas nossas perdas que eu não estava pronta para reerguer a barreira que nos separava como estranhos outra vez." (p.109)

Logo, Sam se vê em um jogo perigoso que envolve intrigas políticas, corrupção e briga pelo poder. Ela embarcará na jornada de tentar desmascarar as pessoas que estão corrompendo o sistema das Justiças -natural e extranatural-, e mesmo sem saber o certo o motivo de o Destino tê-la escolhido como mensageira, mergulha de cabeça em toda a rede de esquemas até então completamente desconhecidas.

"Às vezes, temos que deixar o nosso mundo para trás e embarcar em uma nova jornada. É a única forma de encontrarmos o que o nosso coração mais anseia." (p.255)

Será que mesmo lidando com suas dores, seus sentimentos conflitantes com relação à Leandro, o vínculo cada vez mais sensível com a mãe, Sam vai conseguir fazer com que a balança do Destino se equilibre?

Em "Mensageira da Sorte", Fernanda Nia apresenta um enredo que envolve desde acasos à instabilidade política e caos popular. Com uma escrita cheia de frases reflexivas (na medida) e muito, muito humor.

Os personagens são bem desenvolvidos, cada um com uma história pessoal um tanto densa, e a leitura é incrivelmente proveitosa.

Vou confessar pra vocês que no começo eu não dava muita coisa por esse livro, não. Até a página 150 ele não passava de um livro OK. Mas depois disso o negócio fluiu numa tacada só. Conforme os fatos envolvendo as intrigas principais são expostos, a curiosidade é atiçada, aí já viu, é paulada atrás de paulada.

As únicas questões que devo ressalvar aqui é que, em algumas partes eu careci de detalhes de algumas coisas que eu acreditava ter importância, e também que, fiquei perdida no tempo, percebi alguns furos com relação à localização exata da personagem, mas nada preocupante ou muito frequente.

Fora isso é uma boa leitura, escrita de forma concisa e divertida, levando o leitor desde tensão à diversão.

"Às vezes, pessoas que gostamos vão embora da nossa vida. É normal chorar a sua perda, mas devemos lembrar que, assim como elas nos deixam, outras sempre aparecem mais adiante para nos acompanhar. Pode não ser a mesma coisa, já que nenhuma alma é perfeitamente substituível ao coração, mas é sempre reconfortante saber que, não importa o que aconteça, não precisamos seguir pelo nosso caminho sozinhos. E que quando você cair, em algum lugar sempre vai haver uma mão te oferecendo ajuda para levantar de novo. Sim, eu sei. Alguns tropeções são piores do que os outros. E tem uns que você mesmo precisa se erguer sozinho. Mas sempre, sempre vai haver um jeito de se levantar." (p.410)
Myreia | @_pequenabibliotecaria 30/08/2018minha estante
Quero muito ler esse livro.


Kennia Santos | @LendoDePijamas 30/08/2018minha estante
Eu achei bem bacana, My :D




@viagementrelivros 29/08/2018

Resenha @viagementrelivros
Cassandra Lira, ou apenas Sam, é uma garota de 17 anos que já tinha muitas coisas para se preocupar quando o destino revolveu lhe encarregar de mais uma tarefa. Em pleno carnaval carioca, um acidente transforma Sam em um mensageira da sorte estagiária no Departamento de Correção de Sorte, uma organização extranatural secreta incumbida de nivelar o azar na vida das pessoas. Todos os dias Sam deverá levar uma mensagem de sorte para alguém que estava tendo mais azar do que deveria. Sua primeira entrega é justamente para seu vizinho e colega de turma, Leandro. Leandro é um youtuber em ascensão e a mensagem de Sam o leva a um grande impulso.
Mas se você acha que ser uma mensageira é fácil, não sabe da missa a metade. Afinal, é com o destino que estamos lidando né?
Entre confusões sobre si mesma, sua família, um possível crush e seu papel de mudar a vida das pessoas, Sam terá que enfrentar seus medos, além de encarar mais um monte de gente ruim querendo fazer mal a ela e ao Rio de Janeiro inteiro.
??
Esse é o tipo de história que quanto menos eu contar pra vocês numa resenha, melhor a surpresa na hora de ler. Mensageira da sorte é um livro muito criativo, que não conta só uma fantasia young adult, mas também fala sobre perdas, superações, problemas familiares, injustiça e trás uma baita crítica social.
Gostei muita da forma fluída com que a autora escreve (tanto que eu o li em um dia e me livrei da ressaca literária ?), construindo bem os personagens e lançando os mistérios aos poucos, pra sempre te deixar curioso e você ter que ler mais um capítulo.
Nem preciso dizer que recomendo muito né?
comentários(0)comente



LG 27/08/2018

Um Rio de Janeiro caótico, uma menina ligeiramente perdida no seu "recomeço", poderes extranaturais que você recebe sem nem saber ao certo se quer.

Estes são alguns dos elementos que Fernanda Nia traz no seu livro "Mensageira da Sorte", obra que cria um universo fantástico dentro do Rio de Janeiro contemporâneo cheio de intrigas governamentais, protestos, referências ao universo geek e claro um pouquinho de romance para acalentar os corações. As referências arquitetônicas no centro do Rio de Janeiro são fantásticas fazendo você se transportar para dentro da história e sentir se um personagem dela. As relações de perda e recomeço, além das familiares, também contribuem com a interação do leitor com o universo criado pela autora. Ou seja para um típico carioca ler este livro e quase um passeio pela cidade maravilhosa e também pelos eventos que nela já ocorreram.
comentários(0)comente



Amanda @atracaliteraria 21/08/2018

Divertido e real
Rio de Janeiro está um caos. Uma grande e poderosa corporação está mexendo com a paz e o bolso dos brasileiros, manifestações e violência tomam as ruas. Esse é o cenário onde Sam se encontra.
Após viver um momento traumático justamente em uma dessas manifestações, Sam se muda com sua mãe para Lagoinha- RJ e tenta viver um dia de cada vez se isolando do seu passado.
Mas o destino decide que tranquilidade e paz não combinam com ela, e durante um acidente envolvendo uma manifestação próxima ao seu prédio, Sam se torna uma Mensageira da sorte. Os mensageiros da sorte são pessoas encarregadas de distribuir presságios bons ou ruins para as pessoas, e assim equilibrar a balança da sorte e azar.
O seu primeiro trabalho no cargo envolve mandar uma mensagem para o seu novo vizinho Leandro. Um youtuber em ascensão, inteligente e muito engajado em causas sociais.
Logo eles irão construir uma incrível relação de amizade e amor, e a nossa protagonista vai perceber que alguns problemas não podem mais ser ignorados.

Sam é engraçada daquele jeito que só o brasileiro consegue ser, e talvez por isso eu tenha gostado tanto dela. Ela é aquela pessoa esperta que pode falar horas com você sobre política, filmes e séries, mas também aquela doidinha que vai te marcar em memes o tempo todo no Facebook.
Leandro é maravilhoso, inteligente, gentil e muito lindo. O combo perfeito para conquistar os nossos corações.
Também gostei muito da Ivana e achei ela uma amiga incrível tanto para o Leandro, quando para a Sam, mesmo à conhecendo tão pouco tempo.

Esse é um livro para todas as idades. Eu teria amado ele tanto aos 15, quando aos 40 e isso devido ao humor presente nele, a escrita fluida da autora e muitas referências maravilhosas da cultura pop que aparecem no decorrer da história.
Mensageira da sorte é leve, engraçado, mas ao mesmo tempo aborda temas reais na nossa sociedade e nos passa diversas lições valiosas.
Uma nova preciosidade para a literatura nacional.

site: https://www.instagram.com/p/BmqszRrHu3O/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=g9ae9f2s6kuf
comentários(0)comente



Nati Amend @livrosdanati 20/08/2018

Um livro direto, muito divertido, mas acima de tudo, brasileiríssimo.
Acho essencial dizer que esta leitura não é apenas mais uma ficção juvenil. Sim, ela apresenta protagonistas adolescentes em uma aventura imaginária, com ação e romance. Mas seu pano de fundo é real, e traz um panorama que não vemos com tanta frequência em livros voltados a esse público.

O primeiro trunfo de “Mensageira da Sorte” está na contextualização de sua narrativa: Rio de Janeiro, instabilidade política e empresarial, caos popular. Grandes corporações estão envolvidas em esquemas fraudulentos de controle midiático e de aumento abusivo de preços, enquanto o povo brasileiro tenta sobreviver. Por infortúnio do destino (ou não), é neste cenário que Sam precisa tentar recomeçar a sua vida.

Acidentalmente, a protagonista acaba assumindo um cargo no Departamento de Correção de Sorte, uma agência secreta que manipula eventos cotidianos e equilibra o nível de azar das pessoas. Agora, Sam é obrigada a entregar mensagens enigmáticas para completos estranhos.

"Todos têm o mesmo intuito: melhorar a vida do indivíduo destinatário de alguma forma. Pode ser, por exemplo, apontando alguma oportunidade que ele deve aproveitar, ou avisando-o de algum infortúnio que deve ser evitado."

Tudo isso poderia ter sido retratado de forma sisuda e até enfadonha, se não fosse pelo segundo ponto positivo do livro: o humor incrível da autora! Fernanda consegue narrar essa história de maneira leve, com ironias no momento certo e muitas referências à cultural pop. Não tem como não se divertir!

“Alguém vai espirrar spray de pimenta direto no seu olho. É melhor passar longe dos protestos hoje se não quiser fazer cosplay de Nick Fury pelo resto da sua vida."

E como se não bastasse a mistura cômica entre corrupção, magia e jovens youtubers, essa obra nacional ainda traz algumas lições importantes sobre luto, recomeço e sobre encontrar o seu verdadeiro propósito no mundo. Recomendo para todas as idades.

site: https://www.instagram.com/p/Bmqg7DhA6Ea/?taken-by=livrosdanati
comentários(0)comente



Lavínia Rocha 13/08/2018

QUE LIVRO É ESSE MEU PAI ETERNO!!
Sério, a escrita da Nia é tão habilidosa e criativa que me peguei várias vezes gargalhando, fazendo "own" e quase morrendo de nervoso dentro no metrô! Quando me dava conta, estava tão imersa na história que me esquecia de que tinha gente ao redor hahaha.

A Sam é uma garota incrível e muito determinada, e eu amei acompanhar todas as aventuras que ela vive. Os outros personagens também são maravilhosos, e eu ri tanto com as cenas, falas e pensamentos!

Mensageira da Sorte é um livro que me marcou muito, sua mistura de política, fantasia, romance e humor é feita de um jeito tão incrível, que me fez sentir ainda mais orgulho da nossa literatura nacional!! Parabéns Nia, Gui, Página 7, Plataforma 21 e todos os envolvidos!
comentários(0)comente



Marcella 09/08/2018

Muita leitura que flui
Uma leitura muito agradável e divertida. Gostei muito das piadas além de também trazer referências da cultura pop, geek e com um pouco da nossa infância. Recomento a todas as pessoas de todas as idades.
comentários(0)comente



55 encontrados | exibindo 46 a 55
1 | 2 | 3 | 4