Aurora Rising

Aurora Rising Jay Kristoff
Amie Kaufman




Resenhas - Aurora Rising


51 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


thay 07/08/2022

UM LIVRO DIVERTIDO
Aurora rising foi meu primeiro livro de ficção científica. No começo achei tudo confusso, os nomes, a ambientação kkk mas aos poucos a própria história vai explicando o significado das coisas. Um ponto que seria negativo é que poderiam ter trabalhado mais sobre esse universo, mas acredito que nos próximos volumes isso deve acontecer. O ponto chave do livro são os personagens, setes personagens principais com personalidades diferentes mas que devem trabalhar como uma equipe. Adorei isso adorei o fato que cada um tem seu capítulo, a gente sabe o que cada personagem está pensando. O livro deixa você curioso para saber o porque isso esta acontecendo mas no final nao explica muito bem essas coisas ou nem explica kkk deixaram para o outro volume kkk fiquei com raiva? Sim kkkk e o plot do final, nao sei o que dizer kkk achei um pouco bobo, mas o livro é infantojuvenil entao tudo bem. Mas quero muito ler a continuação pq eu amei os personagens
comentários(0)comente



Rick 30/07/2022

Aurora Ascende
Essa é a segunda saga especial que leio sendo que a primeira foi Skyward, gostei muito do livro achei muito divertido, leitura bem fluída, personagens cativantes e sensacionais e a história é muito boa esse livro me passou uma vibe de guardiões da galáxia gostei muito de acompanhar o esquadrão 312 e já quero ler o próximo.
comentários(0)comente



luh cobalt 19/07/2022

“Do moons choose the planets they orbit? Do planets choose their stars? Who am I to deny gravity, Aurora? When you shine brighter than any constellation in the sky?”
o rolê que foi esse livro pra mim KKKKKKKK
comecei ele em dezembro de 2020 sem saber de >nada< sobre o livro e parei em 25% do livro pq tava amando e queria ler no físico, em março de 2021 comprei no físico, mas eu tava beeem longe da vibe de fantasia/sci-fi, tentei ler umas 2 vezes ano passado mas eu real não tava na vibe.
peguei pra ler esse mês e devorei, juro. a história realmente é meio confusa, eu nunca entendia direito oq tava acontecendo, mas os personagens entregaram TUDO!!! fin>>>>>>
enfim, tem found family e sou suspeita pra falar, pois se um livro tiver found family automaticamente já vira um favorito
eu AMO ler coisas sobre o espaço, o universo e etc, esse livro foi uma experiência incrível, O FINAL? não vejo a hora de começar o próximo?
day 20/07/2022minha estante
beleza, mas o mais importante é o kal&auri ???


luh cobalt 20/07/2022minha estante
SIM MEU DEUS ELES APENAS ELES!!! ????




gabimds_ 30/06/2022

uau - me prendeu do início ao fim
-eu não dava nada por esse livro
achei q ia ser algo besta de adolescente
mas foi uma surpresa
-os 7 personagens são tá importantes e tão únicos cada um deles tem o seu papel e não poderiam ser substituídos
-o romance me quebrou pq eu tava shippando as pessoas erradas
e quando aconteceu eu fique confusa
mas eles acertaram dms
-a perda de tal pessoa foi bem significativa e mexeu dms cmg (mas eu acredito e espero q não tenha sido o fim )

que surpresa de livro
apenas uau
comentários(0)comente



Eris 22/06/2022

Achei ótimo. De início, não gostei muito da escrita, mas depois me acostumei.

Gostei muito das história e dos personagens, a construção de mundo é muito bom também.

Um fato que eu gostei bastante: os personagens têm entre 18-19 anos e eles de fato aparentam ter essa idade, na questão da mentalidade. Não são um bando de jovens com 40 anos de experiências, são novatos e vão aprendendo aos poucos e juntos
comentários(0)comente



Duda 20/03/2022

Terminei o livro triste, mas nao significa q ele é ruim, só q o final me abalou rsrs demorou pra explicar as coisas, compreensível já q nenhum dos personagens conhecia bem o caminho q estava seguindo. Foi um plot interessante, embora pra mim nao completamente satisfatório todas as (poucas) explicações q deram, mas estou muito curiosa pra saber como q vao resolver o problema q descobriram, então pretendo sim continuar com o próximo livro e recomendo a leitura.
comentários(0)comente



cami 25/01/2022

?Quanto... ? Minha garganta se fecha. Mal consigo sussurrar a pergunta. ? Por quanto tempo eu fiquei desacordada?
? Eu sinto muito, Aurora. Auri.
? Por quanto tempo?
? Duzentos e vinte anos.?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



gigi 13/12/2021

livro perfeito para qm gosta de fantasia e ficção científica
"A trama da publicação acompanha um esquadrão formado por dez integrantes desajustados reunidos pelo acaso no inicio do livro, e agora, que eles se graduaram na Academia Aurora, cabem a eles embarcarem em suas primeiras missões espaciais. Em relação ao primeiro arco do livro, ambos os autores não gastam páginas em longas introduções e já empurram os leitores para dentro dos desafios que Tyler, um dos melhores alunos da Academia, enfrenta quando recebe um chamado".

É nessa missão em que ele encontra e salva a vida de Auri, uma garota que sobreviveu por criogenia em uma nave lançada pela Terra há mais de 200 anos. Os desafios dessa atividade inicial fazem com que Tyler, que tinha tudo para participar de uma equipe com os melhores graduados da Academia, perca o Alistamento e acabe se instalando em uma equipe de desajustados cujas personalidades são completamente diferentes".
comentários(0)comente



AliIsGay 10/09/2021

disappointing
I started to enjoy this book only after the 75% mark, and honestly i have no words to describle how i managed to finish.
To beguin with:
the world-building
->besides the beguining of the book overwhelming us with information that is, for the most part, useless, this world is boring, there's not a lot of ways to describe it, you've got two authors that have shown us time and time again that they are crazy talented, and the only thing they can come up with are humanoid alien creatures? really? and it's not only the alien species that are boring, but the techinology is nothing we haven't seen before.

the repetitiveness
->if i read another "maker's breath" or "son of a bicust" i might actually unalive mysel. WE GET IT, they have a new entity they belife in, fan-fucking-tastic, you don't have to tell us every 2 sentences that the Maker is able to breath, and Aurora already sound like a childish whinny baby(more on that later) and she can't even say a curse word? she's supposed to be 17 almost 18, i'm fucking 16 and i am more creative with swear words than her.
-> the same jokes: Aurora has a speaking cellphone, we undertood the first 15 times. MOVE ON

the problematic
-> racism: okay so we have 2 humanoid creatures, one of them has 'bone-white skin' and the other had 'golden skin with silver hair' and the ones with the white skin are friendly with humans and are mostly nerds and have a lot of technology and the one with darker skin are the savage, warriors/war-machines that killed each other and betrayed each other? really? and no one questioned that? okay, you think of that what you will.
->bad representation: we get it, Fin likes both men and woman, he's supposed to be read as bisexual but he (as is common to see in straight literature) never says he is bi or pan or omni just so that homophobic assholes can state that him being bi is not cannon, wow authors you're so brave (/sarcasm)
->femininity = sexual: the only female character that shows feminine characteristics is over-sexualized and has no other personality trait other than *wink wink* and being Tyle's sister, she screams 'woman written by a man' vibes

the characters
->Tyler Jones: he begins the book really well, being sarcastic and funny, i actually laughed in that first chapter because he was charming, i wanted to know more about his dad and his grief but at some point in the story he just lost all of that personality and became another forgettable character
->Zila: i don't even know her last name, she's forgetable at best and ignorable at worse, i liked the way her character developed by the end of the book, but it felt like too little too late
->Cat anger issues: she has no personality, she is simply the sarcastic one but with anger issues and every once in a while the author will remember she's supposed to be inportant and have some substance and throws the usual "dead mom" card and think that'll do it, it didn't do it. her ending was just shock vallue because the authors wanted the end to be thrilling.
->Fin: i like that he has a disability but that was handled in the way this book handle most things: by telling and not showing, he's always complaining about pain and all of that but it never actually impacts his life in any meaningful way, he's just sarcastic with abandonament issues and nothing else. we saw very little of his culture and what we saw was only used as a plot device.
->Scarlet Jones: the most infuriation character, she's the Face, she's supposed to know about all cultures and be fluent in all languages but for some reason she still depends on the alien boys to explain cultural things to her, besides being oversexualized everyone treats her like she's so badass and master manipulator but the only tatic she has is flirting, with man, always with man and always flirting and alwyas *wink wink* and always making the same jokes, i'm tired of hearing "bee-boo" or "baby brother" we undertood the first time, NEXT
->Aurora O'malley: nice how the first thing she does is erase her chinese name from the narative and adopt her white name, not sus at all. She's whinny and a baby and i get it, some people don't like to say cuss words but she does, she just for some reason don't and it's never explained, and then her character development was sudden and had no reason to exist.
->Kal: the only person in this story i love, i like how quiet he is but for some reason EVERYONE TREATS HIM LIKE SHIT BECAUSE OF THAT, just leave him alone, maybe he doesn't want to talk to you because you treat him like he might explode and kill everyone at any moment, and tbh, i wish he would, i like him speaking in his native language like it's his first instinct (a a bilingual myself, very relatable) and i like the little bit of his culture we see, i liked the way he handled the romance part of this story but i wish we had more of his POVs
-> overall: there's just too many characters and that makes it tiring.

the story:
-> boring for the most part, nothing really happens and what does happen is just too convenient (yes, saying that something is convenient in a book doesn't make it better, thanks), but i was intrigued by Aurora's purpose and powers and that was one of the only reasons i kept reading this book.

also: everyone saying this is a found family book: only after 75% and again, at that point, it felt like too little too late and also too sudden
comentários(0)comente



Isabela | @sentencaliteraria 06/09/2021

Resenha originalmente postada no IG @sentencaliteraria
Aurora Rising

Tudo começa em 2380, num futuro onde a humanidade ocupa outros planetas e diferentes espécies foram descobertas. Eles fundaram a Academia Aurora, uma escola que treina tanto humanos quanto aliens para missões no espaço, e é lá que conhecemos os sete personagens principais.

O menino prodígio Tyler Jones, em um momento de heroísmo e estupidez, coloca tudo a perder quando chega atrasado para escolher seu esquadrão. Por isso termina ficando com os cadetes que ninguém mais quis… é aí que se forma o Esquadrão 312: Tyler, Scarlett, Cat, Finian, Zila, Kal e Aurora, uma garota fora de seu tempo.

* Sou suspeita para falar da trilogia “Ciclo Aurora”. Li os dois primeiros livros ano passado e fiz a releitura dele agora, quando a Ed. Rocco publicou “Aurora Ascende” aqui. Fiquei muito feliz porque mais pessoas puderam conhecer o livro!

* Essa foi uma das minhas melhores leituras de 2020, e me surpreendi por ser um sci-fi. Eu não era fã do gênero, mas ao mesmo tempo fazia anos que não era cativada assim por um grupo de personagens. O livro tem mais do que ‘só’ ficção científica, mas essa ambientação torna tudo tão real e autêntico que me imaginei em um filme enquanto lia.

* Na história tem de tudo, desde romance até a busca por identidade e cenas bem engraçadas. Cada personagem apresenta uma faceta diferente, todos com suas peculiaridades. Observar os acontecimentos pelo ponto de vista dos sete torna a experiência melhor, pois conseguimos gostar e entender todos (ou quase todos kkkk).

* O final deixa o leitor super animado para saber como a jornada do Esquadrão 312 vai continuar, e se eles conseguirão derrotar esses seres antigos que tentam infestar a galáxia. Já li o segundo e afirmo que ele é ainda melhor *-*

site: https://www.instagram.com/p/CTfmlAnL0fS/
comentários(0)comente



Iza 03/08/2021

Aurora Rising, em poucas palavras: ONU ESPACIAL!

Brincadeira, ele vai bastante além disso.

Para mim, ele entregou perfeitamente o que eu esperava. Gostei da atmosfera estabelecida no livro, indo desde a hierarquia das naves; o mistério que envolve a exploração espacial, que é claramente muito mais profundo do que parece (e de que forma foi possível pros humanos chegarem nesse ponto), até o plot final e as emoções que vem junto.

Depois de mais ou menos metade do livro, eu engatei na leitura e não parei mais. Cheguei a odiar alguns personagens, quase chorar por eles, e rir bastante com o alívio cômico. Apesar de não ter uma SUPER AÇÃO, o livro desenvolveu muito bem o seu papel, e os capítulos vão te prendendo um após o outro, até você acabar sem perceber.

Apesar de ter gostado muito do livro, parei nele. Tentei continuar para Aurora Burning, o segundo da triologia, e não rolou pra mim. O final desse é ótimo, emocionante, e funcionou para mim ir dormir e colocar na cabeça que não existiam mais livros depois desse. Obviamente, ele deixa muitos ganchos, mas se tivessem decidido acabar nele, eu já teria ficado feliz.

O livro é muito bom, mas se for ler, saiba que não é um sci-fi pesado. Ele entrega o que prometeu, dentro dos limites de um YA. Para mim, serviu bem.
comentários(0)comente



Duda Gomes 29/07/2021

Uma saga de referênciaa
Nossa, esse livro me lembra várias obras de ficções científicas conhecidas Star Wars , Star Trek e Guardiões da Galáxia. Porque cada ponto que universo do livro vai explorado trás a referência de uma dessas obras então se provavelmente você assistiu alguma delas e gostou provável que irá gostar de Aurora também. Existem outras duas referências a outras obras de Acotar e também é impossível não olhar para a personagem principal e não lembra da Vampira de X-men. Irei com certeza continuar a saga. O final final fica com gosto de quero mais ?
Vitória Fontes 29/07/2021minha estante
Quero mto ler... Só essa capa já ?




lau 16/07/2021

Esperava mais...
Eu tinha tantas expectativas para esse livro!
O plot tinha tanto potencial, mas acabou ficando uma coisa confusa, muitas vezes sem graça e com personagens que não me prenderam nem um pouco (alguns foram, na verdade, muito chatos rs). Senti muita falta também de mais explicações sobre o mundo que foi apresentado. Sei que esse é o primeiro volume, mas mesmo assim...

O humor forçado também foi algo que me irritou MUITO durante a leitura. Sério. Parece que cada parágrafo tinha que vir com alguma piada ou comentário engraçadinho e isso acabou deixando a leitura muito repetitiva pra mim. O livro é para jovens, eu sei, mas acho que se esforçaram muito pra tentar deixar essa marca.

A reviravolta (?) do final não foi nenhuma surpresa também. Não me deixou com aquela sensação de preciso-ler-a-continuação-urgentemente, sabe?

Enfim, uma leitura rápida e que se eu tivesse lido em outra época ~talvez~ pudesse ter gostado mais. Não foi dessa vez, infelizmente.
comentários(0)comente



51 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR