Linha 4 Amarela

Linha 4 Amarela Felipe S Mendes




Resenhas - Linha 4 Amarela


55 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4


Thaisa 06/12/2018

Eletrizante!
Não consigo recordar qual foi o último livro que me tirou o sono e que li tão rápido quanto esse livro do Felipe. Linha 4 Amarela tem um ritmo tão envolvente e um mistério tão gostoso que não consegui desgrudar os olhos até acabar, o que me levou a ir dormir às 3:30h da madrugada…

A trama se passa em São Paulo. Um grupo de terroristas que se autodenominam Sete, explodem 7 bombas nas entradas e saídas do metrô das estações Consolação e Paulista, deixando mais de 7 mil pessoas presas e soterradas a mais de 55 metros de profundidade. Desespero, mortos e feridos. Homens, mulheres e crianças fazem parte desse cenário de horror, à mercê da boa vontade de políticos que não estão lá muito satisfeitos com as exigências do grupo comandando por “Mãe”. Depois dessa primeira explosão, um vídeo foi publicado, com as 7 exigências que precisam ser cumpridas no decorrer de 7 horas. Caso o prefeito, governador e presidente não aceitem, uma nova explosão acontecerá a cada hora, matando milhares de pessoas inocentes.

Já na primeira exigência do grupo, o governo se recusa a aceitar, informando que não negociará com terroristas. A vida daquelas 7 mil pessoas depende de uma decisão dos representantes do povo, que pelo visto estão mais preocupados com seus próprios umbigos. O tempo está passando e as “surpresas” só aumentam… Será que essas vidas serão salvas? Quem é a tal Mãe?

A trama é atual e aborda bem o nosso cenário político. Corrupção, troca de favores, sujeira debaixo do tapete, políticos que só pensam nos seus próprios interesses e uma teoria da conspiração maravilhosa. O fato da história se passar no Brasil, aproxima muito o leitor da narrativa e é impossível não sentir-se inserido nela. Preciso ressaltar que o autor foi extremamente feliz com a fantástica ideia de colocar nomes com uma sonoridade bem semelhante aos nomes reais de figuras conhecidas, sem realmente “dar nome aos bois”. Achei isso maravilhoso e dei muita risada!

O enredo é extremamente envolvente. A mudança temporal e de visão dos personagens deixa a narrativa com um ritmo bem acelerado, impulsionando o leitor a continuar a leitura pra saber o que vem a seguir, desvendar os mistérios e descobrir se uma nova explosão ocorrerá. São muitos personagens que aparecem e reaparecem na história e é preciso que o leitor fique bem atento à isso pra não se perder no meio do caminho. Tudo acontece rápido e num piscar de olhos as coisas podem mudar. Como já falei antes, o ritmo é frenético, dando um realismo à angústia provocada pela espera por respostas e o “tempo passando”, imposto pelos terroristas. O clima de tensão está presente do começo ao fim.

Pouquíssimas coisas me incomodaram na trama. Uma delas foi o desenvolver psicológico da personagem Layla, que senti falta de uma carga dramática emocional maior diante de todas as coisas que aconteceram na vida dela, mas nada que tire o brilho da história. O que realmente me fez não dar cinco estrelas para o livro (e o que me deixou com vontade de matar o autor) foi o final dele… Eu sei que a obra tem continuação (é o primeiro de uma trilogia) e o ponto onde Felipe decidiu parar, foi justamente onde fiquei mais curiosa! Isso não se faz com um leitor e agora eu preciso do segundo livro pra saber o que diabos irá acontecer!

Linha 4 Amarela é daquelas leituras que te deixam com um frio na barriga e apreensão do começo ao fim. Uma leitura fluida, envolvente e que nos faz pensar em diversas coisas como o valor da vida, nossas escolhas e a consequência dos nossos atos (ou a falta dele). Leitura mais do que recomendada para quem curte um bom thriller policial e muito rock and roll (todo mundo curte um rock no livro)!

Resenha publicada no blog Minha Contracapa:

site: http://minhacontracapa.com.br/2018/12/resenha-linha-4-amarela-de-felipe-s-mendes/
comentários(0)comente



Paulascrap 14/06/2020

Envolvente!..
📝 Um ataque terrorista iminente em um metro de São Paulo e local seria a linha 4 amarela na hora do rush.. ..................................................📝 O alvo seriam os governantes com o intuito de mandar um recado de que a população estaria precisando de mudanças para um mundo melhor , o típico discurso de radicais para encobrir a morte de inocentes .................📝A organização responsável seria o grupo Sete , comandando pela “Mãe” , e os executores eram escolhidos aleatoriamente , e coagidos a participar da matança com a garantia de que sua família seria protegida e amparada por toda vida, sem opção de escolha ...... ....📝 As pessoas escolhidas normalmente tinham uma passado com assuntos a serem resolvidos , melhor dizendo vingados! E essa parte é a mais interessante da leitura pela dinâmica das descobertas do passado sombrio dos personagens e como essas vidas se interligavam .....................📝Um ponto bem curioso também por ser um livro nacional , você associa mais fácil alguns codinomes que estariam equiparadas a pessoas reais da nossa mídia ....................📝Em paralelo às explosões do metro , o SETE aprisiona em uma estação de comunicação sob mira de drones, e obriga a noticiarem pelo perfil do face conteúdos em primeira mão , e ante ao silêncio do governado uma emissora de TV após negar atender os terroristas recebe provas de que não estão brincando !!!!.........📝O governador até então calado se pronuncia sob coação com um discurso enviado pela organização terrorista e com detalhe da exigência de aparecer pelado !..... 📝A leitura e super dinâmica com um enredo bem amarrado e personagens bem construídos , mas termina com um .... continua !!! E isso esfriou um pouco minha interação com a história e interferiu na nota do livro, o pior foi a sequência também não estar disponível no prime reading 😂
Felipe Simmons Mendes 16/06/2020minha estante
kkkkkkkkkkkkkkkkk
O continua foi proposital, sorry

Sobre o Prime a Amazon me pediu só o primeiro por enquanto, mas tem no Kindle Unlimited o segundo.

Obrigado pela leitura e feedback :)




spoiler visualizar
Marcio.Pacheco 22/11/2018minha estante
Porque tua avaliação ta 0 de 5?


Bia Bulgarelli 23/11/2018minha estante
Porque provavelmente deve ter dado algum erro na hora que coloquei a resenha. Não tinha visto que não pegou a avaliação. Ja arrumei.


Marcio.Pacheco 24/11/2018minha estante
Show, Bia. Obrigado. ?




Lari - @Viajandoatravesdoslivros 22/02/2020

Uma leitura eletrizante, o livro todo se passa em poucas horas o que o torna rápido e cheio de emoções.
Mudando de ponto de vista a cada capítulo, conseguimos conhecer vários personagens envolvidos, suas motivações e sua relevância no que está acontecendo. Personages reais e envolventes, em um cenário que conhecemos
E o final! A o final, me deixou com vontade de correr pra ler o segundo o livro. O que eu fiz no mesmo dia.

Recomendo, leitura eletrizante, rápida, impossível parar de ler. Perfeito para sair de uma ressaca literária.
Felipe Simmons Mendes 27/02/2020minha estante
Feliz que tenha curtido
Realmente não tem um final kkkk
Espero que curta o próximo




Nicolly @querumlivro 05/02/2020

Fantástico demais!
Com esse enredo super interessante, o livro cumpre o que promete, com um mundo um tanto distópico, um tanto real.
Onde a maioria as pessoas ao redor é favorável ao mal. Me surpreendi, adorei a sacada que o autor deu, e sinceramente quero ler a continuação logo. Se tu gosta de mistério, romance policial e livro nacional, te indico muito.
Felipe Simmons Mendes 12/02/2020minha estante
Feliz que tenha curtido




belaland_ 27/01/2020

Muito bom!!
Li a maior parte dele durante a madrugada e apesar do sono, não conseguia tirar os olhos do livro. Foi um misto de emoções, roi todas as minhas unhas de ansiedade enquanto o lia e não esperava pelo final. Os capítulos são curtos, o que faz ser uma delícia de ler, e é uma leitura leve. Já quero o próximo.
Felipe Simmons Mendes 12/02/2020minha estante
Feliz que tenha curtido.

E bora cuidar dessas unhas ai kkkk




danda 03/11/2019

Muito boa a estória.Os personagens se entrelaçam em sua vida.Tudo tem o porquê de acontecer.Li em 1 dia,uma leitura gostosa e rápida.Indico.
Felipe Simmons Mendes 13/11/2019minha estante
Muito obrigado
Feliz que curtiu


Felipe Simmons Mendes 17/11/2019minha estante
Feliz que tinha curtido




Nathy 08/01/2019

MAS É MUITA TENSÃO PRA UM LIVRO SÓ
Linha Amarela
Felipe S. Mendes
São Paulo não é uma cidade pacata, mas a maior megalópole da América Latina tem sua rotina. Milhares de pessoas vão todos os dias aos mais variados locais usando um dos mais rápidos meios de transporte: O metrô. Idas ao trabalho, encontros de casais, tudo acontece nas estações.
Em um desses dias de rotina, à vó do pequeno Joaquim de sete anos resolve realizar uma vontade do neto que é conhecer o metrô. Um casal apaixonado prestes a se casar marca esse lugar para se verem. O jovem Dante vai resolver com a possível mãe do seu filho (deveria ser), o que fazer, e Rod... Rod está indo ciente para o ultimo dia de sua vida.
A história dessas pessoas se enlaça quando uma explosão gigantesca derruba as entradas de toda a linha amarela. Um grupo que se auto intitula “Os 7” articulou um ataque terrorista na cidade que fez todo esse estrago, e a partir dai inicia-se uma série de exigências. Cada uma feita de hora em hora e obrigando o estado a fazer coisas inusitadas como: baixar todos os salários de políticos para um salário mínimo! Se não cumprirem? Mais bombas serão explodidas na estrutura já comprometida do trem.
Linha Amarela é um livro incrível com uma narrativa cheia de ação e descobertas, te faz devorar cada página e refletir: Será que os fins justificam os meios? Será que tudo isso é justiça? Ou terrorismo?
Gostei bastante da leitura, consegui devorar o livro em poucas horas, na verdade em uma viagem de 3 horas e no primeiro capitulo já estava me perguntando se iria continuar sofrendo aquela tensão o livro todo, e bem.. Sim, o livro é muito tenso, o tempo todo. Me senti altamente envolvida com cada personagem.
Uma das coisas que mais me chamou atenção nesse livro é não termos um personagem principal, temos uma narrativa que acompanha vários personagens mas não te deixa perder nada da história. É contado de outra forma, sem perder o foco da narrativa, nem o sentido.
A ambientação é na correria da cidade de São Paulo. Sendo assim acaba sendo bem variada, temos desde o palácio do governo até o metrô destroçado. Com descrições bem rápidas mas precisas, te faz imergir na história.
A narração é feita em terceira pessoa onde tudo é descrito de forma sucinta, mas sem deixar nada a desejar. Conduz o leitor facilmente com a mudança de personagens e acontecimentos, sendo imersiva, você mal percebe quando o livro acaba.
O único ponto negativo (PARA MIM!) é que a história acaba abruptamente no meio da narrativa, deixando para o próximo volume, e eu gosto de leituras que iniciam e terminam no mesmo livro deixando um pequeno gancho de um para outro Mas isso é uma preferência minha, e não influi em nada na qualidade do livro.
A diagramação é linda. Letras grades, folhas amareladas, e as divisórias de capitulo maravilhosas.
Recomendadíssimo para quem quer um livro cheio de tensão. Rápido e imersivo.
comentários(0)comente



Marina 14/08/2019

Linha 4 amarela
Tô confusa.

Eu gostei da situação criada e da história, mas fiquei meio decepcionada que o livro acaba do nada, eu iria gostar mais se fosse um livro só mas tudo bem, aguardando o segundo.

A escrita eu achei um pouco fraca, mas gostei bastante dos personagens e é muito doido ler um livro que se passa em São Paulo, estações que eu conheço e que já fui, da toda uma sensação diferente enquanto se lê o livro.
Adorei que o autor, pra não ser processado mas ainda dar a entender quem era as pessoas que ele se referia, deu nomes MUITO parecidos com os políticos e repórteres da vida real, cada um que aparecia era uma risada diferente.

Joaquim e Dante = tudo pra mim
Felipe Simmons Mendes 20/08/2019minha estante
Oi Marina
Primeiramente muito obrigado por ter lido.

Desculpe pelo final abrupto, foi um erro de impressão que cortou o último capitulo.

Feliz que gostou dos personagens e da dupla Punk e Anão.

O segundo livro está em reta final no Catarse, dê uma olhada http://catarse.me/linha3olivro

Como o Linha 4 foi minha estréia em thrillers aprendi muito com os erros e espero ter melhorado alguns pontos no próximo.

Novamente muito obrigado pela leitura.





Isabely 25/07/2019

Esse livro é muito frenético. Quando você começa não consegue parar de ler,a necessidade e curiosidade de saber o que é que tá acontecendo é muito grande. A narrativa é muito fluida, não achei chata a história em momento algum,acredito que nesse aspecto ninguém terá dificuldade de ler. No entanto são muitos personagens em varios núcleos diferentes,você não consegue realmente se apegar com eles,pra mim qualquer um que morresse ali não ia fazer diferem ali,pelo menos não no emocional do leitor. Isso não significa que os a construção deles seja ruim,eles só são apresentados de maneira superficial. Esse livro também te faz pensar mais na política do país,será que nós realmente sabemos como as coisas funcionam em relação aos políticos? Será que mesmo em uma democracia,nós mandamos em alguma coisa? Esse grupo SETE também é super interessante,eles são mais bem organizados que o governo,e mesmo que as intenções deles sejam ?boas? não chegou a fazer com que eu ficassem em dúvida pra que torcer. Eles matam varios inocentes durante o livro não só os que estão presos isso não é justificável. Mesmo assim ainda tem varias exigências a serem feitas e quero muito saber como vai ser esse desenrolar.
Felipe Simmons Mendes 31/07/2019minha estante
Muito obrigado pelo feedback

A sequencia chama Linha 3 Vermelha e já está no Catarse




Bella Nine 25/05/2019

A ideia é muito boa. É algo muito mais contemporâneo do que distópico. Fica claro que se passa nos dias atuais.
Infelizmente os personagens são extremamente fúteis e superficiais. As pessoas que entram na seita possuem motivos torpes e pequenos. Elas não querem mudar o país, elas querem humilhar uns aos outros ao estilo de o fim justifica os meios.
Para ser honesta o gancho final não me fez ter vontade de continuar a leitura do próximo livro. Acho que pra esse tipo de ideia é preciso muita vivência, muito conhecimento é saber ambientar o enredo, chamar o leitor e inseri-lo no meio.
Sei lá, as coisas simplesmente soaram falsas demais. Chegou um ponto que eu já não estava mais me interessando pelos personagens. E falo mais, quando nos é ?revelado? alguns infiltradas, a gente meio que já sabe quem são.
Existe ponto positivo: a ideia do atentado é boa e o autor conhece SP como ninguém.
Felipe Simmons Mendes 22/06/2019minha estante
Obrigado pelo feedback

Os personagens são mais explorado no segundo livro

O gancho final na real foi um erro
Cortaram 1 capítulo

O linha 3 começa com eles.

Com as críticas tentei melhorar pro próximo livro
.

Espero que leia




Helyanny 24/05/2019

Impactante!
Louca já pela continuação! Leitura gostosa, que vc lê sem sentir! Amei!
Felipe Simmons Mendes 22/06/2019minha estante
Aeee
Já no Catarse o Linha 3 Vermelha




spoiler visualizar
Felipe Simmons Mendes 22/06/2019minha estante
Obrigado pelos comentários

Li e concordo com tudo

Sobre o final tinha um capítulo à mais que foi cortado por erro na Grafica.

Espero mínizar os erros para o próximo


Alex 26/07/2019minha estante
Poxa, fico feliz que meu comentário tenha servido de algo para você. Apoiei sua campanha no catarse e fico no aguardo da continuação.


Felipe Simmons Mendes 26/07/2019minha estante
Muito obrigado amigo
Dia 07/09 na Bienal do RJ temos a continuação já

Porém em agosto já sai o e-book pra galera que ajudou no Catarse

Grande abraço




Bi Faria 21/03/2019

Capa linda! E foi uma leitura eletrizante, a cada página eu ficava mais curiosa.
Um ataque à Linha Amarela do metrô em São Paulo onde milhares de pessoas passam todos os dias deixa todos em choque. O grupo denominado SETE coloca um plano complexo em ação.
Bombas programas em drones, muitas vidas envolvidas e desprotegidas. E a primeira bomba explode às 18:16hs juntamente com um vídeo na internet com exigências.
A primeira é de cunho político, e há um prazo antes que a próxima bomba exploda.
As mais de 7 mil pessoas presas no metrô dependem que políticos cumpram o que o grupo exige.
E nesse cenário forma-se uma teia com pessoas interligadas, que têm o mesmo propósito. E se a exigência não for cumprida explode-se a próxima bomba.
Quem é o grupo SETE? Será que o políticos cumpriram as exigências? Será que outras bombas irão explodir? "Não precisamos de mais políticos, e sim de menos mentirosos. Em nome da Mãe. Em nome de SETE." "Terrorismo ou justiça?" @lura_editorial @felipesimmonsmendes
comentários(0)comente



No_mundodoslivros 11/03/2019

Um grupo denominado SETE, causa o terror nas estações de metrô de São Paulo, depois de colocar bombas nas entradas e saídas das mesmas.
O intuito do grupo é fazer uma revolução, fazendo exigências ao governo, começando pela diminuição do salário de governadores, vereadores, prefeitos e do presidente para um salário mínimo, ou a vida de milhares de pessoas seria perdida.
É narrado em terceira pessoa, mas mostra a situação de vários personagens, que de alguma forma, estão relacionados uns aos outros e isso me deixou ainda mais aflita e ansiosa.
O livro tem várias críticas sociais, à política e muitas referências. Desde o primeiro ao último capítulo, fiquei cada vez mais instigada para saber onde aquilo tudo ia dar, por que foi só melhorando!

E a escrita é fluida, nada complexo demais, e dá pra ler rapidinho! Se você gosta da temática, eu recomendo, você vai adorar!
FSM Produções 15/04/2019minha estante
Legal demais a resenha
Mas ficou com 0 estrelas você viu?




55 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4