International Guy: Paris, Nova York, Copenhague

International Guy: Paris, Nova York, Copenhague Audrey Carlan




Resenhas - International Guy: Paris, Nova York, Copenhague


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Pamela 14/04/2019

Apaixonante !!
É bem divertido ler romances pelo ponto de vista masculino. Esse livro com certeza foi uma surpresa agradável, já que sinceramente não esperava muito. Adorei a sequência de a garota do calendário, então achei que a autora não acertaria novamente. Engano meu.
É um livro leve, com romances arrebatores e fofos ao mesmo tempo, seguindo quase que a mesma pegada de a garota do calendário. Logo no primeiro livro, um dos principais - Parker - já conhece a mulher da sua vida - Skyler - o que eu gosto muito, por que assim podemos ver o desenrolar do amor e do relacionamento deles.
São três lugares por livro, com acontecimentos e casos cada vez mais interessantes. Os outros homens principais - Bo e o Royce, só nós fazem querer conhecê-los mais, e até a assistente abusada Wendy puxa nossa curiosidade para a vida misteriosa dela.
De toda forma, é um livro que indico pra uma leitura de boa e sem grande comprometimento. Lerei os outros livros e ficarei na torcida para muitos romances. ?
comentários(0)comente



Izabelle 21/03/2019

° "Acho que, quando você encontra a pessoa certa, não importa quanto tempo passe com ela, nunca vai querer ninguém mais."

° "— A encontrar o amor no local de trabalho, ou em qualquer lugar — diz e ri. Bato minha taça na dela. — A encontrar o amor na hora certa. — Não acho que exista uma hora certa para qualquer coisa. Simplesmente acontece — ela comenta, franzindo a testa. Por um longo momento, penso no que ela disse e percebo que está certa. — Touché . — Ergo minha taça mais uma vez. — Ao amor que simplesmente acontece."
comentários(0)comente



Vanessinha 07/03/2019

Não foi o meu preferido da autora.
Eu adoro a escrita da autora. Sempre gosto das descrições de cenas junto com sentimentos, cenários e curto muito os trabalhos dela com tantas viagens pelo mundo. Não fiquei apaixonada por esse livro por achar os rapazes esteriotipados demais e as mocinhas também muito padrão quase inexistente. É um bom entretenimento para distrair e sair de uma ressaca literária, mas só isso.
comentários(0)comente



Cah. 06/03/2019

Se você gostou da Série A Garota do Calendário, vai gostar da Série International Guy tanto quanto!
Muito bomm, é um livro divertido, pegada quente ... Leitura rápida, que te deixa com vontade de mais, mais de Parker e Sophie , mais de Parker, e seus sócios.

Que venha Nova Iorque.
comentários(0)comente



Kari 08/12/2018

Tudo bem com vocês?

Recebi esse livro de cortesia, chegou de surpresa, eu não solicitei e sou sincera em dizer que não solicitaria. Mas já que chegou eu resolvi ler eu mesma ao invés de passar para alguma colaboradora, afinal não custa tentar sair da minha zona de conforto e quem sabe daí poder me agradar e descobrir novos livros que se tornam queridinhos. Masssssssssssssssssssss, não foi bem assim.. Como dizem, "se arrependimento matasse, estaria morta". Que livro ruim!



A história não tem um enredo embasado. Eu já tinha lido algo dessa autora antes e detestei (A Garota do Calendário), ainda assim resolvi dar mais uma chance para ter a certeza que não suporto seus livros e sua escrita.

dificilmente eu sou tão categórica ao me referir a um título, mas esse não rolou de jeito nenhum.. E me desculpe aos fãs da autora ou apreciadores do livro, sabe aquele velho ditado né.. "cada um com seu gosto"..



Falando um pouco do livro.. Temos uma empresa chic chamada Internaciol Guy, idealizada por três amigos da época da faculdade, Parker, Bogart e Royce. Cada um deles tem predisposição para algumas habilidades, Parker é bom com sonhos, ou realizá-los, fazer acontecer. Bogart é o cara do amor, vocês vão entender melhor depois e Royce é cara do dinheiro e juntando todas as habilidades e conhecimentos que possuem resolvem ajudar mulheres independente dos problemas que elas trazem para eles. O enredo tem um foco bem grande no Parker nesse primeiro volume.


Continuando, eles vão ajudar Sophie herdeira que recentemente assumiu as responsabilidades da empresa da família e sente meio perdida em sua nova função, sem qualquer habilidade aparente, entre outras coisas. Então o trio se une em prol de ajudar Sophie a se tornar a CEO que está destinada a ser e nesse processo de aprendizado e etc, ela descobre muitas coisas erradas na empresa, como assédio e desvios de dinheiro. Isso acontece em Paris.


Aí o cenário muda, levando Parker a Nova York para ajudar a atriz Skyler Paige que por acaso é o @ dele desde que ele viu a mulher nas telas.. Então parece que o trabalho se tornou um pouco mais interessante para Parker, que foi chamado com exclusividade. O problema de Skyler é que ela perdeu o desejo de atuar, ou seja, de realizar seu trabalho. Ele terá de encontrar uma forma de ajudá-la e no meio disso a tensão sexual entre os dois é crescente o que com certeza complica ainda mais a execução do seu trabalho.


Em outro momento, estamos em Copenhague com Parker mais uma vez que é convocado a ajudar a Família Real da Dinamarca, o problema da vez é que a princesa e futura rainha rejeita se casar com seu pretendente prometido; o que é estranho nessa história é que a princesa e o pretendente já namoraram antes de serem anunciados na linha de sucessão para assumirem seus deveres com o trono. Deveria ser tranquila a união, já que ambos eram namorados. Parker conhece o príncipe e por ele o casamento está mais que certo, pois ele não quer ninguém além de sua princesa, que é a futura rainha da Dinamarca.. Esse trecho da história foi bem estressante galera e sem noção.. Acho que a autora tomou umas bebidas para tentar se inspirar e meio que deu errado..


Diferente de Garota do Calendário - que já disse que eu detestei, nessa nova série temos as perspectivas masculinas sobre diversas situações, trabalho, relacionamentos e afins, mas pra mim, sinceramente funcionou tanto quanto a série anterior.. NÃO FUNCIONOU!


Eu não consegui concluir o livro, pois achei chato, sem um enredo de verdade.. Muita enrolação e futilidades.. Desculpe meu povo. Mas dessa vez não deu certo para mim. Espero que a experiência de vocês seja melhor que a minha.


Esse livro foi uma total perda de tempo pra mim!

site: http://www.alempaginas.com/
comentários(0)comente



Lari 28/11/2018

International Guy — Paris, Nova York, Copenhague
A nova série da Audrey Carlan, autora de A Garota do Calendário, nos leva para o mundo luxuoso que é a empresa International Guy, criada por três amigos que se conheceram na faculdade: Parker, o mago dos sonhos; Bogart, mago do Amor e Royce, o mago do dinheiro. Eles, com todos seus conhecimentos em suas respectivas áreas, ajudam mulheres que precisam, independente do problema ou circunstância.

Desde o primeiro livro, fica claro que todo o enredo girará em torno Parker, algo que me deixou triste, pois queria conhecer todos os três amigos de maneira igual. Em Paris, os amigos irão ajudar Sophie, jovem herdeira que assumiu recentemente a empresa da família, mas que não possui muito cuidado com sua beleza de CEO, além de não possuir muito conhecimento na área financeira. Asim, todos se uniram para ajudar a bela mulher a se tornar uma CEO de sucesso. No meio do processo, Sophie descobre muitas coisas erradas na empresa: casos de assédio que, graças a Deus, não são colocados para debaixo do tapete e desvio de dinheiro.

Em Nova York, Parker é chamado exclusivamente para ajudar a atriz Skyler Paige — crush dele desde que a moça apareceu nas telas. Ele fica extasiado, mas muito preocupado com a notícia que ela está sem vontade de atuar, ou seja, está sem vontade de ser a Skyler que foi criada para satisfazer os fãs. Ele percebe que terá um grande trabalho com a moça, mas a tensão sexual entre os dois acontece desde a primeira noite, deixando as coisas um pouco mais complicadas.

Já em Copenhague, Parker é convidado a ajudar a Família Real da Dinarma já que a princesa e futura rainha Christina Kaarsbeerg decidiu que não quer casar com seu pretendente. O mais estranho é que eles foram namorados até serem anunciados como os próximos da linha de sucessão a assumirem o trono. Nesse meio tempo, Parker conhece o príncipe que será rei e descobre que ele não aceitará outra pessoa para se casar se não for com sua princesa, futura rainha da Dinamarca. Pensem a confusão que é esse terceiro volume, misericórdia.

Nessa nova série, Audrey Carlan nos apresenta narrativas sob o ponto de vista de homens, algo raro de se ver. A maioria dos livros do gênero, quanto não são narrados apenas pela protagonista feminina, intercalam a narrativa entre o homem e a mulher, então esse detalhe me ganhou logo de cara. Só que existem três personagens principais e apenas um deles narra o primeiro volume da série. Confesso que se todos os livros forem apenas pelo ponto de vista de Parker, vou ficar muito decepcionada, pois foi justamente isso que me desagradou na série A Garota do Calendário se a série toda for contada pelo Parker vou ficar bem decepcionada, porque foi justamente a mesma coisa que me decepcionou na série Garota do Calendário — os 12 livros são contados pela Mia Saunders.

Os relacionamentos de Parker com as clientes são rápidos e profissionais até certo ponto. Na primeira história, por exemplo, ele sente uma atração quase instantânea por Sophie. O mais interessante é que ela não recusa, o que geralmente acontece com esse tipo de trama, apenas aceita toda a luxuária e aproveita. Isso realmente não é ruim, mas poderia ter existido um diálogo a mais entre os dois antes de tudo acontecer. Ah, Bogart e Royce aparecem muito pouco e eu realmente queria conhecê-los um pouco mais.

Com Skyler, fiquei incomodada com o fato de Carlan envolver uma personagem com tantos problemas pessoais em um relacionamento tão sem compromisso. Uma pessoa frustrada com a carreira, sem conseguir trabalhar e totalmente sem rumo não consegue lidar com um cara que só quer beber e fazer sexo casual. Óbvio que nada é forçado entre os protagonistas, mas acontece tudo tão rápido que não dá para explicar.

A última premissa foi a melhor de todas na minha opinião, porque nada foi resolvido com sexo ou vontades, e sim com conversas e romance acima de tudo — e umas briguinhas aqui e ali para dar um charme na trama. Christina teve sua história contada de um modo mais agradável, sem toda aquela tensão; até os motivos da protagonista ter procurado os International Guys foi diferente do usual, algo que me instigou a querer saber mais e entender porque ela estava fazendo tudo aquilo. Então, se todas as tramas anteriores tivessem seguido essa linha, mesmo que tivesse sexo e tudo mais, o livro teria sido bem mais envolvente e bem humorado.

Minhas conclusões finais: é uma série que traz um pouco do mesmo se comparado com as outras obras da autora. Vários homens bonitos, carismáticos e ricos que fazem as mulheres se apaixonarem por eles, que até resolvem os problemas, mas ficam com as mulheres e rapidinho partem para outra. Nada de novo por aqui. Espero sinceramente que os outros volumes de International Guy tenham histórias de verdade, com protagonistas mais reais. Ainda assim confesso que gostei dos livros, porque a escrita da autora é muito fluida e divertida.

Devo dizer, apesar de tudo, que a editora acertou em lançar três histórias em apenas um livro, porque fica menos cansativo. Os livros nas versões originais são bem pequenos, então fica mais fácil até para organizá-los. As capas estão lindas, com cores chamativas e sem grandes detalhes: apenas um homem com os nomes das cidades em que a história irá se passar. A diagramação está impecável, sem erros e as folhas amareladas e a fonte no tamanho agradável ajudam na leitura.


site: http://www.roendolivros.com.br/2018/11/resenha-international-guy-paris-nova.html?showComment=1543446720321#c1180479054279325882
comentários(0)comente



Debyh 25/11/2018

Detestei
Completamente sem história, sem personagens que fazem sentido e nada com nada. Li até o final para conferir se algo se salvava, não, nada se salva. Ruim do começo ao fim.
-----
Antes de mais nada eu nunca li nada desta autora antes, claro sabia da série da Garota do Calendário por causa da Angel Sakura, mas só isso mesmo. Então eu não tinha expectativa (a não ser do livro ser hot) e de que segundo várias resenhas que eu li ela tinha melhorado muito na escrita, então eu me pergunto: o quão ruim ela escrevia antes já que detestei tanto assim esse livro?
Parker e seus sócios possuem uma agência na qual ajudam mulheres que precisam de conselho em alguma área de sua vida, todas elas ( as clientes) possuem um certo padrão de vida, eles são uma espécie de consultores em várias áreas, ou seja, a solução dos seus problemas. Neste primeiro livro conhecemos três clientes das quais Parker atende, e acaba se envolvendo.
► continua no link: http://euinsisto.com.br/international-guy-paris-nova-york-copenhague-audrey-carlan/

site: http://euinsisto.com.br/international-guy-paris-nova-york-copenhague-audrey-carlan/
comentários(0)comente



Elaine Lima | @jornalizando 06/11/2018

Apaixonada por Parker estou!!
1. Romance leve, rápido e erótico: Os 3 livros são envolventes e conseguem manter uma dinâmica muito boa, é tudo feito na medida certa com ótimos personagens que vão aos poucos mostrando suas histórias.

2. Protagonista apaixonante: Quando você conhece Parker Ellis você já cria uma grande afeição pelo personagem, o jeito de ser dele é muito divertido, a sintonia dele com seus sócios funciona muito bem e acima de tudo ele é capaz de envolver as mulheres.

3. Conexão entre os personagens: Como citei anteriormente, o Parker é uma peça vital para você curtir a história, ele e seus sócios criam uma linda conexão com as clientes da agência. São capazes de proporcionar as mulheres uma maior confiança em seus atributos, ao ponto delas notarem algo que já possuem mas estavam adormecidos. Empoderando assim suas clientes.

4. Escrita da autora: Não é novidade para ninguém que eu adoro como a Audrey escreve, e nessa obra ela conseguiu me conquistar pela junção de vários elementos que curto. É tudo na medida certa, as problematizações que ela traz conseguem ser solucionadas, tudo funciona perfeitamente bem.

5. Capa + Diagramação: Mais uma vez a obra foi muito bem produzida pela Editora Record, que soube juntar 3 obras em um só livro para ajudar nós leitores. Além da capa que é um primor e me deu vontade de conhecer esse boy o mais breve possível.


site: @jornalizando
comentários(0)comente



julianateixeira 06/11/2018

Vamos falar hoje do livro "International Guy", da autora Audrey Carlan.
Boa tarde, Leitores! /o/
A história é envolvente, onde três personagens atraentes, inteligentes vão enlouquecer as mulheres!
um ótimo livro, com três histórias maravilhosas, que vai envolver o leitor até o final.
Parker adora sua vida de playboy e não está procurando compromisso. Afinal, há um mundo inteiro à sua frente: os negócios o levam de Paris a Milão, de Berlim ao Rio de Janeiro. Mas, conforme ele pula de cidade em cidade — e de cama em cama —, é possível que acabe encontrando mais que sexo ao longo do caminho…
Recebi essa lindeza da @veruseditora. Muito Obrigada! 😍📖😘
#Recomendo #Leia #Brooks

site: https://www.instagram.com/p/Bp2EcbHA_Og/
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 03/11/2018

Resenha da Mylena Suarez
" Na Intenational Guy, atendemos às necessidades da cliente. Nenhum pedido é exigente demais ou estranho demais."

Oie, galerinha...

Que tal um hot para trazer à tona nossos instintos primitivos? E se além de momentos picantes acrescentarmos momentos delicinha? Pacote completo, não é mesmo?

Então vou contar para vocês minhas impressões sobre este lançamento da escritora Audrey Carlan, aquela mesma de A Garota do Calendário. E é nessa pegada que vamos acompanhar a jornada de Parker e seus amigos Bogart e Royce. Cada um com seus dons especiais prometem fazer milagres pelas mulheres de todo mundo.



Parker é o Mago dos Sonhos; Bogart é o Mago do Amor; e Royce é o Mago do Dinheiro.
Maravilha, hein? Só não poderei falar muito sobre as tramas pois cada cidade traz uma singularidade gostosa então não quero revelar nenhuma surpresa.

Nossa primeira parada é na cidade do amor: Paris, cidade Luz que traz a doce e perfumosa Sophie para o universo masculino deste trio de homens sedutores e dispostos a tudo para torná-la uma mulher de sucesso em todos os sentidos.



Essa, para mim, foi a melhor história, pois trouxe de tudo um pouco: paixão, amizade, glamour e um pequeno suspense.

Depois de completar este serviço, o trio volta para Boston e Parker logo partirá para Nova York para ajudar Skyler a se reencontrar tanto como pessoa como atriz. Ela está esgotada de sua agenda sempre repleta de atividades e exigências e simplesmente não tem mais ânimo para sair de casa. Quando Parker chega, seu mundo vira de ponta a cabeça e ele consegue reavivar a chama da garota de uma forma que surpreende a todos.

Assim que encerra seu trabalho em Nova York, Parker é convocado pela realeza da Dinamarca para descobrir porque a antes comportada Christina agora resolveu se envolver em um escândalo atrás do outro. Desta vez, nossos amigos vão precisar de toda intuição, paciência e habilidade para ajudar a princesa a voltar para o eixo.



Narrado em primeira pessoa por Parker, que revela sua sede por mulheres e seus corpos fenomenais, Audrey Carlan nos presenteia com histórias descompromissadas, próprias para distrair nossa mente de uma leitura mais densa e nos relaxar.

Agora tem um detalhe que vou revelar para deixar vocês bem curiosos, pois foi algo que me chamou a atenção. A escritora usa uma das três histórias para fazer uma pequena homenagem para duas escritoras famosas e que já foram publicadas aqui no Brasil. Achei divertido e bem criativo da parte dela.

Beijos, Myl


site: http://www.minhavelhaestante.com.br/2018/10/international-guy-paris-nova-york.html
comentários(0)comente



Lia do D'repente li 30/10/2018

É leitura envolvente que você quer...
...é isso que você terá! A série traz Ellis Parker, CEO da Internacional Guy é uma espécie de conselheiro pessoal de pessoas ricas (mulheres)... Que precisam de ajuda com seus sonhos, relacionamentos, financeiramente... Mostrar para elas que elas podem tudo, desde um sapato de salto a simplesmente viver a vida. O livro te envolve do começo ao fim é o único problema é que o segundo volume ainda não chegou no Brasil, mas novembro está ai ne, rs.
Obs. Dizem que quem gostou de a garota do calendário vai gostar muito dessas obras. Se joga monanour!!!!!
comentários(0)comente



Crika || @PitacosLiterarios 30/10/2018

"Eu estabeleci como objetivo de vida não trabalhar um dia sequer sem fazer algo que eu ame. E eu adoro as mulheres. Todas elas."

E é com isso em mente que Parker Ellis, junto a dois amigos, cria a 'International Guy', uma agência nada convencional e especializada em ajudar mulheres, tanto em seus problemas pessoais quanto profissionais. Seu público alvo costuma ser mulheres ricas do mundo todo e, às vezes, eles não conseguem evitar cair na cama delas.

Os três começam embarcando para a cidade de Paris a fim de atender uma cliente importante. Sophie Rolland é uma jovem herdeira de um império de perfumes e precisa de ajuda para assumir a empresa da família e aprender a se vestir e se portar à altura de uma poderosa CEO. E entre passeios na Cidade Luz e compras nas Galeries Lafayettes, Sophie se transforma e ganha confiança, e Parker – que não é bobo, nem nada – vai fazer questão de ajudá-la também na vida pessoal.

A próxima parada é Nova York e a cliente da vez uma estrela de cinema. Skyler Paige é uma mulher deslumbrante e a famosa atriz do momento, mas perdeu a vontade de atuar e agora periga também perder grandes contratos. Então, Parker se hospeda em sua casa e por um mês vai conhecê-la melhor, no intuito de ajudá-la a se encontrar e trazer de volta sua inspiração. Só tem um detalhe: Skyler é o crush secreto de Parker há anos, também conhecida como a mulher de seus sonhos.

A última missão de Parker é domar uma princesa na Dinamarca. Christina Kaarsberg é membro da família real e se recusa a se casar com o príncipe herdeiro e virar rainha, então vem arruinando a própria imagem para a imprensa. Mas Christina esconde um segredo e Parker descobre que as coisas não são bem o que parecem.

Gostei mais desse livro do que esperava! Adorei a conexão que os protagonistas criam com as clientes e o fato de sempre trabalharem em prol de fazê-las acreditarem em si mesmas e perceberem o potencial que têm, afinal, temos aqui três mulheres poderosas.

site: https://www.instagram.com/p/BorQc8QH4iY/?taken-by=pitacosliterarios
comentários(0)comente



mylena.suarez 02/10/2018

" Na Intenational Guy, atendemos às necessidades da cliente. Nenhum pedido é exigente demais ou estranho demais."
Que tal um hot para trazer a tona nossos instintos primitivos? E se além de momentos picantes acrescentarmos momentos delicinha? Pacote completo,não é mesmo?



Então vou contar para vocês minhas impressões sobre este lançamento da escritora Audrey Carlan, aquela mesma de A Garota do Calendário e é nessa pegada de A garota que vamos acompanhar a jornada de Parker e seus amigos Bogart e Royce. Cada um com seus dons especiais prometem fazre milagres pelas mulheres de todo mundo.

Parker é o Mago dos Sonhos - Bogart é o Mago do Amor - Royce é o Mago do Dinheiro.



Maravilha, hein? Só não poderei falar muito sobre as tramas pois cada cidade traz uma singularidade gostosa então não quero revelar nenhuma surpresa.



Nossa primeira parada é na cidade do amor, Paris , cidade - Luz que traz a doce e perfumosa Sophie para o universo masculino deste trio de homens sedutores e dispostos a tudo para torná - la uma mulher de sucesso em todos os sentidos.

Essa para mim foi a melhor história, pois trouxe de tudo um pouco: paixão, amizade, glamor e um pequeno suspense.



Depois de completar este serviço, o trio volta para Boston e Parker logo partirá para Nova

York para ajudar Skyler a se reencontrar tanto como pessoa como atriz. Ela está esgotada de sua agenda semmpre repleta de atividades e exigências e simplesmente não tem mais ânimo para sair de casa. Quando Parker chega seu mundo vira de ponta a cabeça e ele consegue reavivar a chama da garota de uma forma que surpreende a todos.



Assim que encerra seu trabalho em Nova York, Parker é convocado pela realeza da Dinamarca para descobrir porque a antes comportada Christina agora resolveu se envolver em um escândalo atrás do outro. Desta vez, nossos amigos vão precisar de toda intuição, paciência e habilidade para ajudar a priincesa a voltar para o eixo.



Narrado em primeira pessoa por Parker que revela sua sede por mulheres e seus corpos fenomenais, Audrey Carlan nos presenteia com histórias descompromissadas próprias para distrair nossa mente de uma leitura mais densa e nos relaxar.



Agora tem um detalhe que vou revelar para deixar vocês bem curiosos pois foi algo que me chamou a atenção . A escritora usa uma das três história para fazer uma pequena homenagem para duas escritoras famosas e que á foram publicadas aqui no Brasil. Achei divertido e bem criativo da parte dela.



4/5 estrelas.

Beijos,Myl



site: www.minhavelhaestante.com.br
comentários(0)comente



cacautoledo 25/09/2018

Top do pop
Amei. Três amigos donos da agência que dá nome a série que encontram três mulheres com problemas diferentes. Três mulheres diferentes mas no fundo iguais. Top do pop. No aguardo do próximo livro. Lindo.
comentários(0)comente



Fernanda 24/09/2018

International Guy: Paris, Nova York, Copenhague
Resenha no blog:

http://www.segredosemlivros.com/2018/09/resenha-international-guy-paris-nova.html

site: http://www.segredosemlivros.com/2018/09/resenha-international-guy-paris-nova.html
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2