Revelry

Revelry Kandi Steiner




Resenhas - Revelry


10 encontrados | exibindo 1 a 10


spoiler visualizar
comentários(0)comente



ca.books 04/12/2020

O livro conta a história de Wren e Anderson, os dois perdidos e tentando se encontrar. Comprei muito os dramas da personagem principal. Em muitos momentos me vi com questionamentos similares. Foi muito bem conduzido. Quanto ao mocinho, não consegui desenvolver tanta empatia pelas suas dores. Entendi, obvio, mas achei que faltou algo a mais.
Esse é o segundo livro da autora que leio. Achei muito boa a escrita e a maneira de conduzir a narrativa. Mas, assim como o primeiro, sinto que falta um pouquinho de alguma coisa pra transformar em 5 estrelas e favorito. Mas recomendo.
comentários(0)comente



dayukie 14/09/2020

Resenha completa no blog DaYukie
"Revelry é um livro sobre recomeços e a importância de acreditar em si mesmo. É uma história maravilhosa!
[...]
A mensagem que a autora nos passa com esse livro é a importância de nos amarmos e acreditarmos no nosso potencial. Nossa protagonista pratica isso muito bem, mesmo que ela tenha passando por tanta humilhações e por todo abuso psicológico que seu marido a tenha feito sofrer, ela nunca deixou de lado o seu trabalho e suas conquistas, e tomou a sabia decisão de mesmo amando o marido, deixa-lo após anos para não perder mais de si, uma trama tão próxima da realidade que muitas mulheres sofrem, e a autora trazer isso, nos faz refletir sobre toda essa situação.
A história é intercalada entre Wren e Anderson, o que por diversas vezes já disse que é muito interessante, pois desta forma somos capazes de entender melhor a cabeça de cada personagem, os capítulos são curtos e fluídos, mesmo com poucas descrições de objetos e lugares, a trama tem um ritmo muito bom. O casal protagonista é bastante interessante, e eles tem uma química e uma dinâmica incrível. Os dois tem marcas profundas, porém juntos foram capazes de encontrar a paz que tanto buscaram por tantos anos.
Uma história muito bonita e que tive muita identificação sobre o quanto é libertador se livrar de um relacionamento tóxico, sobre como é incrível encontrar seu lugar no mundo, sobre se amar, e como aprender com nossos erros é muito mais valioso, e que nunca ninguém, jamais pode dizer que você não é capaz de algo, pois não importa a dificuldade nós sempre podemos chegar onde quisermos, esse foi meu primeiro contato com a autora e posso afirmar com toda convicção que foi bastante positiva, não encontrei erros ortográficos, a revisão esta impecável, uma edição lindíssima, a capa é muito linda e nos remete a trama, amor em forma de livro.
Recomendo a leitura!"

Resenha completa no blog DaYukie

site: http://bit.ly/Reverly
comentários(0)comente



Ari @arileitora 14/07/2020

De aquecer o coração
Com uma escrita leve e fluída, Kandi Steiner soube conduzir o leitor em cada página. Com um misto de sentimentos ao longo de cada capítulo, um cenário lindo e personagens secundários cativantes, ela me encantou do início ao fim.?
?
A cada capítulo é possível acompanhar o desenvolvimento de Wren e Anderson, narrado em primeira pessoa, com capítulos intercalados por ambos, conseguimos captar a essência de cada sentimento vivido por eles.?
?
Esse é aquele livro que nos fazem refletir sobre as nossas atitudes, uma trama recheada de superação, amizade, redescobertas, recomeços e amor-próprio, que aquecem os nossos corações! ?
?
comentários(0)comente



Natalia.Rodrigues 17/05/2020

Contemporâneo
O drama pelo qual a Wren está passando todas nós podemos passar, e é isso que torna o livro tão bom, quando ela se vê em um casamento infeliz, onde cada dia que passa vai perdendo um pedaço de si para agradar o marido e decide pedir o divórcio antes de perder o último pedaço dela, é um momento de força que eu desejo que cada mulher que se sinta insuficiente pra caber em um casamento também tenha. O livro começa a partir daí, ela lidando com a culpa por querer mais da vida e se redescobrindo
comentários(0)comente



Bel @fantasticabiblioteca 08/05/2020

Precisamos saber nos perdoar...
? Olá Fantasticos!
.
? Sabe aquele livro que a gente lê sem esperar nada dele? Assim foi Revelry, foi uma supresa essa leitura e eu fiquei muito apaixonada por ele.
.
? Wren é uma estilista muito famosa e bem sucedida aos 27 anos. Ela passa por um divórcio e vai tentar se encontrar nas montanhas ao arredores de Seattle, lá aluga uma cabana a princípio por três meses.
.
?Wren estava vivendo um casamento por comodidade. Seu ex esposo é um dentista que está galgando seu sucesso na carreira, mas que até então via a profissão de Wren como um hobby é até sem importância. Sabe o tipo de macho escroto que tem uma mente pequena e acha que o sucesso do homem é mais importante ou deve ser maior do que o da esposa? Sim, esse é o babaca do ex marido. ?
.
? Wren está se sentindo totalmente perdida, ela nunca imaginou que estaria divorciada aos 27 anos, até porque casou com quem acreditava ser o amor da sua vida. E o triste nessa história é que a própria mãe acha que isso é uma ?crisezinha? e que ela tem que voltar e pedir perdão ao ex marido, o patriarcado reina ainda infelizmente. ?
.
? As coisas começam a mudar quando ela acaba conhecendo Anderson, um homem misterioso, com um passado marcado pela dor por uma fatalidade, e ele se sente tão culpado que acha que não pode ser feliz e se pune por isso, e vive totalmente isolado. Ele começa a fazer uns reparos na cabana de Wren, mas não gosta de muito papo. ?
.
? A atração surge e os dois juntos conseguem trazer acalento para a dor e os medos de cada um. Eles amadurecem a relação e apoiam um ao outros nos sonhos, projetos e percebem que não é preciso se punir achando que não podem ser felizes novamente, e sim entender que os problemas e as perdas servem para aprendizado e lembrar o quanto aquela pessoa foi importante naquele momento e que seguir em frente não é esquecer da dor ou da culpa, mas sim saber que podemos perdoar e nos perdoar para sermos felizes novamente.
comentários(0)comente



Feh @mil_e_uma_historias 17/04/2020

Intenso e necessário
Essa história, é uma surpresa a cada página, vai muito além de um clichê, um lugar bonito, o romance, é muito mais, é sobre o casal enxerga a dor um no outro, se redescobrindo, novas amizades, um encontro de almas.
.
A autora mostra de forma real, a pressão psicológica que a personagem passava em seu casamento, a manipulação do ex, sempre a culpando quando seus sonhos não estavam indo do jeito que ele queria. Wren ainda o ama, mais deu um basta, e isso é incrível para a construção e evolução da história. Anderson já carrega uma culpa, que o consome, ele vai levando cada dia, esperando o último, sem grandes expectativas, e quando se encontram juntos vão lutando, para serem mais do que esse casal ferido.

Essa é a primeira história que li da autora, e gostei muito da narrativa, da construção dos personagens e do cuidado em mostrar o que muitas mulheres sofrem diariamente, e não são como Wren, porque como ela, a própria família julgou, mais ela foi além dos dedos apontados, e deu um fim.
comentários(0)comente



Voo com Livros 01/02/2019

Um Romance com Drama - IG @VooComLivros
A resenha de hoje é de um livro que não consigo definir, pois ao mesmo tempo que as páginas fluíram durante a leitura, eu também precisei fazer pequenas pausas e respirar pelo momento doloroso que nossos protagonistas estão vivendo. O livro fala muito sobre o perdão, mas principalmente sobre se perdoar. Sobre você conseguir deixar o passado para trás para ser feliz novamente, sobre se conhecer e entender que quando a gente se ama, precisamos tomar decisões que podem parecer egoístas, mas são a decisão correta. Por conseguir transmitir tudo isso, Revelry foi umas das melhores leituras que fiz em 2018.

Nessa história conhecemos Anderson Black, um homem que se sente bem estando perdido. Ele guarda uma culpa muito grande dentro de si e nos últimos sete anos ele apenas “existe”, se afastou emocionalmente das pessoas, não planeja um futuro, apenas sai para sua rotina diária como uma forma de ocupar sua mente até a chegada de nova vizinha.

A nova vizinha é Wren, uma mulher de 27 anos que acabou de assinar os papéis do divórcio e escolheu essa pequena cidade montanhosa para tentar recuperar sua inspiração, ela é uma designer de roupas e possui uma loja com seu melhor amigo, e tentar se reencontrar. Ela passou anos em um relacionamento, onde tentando agradar seu marido, se perdeu no caminho.

Quando os dois se encontram, não é a atração que os coloca juntos, mas um reconhecimento de que ambos precisam encontrar algo dentro de si, passando um tempo juntos eles vão se reencontrando, repensando suas vidas e um vínculo que eles não esperavam cresce entre eles.

O livro parece ser um clichê, mas não senti dessa forma quando estava lendo. A autora tratou o tema de forma tão natural, que li sem sentir o tempo passar e adorei o final.
Ambos precisam curar seus corações deixar o passado para trás, e apesar de não ser o melhor momento para ambos, o amor não escolhe hora e nem lugar.

site: https://www.instagram.com/p/BsItN9cAnvH/
comentários(0)comente



Camila | Book Obsession 10/10/2018

Wren Ballard nunca imaginou que sua vida teria uma enorme mudança aos vinte sete anos. Recém divorciada, ela abriu mão de seu casamento mesmo amando Keith, seu ex-marido.

Esgotada de ter que lidar com o abuso psicológico que Keith vivia tentando impor durante tantos anos, Wren quer aproveitar que o divórcio já foi concluído para se afastar um pouco de Seattle e quem sabe assim, buscar inspiração para desenhar uma nova coleção para sua grife, já que com os últimos acontecimentos, ela não conseguia produzir nenhum rabisco descente em seu trabalho.

“Eu me perguntava o que havia mudado sobre o meu amor, sobre mim, que o fazia sentir que eu não era o suficiente. E por um tempo eu tentei mudar, para ser a mulher que o faria feliz. Mas um dia percebi que toda vez que eu dava a ele o que ele queria, eu perdia um pedaço de mim mesma.”

Em suas pesquisas, Wren acha uma casa que parece ser bem aconchegante para passar o verão. Tudo que ela poderia querer, sair de Seattle e aproveitar o silêncio ao redor, cercado de muito verde e belas paisagens.

Anderson Black tem um passado repleto de cicatrizes que o atormentam até hoje. Apesar de morar em uma das casas ao redor de Gold Bar, seus últimos anos foram enfrentados em uma rotina nada animadora.

“Eu tentei algumas vezes antes, mas toda vez eu lembrava porque eu não poderia ir.”

Sua tábua de salvação são as conversas com Mamãe Von, uma espécie de amiga e conselheira de quase todos os moradores locais, sempre incentivando Anderson, a curar as feridas desse trágico passado.

Agora com a nova chegada de Wren a pequena vizinhança, esse homem se vê atraído pela bela mulher que conquista a todos com seu sorriso genuíno e determinação. Mas para Anderson, essa aproximação é perigosa e ele se identifica com a dor que seus olhos transmitem.

A culpa e autopunição pelo passado ainda tendem a atormentá-lo dia após dia. Porém, Wren mexe com sentimentos antes esquecidos e Anderson terá que decidir de uma vez por todas se continua no limbo ou se permite entregar seu coração ao amor.

“Pela primeira vez na minha vida, eu estava completamente ciente da minha existência. Senti meu coração batendo, bombeando sangue, me empurrando para frente, apesar da inadequação e pensamentos de fracasso que vinham tentando desesperadamente me aleijar.

Eu estava viva. Eu estava bem.

E eu sabia que nunca mais seria a mesma.”


Resenha Completa: https://bit.ly/2ydJeFL


site: http://www.bookobsessionblog.com/2018/10/resenha-revelry-kandi-steiner-3dea.html
comentários(0)comente



Lili 23/08/2018

Só leia se estiver bem emocionalmente!
Peguei Revelry da Kandi Steiner pra ler, sem saber onde estava me metendo!
Sim, eu li a sinopse e algumas resenhas para ter certeza que não seria algum livro com aquelas coisas que não gosto e como tudo era positivo, eu comecei a leitura. Mas eu não estava emocionalmente preparada para esse livro! Nem sei se algum dia estaria... Em nenhuma resenha eu li o quanto a carga emocional desse livro me deixaria só o pó, kkkk.

O que mais me chamou atenção nesse livro, não foi o romance, ou os personagens, foi todo o drama vivido pela protagonista Wren, que até ofuscou o Anderson na leitura.

Escrita: ok! Protagonistas: ok! História: ok! Carga emocional: mais que ok!

Não sei se a culpa é do livro, ou se não estava inteiramente bem para ler nesse momento, mas depois que comecei, iria até o fim. Levei uma semana pra ler porque não conseguia seguir por muito tempo, doía e machucava demais! Estou com uma ressaca literária enorme, que não parei de chorar o dia inteiro, kkkk.

Com a Wren eu aprendi mais do que posso explicar! Sua força e coragem foram motivos para muitas reflexões e decisões. Claro, que os motivos são completamente diferentes, já que eu não estou passando pela mesma coisa, mas consegui tirar tantos ensinamentos...
Quem ainda não leu, precisa programar um momento em que estivesse bem para conhecer essa história tão forte e especial!
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR