Arte & Alma

Arte & Alma Brittainy Cherry




Resenhas - Arte & Alma


95 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Juliana Esgalha @juesgalha 21/04/2020

Oximoro
Esse livro foi o meu primeiro contato com essa autora. Temos aqui dois protagonistas: Aria e Levi que se conhecem, tornam-se amigos e cada um está passando por momentos difíceis em suas vidas, primeiramente a amizade surge e mais pra frente parte pro amor que inevitavelmente também acontece. Eu gostei das abordagens que a autora usou na história, muito embora tenha achando que algumas coisas meio que se resolveram rápidas demais, ao passo que outras poderiam ter mais coisas (como a vida da mãe de Levi, por exemplo), mas é uma história bem bonitinha, fluída e leve.

Particularmente é o que exatamente estou procurando ler por nesses tempos de quarentena. Esse livro mostra o amor e os dramas de diversas formas e que pra mim a autora conseguiu unir tudo de uma maneira bem interessante, pra isso preciso citar que há personagens secundários muito bons também. Não foi o tipo de história arrebatadora pra mim daquelas que a gente acaba o livro e ainda fica pensando e pensando, mas foi um Young Adult bem gostosinho de ler.

site: https://shejulis.com/livro-arte-alma/
Cris.Pimentel 21/04/2020minha estante
O Sr. Daniels da Brittayni é ótimo!


Juliana Esgalha @juesgalha 21/04/2020minha estante
hmm vou dar uma procurada aqui


Cris.Pimentel 21/04/2020minha estante
:)




Talita 13/08/2020

UMA OU MAIS LÁGRIMAS DERRAMADAS
"Porque você entende, sabe? Você entende que as cores, as linhas e as curvas não estão tentando ser como qualquer outra coisa no mundo. Você entende que a arte abstrata se destaca da normal, porque é a única maneira que a arte abstrata sabe como ficar de pé. E você fica tão fodidamente feliz, porque é tão bonito. E único. E nervoso. E... abstrato".

Não sei porque eu ainda fico surpresa quando leio um livro da Brittainy C. Cherry, sei que vou chorar mas mesmo assim não me preparo o suficiente.
Aria (Arte), é uma garota invisível na escola, tendo como único amigo Simon, um garoto que tem TOC e que parece entendê-la melhor do que ninguém, mas ai ela descobre que está grávida do melhor amigo do seu irmão, descobre também que ele continua namorando, e descobre que o garoto novo com codinome Alabama é um dos únicos a enxergar algo além do que ela mostra.
Levi (Alma), vai passar um ano com seu pai, que há muito tempo deixou de lhe escrever, que o abandonou e quer saber porque, deixando para trás sua mãe cujo dom com a música as vezes deixa de tomar remédio o que piora sua situação e viver com a Esquizofrenia todos os dias acaba o distanciando ainda mais da realidade.
Sensível, tocante, emocionante, esse livro é uma miríade de emoções, eu era lágrimas e risos, eu era alegria e tristeza e nem sabia porque eu estava rindo, se era por eles terem tocado o mindinho um do outro, ou se era porque ele chamou ela de linda, senti tudo isso como se estivesse lá, como se de alguma forma fosse parte do cenário . Personagens de vidas conturbadas, indecisos, sem ver o próximo passo a seguir, almas vagantes que se encontram em meio a tempestade de cores.
Sim, esse é um baita livro *-*
Nayara - @nay.e.os.livros 14/08/2020minha estante
Bri não costuma decepcionar rs


Talita 14/08/2020minha estante
Verdade Nayara *-*




Sergia.Souza 20/10/2020

É um super incrível, totalmente lindo que trás assuntos bem sensíveis, importantes, um livro super delicado, lindo, fofo demais. Perfeito como todos os livro da Brittainy. O livro vai contar a história de Arie e Levi, que apesar de serem adolescente, são personagens que suas vidas são cheias de complexidades, vai mostra que eles vão passa por dilemas de adultos. Esse livro, é belíssimo e supreendente. Aria é a arte, tem uma grande paixão por pintura, mais ela é uma adolescente introspectiva e que não gosta de chamar muita atenção na escolar, até que um momento de fragilidade, onde ser chamada de linda, a colocou em uma situação muito difícil para uma jovem de sua idade. Levi é a alma. Música é a sua vida. Seu violino é seu melhor amigo e quem o mantém são quando sua mãe, mentalmente instável não consegue fazê-lo. Para tentar se libertar e não se afundar, ele decide passar um ano com seu pai. Ele precisa saber o que houve com o amor que antes ele conhecia e que foi tirado de si sem nenhuma explicação. Mas ele encontra um verdadeiro estranho e essa jornada de um ano, piora bastante. Muitas coisas acontecerem em sua vida e estão presta acontecer, faz com que ele amadureça bastante. Dois adolescentes que precisam crescer rapidamente e encontrar seu lugar no mundo, arcar com as responsabilidades de suas escolhas e ainda assim precisam lidar com as questões menores de todo adolescente: escola, amigos, bullying. Ela esconde tudo o que sente, não sorri gratuitamente, mas ninguém vê nada de errado nisso, só ele. Levi sorri o tempo inteiro, sorrindo as pessoas não tentam desvendar as dores de sua alma, ninguém vê problema em um garoto sorridente, exceto Aria. Ambos enfrentando momentos difíceis: Aria está grávida, o que causa uma grande distúrbio em sua família; já Levi tem uma mãe com distúrbio esquizoafetivo enquanto o pai está fazendo o possível para que ele não se aproxime. E é em meio a esse turbilhão de problemas que os dois adolescentes se conhecem em uma aula conjunta que mistura pintura e música. Esse dois são um encontro de almas. Desde o primeiro encontro você percebe o quanto cada um será importante para o outro. Eles só não contavam que os problemas alheios às suas ações também deveriam ser resolvidos. A vida nem sempre nos sorri, mas com esses dois vemos o quanto dois amigos, duas almas, duas pessoas que se complementam como arte e alma são importantes. Um livro que faz chorar, sorri, sobre amizades e muito mais. Perfeito como todos os outros livros da autora. Uma das cenas mais lindas do livro tem o Levi tocando, essa que é uma música muito especial para mim. "When you try your best but you don't succeed. When you get what you want but not what you need. When you feel so tired but you can't sleep. Stuck in reverse". Fix You, Coldplay. Uma frase que gostei muito foi” Às vezes, ficar de dedos mindinhos enroscados era o melhor tipo de carinho.Às vezes, beijos na testa eram o melhor tipo de beijo.E, às vezes, o amor temporário era o melhor tipo de amor.” Outra frase que me chamou bastante atenção foi: “O objetivo da vida não é estar do lado da maioria, mas escapar, encontrando-se no meio dos insanos.” Um livro que com certeza vale a pena ser lido.
comentários(0)comente



Gabi.Rossi 11/02/2020

Quebrou meus julgamentos!
Ganhei o livro de presente de uma amiga e combinamos de ler juntas, fui ler o livro sem vontade e cheia de preconceitos, a capa me levava a crer que seria um livro cheio de drama e lágrimas (quem me conhece bem sabe que eu não gosto disso, haha), mas como combinamos, segui a leitura e logo nos primeiros capítulos o livro me ganhou, Levi com sua fofura transbordou meu coração, e tanto
os personagens principais como os secundários só me faziam querer conhecer mais eles, dei risada, chorei (nem fiquei braba com essa parte) e sai com o coração quentinho!
Mariana 17/02/2020minha estante
Vou ler em breve!


Gabi.Rossi 17/02/2020minha estante
Espero que você curta a leitura! ?


Mariana 17/02/2020minha estante
Assim espero??


Gabi.Rossi 17/02/2020minha estante
É muito de gosto e momento né?! Mas se você gostar de uma leitura leve e bem teen, acho que vai adorar!
O livro tem um tema abordado que é bem crítico haha as reações são variadas, eu aceitei tranquilamente, uma amiga já não aceitou muito não!
Me conta quando ler! Vou adorar falar sobre o livro!


Mariana 17/02/2020minha estante
Pode deixar! Vou resenhar ele!




Jess 24/02/2020

Aria e Levi estudam na mesma escola, mas fora isso eles não tem mais nada em comum...pelo menos, a princípio.
Os dois formam dupla para fazer um trabalho e conforme vão se conhecendo melhor se tornam amigos.
Cada um enfrenta um drama diferente: Levi tem problemas com o pai, enquanto Aria está grávida de alguém que não pretende assumí-la nem ao bebê.
Juntos, ele dão apoio um ao outro e tentam fazer o possível para aliviar os fardos sobre seus ombros.

Ainda não me decepcionei com a Brittainy. Além de achar a escrita dela ótima, adoro a forma como ela aborda temas sérios e importantes nos seus livros. Amei Arte & Alma!!!
comentários(0)comente



Nicoly Mafra - @nickmafra 01/05/2020

Sobre "Arte & Alma"
"Eu precisava ser mais forte do que meus sentimentos, do que aquelas pessoas. Algumas vezes não há escolha. A vida já tinha tirado muito de mim e eu não deixaria que tirasse minha força também."

Com apenas dezesseis anos de idade, Aria Watson deixou de ser a artista fantasma do colégio para ser o centro das atenções e comentários e, infelizmente, não foi pelo seu incrível talento com pinturas, ou por causa de sua personalidade forte e coração de ouro... foi por engravidar logo após perder a virgindade. Assim que a notícia chega nos ouvidos de seus colegas, Aria vira a chacota do colégio.

Contudo, quando Levi Myers, um jovem musicista talentoso, muda-se para a mesma cidadezinha em que vive a garota, Aria consegue finalmente contar com um ombro amigo. O garoto novo, que só quer passar mais tempo com seu pai, não quer saber de fofocas e de rolinhos, aparentemente toda a sua atenção está em Aria, a garota tão peculiar com quem possui uma forte conexão.

Além da forte amizade, Aria e Levi serão importantíssimos na vida um do outro, a companhia constante e a base/força necessária para superar os traumas e dificuldades da vida. Uma comovente história de quando arte e alma se unem e transformam a vida, mesmo cinza e cheia de dor, em uma incrível obra de arte.

_

Brittainy C. Cherry sabe brincar muito bem com os meus sentimentos; a autora me conquista fácil com seus dramas, suas lindas histórias de superação e com seus romances fofos e avassaladores, e em "Arte & Alma" continuou acertando em cheio. Uma obra delicada sobre dois jovens passando por períodos turbulentos em suas vidas, e encontrando um no outro o apoio necessário para superar tais acontecimentos.

Os personagens criados pela autora são cativantes, intensos e encantadores, e o mais bacana é que Cherry não se preocupa apenas com o desenvolvimento do protagonista, dando espaço para conhecer mais sobre os outros personagens que permeiam a vida do protagonista.

Uma leitura tão leve e emocionante, cheia de ensinamentos e passagens marcantes, é impossível não se apaixonar por essa obra! "Arte & Alma" se tornou um dos meus queridinhos da autora!

site: www.instagram.com/nickmafra
comentários(0)comente



Rosyelle 11/08/2020

Sorri, chorei e amei
Lindo, chorei pra dedeu, mas essa história é tão linda, linda nesse momento não há palavras para escrever o que estou sentindo.
comentários(0)comente



Myh 28/07/2020

Arte & Alma
Sou fã da Brittainy e sou suspeita de falar porque adoro todos os livros dela.
Porém esse tem uma pegada mais jovem , o Levi é um fofo ,gostei de cada detalhe. O fato de ter o real significado das palavras também, achei lindo!
comentários(0)comente



Silvia 03/04/2020

Li esse livro a primeira vez em 2015 e o relendo vi que mesmo tão jovens, A Ria e Levi, nos ensinaram tantas coisas, passaram por tantas coisas e tiveram um amor tão singelo e verdadeiro. Acho que amei mais agora que na primeira vez que li. Arte e música, com muita alma, e com muita intensidade.
Fran 12/04/2020minha estante
Eu amei a primeira leitura, há bastante tempo também. E até comecei a reler, mas saiu outro e acabei deixando.


Silvia 12/04/2020minha estante
Eu ganhei ele de presente e aí veio aquela vontade de reler.




IG Literário @senhoritayas 24/05/2020

BRITTAINY NUNCA ME DECEPCIONOU
#ResenhaSenhoritaYas

Aria Watson era uma jovem comum, não muito popular na escola apesar do incrível talento para as artes. Era ótima filha e irmã, até tudo virar de ponta a cabeça, quando aos 16 anos, anuncia estar grávida. 

Levi Myers vivia com sua mãe, mas precisava passar um tempo longe dela então se muda para Wisconsin. Morar com o pai que não ver desde os 11 anos lhe pareceu uma boa ideia, mas agora ele não está muito certo disso, pois se a mãe tem problemas, o pai é pior.

É nesse turbilhão de problemas que Aria e Levi se conhecem e se aproximam encontrando um no outro alguém que entende suas dores e solidão. 

- Diferente do que eu imaginava, essa história vai muito além de um drama adolescente. Com uma escrita leve e muitas vezes poética, a autora usa de muita sensibilidade para descrever os problemas enfrentados pelos personagens, sem falar na forma linda como a pintura e a música foram inseridos na história. Foi uma leitura emocionante, mas com muitos momentos descontraídos também.

- Foi impossível não se encantar por esses personagens e em homenagem a eles e a obsessão que os 2 tem por definições de palavras, deixo aqui a minha declaração de amor por esse livro:

"Eu: pronome [?ew]: Yasmim.

Amo m: verbo [?amu]: sentimento de afeição forte ou constante por uma pessoa ou algo.

Este: pronome [ê]:  indica o que está próximo do falante, no espaço, no tempo ou no discurso.

Livro: substantivo [liber]: Arte e Alma."

- É o 9 livro da autora que leio e ela nunca me desapontou, amo todos os que li e esse entrou para o meu top 3. Só digo LEIAM ESSE LIVRO, não iram se arrepender!
comentários(0)comente



Lana Wesley 11/04/2020

Que história de amor tocante, profunda e cheia de oximoro
Preciso confessar que a muito tempo eu não me emocionava e me tocava tanto com uma história. Este livro narra a história dos personagens Levi e Aria. Ambos tem dezessete anos e estão passando por momentos difíceis, onde terão que tomar decisões que vão marca suas vidas pelo resto da vida. Aria descobriu que esta grávida, ela que adora artes e é vista por todos como a menina certinha e bondosa, porém ao cometer o primeiro erro e julga por todos, inclusive por seus familiares. O pai da criança não está nem ai pra ela, fazendo com que tenha que lidar com toda essa situação sozinha. Levi está voltando para o pai que há anos o abandonou, seu intuito era se reaproximar dele e a compreender o que o levou a sumir desse jeito de sua vida, de forma tão abruta. Contudo seu pai só o trata mal e tenta a qualquer custo afasta-lo. Mais ele irá se surpreender, já que ele não tem ideia do tamanho do problema em que ele esta se metendo. Nesse meio tempo ele se apaixona por Aria, e ambos encontram juntos formas de lidar com as situações mais tristes e feliz de suas vidas. Nos ensinando como arte e alma podem estar interligadas da forma mais linda e complexa do que podemos imaginar.
A cada virar de página eu me sentia mais próxima dos personagens e mais cativada e emocionada com suas histórias de vida. Já que a autora conseguiu de formar incrível trazer uma história real, tocante e cheia de ensinamentos. Fora que vários fatos me surpreenderam e tenho certeza que vão te surpreender também.
comentários(0)comente



Sabrina (@surtoliterario) 30/08/2020

Lindo e sensível!
Aria Watson é apaixonada por arte abstrata e seu gosto peculiar faz com as pessoas da escola a achem estranha. Como se isso não bastasse, ela descobriu que está grávida aos 16 anos. Levi precisava de um tempo da sua mãe, então vai morar com o pai, que é praticamente um desconhecido. Ele é o garoto novo na escola, com um sorriso fácil e músico, fazendo com que ele se torne popular, mas isso não o deixa feliz e nem acalma seu coração. Dois adolescentes machucados que encontram um no outro um porto seguro, alguém que entenda o que estão passando e lhe dê esperança. Eles serão capazes de não se apaixonar?

Eu me arrependo profundamente de ter demorado tanto pra ler esse livro! Brittainy está, sem dúvidas, no meu top 3 de autoras favoritas. ADORO a forma delicada com que aborda assuntos polêmicos em seus livros, aqui vamos encontrar assuntos como gravidez na adolescência, toc e problemas psicológicos. Esse é um livro diferente, mais juvenil. O que mais me agradou foi que a autora focou mais no desenvolvimento pessoal dos protagonistas do que no romance, é aquela frase: “você tem que se amar primeiro para poder amar outro alguém”. A história é feita de situações reais, com drama na medida certa.

Os capítulos são intercalados entre Levi e Aria, isso fez com que eu me sentisse próxima dos dois e sofresse duplamente. Cada um tem seus demônios para enfrentar e não sugam um ao outro para seus problemas, juntos se complementam, se apoiam e amadurecem. Madura é a definição perfeita pra essa história, apesar da pouca idade dos protagonistas. Os personagens secundários foram muito bem trabalhados também e senti empatia por cada um deles.

Quer uma história cheia de ensinamentos sobre a vida, personagens cativantes e ainda ficar com o coração quentinho? Arte & Alma é o seu par perfeito!


site: https://www.instagram.com/surtoliterario/
comentários(0)comente



Drê Kruk 15/08/2020

Lindo e Emocionante
"Arte e Alma" - Brittany C Cherry, @galerarecord, ano: 2018, pa?ginas: 308.???
???
Apaixonante: adjetivo de dois ge?neros
1. que apaixona, que prende a atenc?a?o; cativante."tema a."????Origem
? ETIM apaixonar + -nte???
???
Neste livro vamos conhecer a histo?ria de "Aria", uma menina nada popular, a diferentona, ela ama artes, a pintura e? o seu refu?gio. ???
E "Levi", que esta? na cidade para visitar seu pai, do qual a muito tempo perdeu o contato sem nenhuma justificativa, seu refu?gio e? a mu?sica. ???
???
"Arte e Alma" foi mais um dos livros que li para a maratona: #tchaulivrosencalhados, agora, quem me conhece deve estar se perguntando: Porque um livro da "Brittainy", autora que voce? tanto ama, estava encalhado? E a resposta e? simples, quando descobri que o livro era YA, fiquei com muito medo de na?o gostar. ???
???
Pois bem meus queridos amigos, eu estava super enganada, mais uma vez a autora me conquistou com sua escrita ta?o fluida, delicada e como ja? mencionei: apaixonante. ???
???
Eu li o livro no escuro, na?o sabia nem a sinopse, enta?o por esse motivo, na?o falei muito sobre ele aqui. Foi ta?o bom ser surpreendida. ???
???
Apesar de ser um YA, o livro aborda va?rios temas, dramas adolescentes, familiares, com tanta leveza que achei ate? poe?tico. ???
???
O "Levi" precisava existir, o personagem emana luz, bondade, estou encantada. Eu na?o consegui tirar o sorriso dos la?bios enquanto lia, apesar de tantos problemas e da idade, ele precisou amadurecer cedo, e tem uma (alma) linda. ???
???
Tambe?m gostei da "Aria", ela e? uma guerreira. Apesar de tantos problemas, se mostrou forte e uma excelente amiga. So? na?o curti muito a fami?lia dela em alguns momentos.???
???
Enfim, os personagens sa?o incri?veis, inclusive os secunda?rios.???
???
Uma leitura que foi uma mistura de emoc?o?es, eu sorri, chorei (muitooooo, por sinal). A histo?ria me tocou de uma forma que nem sei explicar. ???
???
Enta?o aqui fica minha super indicac?a?o. ???
???
Bjs da Dre?
comentários(0)comente



Pâmela 15/10/2018

Esperando demais.....
Talvez eu esperava demais do livro, li super empolgada e quebrei a cara. Eu conheço os livros da autora desde 2013, e de lá para cá senti que os livros foram ficando muito enrolados e chatos, tudo mundo tem algum problema; tanto físico quanto mental. Vi alguma resenhas sobre ele e decidi embarcar, corri na livraria e comprei a preço de capa, em esperar por nenhuma promoção, e eis que quebrei a cara.

Eu adoro romances adolescente, acho super empolgante, mas esse não desceu, os diálogos que as pessoas dão gargalhada no livro me deram sono, a historia não me prendeu, os personagens não são cativantes e a leitura fica arrastada um certo tempo.

Mas acho que cada um deve ler o livro e dar sua opinião, mas essa nota de 4.7 não condiz com o livro.
(Luh) 01/11/2018minha estante
Concordo com você! É muito drama e achei o casal sem química alguma! No Ritmo do Amor também foi um livro da autora que me decepcionou muito.


Fabiana.Milanezi 03/12/2018minha estante
Estou na dúvida se compro ou não esse livro. Adoro essa autora, ela me encantou na serie de livros "Elementos" o silêncio das águas foi um dos melhores que li esse ano. Não quero me decepcionar com ela.. No ritmo do amor não gostei da sinopse e por isso nem comprei..


Larissa 11/12/2019minha estante
Fabiana.Milanez, não terminei a série Elementos, mas O silencio das águas foi a minha decepção e isso no segundo livro que leio da autora. :/




Thaís @thanoslivros 26/03/2020

Lindo
Aria tem 16 anos, é bastante introvertida e apaixonada pela arte, por pinturas. Na escola, passa praticamente despercebida, mesmo sendo uma talentosa artista. Para os pais era uma boa filha até o momento da revelação: estava grávida. Sozinha e perdida ainda tem que encarar o preconceito, os julgamentos maldosos tanto dentro quanto fora de casa. É durante esse período que Levi chega à cidade para passar uns dias com o pai, o qual não via desde os 11 anos. Precisando ficar um período longe da mãe, Levi decide retomar sua relação com o pai e descobrir o porque do afastamento repentino quando ele era ainda uma criança.
Através de um trabalho da escola, Aria e Levi vão se conhecer e iniciar um grade laço de amizade. Vão encontrar um no outro compreensão, um ombro amigo para, mesmo no silêncio, sentirem segurança e serem compreendidos.

A meu ver, Brittainy é uma autora que sabe como escrever um boa história. Ela não decepciona. Há quem não goste, claro. Mas, eu sempre me emociono com suas belas tramas. Nesse livro não foi diferente e acompanhar esse casal e todos os seus conflitos foi, ao mesmo tempo, comovente e encantador.
Narrado em primeira pessoa, mas com capítulos alternando o ponto de vista de Aria e Levi, somos levados por um enredo fluido, que envolve já nas primeiras páginas. A forma como Cherry desenvolve os personagens, não só os protagonistas mas também os secundários, é fundamental para que a história se torne mais verossímil. Afinal, eles erram e acertam, tropeçam e se levantam. Trazem consigo desejos, anseios e não escondem suas falhas e seus medos. Desse modo, é impossível não nos identificar e sofrer, mesmo que um pouco, junto com eles.

Esse livro é mais do que um romance entre os dois personagens. É mais que um drama, é mais do que um enredo emocionante. É um livro onde podemos perceber o amor em suas mais diversas formas e tudo o que ele é capaz de nos conceder. É uma história que nos mostra o quanto uma boa amizade é capaz de ajudar, nos tornando mais seguros e fortes para encarar as dificuldades. É uma leitura leve, sensível e apaixonante que recomendo para todos.

site: www.instagram.com/thanoslivros
comentários(0)comente



95 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7