Doces, Bacon e Diamante

Doces, Bacon e Diamante L.S.Wolter




Resenhas - Doces, Bacon e Diamante


19 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Dri 20/07/2020

Doces, bacon e diamante
Eu iniciei este livro sem muitas expectativas, visto que não é um gênero que eu costumo ler. Porém fui surpreendida e me peguei rindo em vários momentos, mas em outros fiquei bem irritada. A Lia não enxerga mais ninguém ao ser redor, apenas o Alex e isso, por vezes, fica enjoativo. A cada 10 frases, 9 ela disserta sobre a beleza dele.
Eu esperava que a Lia tomasse atitude e falasse para ele sobre seus sentimentos, mas ela nunca falava nada. Ficava remoendo todos os sentimentos, odiando as mulheres que ele desenvolvia algum relacionamento e eu só conseguia pensar o quanto isso era sem noção. Que culpa as mulheres tinham?
Todos os outros personagens foram carismáticos, principalmente o melhor amigo dela, o Victor, ele era muito divertido e fã da Laura Pausini. O Zac foi a coisa mais legal que aconteceu na vida da Lia e a amizade que eles dois desenvolveram também. Eu esperei muito um final e foi exatamente ele que aconteceu, fiquei feliz.
Recomendo muito a leitura para quem é fã de chick-lit, ele não tem muitos acontecimentos, mas dá para tirar umas boas risadas.
comentários(0)comente



Noellen 06/04/2020

Curtinho e gostoso
Doces, Bacon e Diamante é um livro curtinho e muitos gostoso de ler, é aquele clichê maravilhoso que de vez em quando precisamos na nossa vida para nos divertir. Parecia que eu estava assistindo um filme de comédia romântica, pois dei tantas risadas com as situações que a Lia se metia, ela é uma protagonista muito engraçada.
O livro tem uma narração e enredo bem simples e essa é a intenção, pois é para você lê-lo rapidamente e ao final, sentir aquele quentinho no coração. Ótimo livro para você intercalar com leituras pesadas para descontrair.

site: @resenhasdanoellen
comentários(0)comente



Ana 28/05/2020

Paciência...
Lia e Alex Diamond são melhores amigos desde a infância. Ela tem uma paixão platônica por ele e não revela ao amigo por medo de perder a amizade. Até aí temos um enredo clichê que daria um chick list bom e engraçado. Em "Doces, Bacon e Diamantes" não é o caso. O grande mérito do livro é ser curto. É difícil torcer para Lia, é uma protagonista mimada e não consegue perceber adulta que o que sente por Alex é obsessão e só. Já Alex é um mocinho fraco, gosta de ter a amiga por perto e da corda mesmo sem ter tanta noção de ser intencional. De resto, temos uma série de personagens, cenas e diálogos que vão do estereótipo ao machista da pior forma.
Como balanço final fica um romance que não chega a imprecionar e testa a sua paciência porém, busca uma rendição com um final satisfatório.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Tamirez | @resenhandosonhos 17/10/2018

Doces, Bacon e Diamante
Eu leio bem poucos livros do gênero, mas sempre que penso sobre, a primeira coisa que me vem à mente são histórias leves e divertidas, sempre com um toque de humor e de romance. O que Larissa Wolter apresenta aqui contém esses elementos, mas também flerta com algo um pouco mais dramático, com as coisas que uma mulher pode fazer para alcançar seus objetivos.

Lia parece uma mulher madura e, num primeiro olhar, é bela e bem “bonequinha”, entretanto, conforme andamos pelas páginas, vemos sua personalidade ir se modificando a mostrar traços que antes não pareciam estar ali. Esse aspecto reflete algo positivo sobre a história, que é a capacidade de surpreender e, ao mesmo tempo, atenta para a reflexão sobre as mudanças drásticas que a personagem sobre. Muito de quem ela se tornou quando o livro acaba não combina com a personagem que me foi apresentada e, sendo um livro super rápido, esse desenvolvimento acaba por ficar a desejar.

São apenas 160 páginas de história, então é uma trama acelerada e dinâmica. O final, que tinha tudo pra trazer um grande clichê, acabou por me surpreender um pouco a trabalhar outro aspecto, o que é sempre legal. Enquanto ainda acho que a personagem principal ainda deveria ter “sofrido” um pouco mais por seus atos.

Esse aspecto de “até onde é saudável ir em nome do amor” é um tema que vemos de várias formas nos livros e aqui acaba sendo o foco central. Mesmo a história tendo seu toque divertido em alguns pontos, é nas posturas da protagonista em busca de uma resolução para situação que fica pautada a maior parte da história.

Algo que me chamou a atenção desde o início foi o nome. Doces diz respeito ao negócio da protagonista com a irmã, Bacon é o nome do gato de Lia, que marca sua presença na história, enquanto Diamond é o sobrenome de Alex, o melhor amigo. Os capítulos também se iniciam com três palavras que tenham a ver com o que vai acontecer, o que é bacana para criar uma certa curiosidade.

Uma coisa que acabou chamando a minha atenção é que é bom alertar, é a questão dos esteriótipos. Lia tem um amigo gay e ele é descrito com características que marcam uma esteriotipação que já não cola mais. Então é importante ficar atento a isso, tanto como leitor, para identificar, como o autor, ao tomar cuidado em escrever.

No mais, achei a história bem gostosinha de ler e, se você curte o gênero, certamente vai conseguir aproveitar e ter uma boa leitura.

site: http://resenhandosonhos.com/doces-bacon-e-diamante-l-s-wolter/
comentários(0)comente



Dryka -@drykabooks.exp.literarias 21/02/2019

Um livro sobre o valor da Amizade, doces, bacon e Amor.
Lia é uma brasileira, que reside em Dublin, na Irlanda. Juntamente com sua irmã Laura, abriu uma Doceria, a CupCandy. Uma moça bem sucedida, independente, com uma ótima família, sobrinhas gêmeas e tudo que se tem de direito pra uma vida perfeita na Irlanda. Porém, Lia tem um problema, ela é apaixonada desde criança por seu melhor amigo, Alex, um americano, que perdeu seus pais muito jovem e foi criado pelo Tio em Dublin. Baseado, nesta paixão, acompanhamos todas as peripécias da nossa protagonista para ficar com Alex. Será que ela conseguirá enfim realizar o seu sonho de Casar com Alex?

Este livro, posso dizer que entrou para um dos meus favoritos, pois ele tem tudo que um bom Chick-lit deve ter: Protagonista independente e bem sucedida, confusões, mal entendidos e boas risadas. É um livro de poucas páginas, mas que te deixa com aquele quentinho no coração no final, e que faz com que você sinta saudade de todos os personagens, até daqueles que menos aparecem na trama.
É difícil transferir para uma resenha, todos os sentimentos que tive ao ler este pequeno livro. Pois, ao mesmo tempo que ele me levou a dar boas risadas, ele também me fez chorar em alguns momentos. A autora, consegue fazer com que entremos na cena, e vivamos a vida junto com a Lia, que é a heroína desta história.
E pra finalizar, a mensagem que ficou deste livro é sobre o valor da amizade e o amor entre amigos, que quando realmente verdadeiro, passa por cima de tudo.
Recomendo este livro, para as pessoas que gostariam de pegar o hábito da leitura, para pessoas que encontram-se em uma ressaca literária, para longas viagens, um final de semana, ou simplesmente para as pessoas que querem um livro delicioso,
pois é um livro curto de uma leitura ágil e gostosa.
comentários(0)comente



Mafê 02/11/2020

Livro gostosinho
É um livro curtinho, com capa muito linda (parabéns aos envolvidos, a capa realmente fez uma ótima apresentação para a história), e uma história divertida.
Mesmo tendo alguma defeitos, como o estereótipo da mulher brasileira e do melhor amigo gay, e o comportamento compulsivo da personagem principal, a história é bem gostosa, tem um ótimo ritmo e é perfeito para ressaca literaria.
A autora escreve muito bem, e é um oivro extremamente fluido. Você nem percebe o tempo passando.
Se você vai com a expectativa correta, é uma ótima leitura.
comentários(0)comente



Dia de Livro - Jéssica Nogueira 06/06/2020

Fraco
Achei a história clichê, não gostei da caracterização do Victor ( melhor amigo de Lia), tem muita rivalidade feminina. Sei la, foi uma experiência meio água com açúcar.
comentários(0)comente



Vasya - A Corsária 07/02/2020

Isso Era Um Romance?
❛❛Ele me compreendeu, foi meu ombro amigo, aceitou os meus defeitos, perdoou os meus erros e me amou.❞

#13 - Ainda não sei como um livro de cento e poucas páginas se tornou uma das piores coisas que já li na vida!
Personagens fracos, diálogos incrivelmente batidos, romance que não convence, um enredo ruim onde nada se salva literalmente. E nem vou comentar as falas da personagem principal que ataca a troco de nada ''a outra'' com comentários machistas a todo instante - a pergunta "onde esta seu feminismo e sororidade minha filha?'' continua em minha cabeça e já estou em novembro. Juro por Deus que na página dez eu já estava cansada dela exaltando o cara que sem era essa coca toda. Uma perda de tempo, não recomendo.


Ps: Resenha publicada originalmente no dia 07/02 e ele ainda continua sendo o pior livro do ano
comentários(0)comente



Tais.Bittencourt 07/10/2018

Um livro sobre amor e amizade contada de forma bem humorada e dinâmica. Achei muito divertido e com final surpreendente.
comentários(0)comente



Vivianne 13/11/2018

Leve, divertido e engraçado
Um livro leve, para ler sem pressa e se divertir com os diálogos engraçadíssimos. As interações humanas, e felinas, são o ponto alto do livro. As cenas com Lia e o melhor amigo, Victor, são para gargalhar. E tem o Zac
comentários(0)comente



Jaque.Campari 31/01/2019

Nunca li coisa mais gostosa que esse livro. Suuuuper recomendo.
comentários(0)comente



Paula.Alvarenga 07/03/2019

Doces, bacon e diamante
Leitura deliciosa, divertida.
Vale a pena ler e se deixar levar pela leveza da leitura. Amei!
comentários(0)comente



marcelabrazao 18/01/2020

Atitudes prejudicam o livro
O livro é focado em Lia O?Donnell, uma linda mulher que vive em Dublin com seu gato Bacon e é sócia da sua irmã numa loja de cupcakes e doces. Lia é completamente apaixonada por seu melhor amigo, Alex Diamond. Os dois são amigos de infância inseparáveis e o rapaz não faz ideia dos sentimentos da amiga por ele. Ambos seguem suas vidas, seus relacionamentos e Lia nunca tem coragem de se declarar para o amigo. A questão é que Alex resolve apresentar um colega do trabalho, Zac, com esperança que finalmente Lia viva um grande amor.

O livro cumpre bem seu papel de chick lit. É divertido e a protagonista se mete em várias confusões. O melhor personagem do livro é Victor, amigão de Lia. Cada vez que ele aparece com o DVD de Laura Pausini no livro me garantiu boas risadas. Fora que também sou fã da Laura. Apesar de ter várias oportunidades, Lia se recusa a confessar seu amor por Alex e acaba permitindo que Zac se aproxime a ajude na tarefa de se declarar e também, como ombro amigo.

Os momentos negativos da leitura são algumas frases muito machistas, o estereótipo do ?amigo gay? e atitudes da Lia contra mulheres que reforçam aquele ideal de disputa de homens por mulheres. São pontos do livro que me incomodaram e precisam ser pontuados porque eu amo chick lits mas muito deles reformam esses estereótipos e preconceitos.

Essas situações acabam prejudicando a leitura geral do livro e trazendo situações complicadas de serem lidadas mesmo por pessoas muito amigas, como os protagonistas.
comentários(0)comente



Paty 20/06/2020

Um chick lit divertido e leve do jeito que agente gosta
Fazia teeempos que queria ler esse livro com essa capa tão fofa e com um nome tão original. Para quer curte chickt lits vai adorar a história, ler este livro é para aqueles momentos em que a gente só quer ler uma história leve e divertida, sem enrolação, com clichês(todos precisamos de clichês nessa vida), pq não? mas com um final diferente porém satisfatório. Ameeeiii
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR