A violência e o Sagrado

A violência e o Sagrado René Girard




Resenhas - A violência e o Sagrado


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Jocélia 07/08/2016

O sacrifício é compreendido por Girard num duplo aspecto: sagrado e criminoso. A discussão do livro parte do questionamento sobre a relação entre sacrifício e violência, definindo o sacrifício como uma espécie de violência alternativa.
René Girard descreve o sacrifício como canalização da pulsão violenta do homem e pondera que a violência do sacrifício funciona como uma espécie de ludibrio das pulsões destrutivas humanas que ameaçam a ordem social, ou seja, vida sacrifical seria colocada no lugar daquele a quem se direciona o ato violento.
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1