O Presente Inesperado

O Presente Inesperado Tessa Dare




Resenhas - O Presente Inesperado


18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Suelen Mattos 21/10/2019

Mas nem tudo é o que parece...

Aqui descobrimos o segredo de Violet, bem como o motivo dela ter ido para Spindle Cove. E também conhecemos esse homem misterioso, que invade a festa de natal e cai — literalmente — aos pés dela. Eles só têm até o amanhecer para esclarecerem as coisas, pois Violet é a única que parece entender o idioma que o homem fala e ela irá partir no dia seguinte. Tudo se passa da noite pro dia, mas ação é o que não falta aqui. E, claro, romance também não.

Essa é uma história curta, mas que é uma graça. Eu já tinha gostado quando li em inglês pela primeira vez, em 2016. E agora, relendo (mas dessa vez em português), me apaixonei ainda mais pela trama. Eu realmente amo essa novela! Super-Hiper-Ultra-Mega-Power recomendado!


Quer ler a resenha completa e ver a relação dos livros dessa série? Então visite o blog ROMANTIC GIRL:

https://su-romanticgirl.blogspot.com/2019/10/tessa-dare-o-presente-inesperado.html

site: https://su-romanticgirl.blogspot.com/2019/10/tessa-dare-o-presente-inesperado.html
comentários(0)comente



Ju.Mattos 03/10/2019

Perfeito
A única dúvida que fica é: por que tão curto?????
Que história linda, tão bem estruturada. Daria um livro de 350 páginas facilmente e que eu demoraria com a mesma facilidade. Amei tudo nesse livro. Simplesmente apaixonante. Tessa não decepciona.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Andrea 10/06/2019

Um conto, que pela sua estória poderia ser muito mais explorada...em um festa de final de ano em Splindle Cove um náufrago praticamente morto aparece no meio da sala de Sir Lewis literalmente nos pés da senhorita Violet (juro que não lembrava dela no primeiro livro, mas....) e na mesma hora ela lembra do seu amor/vizinho do passado Cristhian Pierce que a após uma noite de amor a abandonou com um singelo bilhete....o restante, no livro, claro! Merecia uma estória ao invés de um conto....mas é bonitinho
comentários(0)comente



LuizaSH 18/05/2019

Esta história é um conto que faz parte da série Spindle Cove. Esse formato de conto é mais curto que um livro propriamente dito.
Aqui, a mocinha da vez é Violet Winterbottom, uma das hóspedes do vilarejo, que foi se refugiar por lá depois de sofrer uma decepção amorosa há um ano, quando o cara por quem ela sempre foi apaixonada, e para quem se entregou, simplesmente sumiu sem dar praticamente nenhuma explicação.
Durante o baile de natal na propriedade de Sir Lewis Finch, pai de Susanna - mocinha do primeiro livro da série -, um estranho entra no salão, vai em direção a Violet e cai ao seus pés, ferido e sujo de sangue. Aos poucos o homem fala algumas palavras, mas em um idioma um pouco desconhecido, mas Violet é fluente em diversos idiomas, e somente ela consegue entender o que o estranho fala.
O que ela não esperava era a revelação da identidade do homem e todos os mistérios a serem resolvidos depois de tal revelação.
A história é rápida, curta, mas bem boa. E novamente traz como plano de fundo, além do vilarejo de Spindle Cove, a guerra napoleônica, soldados, exército. É uma história leve, mas bem legal mesmo. Pena que curtinha né? Contos são legais, mas livros são melhores. Se bem que às vezes tem uns livros que a história é tão enrolada que bem poderiam ser enxugados em um conto, kkkkk. Enfim.
comentários(0)comente



Lelle31 18/05/2019

Uma leitura leve, divertida e encantadora. Tessa, novamente, nos presenteia com uma história emocionante e surpreendente, cheia de charme, surpresas e um vasto conteúdo idiomático.
comentários(0)comente



Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 15/05/2019

Fofinho
Violet Winterbottom é uma dama que, embora seja tímida, também é extremamente inteligente, conhecendo seis idiomas. A moça estava refugiada em Spindle Cove graças a uma decepção amorosa, que não destruiu sua reputação, mas sim seu coração. Na noite de Natal, um estranho ferido aparece no salão de baile da vila, caindo diretamente em seus pés. Ele não fala inglês, e Violet fica encarregada de tentar tirar informações dele. Com isso temos um enredo cheio de surpresas, mistérios e romance. Claro.
Foi um livro curtinho, afinal, é apenas um spin-off, mas valeu muito a pena ler. É fofinho, romântico e tem até um pouco de aventura. Bem no estilo Tessa Dare, que eu amo! A escrita da autora segue excelente, para mim uma das melhores do gênero. Mesmo com poucas páginas, ela consegue fazer todo o necessário. Explora bem ambientes, personalidades e sentimentos. A descrição é direta e harmoniosa, dá para ler rapidinho, acredito que para mim tenha sido uma questão de 50 minutos.
Apesar de pouco explorados, o casal me conquistou bastante, eles têm carisma e química. Eu até gostaria de ver um pouquinho mais deles, porem achei suficiente e satisfatório o que tivemos nesse singelo spin-off.
É uma história simples e rápida extremamente válida para quem já é fã da autora, ou quer completar a série, como eu. Não indico que as pessoas comecem a ler Tessa por ele, já que não há uma real introdução, o melhor é começar ou pelo primeiro de Spindle Cove ou de Castle Ever After. Agora só me falta Uma Chance Para o Amor para acabar essa série que já estou sentindo saudade!

Mais resenhas em: meowbookblog.wordpress.com
comentários(0)comente



Rebeca.Lopes 09/05/2019

Maravilhoso!
Olá meus residentes de Spindle Cove, estamos a tanto tempo com as histórias que já me sinto uma cidadã desta cidade maravilhosa. Tessa Dare nunca desaponta, e essa novelinha foi a coisa mais gostosa de se ler. Eu confesso que sempre espero que a Tessa escreva mais uma história, sobre essa cidade, mesmo que pequena. Hoje, eu amo Spindle Cove tanto quanto amo todas as história da Julia Quinn em que aparece algum Bridgerton!

O livro anterior me deixou levemente insatisfeita por a Tessa ter resumido o que poderia ser uma grande história em um conto rápido que não foi muito bem explicado. Essas duas novelas tem em comum o gatilho que faz com o que os homens partam e abandonem as personagens principais, e confesso que, nesse aspecto, acho que as histórias precisavam de mais detalhes e tempo para desenvolver os sentimentos dos personagens masculinos.

Mas voltando a história... Violet e o misterioso homem que irrompe no dia do baile de Natal foram o casal com a história mais centralizada que eu li até agora da série, outros personagens até aparecem, mas de forma bem tímida e por pouco tempo. Apesar de ser pequeno este livro tirou meu fôlego do começo ao fim. Eu me vi apaixonada pelo personagem principal tanto quanto sempre serei apaixonada por Samuel Thorne(A Dama da Meia Noite). Mas preciso dizer que Violet se equiparou a Pauline (Uma Duquesa Qualquer), que era minha favorita até agora. Violet conseguiu me surpreender em cada segundo desse livro, ela é a representação de como eu vejo uma mulher destemida de verdade, principalmente com uma pistola na mão senhores!

O romance foi picante na medida certa, mas a história de amor foi tão perfeita com todas as possibilidades e aventuras, principalmente as futuras, que nem liguei muito de ser pequena no final das contas. História quase tão perfeita quanto a de Kate e Thorne! Vou levá-la no meu 💓para sempre.

Nota: 10 🌟

site: https://resenhasdaviciada.blogspot.com/2019/03/o-presente-inesperado-tessa-dare.html
comentários(0)comente



Hellen (@literatucracia) 04/05/2019

Nada como um dia após o outro, não é mesmo pessoal?! .
Nada como aproveitar as oportunidades que surgem a nossa frente a cada novo dia... E é bem nessa linha de pensamento e positividade que curti a leitura de "O presente inesperado", a primeira novela da série Spindle Cove. .

A protagonista desse fluido romance de época, a tímida e bonita Violet Winterbotton, encarna muito bem essa filosofia, ao meu ver. Ela sofreu uma dura decepção amorosa em silêncio, mas no decorrer da leitura podemos perceber que a confiança dela no que a vida tem a oferecer é muito maior do que qualquer falta de fé. .

A Srta. Winterbottom se auto descobriu e amadureceu graças a sua estadia nesse vilarejo do qual sou fã, mas estava para retornar à Londres e a seus deveres aristocráticos (frequentar bailes, encontrar um apropriado noivo, se casar e gerar herdeiros), por isso, aproveitava sua última noite em Spindle Cove, no baile de Natal. Como todos ali presentes, Violet foi logo surpreendida pela invasão no salão de um desconhecido bem misterioso que desabou aos seus pés. .

O sujeito falava uma língua estrangeira e usava trajes grosseiros, e ninguém conseguia entende-lo, salvo Violet claro. Hehe Por mais clichê que isso soe (e eu sei que é muito clichê, mas adoro mesmo assim), foi desenvolvido de uma forma muito gostosa de acompanhar. Achei muito interessante a ideia da autora em colocar nossa protagonista como poliglota. E fui surpreendida ao longo da narrativa por outros fatores que não posso destacar por motivos de spoiler.

No entanto, saibam que essa protagonista é um ser muito melhor do que eu. Kkkkkkk Talvez por encarnar tão bem a filosofia de "um dia após o outro", não sei, só sei que eu tenho um coração mais duro e talvez, só talvez, mais rancoroso. Hahahahah .

"A Decepção", a pessoa que quebrou o coração da nossa protagonista, ajudou-a a se transformar, mas ela não perdeu a essência crédula e romântica. Sua estadia em Spindle Cove a deixou mais ousada, corajosa e segura de si e foi muito legal ver todas as cenas em que ela provou isso. Já o protagonista masculino acrescenta pitadas de mistério e aventura a trama curta, mas ágil. Seria ele um contrabandista? Um fugitivo? Um espião das forças inimigas? Ou um sedutor de jovens de boa família? Tudo o que passamos a saber dele é pelo interrogatório de Violet e por suas atitudes de sedutor.

Enfim, eu gostei muito da história, mas acho que a Violet foi muito boazinha. Kkkkkkk Eu não agiria assim. Kkkkkk
comentários(0)comente



Adrya Ribeiro 04/03/2019

Estorinha bem mais ou menos. Um romance bem preguiçoso para a Diva da Tessa Dare.
comentários(0)comente



Jaque - Achei o Livro 28/02/2019

O presente inesperado é um conto entre o primeiro e segundo livro da série Spindle Cove.
Aqui vamos conhecer um pouco da estória da Violet, uma poliglota que foi para Spindle Cove depois de ser abandonada pelo homem que ela amava.
Quando na noite de natal surge um homem machucado que não fala a língua dos moradores, Violet fica encarregada de se comunicar com o estranho e ela logo vai descobrir de quem se trata.

Eu particularmente não curto estórias apressadas, porém tendo em vista que é um conto de pouco mais de 100 páginas, não poderia esperar muito com certeza. Tudo acontece muito rápido e se desenrola na mesma noite.
Só acho que não vale o preço cobrado do livro, pela quantidade de páginas deveria ser bem mais barato.
No mais, uma estorinha rápida pra ser ler numa tarde chuvosa é uma boa pedida!

site: http://acheiolivroperdiosono.blogspot.com/2019/02/o-presente-inesperado-tessa-dare.html
Cris Paiva 28/02/2019minha estante
Eu até pagaria o valor de 39,90 se eles publicassem os 3 contos como um livro só, pq esse valor pra um livrinho desses não compensa.


Jaque - Achei o Livro 28/02/2019minha estante
Exatamente!




Amanda Caldeira 27/02/2019

Que presente!
Aaaaaa como eu sinto saudades dessa série maravilhosa que é Spindle Cove (e qualquer outra) da Tessa Dare. Nesse breve conto, que acontece logo depois da história da Susannah e Bram, temos a doce Violet Winterbottom e Christian Pierce em um amor que vêm de uma amizade e ultrapassa as barreiras da guerra.
Violet sofreu uma desilusão há um ano atrás. Apaixonada por seu vizinho de infância e achando que ele também a amava, ela se entrega a ele e no dia seguinte recebe uma missiva com 26 palavras dizendo que ele ia embora para as Antíguas. Ela passa então a chamar esse episódio de "A decepção", ficou calada e se escondeu na famosa vila de Spindle Cove, onde se tornou a menina dos cantos, tímida, mas que todos adoravam.
Ela e Christian tinham uma brincadeira com idiomas (eles sempre foram ótimos nisso) e quando um estrangeiro estranho surge no meio do salão de baile na véspera de sua partida e Bram suspeita que é um espião francês, Violet não tem alternativa, além de tentar ajudar a traduzir o que o homem fala.
Mas qual a sua surpresa ao dar de cara com aqueles olhos castanhos. Não podia ser o Christian, esse homem falava bretão, teve o seu nariz quebrado em algum momento, aparenta ser um camponês, entretanto seu coração não para de disparar e esses olhos e cabelos são tudo o que ela consegue ver.
Agora ela precisa saber o que fazer: Ignorar esse homem que pode ser o inimigo ou tentar ajudá-lo por causa de um antigo amor. E não ajuda em nada o fato de ele ficar tentando beija-la o tempo todo.
Eu amei esse conto, apesar de achar muito breve, queria muito mais! Entretanto, foi maravilhoso rever Spindle Cove, seus personagens divertidos e conhecer Violet e Christian. Adoro romances mal esclarecidos que quando resolvidos são amores tão fortes que nada pode influir. Violet ficou mais forte e decidida após esclarecer os fatos do passado e Christian arriscou tudo para ter um vislumbre do seu grande amor. Sensacional! Infelizmente esgotei todos os livros da coleção, mas estou aqui torcendo pra Tessa ter mais idéias e escrever novos ^-^
comentários(0)comente



Sany 22/02/2019

Lindo!! Queria mais!
Temos aqui mais uma novela da Série Spindle Cove e, como nos livros anteriores, a autora Tessa Dare traz uma trama bem dinâmica, com muita ação e revelação, deixando o leitor preso até o final. Apesar de ser bem curtinho e eu ter devorado num par de horas, amei e achei os personagens incríveis!
Violet Winterbottom de início parece uma mocinha tímida e indefesa, que gosta de se manter nos cantos do salão. Mas aos poucos, revela a sua sagacidade e personalidade forte. Inteligente e observadora, ela domina seis línguas diferentes, e, após uma temporada, está em sua última noite em Spindle Cove, aproveitando o Baile de Natal.
Infelizmente, Violet teria que ir embora da Vila no dia seguinte, e voltar para a casa de sua família em Londres, onde estavam decididos a lhe arrumar um bom casamento na próxima Temporada. Ela não poderia estar mais desanimada com isso, principalmente por não ter superado ainda o que ela intitula de ?A decepção?, um acontecimento que guardava em total segredo e que mudou completamente a sua vida.
Ela estava no meio de uma conversa no Baile, quando de forma abrupta e repentina, um homem encharcado, ferido e sujo adentrou o recinto e, cambaleante, marchou em sua direção, desabando aos seus pés, deixando todos chocados e os oficiais em alerta.
Quem seria aquele homem misterioso? Ele falava coisas incoerentes, numa língua estrangeira não identificada e era lindo, apesar do sangue e da sujeira.
Tendo em vista o seu talento em falar diversas línguas, pediram a Violet que ela tentasse entender o que o homem falava, para descobrir se ele representava algum perigo e quais eram os seus segredos. Ela tem, então, até o raiar do dia para obter as respostas, mas o seu prisioneiro parece ter ideia bem diferentes da dela e confessar não está em seus planos.
Então, acompanhamos os personagens em uma noite inusitada e cercada de revelações, com muita ação, fuga e uma paixão arrebatadora.
É fantástico e eu amei! Super indico!
"Violet. Eu atravessaria o mundo por você."
comentários(0)comente



Talita 22/02/2019

Uma pequena xícara de amor para esquentar o inverno do natal
"- Um encontro? Com quem ?
Ele deslizou um olhar penetrante pelo corpo dela.
-Com um anjo, ao que parece.
Ele estalou a língua .
- Mais brincadeiras.
- Não estou brincando. Estou aqui por sua causa.
- Se não é brincadeira, é apenas uma grande mentira.
[...] - Estou aqui por você, mon ange, Violet. Eu atravessaria o mundo por você."

Violet é do tipo tímida, fica sempre nos cantos dos salões, se escondendo da vista das pessoas, até que decide ir para Spidle Cove, um lugar para as mulheres se refugiarem por um tempo, até se encontrarem novamente. Até que nas vésperas de natal, um dia antes de partir, Violet sê vê de frente a um homem que fala uma língua diferente, e que se parece tanto com o que ela chama de A decepção.
O que de fato ocorre é que ele realmente é o que ela pensa, e o breve mais incrível romance que ocorreu entre eles no passado pode ser a causa de suas futuras decisões. Violet é na minha opinião uma daquelas mulheres que são mais fortes do que imagina, e seu tempo em Spidle Cove trouxe-lhe a identidade de volta.
O livro mesmo contendo poucas páginas, dá a pequena sensação de finalização de um romance, mesmo sendo tão curto, o mocinho é um pouco imprevisível mais bem divertido e espontâneo, e Violet é tímida quando tem que ser, e ousada nas horas mais repentinas, o que tornou o livro divertido.
É um lindo romance para quem busca um pouco de açúcar na vida. ;)
comentários(0)comente



Regiane.Braga 19/02/2019

Marron
Tava curiosa para saber sobre a Violet mais esse mocinho também é sem noção..
comentários(0)comente



18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2