O Livro de Jô

O Livro de Jô Jô Soares




Resenhas - O livro de Jô - Volume 2


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Josana.Baltazar 02/09/2020

Acho o Jo fascinante, múltiplo e muito inteligente, mas como biografia - sei la- gostei de ler os fatos narrados que muitos , assisti ou ouvi, mas me parece faltar um pouco dele.
comentários(0)comente



Marília 16/04/2020

Muito boa essa continuação
comentários(0)comente



jedsonic 29/02/2020

Simplesmente SEN SA CIO NAL o livro é divertido e nos diz muito da tragetoria desse gordo maravilhoso que é Jô Soares.
comentários(0)comente



@uaitolendo 18/02/2020

MARAVILHOSO!! Assim como o primeiro, o livro é foda!! Sou suspeita,neh. Sou fã desse cara e agora minha admiracao por esse show man so aumentou. Artista talentoso, ser humano incrivel e um intelctual magestoso. Tambem li esse ouvindo a voz inconfundivel do Jo. Como o primeiro foi uma senhora aula de Historica. Ai, sem palavras!! So aconselho a lerem essa maravilha. Foi fantastico!!
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 10/01/2020

Em seu aguardado livro de memórias (desautorizadas!), Jô Soares ilumina os bastidores da própria vida com humor e inteligência irresistíveis. Com verve mais afiada do que nunca, Jô Soares compartilha sua trajetória de astro midiático num livro de memórias escrito para fazer rir, chorar e, sobretudo, não esquecer. O primeiro volume resgata fatos, lugares e pessoas marcantes da juventude de Jô e reconstitui seus primeiros passos no mundo dos espetáculos, nas décadas de 1950 e 1960. Entre a infância dourada no Copacabana Palace e a dura conquista do estrelato, acompanhamos o autor do nascimento aos trinta anos. Os antecedentes familiares, a meninice privilegiada nos palácios da elite carioca, a mudança para um internato na Suíça, os marcos da formação cultural do futuro showman na adolescência, a paixão pelo jazz, a estreia modesta em pontas no cinema e na televisão, o primeiro casamento e, finalmente, a conquista do sucesso numa São Paulo fervilhante: tudo que você sempre quis saber sobre Jô, ele mesmo conta, com o talento narrativo do romancista de O Xangô de Baker Street e O homem que matou Getúlio Vargas.

Empreste esse livro na biblioteca pública.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788535931754
comentários(0)comente



Vladia 30/07/2019

O livro de Jô- Um autobiografia desautorizada- Volume 2 ( Jô Soares & Matinas Suzuki Jr.) 🌟🌟🌟🌟🌟
Com uma vida como a dele, tantas histórias não caberiam só em um livro. Nesse volume, Jô continua contando sua trajetória na TV (Globo e SBT), teatro. Como foi fazer tv, teatro e humor no tempo da ditadura (sim, existiu!!!). Falou do filho e do segundo casamento. Aumentou minha admiração por esse profissional e artista inteligentíssimo e versátil!!! Quem dera eu conseguir um dia ter, pelo menos, metade da cultura dele!!! Beijo pro Gordo!!!! #jôsoares #olivrodejô #umabiografiadesautorizada #companhia das letras
.
. " O pior adultério é o da viúva que se casa novamente, porque trair um morto não tem perdão, assim na terra como no céu." (Nelson Rodrigues)
.
." Como nâo há nada a aprender com isso? Eu aprendo todo dia. Saio na rua e sempre trago uma lição nova para casa. Descubro alguma coisa nova com as pessoas na rua, com o chofer de táxi, com o rapaz do cafezinho na padaria. Continuo lendo, pesquisando e procurando me atualizar em tudo. Não existe mais nenhuma atividade humana em que se possa progredir sem um aprendizado permanente".
.
. " Eu sou o conjunto dessas pessoas- e felizmente sou gordo o bastante pra que todas caibam no meu corpinho".
comentários(0)comente



Wagner 03/06/2019

ESCOLHER É PERDER.

(...) Uma vez, fui com meu filho a uma livraria e ele pegou doze livros para levar. Reclamei:
- Rafa, pra que levar tantos livros, é muito. Escolha a metade.
- Então eu não vou levar nenhum.
Achei que ele estava fazendo birra e retruquei:
- Rafa não pode ser assim, ou uma dúzia ou nada. Vamos escolha seis livros.
- Não, eu não vou escolher.
- Por quê?
- Porque escolher é perder. (...)

in: SOARES, Jô.O livro de Jô. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. pg. 283.

comentários(0)comente



Eduardo 05/01/2019

Este livro - O Livro de Jô - Volume 2 - foi presente de Natal de meu filho. Impossível não resistir a lê-lo ávidamente. Para quem gosta de cinema, teatro, cultura e artes é leitura muito importante, não se esquecendo de que a leitura do primeiro volume é imprescindível.
comentários(0)comente



Edson Camara 18/12/2018

É como ter o Jô contando sua vida ao seu lado, dá para ouvir sua voz e seu estilo.
Aguardei um ano pelos segundo volume da biografia desautorizada do Jô, valeu a pena.
Em minha opinião, Jô Soares é o artista mais completo do Brasil contemporâneo, e talvez de todos os tempos, seja lá o que você imaginar, o Jô já fez. Há no livro um inventario completo feito por ele mesmo de todas os trabalhos criativos, de participação e direção que ele fez na vida, incluindo livros, música, produções, filmes, shows, televisão etc. É simplesmente impressionante o volume de trabalhos que o Jô produz até o momento na vida.
O livro do Jô aborda não só a sua vida, mas também de eventos e pessoas que circularam em sua vida durante os eventos relatados, há muita história do Brasil, em seus momentos difíceis da política e economia e relatos fantásticos de pessoas maravilhosas que conviveram com o Jô.
Li livro em poucas horas, porque é uma leitura gostosa e fluida, é como ter o Jô contando sua vida ao seu lado, dá para ouvir sua voz e seu estilo.
Acho que a vida do Jô renderia mais um volume, no mínimo, mas pela despedida do livro acho que não vai ter, de qualquer forma, foi um excelente presente de final de ano.
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9