O Segredo de Emma Corrigan

O Segredo de Emma Corrigan Sophie Kinsella




Resenhas - O Segredo de Emma Corrigan


391 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Andrea 21/12/2009

Outra personagem que sou eu!
Quando "li" o livro pela primeira vez, não entendia/aceitava essa coisa da Emma [querer] falar tanto, mas hoje compreendo perfeitamente. É uma tentação muito grande contar seus segredos, ainda mais em situações de grande estresse.

Agora, o pior é o que acontece quando pessoas [que não deveriam] ficam sabendo deles... Sofri muito com Emma durante toda a história, imaginando a vergonha total dessa garota. E pensando, "nossa, podia ser eu ali!". E sem falar na prima má que dava vontade de esganar! Quantas pessoas falsas daquele jeito não conhecemos?


Recomeeendo muito esse livro, é super engraçado e se você for meio loser, pode até se identificar com a personagem! E ficar torcendo pra um Jack aparecer na sua vida. E ele nem precisa ser multimilionário! (Mas se for, tá valendo.)
Ana Lidia 22/12/2009minha estante
Adorei sua resenha...me instigou a ler...vou procurar logo!


Janaína Costa 09/02/2013minha estante
Exatamente! É um livro tão real que chega a ser surpreendente, né? Emma é um tanto como nós, que está sempre tentando levar a vida de forma positiva, mas à espera de algo que venha a mudá-la para sempre!!! Amei! Fora que ela é neurótica como quase todas nós somos! :)


Berta Lucia 25/07/2018minha estante
Uauu! Embarcando nessa leitura, espero que seja tudo isso mesmo gente!




Flavia Souza 05/08/2012

O Segredo de Emma Corrigan - Sophie Kinsella
Emma começa o livro como uma assistente de marketing que não sabe como se comportar no 'mundo corporativo'.

Durante uma viajem, o aviao passa por uma turbulencia e 'começa a pular', Emma por sua vez conta todos os seus segredos a um completo estranho acreditando que não o veria mais... o problema é que ela descobre que ele é o fundador da Corporação Panther, que é onde ela trabalha.

A partir dai se desenrola uma história muito engraçada.
Varias cenas merecem destaque mas o do elevador... "Você é o Ken?",e a de quando a prima da Emma diz que conhece o chefao da Corporação Panther no piquenique, são as melhores.

Pra mim, o unico problema é que a resolução da questão da Emma e do segredo do Jack se deu rapido demais, pra mim deu a sensação de ter sido um pouco jogado, mas enfim...

O livro é muito legal, e não tem como não rir lendo ele! Eu definitivamente recomendo.
comentários(0)comente



Bruna 28/07/2009

Muito Bom!!!
Sabe aquele tipo de livro que vc não quer que acabe. Aquele que vc se pergunta:" Ué não tem continuação por que?" Assim é "o segredo de Emma Currigan" ou como eu e minhas amigas chamamos simplesmente "emminha". Um livro maravilhoso que distrai, faz rir mtooo, e principalmente com personagens que bem podiam ser seus vizinhos, amigos,irmãos... a coisa toda é bem real (na medida do possível), fiquei um pco decepcionada com o final.. não que ele não seja bommm, longe disso, mais eu enxergava mais potencial... enfim mesmo assim dou 5 estrelas pelo começo incrivel, quem já passou por uma turbulencia pode ate rir com a emma (agora é claro, pq na hora vc só pensa: Jesusss )

Mtas vezes ele me lembrou a bridget jones, aquele tipico humor cotidiano.

Enfim super mega recomendado, entra pro rol dos meus favoritos.
Jeanne 26/01/2010minha estante
Esse é um livro que nao merece apresentaçao.Merece aplausos e assobios...Amooo ! Adorei seu comentario..


Ana Lívia 08/10/2013minha estante
Estou lendo e não quero que acabee! ://
Podia ter continuação ;~




Flávia 27/02/2013

Nunca fale com estranhos
Mais um livro muito divertido dessa autora. Finalmente uma autora de chick lit que desperta meu interesse. Nesse, vamos conhecer a Emma, uma assistente de Marketing, que como qualquer ser humano (bem, ela tem um pouco mais) tem os seus segredos. Segredos bobos, intimidades, e alguns um pouco mais sérios, que envolvem algumas mentiras no relacionamento ou no seu gosto pessoal. Em meio a uma viagem de avião turbulenta, ela vai acabar contando os segredos sem querer, no calor da emoção para uma pessoa do assento ao lado.

Novamente dei boas risadas, e sorrisos de canto de boca. E achei muito pouco previsível, mesmo sendo um chick lit. A Emma não me lembrou as outras duas personagens que eu já li dessa autora, o que achei ótimo! E a forma como ela age ou pensa é plausível e de fácil identificação. As amigas de apartamento são algo a parte: Lissy e suas paranóias e QI muito alto; Jenina, a excêntrica (porque rico é excêntrico, pobre que é louco) consumista, com opiniões bastante deturpadas acerca de homens. Tive certa pena de Connor, afinal, ele era um namorado dedicado.

Narrado em primeira pessoa pela Emma. Livro leve, voltado para o público feminino. Porque os homens não entenderiam os “segredos”. Como li em ebook, não posso opinar sobre a parte física, mas a capa achei sem graça. Aliás, as últimas capas da Sophie Kinsella me pareceram pouco criativas.

Moral da história (que é batida, mas concordo muito): querer vender uma imagem diferente de quem você é, só torna tudo muito mais cansativo.

“... ele ficava dizendo: como foi, como foi? E no fim eu simplesmente inventei qualquer coisa, disse que foi absolutamente incrível, que pareceu que meu corpo inteiro estava se abrindo como uma flor, e ele perguntando que tipo de flor, e eu disse uma begônia...”

DL 2013 (http://desafioliterariobyrg.blogspot.com.br/) - FEVEREIRO lIVROS QUE NOS FAÇAM RIR


Jacy Coelho 28/02/2013minha estante
Não sou uma leitora de chick lit...mas gostei das suas resenhas da autora...talvez seja um bom começo pra eu me aventurar.


Flávia 28/02/2013minha estante
Jacy, eu também detestava chick lit, mas achei o humor dessa autora mais inteligente.
Beijos


Nedina 02/03/2013minha estante
como eu gosto da autora sua resenha so me deixa mais animada ^^


Flávia 02/03/2013minha estante
Nedina, cê ainda não leu esse? Eu achei mais divertido que Os delírios de consumo de Becky Bloom. Acho que por ser um pouco mais próximo da realidade. Beijos


Li 03/03/2013minha estante
Menina, nunca li nada de Sophie... Não sou uma graande leitora de chick lit, mas esta autora é tão comentada que faz até vergonha! rsrs
Vou anotar a dica! ^^


Flávia 03/03/2013minha estante
Acho que essa autora vale a pena!
Beijos


Ana Luíza 18/01/2014minha estante
Aii, também fiquei com peninha do Connor!!


Flávia 18/01/2014minha estante
Não é, Ana? Rsrsr




Taisa 06/09/2015

3,5
Chick-lits, problema sério com esse gênero. Me faz pensar que não tenho do que reclamar da imaturidade das protagonistas dos YAs, pois na verdade elas estão nessa fase de tomar decisões prematuras, ou então inseguras em sair da sua zona de conforto. Mas me sinto um pouco incomodada quando vejo uma mulher com seus quase 30 anos (ou já 30 e poucos) que não consegue tomar uma única decisão que não seja com o propósito de caçar um homem. A Emma foi um pouco além, ela tinha um propósito de subir na carreira mas o que fazia o dia todo era ....... nada.

Emma Corrigan teve sua primeira grande oportunidade: fechar um contrato com um cliente em outra cidade. Mas o que já estava praticamente garantido e seria o pontapé para sua tão sonhada promoção se torna um encontro terrível em que Emma mete os pés pelas mãos e acaba arruinando qualquer possibilidade de um negócio promissor.

Na viagem de volta de avião ela passa por um turbulência assustadora, e ela que já tinha fobia entra em pânico e começa a contar toda sua vida, inclusive seus segredos mais bizarros e obscuros para o homem do assento ao lado. O que ela não esperava era que o destino cruzaria a vida desses dois da pior forma possível.

Me senti assistindo um desses milhões de comédias românticas em que você já sabe o que vai acontecer desde o primeiro capítulo, e foi isso que aconteceu, nada me surpreendeu, tiveram momentos bem pastelões e surreais, outros em que dei risada e outros em que suspirei.

Adorei Jack, ele foi o motivo de me apegar ao livro. Ele é doce, inteligente e misterioso. A Emma me irritou muito, além de imatura ela é extremamente preguiçosa e não toma nenhuma atitude relevante em relação a sua carreira, só o que ela sabe é reclamar como se todo mundo se desse bem e só ela que não. Achei os personagens secundários mais engraçados do que ela, apesar deles serem super caricatos me divertiram muito mais.

Nunca tinha lido nada da Sophie, acho que esse gênero realmente não é para mim mas entendo o porquê dela ter rios de fãs por onde passa. A escrita é fluída, simples e bem humorada. Acredito que lerei outras coisas dela para poder ter uma opinião mais consistente, mas devo dizer que gostaria de ser um tiquinho surpreendida e mulheres mais auto suficientes. A feminista dentro de mim se remexeu violentamente em diversos pontos da narrativa.

Por outro lado a autora foi tão inteligente que ela usou um tema em que algum momento você vai se identificar com a protagonista: segredos. Sejam eles pequenos ou grandes todo mundo tem. Em vários momentos você acaba se lembrando de alguma coisa que fez, que não contou, que omitiu e por ai vai. Por mais que eu não tenha gostado muito da Emma, tiveram partes que me senti ela sim, e isso de certa forma faz você criar um vínculo mesmo que pequeno com o livro.

Eu indicaria sim, apesar de ter dado a impressão que não gostei, ele teve seus momentos, talvez seja apenas que esse gênero não seja compatível com minha personalidade, sei lá se isso existe ou é só uma desculpa, mas tenho preferências por personagens mais determinadas. Mas por outro lado a escrita é leve e é uma opção fácil e despretensiosa de passar o tempo.


site: leiturasdataisa.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Yasmin 03/11/2015

Decepção! Não chega nem perto de ser o que dizem
Não sei se foi por ter criado muitas expetativas, mas a questão é que O Segredo de Emma Corrigan foi uma completa decepção. Sempre ouvi as pessoas dizendo o quanto esse livro era engraçado e incrível, mas não foi bem isso que eu achei. A premissa é muito boa, porém a execução da ideia foi péssima.
A história já começa deixando bem claro o tanto que Emma é despreocupada e desastrada, o que seria engraçado se não fosse forçado. Forçado. Essa é uma palavra boa para definir o livro de uma maneira geral. O que várias pessoas consideraram engraçado, eu achei extremamente forçado e previsível, e foram raríssimos os momentos que tiveram alguma graça.
A Emma tem uma vontade enorme de ser promovida no seu trabalho, mas não porque é algo que ela realmente queira, mas sim para impressionar a família, amigos e colegas de trabalho. Além do motivo ser fútil, ela não se esforça para conseguir a tão desejada promoção, passa o dia sem fazer nada e ainda acha ruim quando não é promovida. Vai entender, né?
Leia o resto da resenha:

site: http://umparagrafoamais.blogspot.com.br/2015/11/resenha-o-segredo-de-emma-corrigan.html
comentários(0)comente



Keith 11/09/2015

Começou bem, mas tem tantas, mas tantas situações forçadas que muitas vezes me vi fazendo careta pro livro. A Sophie tem uma mãozinha pra forçar uma barra, mas perdeu a noção neste. Até 70% do livro pensei nele como regular, mas nossa, que final foi esse?
Frustração define.
Até a capa é horrível.
comentários(0)comente



Aline 04/07/2015

Fui com muitas expectativas....
Janela Literária apresenta a resenha de "O segredo de Emma Corrigan" da ousada Sophie Kinsella:

Só li um livro da Sophie Kinsella na minha vida e mesmo assim, ele me marcou fortemente: "Fiquei com seu número" é um marco do chick-lit, não só por ser ousado e delicioso, mas por ser o roteiro do melhor filme de comédia romântica que você um dia assistiria, por isso, eu estava muito ansiosa para ler "O segredo de Emma Corrigan". Tinha recebido alguns comentários e indicações preciosas deste livro e já imaginava que viria risadas e mais risadas com essa leitura.O mais triste de tudo é que eu esperava muito mais do que eu li.

O começo da história é realmente engraçado: Emma Corrigan é uma garota comum que procura um lugar ao sol na vida profissional mas que dificilmente consegue algo de bom, então em um dia fatídico, ela está no meio de uma turbulência em um vôo intenso e achando que iria morrer, simplesmente despeja todos os seus piores segredos para o estranho do lado. Mas o avião pousa tranquilamente e ela ainda descobre que aquele estranho é o presidente da empresa que ela trabalha! Caótico né?! Faz você querer se afundar na história como se não houvesse o amanhã.

Vejam que sinopse maravilhosa! Chama a atenção de qualquer um e sim, o começo da leitura é simplesmente maravilhoso! Você ri demais das maluquices de Emma e as revelações dos podres dela é realmente um primor! Quando ela encontra o Jack (o estranho do avião), você ri muito das situações constrangedoras que ele faz ela passar. O problema é que a história se perde um pouco antes da metade do livro e passa a ser uma comédia romântica normal e clichê. Os segredos de Emma passam a ser pano de fundo e temos aqui situações previsíveis românticas de qualquer casal. A impressão que dá é que após as revelações dos segredos, não há mais história, tudo acabou e foi necessário criar algo comum para o livro não ficar tão curto. Jack é um cara normal, não tem nada de diferente e não te conquista como protagonista. Emma é o forte da história, mas se perde um pouco na personalidade ao começar a se entregar a uma paixão louca sem ao menos ter algumas justificativas interessantes para isso. Fiquei até com pena do Connor, o namorado dela.

A história se estende desta forma clichê quase até o final, quando algo um pouco surpreendente acontece, balançando um pouco o roteiro, mas nada que te fascine ou algo do tipo. O final é até bonitinho e criativo, mas nada também que te marque ou que te faça ter este livro como cabeceira. Fiquei realmente chateada com isso, pois, eu achava totalmente que ele seria bom ou melhor que o tão aclamado "Fiquei com seu número". Acho que nada na vida é perfeito, muito menos os livros. Ir com muita expectativa para uma leitura é algo realmente perigoso.
Franciele 29/08/2015minha estante
Tua resenha está exatamente como me senti após ler esse livro. Vejo muita gente falando muito e muito bem dele, agarrei ele com todas expectativas mas ao acabar me decepcionei, na verdade a história se arrastou demais, achei os personagens pouco aprofundados, nada demais acontece na história toda, como tu disse o final é bonitinho mas nada surpreendente demais em que consiga salvar o resto.
Ótima resenha, pelo visto não foi somente eu que me senti assim! Quero muito ler "Fiquei como seu número" mas após essa leitura me sinto um pouco receosa, talvez mais pra frente eu volte a dar mais uma chance a Sophie! :D


Aline 09/09/2015minha estante
Pois é Fran, ás vezes expectativas acabam com a graça de tudo, porém, "Fiquei com seu Número" pelo menos pra mim foi uma obra muito boa e primorosa, bem diferente dessa. Não que esse livro seja pior que muitos chick-lits que tem por aí, mas não foi tudo isso que prometia.




Dafny Cristina 03/09/2016

Um martírio!
É indiscutível que a palavra expectativa é uma das que acompanham qualquer leitor.
Expectativa para ler a história de uma vez por todas e acabar com uma agonia que toma conta de seu ser. Expectativa para ser surpreendido(a), expectativa para terminar o livro. Só expectativas.

Embalada pelo primeiro que li da autora, "Fiquei com o seu número", nunca iria imaginar na minha vida que sentiria arrependimento por ter começado um livro de Sophie Kinsella. Até porque tudo o que ouvia ou lia sobre ela era aclamado. Mas "O segredo de Emma Corrigan" acabou comigo na metade do "caminho".

Amo personagens atrapalhadas e não vou ser hipócrita comigo mesma ao digitar que não ri. Eu ri demais com Emma e seus micos. Mas chegou um momento em que as risadas deram lugar ao desespero, porque eu já não estava mais aguentando a sua chatice de ser e a infantilidade extremamente irritante. Depois percebi que as revelações, antes SUPERULTRAHIPERMEGAPOWER SECRETAS,BOMBÁSTICAS, feitas ao "misterioso" homem da poltrona ao lado- não tão misterioso assim, porque a sinopse tratou de soltar um spoiler horrendo sobre esse homem ser o presidente da corporação - eram ridículas e fúteis. Principalmente, depois do modo desses segredos irem à tona.

*****SPOILER*****Outra coisa: entendo o quanto Emma não era sincera com as pessoas para justamente não magoá-las. Entendo mesmo. Mas o que até agora não compreendo é que se ela não gostava de Connor (por ser justamente PERFEITO), por que fingia e mentia para ele? O cara gostava pra valer dela. Simplesmente patético.
Pouco mais da metade do livro, já não suportando mais Emma, tive que lidar com o começo de um romance sem graça e forçado (previsível, besta, argh!) entre ela e Jack. Que homem insípido também! Tive esperanças de que ele fosse salvar a minha leitura. ************

Então não aguentei e foi inevitável não procurar algumas resenhas e spoilers para ver se o livro ia continuar no lenga-lenga. E continuou. Maçante e previsível (mais uma vez), por sinal. Pulei umas páginas para desvendar algumas curiosidades e fiquei agradecida por não ter terminado. Triste, confesso. Não abandono livro de jeito nenhum. Mas com "O segredo de Emma Corrigan" foi preciso.
Victoria (Vic) 02/02/2017minha estante
exato!!




Dani.Peghim 29/07/2016

Sem entender
Não entendi porque esse livro tem 4.3 de nota, achei extremamente bobo, achei Emma chata, Jack irreal e tudo sem sentido. No fim o que era para ser um livro engraçado, alegre, foi só bobo. Para mim não funcionou.
comentários(0)comente



*Rô Bernas 09/03/2011

Pefeito é pouco!
Fui fisgada desde a primeira página. Comecei a ler às 16h e entre algumas paradas, acabei por volta de 1h da madruga...ou seja, li em menos de 9h. Este é um daqueles livros que vc sai indicando a todo mundo de tão gostoso que é.

A história é divertida e bem elaborada. Risadas garantidas com as atrapalhações e os segredos de Emma, sem falar em Jack que usa isso da melhor maneira possível...cada capítulo é diversão garantida. Eu sempre tentava parar, mas ficava curiosa pra saber o que ia acontecer depois e com isso ia lendo, lendo, lendo....

Queria mais....:/
comentários(0)comente



Aline Maziero 27/07/2009

Os segredos (ou a falta deles) de Emma fazem deste livro a coisa mais fofa que eu já li. Porque a Emma émuito verdadeira. E trapalhona. E apaixonada....:) Perfeito!
comentários(0)comente



Marcia 15/09/2015

Com toda a sinceridade, detestei
Este é o segundo livro que leio da SK. O primeiro foi Fiquei com seu Número, que amei. Na resenha, escrevi que demorei a ler esta autora porque tinha medo que me lembrasse a Bridget Jones.
Estou contando isso porque foi justamente o que aconteceu com o Segredo de Emma Carrigan. Se eu tivesse começado por ele, não leria nenhum outro.
A Emma é o tipo de garota patética, que só fala bobagem e faz tudo errado, sabe? Até começar a contar a vida para um estranho no avião, ok, mas daí a contar que tipo de calcinha usa, que queria ter peitos maiores e ficou procurando o ponto G com o namorado, desnecessário e bobo demais.
E ela segue neste ritmo por todo o livro. Por isso achei decepcionante e chato.
Lari Binhara 28/10/2015minha estante
Eu tb detestei esse livro!! Achei chato D+! Fiquei com o seu número é infinitamente melhor! Parece que foi outra autora que escreveu esse!




Vera 25/04/2014

Não recomendo, me desculpe Sophie, mas não engoli essa história. Extremamente machista colocar a personagem do nada se apaixonando por um multimilionário. Fora que ele faz cada merda, e mesmo assim ela permanece apaixonada pelo cara rico, faça o favor... Francamente, uma história super clichê e sem grandes surpresas.
Aline 05/05/2014minha estante
Uma Pessoa que eu concordo,finalmente. Me arrastei para continuar a ler esse livro. Muito fraquinho.


Jessie 21/09/2014minha estante
Estou com vocês, meninas. Foi difícil engolir esse livro, principalmente com personagens tão dispensáveis.




Márcia 03/03/2012

Não existe autora chick lit melhor que Sophie Kinsella. E ponto final.
Esse livro é tão completamente entusiasmante, divertido e bem escrito que conseguiu me arrancar gargalhadas numa fila imensa de dia inteiro. Tenho certeza que me ver com esse livro rosa segurando altas gargalhadas numa fila de salão de beleza foi impagável para as outras clientes.

A Emma é incrível de engraçada. Uma "menina comum", doce, um tanto enrolada e insegura, mas muito esperta e que, ao afinal das contas, sempre consegue defender-se e levantar a cabeça.

O enredo, como sempre, criativo, divertidíssimo e super bem conduzido, daquele jeito gostoso que só a Sophie faz ;). E quando acabou, acabou com aquele gostinho de "NÃO! QUERO MAIS!", de "SÓ ISSO? TÁ BRINCANDO, NÉ? EU PODERIA LER ESSE LIVRO PRA SEMPRE SE VOCÊ ESCREVESSE. VOLTE AQUI!!".

O que adoro nas tramas da Sophie é que mesmo que possam ser previsíveis sempre fica aquela pulguinha atrás da minha orelha: "Aii, será que é isso mesmo?". Ela consegue me envolver, me ganha completamente. Chorei com Emma, sorri com ela e me apaixonei.

Aquele velho conselho: leia com olhos vendados. Mente aberta e limpa. Li o livro lembrando brevemente da sinopse e consegui mais uma pitada de emoção a cada reviravolta e surpresa.

Minha inspiração do dia-a-dia de como seguir em frente, com irreverência, feminilidade e carisma.
Obrigada por mais um dia maravilhoso, Sophie.
comentários(0)comente



391 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |