Todas as cores do céu

Todas as cores do céu Amita Trasi




Resenhas - Todas as cores do céu


56 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


day 20/07/2019

um dos mais lindos que li esse ano.
" Meninas de castas inferiores de até oito são casadas com deusa em uma cerimônia de consagração.Nesta minúscula aldeia do sul da índia ,também somos chamadas de devadasis- servas da Deusa.

Mukta é uma criança que nem imagina o destino que tem reservado para ela... filha de uma devadasi ( uma prostituta que seguem uma tradição de castas ,das mais cruéis )

Não sabe o que a vida a reserva.

A mãe de Mukta não concorda com esse destino para a filha e sempre pensa como ela fará para a sua filha não ser forçada assim como ela foi a entrar nessa vida.

Infelizmente na índia as coisas são muito duras e a vida de Mukta muda totalmente...

Esse livro me fez chorar em muitos capítulos ,sentia cada dor da pequena Mukta.

Me fez pensar que mesmo as personagens serem obra de ficção ,quantas Muktas não existem na Índia ainda hoje?

Desde a primeira página esse livro ganhou meu coração e meu amor.

Um livro sobre a dureza da vida sobre o olhar das castas,sobre sofrimento,sobre rejeição...

Mas,também sobre esperança e novos começos ...



" Acho que nossa vida é como o céu-Amma suspirou ainda olhando para cim.- As vezes ,mukta ,quando você olhar para o céu,ele vai estar escuro. Você não vai saber em quem confiar.Vai se perguntar se alguma pessoa conseguirá tirar você da escuridão.Mas,acredite em mim,algum dia o nosso céu vai brilhar de novo.E vai a aparência e o cheiro de esperança.Não quero que se esqueça disso.Quero que tenha esperança e,não desista."



Um livro que fala a sua a alma... que nos mostra que podemos ser bons de novo.

site: http://escreverdayse.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Conça 05/07/2019

Impressões, opniões e sentimentos:
Não queria fazer essa nota enquanto estava emocionada com a leitura, esperei a ressaca passar e mesmo assim nada mudou, o tempo parou despertando-me vários tipos de sentimentos e emoções que não consigo descrever.
Chorava em cada capítulo, um livro de uma história comovente que me deixava aflita, sem esperança e me segurava presa no trecho do livro: ?A esperança é como um pássaro. Quer se manter em movimento, por mais que se tente aprisioná-la.?
Costumo dizer, que cada livro deixa um aprendizado, que viajamos até o destino da história, mais não imaginei que eu fosse transportada para Índia, sofrer e passar por tudo que Mukta viveu.
De fato, os livros são importantes para expandir nosso conhecimento, tive a oportunidade de perceber quanta angústia para encontrar um ente desaparecido, quanto desequilíbrio um ser humano é capaz de trazer consigo após um trauma, quanto desigualdade social, quanta corrupção, quanto descaso das autoridades...
A narrativa de uma linguagem simples, dividido os capítulos entra Tara e Mukta facilitou para percebemos o abissal sofrido por ambas. O livro é tão forte e marcante que não queria terminar de ler, e simplesmente ficar triste e estremecida por vidas existentes assim, precisava encarar e entender que isso era uma anormalidade, e não uma notícia corriqueira dos jornais televisivos ou uma ficção.
O meu maior desejo é que através dessa história desumana ela venha reverberar para que isso não se perpetue.
Era uma história real!
comentários(0)comente



Harry.Kitzinger 04/07/2019

Um dos melhores livros que já li. Fiquei muito envolvido na história da Mukta, chorei horrores com o final de tudo. A história lembra um pouco também o livro A Cidade do Sol, de Khaled Hosseini.
comentários(0)comente



louiseatthie 03/07/2019

Incrível
Estou completamente impactada com esse livro. Terminei há 2 dias e não consigo parar de pensar na história. Até tentei começar um novo livro, mas continuo pensando nessa história.
Primeiramente é incrível ver a realidade de outro país e uma cultura completamente diferente da nossa. A autora vai criando todo o ambiente de uma forma que quando você vai ver já está completamente envolvido. Os personagens são completamente reais e você consegue sentir raiva deles, compaixão por eles...
Um outro ponto crucial é a forma como um assunto tão difícil é abordado. A autora traz o tema do tráfico de mulheres e prostituição infantil de uma forma muito verdadeira e responsável. É um tema pesado e que, por conta disso, tive que parar a leitura algumas vezes pra conseguir absorver bem aquilo.
A autora conseguiu me fazer refletir muito sobre família, sobre amizades e sobre nunca desistir de quem amamos. A história me prendeu demais e toda vez que pegava o livro achando que leria 2 capítulos, eu lia o triplo. Conseguiu me cativar demais, tornando-se um dos meus favoritos da vida!
comentários(0)comente



Laís 22/06/2019

Um dos melhores que já li , desde a primeira página o livro já te envolve de uma maneira que você não consegue parar de ler. É um misto se sentimentos, você se apaixona pela personagem Mukta, tem compaixão pela sua trajetória e por todos os desafios que ela é obrigada a passar por simplesmente nascer em uma sociedade onde as mulheres ?pobres? são obrigadas a serem prostitutas, você sente à tristeza da personagem e fica com raiva de alguns..., é sensacional, eu sou assinante do clube TAG onde eu conheci o livro , indico esse livro para exatamente TODAS as pessoas que conheço, vocês não podem deixar de ler esse livro !
comentários(0)comente



juliabarros 10/06/2019

03 motivos porque “Todas as cores do céu” foi uma bela surpresa literária:
1 - Antes de ler, vi que a nota no aplicativo da Tag estava bem alta (4.8/5) mas mesmo assim fui com cautela. Entendi rápido que ali encontraria um choque de realidade: a história se passa na Índia, país que pouco sei sobre. Assim, a leitura foi interessante por me levar pra dentro dessa cultura de castas onde a desigualdade social é imensa e ainda existem mulheres que são obrigadas a se prostituir por motivos religiosos (sim!). É um livro triste e emocionante (eu chorei algumas vezes durante a leitura), daqueles que dá uma sensação ruim por estar vivendo num mundo onde isso não é apenas ficção.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
2 - A narrativa é em primeira pessoa e quem nos conta a história são as duas personagens principais, Tara e Mukta. Mulheres indianas em realidades diferentes e fortes à sua maneira própria. As histórias se sobrepõem em certos momentos mas isso não deixa o livro repetitivo. Como toda história contada da perspectiva do protagonista, a gente tem apenas uma versão do que ocorreu. No livro de Amita Trasi isso ocorre deixando-o mais pessoal, visceral e profundo. Entramos dentro da cabeça de Tara e Mukta e podemos apenas imaginar o que elas sentem ao longo de suas vidas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
3 - Até as últimas páginas você não sabe qual vai ser o desfecho do livro. Eu até imaginei algo e ainda assim apreciei cada página de maneira absurda. Li o livro em menos de dois dias. A história te prende, te envolve, faz uso de fatos reais, os personagens tem características críveis e poderia ser uma história real, infelizmente. O que eu mais gosto de ser assinante da Tag Inéditos é que os livros enviados me fazem sair da minha zona de conforto literário. Mas mais do que isso, esse livro possivelmente vai se tornar um dos melhores de 2019 (já!)! Recomendo fortemente para aquelas pessoas que gostam de se teletransportar usando a literatura.
comentários(0)comente



Fabiano.Teixeira 07/06/2019

Sinopse
Aos 10 anos, Mukta é forçada a seguir um ritual de sua casta, que essencialmente, torna-a uma prostituta. Para salvá-la deste horrível destino, um homem a resgata e lhe dá um lar. Tara, filha dele, cria um laço especial com a criança recém-chegada – um vínculo digno de irmãs. A amizade sofre um baque definitivo, entretanto, quando Mukta é sequestrada. Anos depois, vivendo nos Estados Unidos, Tara retorna a Índia para encontrar a amiga, que, ao que tudo indica, foi submetida novamente à prostituição. Mas a extrema pobreza em Bombaim se mostra uma realidade mais difícil do que Tara consegue suportar.

Todas as Cores do Céu é um livro tocante, que aborda assuntos desumanos como o tráfico de crianças e a prostituição infantil. Tocar em assuntos delicados como esse, o tráfico de pessoas, é difícil, mas a autora conseguiu fazer isso muito bem, conseguiu mostrar as consequências do sistema de castas na Índia que, por mais que tenha sido extinto legalmente, ele ainda é considerado pela sociedade um aspecto cultural do país.
Com uma escrita fluida, ela prende o leitor do início ao fim, pois dá o ponto de vista das duas personagens. As personagens, Mukta e Tara, são profundas, inteligentes e muito cativantes. Conseguimos sentir a dor de ambas, as personagens mostram o quanto o perdão é importante e a esperança.
Todas as cores do céu é um livro lindo, cativante e com uma mensagem de esperança e gratidão.
comentários(0)comente



Victor Vale 02/06/2019

Melodramático e previsível. Parecem as história de Bollywood em sua atmosfera inocente. No entanto, a realidade fictícia apresentada consegue ser absurdamente factível na imensa Índia.
comentários(0)comente



Sabrina.Franca 02/06/2019

Final com um tapão na cara!
O livro trás muitas reflexões, que vão muito além do enredo principal, que é o tráfico de mulheres e o sistema de castas, o livro trás uma reflexão linda sobre a a força da amizade, sobre determinação, esperança e principalmente pra mim, trás o olhar de que temos que ser mais humildes e deixar que o amor sobreponha TUDOOO, que o amor vale mais do que tudo, que se tiver amor envolvido não importa se a pessoa é pobre, rica, feia, magra, baixa, alta, chata... No final, o que vale é o que vc sente, é o que vem de dentro.
comentários(0)comente



Regina 26/05/2019

A realidade X esperança
Que livro tocante! A história de uma amizade surgida em meio à desigualdade social, à dureza do sistema de castas, à triste lida de mulheres em meio a uma sociedade que as desvaloriza. Uma história de esperança, persistência, superação... A lição de que somos imperfeitos, às vezes até desumanos, mas temos a cada dia uma nova chance para recomeçar. A garantia de que o perdão nos enobrece, nos torna mais humanos. A certeza de que a vida nos apresenta o céu, e que nossa forma de vivê-la nos dá a oportunidade de encontrar suas muitas cores...
comentários(0)comente



FabyTedrus 23/05/2019

Todas as cores do céu - Amita Trasi
Com esse livro eu conheci melhor uma realidade muito diferente da minha vida, da minha cultura, do meu país e isso foi um misto de bonito e aterrorizante ao mesmo tempo.

A escrita da autora é fluída e os personagens são interessantes, eu podia falar aqui que em alguns momentos eles não pareciam ser pessoas reais, por aceitar a vida ingrata que tinham de um jeito tão pacifico maaaas, neste ponto preciso lembrar da religião, dos costumes e como isso afeta a vida dessas pessoas junto com a ingenuidade/humildade e a ignorância. E isso irrita demais, irrita notar como essa mentalidade constrói uma realidade tão ruim, tão preconceituosa, tão desrespeitosa com outros seres humanos, é surreal. É surreal pensar que, por mais que a história seja uma ficção, ela retrata a vida real de muuuuuitas meninas e mulheres na Índia, é surreal pensar que boa parte dessas mulheres realmente acredita que é o destino delas, que uma divindade exige isso delas e que é assim que tem que ser... é para surtar e chamar o meteoro porque está tudo MUITO errado! Ufa que o livro também retrata as ONGs que trabalham ajudando a encontrar crianças e mulheres desaparecidas/sequestradas, é um trabalho de formiguinha, muito atrapalhado pela corrupção, mas que bom que existe esse trabalho, a esperança na humanidade ainda existe.

No geral é uma história muito bonita, tem muuuuitos socos no estômago, mas também tem a amizade e a força da Mukta e da Tara que dão um toque bonito de esperança no meio de tanta coisa ruim.

"- O que você ganha com esses livros, afinal?
Ela fechou o livro que estava lendo, pensou um pouco e disse:
- É melhor que o mundo em que vivemos."
comentários(0)comente



Nathalie.Murcia 13/05/2019

Absolutamente sensível e surpreendente
Um livro absolutamente sensível e surpreendente. Mesmo sendo ficção, é triste, pois a história de fundo é baseada em um antigo e arraigado costume religioso da Índia, país que já ostenta, na cultura, a abjeta divisão por castas sociais. No enredo, Mukta, uma menina de dez anos, pertencente à casta Yellamma, tem por destino inexorável, assim como sua mãe e avó, a obrigação de se prostituir para quem a quiser, como forma de culto à Deusa do templo. Após o macabro ritual de estreia, é acolhida em Bombaim, no seio de uma família, dando-se início a uma nova vida e linda amizade com Tara. A vida de Mukta sofre uma considerável melhora, e ela é feliz, apesar do tratamento diferenciado que recebe em relação à Tara. Sua maior alegria foi ter aprendido a ler e a viajar pelos livros. Contudo, nova reviravolta acontece e Mukta novamente é inserida, contra sua vontade, num mundo de exploração sexual e violência. A natureza humana e seus mais contraditórios sentimentos, como amor, amizade, ganância, altruísmo, arrependimento, redenção, são explorados nesse livro de forma magistral. Outrossim, os costumes indianos e as características da sociedade são bem evidenciadas. Leitura altamente recomendável. A narrativa é fluída, sem prejuízo da beleza da escrita. Impossível não se emocionar. Tenho certeza que se tornará um clássico mundial. É um livro que todos deveriam ler, e nos mostra como o mundo é cruel. Ainda assim, de um céu nublado e cinzento é possível alcançar um céu com todas as cores. Mais reenhas no meu Instagram.

site: http://.instagram.com/nathaliemurcia/?hl=pt-br
comentários(0)comente



Emily 24/04/2019

A Leitura de Todas as Cores do Céu, exige força, lágrimas lenços, esperança e perdão. É uma história que mexe com o coração e alma da gente. Relato realista e emocionante da Índia contemporânea, mostrando como o sistema de castas explora os mais fracos( forçando Mukta com 8 anos idade, a seguir um ritual de sua casta, tornando-a prostituta). Conta também como o amor nos faz vencer barreiras impenetráveis. ? O único jeito de corrigirmos nossos erros é tentando desfazer o mal que causamos.?
comentários(0)comente



Djamila 13/04/2019

Uma história envolvente
Uma história apaixonante, devorei o livro em poucos dias. O seu enredo é envolvente, instiga o leitor a continuar, muitas vezes me peguei julgando as atitudes de Tara a forma como inicialmente ela trata Mukta, a diferença entre elas e como cada uma enxergava a situação. Tara, fala que Mukta é sua amiga, mas, não a tratava com igualdade, a percebia como inferior, de casta mais baixa, e muitas vezes me perguntei quando a personagem ia perceber o seu próprio preconceito. Enquanto Mukta sempre se via como não merecedora, que as pessoas estavam fazendo demais por ela. São nuances interessantes a história que ajuda o leitor compreender o amadurecimento dessas duas personagens, a forma como cada uma enfrentou a situação. É um livro que eu recomendaria.
comentários(0)comente



Day 19/03/2019

Apaixonante
Um livro que fala sobre esperança e amor, simplesmente perfeito.
comentários(0)comente



56 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4