Chain of Gold

Chain of Gold Cassandra Clare




Resenhas - Chain of Goold


64 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


zoni 21/04/2020

É o seguinte, até mesmo quando a Cassandra Clare erra ela acerta.
Esse livro é completamente um fan service, é verdade, não dá pra negar isso, mas eu como fã cadelinha que sou, estou completamente apaixonado e querendo mais.

É um pouquinho complicado falar sobre esse livro sem acabar sendo controverso, porque por mais que eu tenha encontrado muita coisa que me incomodou durante a leitura, eu saio completamente apaixonado e tendo ele como um dos meus favoritos. Eu tinha expectativas altas pra esse volume, já que ele é a continuação de As Peças Infernais, de longe a minha trilogia favorita da Cassandra, essas expectativas não foram completamente contempladas, mas eu não diria que saio frustrado, foi bem divertido na verdade, tirando o tempo exagerado que levei pra ler e os surtos de cansaço literário.

Chain of Gold tem capítulos gigantes e segue aquele já conhecido molde da autora, onde em cada capítulo acontecem milhares de coisas ao mesmo tempo e a gente acaba ficando meio perdido e cansado, sentindo que a história não está rendendo e pensando que nunca vai conseguir terminar o livro, eu reclamei no twitter sobre esse livro várias e várias vezes, porque eu realmente achei que não iria terminar nunca. Mas o mais engraçado nisso tudo e na escrita da Cassie, é que mesmo quando a gente está cansado e sentindo vontade de jogar o livro na parede, não conseguimos largar, tudo por conta da riqueza de detalhes das cenas e dos ganchos interessantes que ela cria o tempo todo dentro da história. Esse detalhe de mudar o POV no meio dos capítulos é uma jogada muito boa, e Clare sabe o que está fazendo, porque no momento em que a gente está pensando em fechar o livro e ir tomar uma água ou fugir pra sempre da história, ela muda para uma outra situação e personagem e acaba ganhando a nossa atenção novamente. O livro começa lento, talvez seja o começo mais lento de toda a saga dos Caçadores de Sombras, e isso acaba até sendo intencional e aceitável nessa primeira metade, pois com tantos personagens em cena, a gente precisa de um tempo maior para se familiarizar com todos e entender a dinâmica das relações entre eles, é tanto fulano que é filho de ciclano e primo de beltrano que às vezes eu esquecia quem era quem e qual a ligação com a história. Com o passar das páginas a história vai ganhando um ritmo rápido, talvez até exageradamente rápido, porque começam a acontecer várias coisas, e eu sinto que a maioria delas são totalmente irrelevantes para a história no final.

Como eu já citei ali em cima, o livro é repleto de personagens, são muitos... e nem todos agradam, principalmente o protagonista. James Herondale é na minha opinião o protagonista masculino mais sem graça que a Cassandra Clare já escreveu, ele é completamente sem sal, um banana em todos os quesitos, e me dói muito dizer isso, porque desde os contos, James e Matthew eram personagens que eu estava completamente apaixonado. Para quem leu os contos do James e se apaixonou pelo rebelde sem causa e apaixonado, vai se decepcionar com o que encontrará aqui, pois ele é tão apagado que eu não consigo encontrar nada que o faça parecer um herói, na verdade, ele só brilha quando está com a Cordelia em cenas de romance, e por Raziel, como eu shipo esse casal... e tudo praticamente por conta de Cordelia Carstairs, que é a mocinha mais interessante que já li no mundo dos Caçadores, por que choras Emma Carstairs? É brincadeira, não estou aqui para criar rivalidade feminina, mas a Cordelia é a minha protagonista favorita. Existem muitos personagens, então nem todos conseguem seu espaço, e mesmo com muito potencial acabam ficando de lado, esse é o caso de Matthew Fairchild e Alastair Carstairs, os melhores personagens do livro, espero que eles ganhem mais espaço no próximo volume, e que o romance de Alastair e Thomas se desenvolva de uma forma agradável, porque estou torcendo muito por esse casal.

É um livro cheio de personagens e situações, e tem uma trama cheia de coisa, e eu poderia passar horas e horas falando detalhadamente sobre o livro, mas acreditem em mim, seria a coisa mais massante do mundo. Então resumindo um pouco, o livro cheio de personagens se resume apenas na busca da origem dos demônios que estão atacando durante o dia, e esse plot é tão fraco que não faz sentindo nenhum, principalmente o vilão, que não choca ninguém porque acredito que todo mundo já esperava quem seria. Perto do final do livro a gente acha que entendeu a história, mas na verdade não entendeu foi nada, porque tudo que recebemos foram poucas pistas e a verdadeira história vai ficar para os próximos dois livros. Eu não consigo dizer que não estou ansioso para o próximo volume depois daquele final e do cliffhanger que a Cassie criou, porque estou ansioso sim, muito ansioso, principalmente pra ver um desenvolvimento melhor tanto dos personagens quanto do plot geral da história. Aguardando com ansiedade.

site: www.instagram.com/nomeiodatravessia
Lucas 21/04/2020minha estante
resenha mara a sua, ainda tenho que criar forças para terminar a série principal dela aar.


Gus 21/04/2020minha estante
Eu não consigo ler Cassandra Clare desde que li os três primeiros de Instrumentos Mortais. Achei essa série bem cansativa. Mas afff, sua resenha me fez ter vontade de ler esse livro.


zoni 23/04/2020minha estante
Ei, Lucas, muito obrigado pelo elogio. Em qual livro de Os Instrumentos Mortais você está? Estou relendo a série, então vou te dar uma força pra você terminar, vamos que vamos.


Lucas 23/04/2020minha estante
Li as peças infernais (que eu amo apesar de já ter esquecido muita coisa kk) e até o 3° livro dos instrumentos mortais


zoni 23/04/2020minha estante
Hahaha, Gustavo eu super te entendo! Eu mesmo na primeira vez que li Os Instrumentos Mortais odiei e abandonei Clare, foi só em 2018 que voltei para esse universo e li As Peças Infernais e me apaixonei de uma forma gigantesca. Estou agora relendo a primeira série, porque não é possível que eu ame tudo que venha depois e odeie tanto o começo, para minha surpresa a releitura de Cidade dos Ossos foi melhor que da primeira vez, e a de Cidade das Cinzas está rendendo bem também.

Olha, eu aconselho você ler As Peças Infernais delas, é um prequel, se passa antes dos acontecimentos de Os Instrumentos Mortais, é a melhor dela, sério mesmo, é muito boa e muito gostosa de ler, começa lentinha, mas quando você pega ritmo você não consegue parar. Chain of Gold é muito bom, é uma continuação direta de As Peças Infernais, tem como protagonista os filhos dos protagonistas e pode ser lido de forma independente também. Os livros da Cassie estão todos interligados nesse universo, mas cada série pode ser lida independente e fora de ordem de lançamento também, então se quiser começar por Chain of Gold também está valendo, haha.

Incentivos para você tentar Clare novamente:
As Peças Infernais se passa na Era Vitoriana, então tem toda uma ambientação incrível, uma mistura de fantasia urbana com romance de época, (espero que isso não te assuste mais hahaha), mas é muito bom mesmo.

The Last Hours, (o primeiro livro dessa série é Chain of Gold) se passa na Era Eduardiana, então logo depois de As Peças Infernais, a gente já vê certas mudanças na população, os lugares que Clare cita no livro realmente existiram naquela época, então é muito gostoso de ler. E tem muita representatividade, acho que você pode gostar.

Leia Clare, força rapaz.
Indico para você começar As Peças Infernais, mas se quiser me esperar um tempinho, logo mais eu chego para reler a segunda parte de Os Instrumentos Mortais (os três últimos que você não leu) e podemos ler juntos! Isso deve ter ficado gigante, desculpa.


zoni 23/04/2020minha estante
Lucas você ama As Peças Infernais, ai me abraça. Eu amo conhecer gente que ama essa trilogia tanto quanto eu. TMI é um tanto cansativa pra mim, porque a primeira parte já não é lá essas coisas, e a segunda parte tem umas coisas meio no sense que acabam cansando o leitor, o quinto livro por exemplo, meu deus... Mas tenha força e tente terminar, tem algumas coisas que valem a pena, não Clace com certeza, que é um casal chato e mimizento kkkkkk.


Gus 23/04/2020minha estante
Mds, eu amei o tamanho dessa resposta! kkkkkk Eu já pensei em dar uma chance para a série de TMI, mas ainda tenha aquele pé atrás devido ao problema que tive com a primeira série dela. É o que tu disse, "como uma série tão boa pode ter derivado de uma tão mediana?" Kkkkk mas ainda tenho o objetivo de continuar a série original.

Eu super topo fazer essa "leitura conjunta" dos livros que me faltam, porque se depender de mim, da minha vontade, eu vou demorar para pegar esse livro novamente pra ler kkkk. Ao menos assim acaba sendo um estímulo.
Também vou relendo suas resenhas, porque se for pra eu enfrentar o início da série de novo pra relembrar dos personagens, eu desisto de vez kkkk.

Vou dar uma chance para TMI depois de tanto amor destilado, não tenho nem escolha huahuahua


zoni 25/04/2020minha estante
Eba, então vamos ler os três últimos de TMI juntos, que assim um dá força para o outro. E vá lendo as minhas resenhas sobre os três primeiros que eu não tenho papas na língua, vou falando tudo que tô pensando mesmo hahahahaha. Espero chegar logo nos três últimos para gente começar esse buddy read, não desiste de mim, não desiste da Cassie.


Jaque 04/05/2020minha estante
As Peças Infernais são os meus preferidos


Pipper 12/05/2020minha estante
Cara, voce externou tudo que eu senti ao terminar de ler este livro. Uma mistura de decepção com empolgação que acabou me ganhando, pq sim, eu sou uma cadelinha da Cassandra Clare e o mundo dos Caçadores de sombras não me cansa. Bem, devo ressaltar que a tia Cassie conseguiu criar uma personagem feminina que eu fiquei apaixonada. (Cordélia, amo-te). Mas eu nem consigo acreditar que o James é filho do Will com a Tessa, que personagem mais cansativo. Affz.
Espero que em Chain of iron ela consiga fazer os personagens mais apagados se tornarem mais relevantes. Amém!




Dinny 09/04/2020

Não tenho palavras para expressar o que a Cassandra fez com meu coração nesse livro.
Preciso do próximo para ontem.
Vivis 10/04/2020minha estante
Ela sempre cria um novo modo de destruir nossos corações e nos fazer amar esses personagens ?


Dinny 11/04/2020minha estante
Siiim!




infinitahwy 25/07/2020

N indico ler esta resenha, mas tô fazendo pq o skoob pedekkk
Meu Deus, faz tempo que eu li...
Vou escrever pq o Skoob pede, mas não tô fazendo nada organizado e bom de ler k
Chain of Gold é talvez o meu livro menos favorito (não me venham falar de Qoaad ????????) porque os personagens principais não me interessaram tanto assim, o plot do James achei chato. Mas eu gostei, Lucie e Anna são minhas favoritas, ver os personagens de TID mais velhos também é muito bom (chorei com todas as cenas Wessa sim) e a questão (exclusão) política dos personagens lgbtqia+ foi algo que me interessou (geralmente o que mais me interessa no mundos dos caçadores de sombras e ver a conversa da política deles)
infinitahwy 25/07/2020minha estante
de oNDE SURGIRAM oito likes meu deus




Henrique 05/03/2020

Cassandra Clare melhora a cada livro
comentários(0)comente



Joanne 16/09/2020

Cassandra nem terminou a trilogia ainda mas já é a minha favorita
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



mgnusbane 16/05/2020

se a trilogia já começa assim...
digo com total certeza que esse livro virou um dos meus favoritos não só do universo shc mas livros favoritos em geral.
a trilogia as últimas horas vai ser perfeita e eu mal posso esperar pra continuar essa história perfeita.
ps: a cordelia é uma (se não a melhor) das melhores personagens principais da cassie.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fer 14/03/2020

Cassandra Clare me impressiona mais uma vez. A escrita dela me faz sentir tantas emoções, e poucos autores tem esse poder sobre mim. É impressionante a forma como ela consegue te envolver com a história, fazer te interessar pelos personagens, como cada um é complexo de uma forma única.
comentários(0)comente



Pam 23/05/2020

Eu não sei nem como explicar o quanto eu precisava desse livro. É incrível poder ver Tessa, Will e Jem de novo, mesmo que operando ao fundo.

Os novos personagens, que já estavam presentes em diversos contos anteriores, são muito bem desenvolvidos e agarraram meu coração com as duas mãos.
comentários(0)comente



Laura S Doria 30/06/2020

Melhor de 2020
Chain of Gold foi o melhor livro que li em 2020. Demorei alguns meses para ler por causa do meu medo. Leio os livros da Cassandra Clare há anos e tinha receio que eles tivessem perdido a magia para mim. Spoiler? Eles continuam tão bons, se não melhores do que eram antes. A Cordelia é a melhor personagem principal da autora, ela é corajosa (mas não inconsequente) e carinhosa. Eu adorei como foram abordadas as relações familiares dos personagens principais, apesar de ter sentido falta da (consulesa) Charlotte Fairchild. A Tessa e o Will também poderiam ter tido um papel maior, mas eles já têm 3 livros próprios, então acho que não tenho muito do que reclamar. Foi incrível ver o Jam como um irmão do silêncio, principalmente perceber que ele continua muito próximo dos Herondale. O James é um personagem principal masculino que ainda tem um longo caminho para percorrer (só queria matar ele toda vez que ele via a Grace), mas acho que ele vai crescer muito no próximo livro. A Lucie é uma fofa e me lembra um pouco o Ty Blackthorn às vezes (se você leu, você sabe o motivo). Queria mais cenas do Matthew e da Anna, esses são os melhores melhores personagens do livro. No final, só tenho uma reclamação de verdade, o Church, como assim ele não apareceu?!
comentários(0)comente



Bia | @intothisbook 13/04/2020

Perfeito apenas
Durante anos os integrantes do submundo e os caçadores de sombras estão em paz, e pra melhorar, Londres quase não tem sido atacada por monstros.
James e Lucie Herondale são filhos da Tessa e do Will e cresceram vendo o lindo amor de seus pais. Entretanto, quando as famílias Carstairs e Blackthorn chegam em Londres, esse clima pacífico muda, principalmente com a vinda da misteriosa Grace Blackthorn. Durante anos, James escondeu o seu amor por Grace de todos, até mesmo do seu Parabatai Matthew Fairchild, por conta, do ódio que a mãe da Grace sente pela família Herondale.
Cordelia Carstairs quer se tornar uma heroína, salvar seu pai e sua família da ruína e manter a sua paixão por James em segredo.
Mas, quando monstros começam a aparecer durante o dia, os caçadores de sombra deverão deixar seus problemas particulares de lado, para descobri o que está acontecendo.

Eu esperei o lançamento desse livros durante anos e com altas expectativas e felizmente Cassandra conseguiu superar elas. Eu amei o plot, o vilão e principalmente os personagens secundários. E falando em personagens, talvez esse grupo vire o meu favorito dos livros da Cassandra.
comentários(0)comente



Mary 31/07/2020

Chains of Gold
Sempre me surpreendo com a capacidade da CC de me fazer gostar cada vez mais do Mundo das Sombras. De me apaixonar por novos personagens... De nos manter sempre acorrentados neste universo, esperando sempre mais. Para variar, quem me fisga são sempre os secundários... Matthew já tem um espaço reservado no meu coração.
comentários(0)comente



Raissa Martins 19/03/2020

Espetacular como sempre
Como sempre Cassandra Clare fazendo livros maravilhosos e esse não poderia ser diferente. Não consegui largar o livro em nenhum momento.
comentários(0)comente



Sofia 14/04/2020

Nunca li nada do universo Shadowhunters. Mas não fiquei de fora de nada. Claro, perde referências a o universo de Peças Infernais porque esse livro se passa depois daquela seria, mas tirando isso l, entendi tudo.
Os personagens são maravilhosos e vou ficar com eles por um bom tempo. Estou ansiosa para os próximos livros e espero que meus casais favoritos finalmente fiquem juntos.
comentários(0)comente



64 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5