Lady Killers: Assassinas em Série

Lady Killers: Assassinas em Série Tori Telfer




Resenhas - Lady Killers: Assassinas em Série


308 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Sah 16/02/2020

Muito interessante
Normalmente só ouvimos falar de homens serial killers. Um livro que mostra que homens, ou mulheres, todos são capazes de cometer atrocidades. Só fiquei esperando casos mais recentes, mas percebo que foi uma opção da autora mesmo.
comentários(0)comente



Máàh 11/05/2020

Damas Fatais
Parece impossível analisar e pensar que mulheres são capazes de executar crimes à sangue frio, sem sentir nenhum remorso por isso.

O livro apresenta a história real de mulheres cruéis e perversas que deixaram vários psicopatas no chinelo. São mulheres sanguinárias que viveram há muitos anos atrás, retratadas no contexto histórico e social da época. Matavam sem dó nem piedade para resolver problemas pontuais, pegavam gosto pela morte alheia e ai começavam uma série de execuções impiedosas.

A biografia das quatorze mulheres e de outros nomes citados no livro é de arrepiar. Vale a pena a leitura.

Sem falar nos detalhes da edição que é espetacularmente fantástica. Posso dizer com toda certeza que esta capa se tornou uma das minhas favoritas da Darkside.
comentários(0)comente



estantedoedu 13/07/2020

Muitas das vezes a sociedade acredita que pensamentos sobre assassinar alguém habitam somente a mente do homem. Engana-se quem pensou e ainda pensa dessa forma. Lady Killers prova que o mal também habitou muitas mulheres, tornando-as psicopatas e que suas histórias foram silenciadas ao longo do tempo.⁣⁣⁣
E essa história começa desde muito tempo. Mais precisamente, numa era em que as mulheres eram consideradas bruxas devido a algumas atitudes suspeitas. Pior que consideradas, elas eram julgadas e mortas de formas desumanas. Algumas eram inocentes, outras nem tanto.⁣⁣⁣
Suas atrocidades surgiam na medida em que esses estranhos comportamentos eram percebidos pela população local. Investigadas a fundo, seus crimes foram descobertos e chocaram as pessoas por suas perversões, jeito habilidoso de matar e as atrocidades cometidas.⁣⁣⁣
O livro traz as histórias de mais de 14 mulheres fatais que instiga o leitor a refletir sobre as diversas situações que elas vivenciaram para enfim tentar compreender o que as tornou serial killers. ⁣⁣⁣
Muitas delas mataram - através de diversos métodos - por ciúmes, amor, medo, loucura, vingança, ambição e prazer. O deleite em ver corpos desmembrados, sangue, dor, desespero, suplicas... em ver a morte pelos olhos das vítimas.⁣⁣⁣
A autora também aborda bem o fato das mulheres serem consideradas sexo frágil, delicadas, intocáveis, julgadas como sem capacidade de cometer tais brutalidades. E isso reflete muito do machismo, do fato de não acreditarem nas mulheres e suas habilidades - seja para o bem próprio, da humanidade ou para o mal.

site: https://www.instagram.com/estantedoedu/
comentários(0)comente



Jorge.Gabriel 02/07/2020

Ótimo
Livro que faz você pensar como o ser humano é perigoso, principalmente as mulheres!
Cheshire 02/07/2020minha estante
Eu quero muito ler!!!


Jorge.Gabriel 02/07/2020minha estante
Vale muito a pena!!


Julia Ridolfi 03/07/2020minha estante
Lkkklkk


Vanessa 07/07/2020minha estante
Kkkk ah tá!




Anídria 20/04/2020

Cri... cri... cri...
Sou completamente incapaz de falar sobre esse livro de uma maneira coerente, mas em uma tentativa muito falha posso fizer que ele é fantástico, trás a tona muitas discussões inteligentes e acho que tenho uma quedinha por coisas macabras agora.
comentários(0)comente



ana 30/06/2020

Amei demais!!!
Gostei muito desse livro, já sabia que seria muito bom! Esse foi o primeiro que comprei da darkside e fiquei completamente APAIXONADA pela edição, vale muito a pena (mesmo com o preço um pouco caro). Além do livro ser lindo, eu gostei muito da maneira como a autora desenvolveu o livro, fiquei presa nas histórias (sempre dava um google quando terminava); foi uma leitura um pouco lenta pra mim, pois eram casos independentes, mas nada que tenha me feito gostar menos da leitura. Recomendo demais, se tornou um dos meus favoritos!
comentários(0)comente



Meewy Wu 11/02/2020

De matar!
Lady Killers é uma obra de Tori Telfer, que majestosamente nos convida a desvendar algumas das mentes mais perversas da história - oh, me desculpem. Algumas das mentes FEMININAS mais perversas da história. O livro tem a medida perfeita de leveza e densidade, necessitando uma segunda leitura antes da resenha.

Sob a premissa de trazer a luz mulheres crueis, que foram esquecidas ao longo dos anos em favor a fama de seus condizentes masculinos, a autora mistura as crenças populares e os mitos recheados de sedução e ganância que rodearam essas mulheres em suas épocas, com análises frias e fatos esquecidos, para revelar a verdade abafada de que mulheres podem matar.

A edição da Dark Side é belíssima, incapaz de se encontrar defeitos, e perfeitamente complementar ao conteúdo apresentado.
comentários(0)comente



[email protected] 09/03/2020

Intenso, mas poderia ser mais
Lady Killers traz uma premissa interessante e poderia dizer até "feminista" afinal, mulheres conseguem guardar tanto rancor e desejos obscuros quanto homens, não é mesmo?
O livro contém 14 histórias sobre mulheres letais ao longo das eras, desde a primeira vampira até fazedora de anjos, utilizando de uma linguagem facil e designe chamativo.
De primeira o livro é uma leitura rápida de tão interessante, foi menos de dois dias para chegar na página 200. O único problema é que os casos se tornam cansativos porque já sabemos do que se trata o crime, quem morreu e o que vai se desenrolar a partir disso.
Mas tirando esses detalhes o livro cumpre com o que lhe foi designado, apresentar assassinas imperdoáveis
comentários(0)comente



Vitor 06/06/2020

Exemplo de como o machismo está inserido até em assassinatos
Com uma edição maravilhosa da Darkside Books, Lady Killers: Assassinas em Série relata casos de diversas serial killers mulheres ao redor do mundo e destaca muitas coisas, em específico, o quanto as mulheres são diminuídas até em assuntos assim. Por mais que alguns dos casos sejam parecidos e repetitivos, é uma leitura muito interessante e que vale a pena. O livro também indica vários e diferentes tipos de Audiovisual que tenham como tema mulheres assassinas.

(E com toda a certeza a palavra mais escrita nesse livro foi "arsênico")
comentários(0)comente



Caroline.Oliveira 06/03/2020

Não correspondeu minhas expectativas.
Como um livro sobre mulheres assassinas não foi o que esperava. A escrita é repetitiva, desgastante... além do fato dos casos serem descritos com tons fantasiosos e/ou com "justificativas" como loucura.
Infelizmente, apesar de crimes cruéis as mulheres ainda eram vistas de forma diferente (fosse para o pior ou melhor).
Um caso específico (que fala sobre sororidade) foi o que me chamou mais atenção, sobre sociedade...
Posso recomendar alguns capítulos. Mas como um todo, não recomendo a leitura.
comentários(0)comente



annac 16/02/2019

Médio!
Senti falta de casos mais atuais como foi em Anatomia do Mal.

Nos casos contados desse livro, além das histórias serem muito antigas, grande parte era só histórias passadas pela população sem uma base de veracidade mesmo.

Além disso, a maioria das mulheres usava do mesmo artifício pra matar, fazendo pelo menos metade do livro parecer a mesma história contada de jeitos diferentes


As referências modernas ficam por conta da indicação de livros e filmes nas páginas finais. É um livro legal, mas não necessário.
Tai/@criptadaleitura 16/02/2019minha estante
Me desanimou agora rs


Grace 26/02/2019minha estante
Concordo com você. O conteúdo do livro me deixou bem desanimada e decepcionada. Realmente acho que ele não necessário. Fazer o que né? Ás vezes acontece.


EMILAY 18/03/2019minha estante
Realmente, não foi necessário! Acabei pagando caro por conta da edição e me arrependi!!! Muito cansativo, repetitivo, e como vc disse parece que eram as mesmas histórias com datas e nomes diferentes! 3? e foi muito!! Tenso!


Nat 11/06/2019minha estante
achei o mesmo :/ muito veneno e muita historia repetitiva!


Paulo.Portes 06/08/2019minha estante
Mas minha filha, você não lê o prefácio? ? o intuito do livro mostrar histórias que a mídia nunca cobriu, ou seja, histórias antigas kkkkkk. Dá uma crítica negativa mas sequer lê a proposta do livro kkkkkk




Mari 26/06/2020

incrível
edição perfeita da darkside, né mores
e o conteúdo é melhor ainda! foi mt bom e informativo conhecer a história dessas assassinas ignoradas e esquecidas pelas pessoas (quando não super sexualizadas e tratadas como bruxas)
comentários(0)comente



Nay Botelho | @Umsonhodeleitura 28/02/2020

Muito legal e interessante mas no final fica meio chato pois tem várias histórias de mulheres que envenenaram maridos, acho que poderia ter colocado uma variedade maior de assassinatos
comentários(0)comente



Lola 23/03/2020

As Mulheres Mais Letais da História
"Como podem [...] aquelas que são tão sensíveis aos infortúnios alheios [...] cometer tão enorme crime?", escreveu um assombrado comentarista, chocado com a quantidade de envenenadoras que enchia as prisões da cidade. "Elas são monstros. Deixando de considerá-las como outras quaisquer, elas logo são comparadas aos mais terríveis homens."


O livro reúne 14 histórias de mulheres famosas por seus assassinatos:
Elizabeth Báthory, A Condessa Sangrenta;
Nannie Doss, A Vovó Sorriso;
Lizzie Halliday, A Pior Mulher da Terra;
Elizabeth Ridgeway, A Santa Diabólica;
As irmãs Raya e Sakina, Doces Víboras;
Mary Ann Cotton, A Mulher Maldita;
Darya Nikolayevna Saltykova, A Atormentadora;
Anna Marie Hahn, O Iceberg Anna;
Oum-el-Hassen, O Rouxinol;
Tillie Klimek, a Sacerdotisa dos Barbas-Azuis;
Alice Kyteler, A Feiticeira de Kilkenny;
Kate Bender, A Bela Degoladora;
Criadoras de Anjos de Nagyrév, com sua Sororidade Letal; e
Marie-Madeleine, A Rainha dos Envenenadores.
Na edição brasileira também tem o bônus de mais 14 histórias de mulheres assassinas não inclusas no volume original (Gresche Gottfried, Maria Catherina Swanenburg, Hélène Jegado, Marianna Skubli?ska, Dagmar Overbye, Leonarda Cianciulli, Delfina e María da Jesús, Waltraud Wagner, Heloísa Borba Gonçalves), além de 34 títulos de filmes, séries e documentários relacionados ao assunto E "Recortes Curiosos", dados não científicos compilados sobre as 14 mulheres apresentadas.


"(...) acredito no poder curativo e esclarecedor da narração, e penso que há algo de proveitoso em olhar para o mal, em tentar compreendê-lo, imaginando se talvez somos todos um pouco responsáveis. Poderia qualquer coisa humana ser estranha a nós? Eis uma questão bela e aterradora."

"Creio que temos que rir e estremecer para poder compreender nossa própria história, que é parcialmente uma herança da morte."


Edição impecável, escrita interessante e fatos curiosos. Acho que meus casos favoritos foram os de Raya e Sakina e de Marie-Madeleine.
Uma leitura recomendada para amantes de história e curiosos por criminologia...

"Mesmo a mais psicopata das mulheres consegue perceber, ao olhar nos olhos da morte, que, no fim das contas, o que ela mais valorizava era a vida."
comentários(0)comente



Tháira | @livrosemvenus 25/02/2020

Gostei.
Apesar de achar um pouco cansativo pq não é o tipo de leitura que estou acostumada, ainda sim foi mto bom.
comentários(0)comente



308 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |