O Que Deus Diz Sobre as Mulheres

O Que Deus Diz Sobre as Mulheres Kathleen Nielson




Resenhas - O que Deus diz sobre as mulheres


6 encontrados | exibindo 1 a 6


@liviariaoficial 10/05/2020

Deus ama as mulheres
Eu tentei ler alguns livros sobre feminismos, mas esse foi o único que me prendeu e me ajudou totalmente a enxergar de fato o que a Bíblia ensina sobre as mulheres e me fez perceber que as coisas deste mundo estavam limitando a minha perspectiva sobre Deus, mas Ele tem MUITO MAIS do que essa vida terrena para nós mulheres, especificamente.

O propósito Dele não é só suas finanças, carreira, casamento, mulher recatada e do lar, ser mãe, se depilar, direitos iguais. Isso tudo faz parte, claro.

O propósito Dele é eterno e não é deste mundo, é muito além do que conseguimos imaginar.

Aaahh, e muito importante: tudo aqui é passageiro então, nada vale mais do que a identidade que construimos em Deus.
comentários(0)comente



Jéssica 05/05/2020

Excelente leitura
Um livro bem esclarecedor e repleto de verdades baseadas nas Escrituras. Uma boa forma de se conhecer à luz daquele que nos criou à sua imagem e semelhança. Me ajudou a entender melhor o meu lugar no mundo e o grande amor e zelo que o Senhor tem pelas mulheres, assim como por toda a Sua criação.
comentários(0)comente



luisera 15/04/2020

Excelente
Gostei tanto do livro que li em apenas 1 dia. Leitura fácil, conteúdo profundo e uma análise muito boa. Só achei que teve uma ?propaganda enganosa? no título, porquê não aborda nada sobre feminismo hahaha. Recomendo demais!!

Fiz umas anotações dos primeiros dois capítulos do livro:
- a criação só passou de “bom” pra “muito bom” com o surgimento do homem e da mulher, os únicos feitos à imagem e semelhança de Deus
- “não é bom” quando o homem está sozinho; é “muito bom” com o surgimento da mulher
- genesis 1 é uma análise macro; genesis 2 é uma análise micro e mais detalhada
- Deus criou o homem primeiro para ele entender a necessidade e reconhecer a sua solidão; criou o homem primeiro pra que ele precisasse da mulher. Ambos se completam
- Deus criou o homem primeiro também porque, embora iguais, os dois não são intercambiáveis: há a diferença, distinção, de “deveres”. O homem tem um papel de líder simplesmente porque, quando Deus determinou todos os afazeres, Eva não estava lá
- no relacionamento de homem e mulher é que a glória e a imagem de Deus são reveladas, porque foram criados à imagem Dele
- o homem é responsável pela queda, mesmo Eva tendo comido o fruto primeiro e oferecido pra ele, porque Deus encarregou o homem da responsabilidade, não Eva
- se a Eva fosse a responsável por cuidar e liderar o jardim, então ela seria a responsável pela queda
- o juízo dos dois são equivalentes: a mulher vai sofrer as dores do parto e será governada/mandada/liderada pelo seu marido porque ele é o responsável e líder; ao mesmo tempo, o homem sofrerá as dores de manter e provar a família, etc
comentários(0)comente



Ruh 17/02/2020

Com certeza meu favorito do ano
Esse livro é incrível! A autora responde perguntas (como por exemplo "porquê Adão veio primeiro do que Eva?") muito desafiadoras e importantes de maneira leve, clara e precisa. Essa leitura me emocionou e tocou profundamente. Se você, pessoa cristã ou não, quer finalmente descobrir se Deus e a sua Palavra são machistas, leia esse livro! Não tô falando que ele vai te fazer mudar ou não de opinião, mas vai te agregar muitas informações corretas e é sempre bom conhecer outros pontos de vista! ?
comentários(0)comente



Queila 26/07/2019

Nada novo sob o sol da religião.
A Pergunta central do livro é "Deus é sexista?", a autora garante que não, mas a forma como ela expõe e defende mostram um Deus sexista sim. Em alguns trecho a autora simplesmente se contradiz, as vezes dentro de um mesmo capítulo, senti como se ela não tivesse argumentos suficientes para embasar sua tese de que a biblia não é sexista.
Na capa, o "Feminilidade x Feminismo" dá a impressão de que a autorá traz um debate das diferenças entre o movimento feminista e a forma como as mulheres são vistas biblicamente, mas não há este paralelo, na realidade o foco é na igreja e bíblia, então o subtitulo é erroneo mesmo.
Este é bom livro de complemento ao "Feminilidade Radical", embora, pessoalmente eu veja que as duas autoras não buscam encontrar no movimento pontos positivos, apenas procuram refutá-lo como um todo.

No mais, é mais um livro que poderia ter sido escrito por um homem, porque terminei o livro com a sensação de que fomos criadas para viver em segundo plano sempre.
Leticia.Matos 18/06/2020minha estante
Acredito que mais do que refutar, em feminilidade radical a autora explica muito bem as ondas do feminismo e em contraste mostra o amor de Deus por nós mulheres, é bem claro em ambos o livros que com a cosmovisão cristã é fácil de entender que estamos em pé de igualdade com os homens, temos várias e tarefas e assim como o homem foi designado para algo a mulher também foi. O grande ponto é que por conta do nosso pecado natural queremos sempre assumir um lugar que não é nosso, que é o do homem que por sua vez se acomoda quando tem uma mulher que que assume esse papel e ai temos os papéis invertidos.
O grande ponto é entendermos nossa pecaminosidade e trabalhar a fim de que a mulher entenda o seu lugar, e o que Deus preparou para nós e da mesma forma o homem e deve entender qual o seu papel no lar e tomar para ele, não direcionando isso para a mulher.




Pamella.Carneiro 26/06/2019

“O que Deus diz sobre as mulheres” de Kathleen Nielson, publicação da editora Fiel é um livro de onze capítulos muito bem divididos que passam por todas as questões que envolvem as mulheres durante a história cristã. Desde Gênesis até o Novo Testamento, o livro debate passagens desafiadoras com as quais as mulheres lidam na Bíblia e na sociedade, como: Submissão, abuso sexual, papel da mulher, ministério pastoral e etc. [CONTINUA NO LINK]

site: https://matutareblog.wordpress.com/2019/04/15/livro-o-que-deus-diz-sobre-as-mulheres/
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6