O papel de parede amarelo e outros contos

O papel de parede amarelo e outros contos Charlotte Perkins Gilman




Resenhas - O papel de parede amarelo e outros contos


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Pâmela Cuti 23/08/2019

Esta coletânea reúne 7 contos da autora norte-americana Charlotte Perkins Gilman, uma das grandes referências da literatura feminista. Eles trazem suspense e até um toque sobrenatural (que me lembraram muito a escrita de Edgar Allan Poe) e não estão interligados entre si. Gostei de todos, mas o meu favorito sem dúvida é "O papel de parede amarelo", que dá nome ao livro.
⠀⠀
Esse conto traz a história de uma mulher forçada ao confinamento por seu marido, que é médico e pretende curá-la de uma depressão nervosa passageira. Proibida de fazer esforços físicos e mentais, ela desenvolve uma obsessão pelo papel de parede do quarto onde passa seus dias. Os relatos são feitos em 1ª pessoa, como um diário onde ela registra secretamente a rotina de restrições que a leva a enlouquecer de vez.

O livro conta com um relato da autora sobre sua luta feminista e sobre como sua vida inspirou o conto. Como mulher, foi angustiante me colocar no lugar dela em um tempo em que o papel submisso da mulher era muito mais forte do que hoje. Ir contra as convenções e expor abertamente suas opiniões eram motivos suficientes para a mulher ser considerada histérica (ô palavrinha carregada de significados). Como não enlouquecer em uma situação assim?

A leitura é muito rápida, com contos breves e intensos. Eu não tinha o hábito de ler contos, mas este formato tem se tornado uma ótima escolha para semanas em que não sobra muito tempo para leitura. Recomendo muito esta coletânea para quem busca referência de autoras feministas ou de contos de suspense. Ainda não tinha lido nada da autora, mas fiquei muito curiosa para conhecer mais sobre sua obra.
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1