A Viúva de Safira

A Viúva de Safira Dinah Jefferies




Resenhas - A Viúva de Safira


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Denise 23/04/2019

A Viúva de Safira
Eu li o Perfume da Folha de Chá e o La Separación e gostei muito, mas os dois últimos dela que li não funcionou pra mim. Os personagens são tão rasos não consegui ter simpatia por nenhum,se todos eles morressem não faria diferença. A trama a gente já deduz logo nas primeiras páginas e nada se altera, só os personagens burros não percebem o que está acontecendo. O livro é tedioso, na minha opinião. Desisto da autora.
Silvia 24/04/2019minha estante
Nem vou ler então :/




ritita 16/06/2019

Não foi uma decepção, mas...
Eu amei o livro O perfume da folha de chá da mesma autora, então fui com tudo ler este, não foi uma decepção, como também não foi tão bom como. Aí queria eu demais? Sei não.

Agora estamos no Ceilão, atual Sri Lanka, e em plantações de canela, por sinal interessantíssimo saber um pouco sobre esta especiaria que eu amo. O romance traz a participação especial de Gwendolyn, Laurence e outros personagens amados do livro anterior (como se eu me lembrasse deles, hahaha).

O que temos agora, além das descrições deste país interessante (não é todo dia que sabemos sobre países asiáticos não comentados pela mídia), é um casal de muito ricos - Elliot, um homem que diz amar muito a esposa, mas em quem não confiei um segundo sequer, e Louisa, a esposa crédula até a medula.

Elliot morre e aos poucos a esposa vai descobrindo suas perfídias - que não são poucas.

O interessante na história é ir descobrindo junto com Louisa do que um homem pode ser capaz de fazer quando tem como esposa uma mulher boboca e muito rica, ao mesmo tempo tentando descobrir como ela vai reinventar-se com as descobertas que faz e tendo que conviver com a insuportável mãe do finado marido.

Gostei com ressalvas. Não acredito em mulheres que acreditam em tudo.
comentários(0)comente



mylena.suarez 23/04/2019

" Os bons amigos eram tudo, verdadeiros pilares de sua vida."
Louisa tem uma grande tristeza no coração de não conseguir ter filhos. Vivendo num casamento tranquilo. Ela sofreu alguns abortos e ainda não se recuperou de quando a única vez que consegue levar adiante a gestação a bebê nasceu morta. Mesmo contando com apoio e amor do marido, ela não consegue se conformar com esta situação. Até que uma tragédia muda sua vida da água para o vinho e ela precisará de muita força e coragem para se reerguer e voltar a encarar a vida de frente.

" As pessoas que amamos ficam em nossos corações."



Esse é meu primeiro livro desta escritora e me apaixonei pela forma simples, serena e gostosa dela construir a trama. Repleta de descrições bonitas e emocionantes das paisagens do Ceilão, ela me fez ter a sensação de estar no local e sentir as mesmas emoções dos personagens.

" Ela ficou ofegante. Então ele beijou-a com muita doçura nos lábios. Ela sentiu seu corpo em chamas. não conseguia se lembrar da última vez em que estivera tão viva. Retribuiu o beijo e sentiu que estava se derretendo. Depois, eles se abraçaram . O coração dele batia forte contra seu peito."

A cada situação a que Louisa é exposta e cada reação ela, eu torcia mais e mais para que tudo terminasse da melhor forma possível. Uma das personagens femininas mais humanas que li. Uma mulher guerreira e vulnerável ao mesmo tempo que sabe como demonstrar suas emoções e que descobre depois de tudo o que vive com lutar pelo que quer.

" Não sei se você tem condições de exportar sua canela, mas Elliot tinha uma empresa de especiarias que vendia para o mundo inteiro. Agora sou a dona, e acho que é hora de expandir."

Amei acompanhar os passeios de bicicleta e moto e amei demais o final.

Acho as capas desta série lindas e tanto título como a capa de A Viúva de Safira foram muito bem escolhidos.

5/5 estrelas.

Beijos,Myl







site: https://gataleitora.com
comentários(0)comente



Tami 13/05/2019

Infelizmente não rolou...
Como é chato se decepcionar com um livro, né? E quando o livro em questão é um que a gente estava esperando há muito tempo, a decepção é pior ainda. Eu me apaixonei pela escrita de Dinah Jefferies em O Perfume da Folha de Chá, livro com uma das melhores e mais sensoriais ambientações que eu encontrei nos meus mais de vinte anos de leitura. Logo depois veio a leitura de Antes da Tempestade, que, ainda que tenha sido uma história inferior, ainda me cativou por conta de certos aspectos aqui e acolá. Aí chegamos em A Viúva de Safira, livro que possuía uma sinopse bem interessante e que ainda trazia de volta personagens queridos de O Perfume da Folha de Chá. Foi impossível não criar altas expectativas... e a queda foi feia.

A Viúva de Safira promete muito, mas não entrega quase nada. Em meio a um texto prolixo e a um desenvolvimento que em nada lembra a qualidade da escrita da autora, há personagens chatos, infantis e muito mal construídos, além de, infelizmente, haver uma total descaracterização e mau aproveitamento de Gwendolyn Hooper, a protagonista de O Perfume da Folha de Chá que neste livro faz participações completamente aleatórias e desnecessárias, além de não lembrar em absolutamente nada a maravilhosa personagem que fora em seu próprio livro.

Quem me acompanha há algum tempo sabe que eu não abandono livros, mas desta vez estive muito perto de fazê-lo. Quase me dói falar que senti tédio durante a leitura, de verdade; a falta de acontecimentos relevantes e a morosidade da condução da narrativa fizeram com que a história se tornasse entediante, não há outra definição.

Continue lendo a resenha no blog!

site: https://www.meuepilogo.com/2019/05/resenha-viuva-de-safira-dinah-jefferies.html
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4