Não há honra entre  os ladrões

Não há honra entre os ladrões Drica Bitarello




Resenhas - Não há honra entre os ladrões


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Juliana @raizdeumlivro 11/01/2020

NÃO HÁ HONRA ENTRE LADRÕES
(SAGA RADEGUND- CONTO)
.
Mark e Radegund deram uma parada em Messina para descansar. Para aproveitar o mínimo de tempo que lhes sobrara, a nossa guerreira resolve então aproveitar para ir na taverna beber e fazer uma limpa nos bolsos daqueles que gostam de jogar dados. Um desses jogadores não tinha mais dinheiro para pagar a ruiva, e como pagamento ela pegou um pingente valioso que ele carregava. A questão é que o jogador havia conseguido esse pingente de outro jogador que havia perdido para ele, e esse havia pego o pigente escondido da sua namorada. Resumindo: uma confusão total de um querendo pegar do outro o pigente. Isso causou uma confusão engraçada e uma dor de cabeça para nossa Ruiva. Até que ela consegue se livrar deles e ir para casa descançar. Sobre o colar? Bom, ele consegue voltar para sua dona verdadeira. E claro que o Mark não ficou de fora dessa. Ficou curioso? Aproveite que está disponível na Amazon!
.
Um conto quentinho e curto, que dá para ler em poucos minutos. O final é hilário e nos faz rir com a situação toda. Nesse conto, matei a saudade dos meus personagens queridos da literatura!! Aliás, quem quiser ler esse conto antes de ler a saga, fique à vontade que não há nenhum spoiler!

site: https://www.instagram.com/p/B7HFyXbDkja/?igshid=2y2scruuszuv
comentários(0)comente



Aisha Andris @AishandoBooks 31/07/2019

Deliciosamente cômico
Embora este conto seja o último lançamento da autora na saga Radegund, cronologicamente ele se passa entre Reino dos Céus e Fogo Vermelho, e é nessa ordem que recomendo que seja lido. No entanto, para quem já leu a série toda, ele é perfeito para matar a saudade de dois de nossos personagens favoritos.
Aqui mostra Radegund e Mark numa parada em Messina. Nossa guerreira está se aproveitando de toda sua sorte e habilidade nos dados para rapar alguns desavisados nas mesas de jogo. Numa de suas vitórias, o oponente aposta além do que possui, e como não pode deixar alguém sair sem pagá-la, sob o risco de arruinar sua reputação, Raden acaba levando uma joia em lugar de dinheiro como pagamento. O problema é que o perdedor não era o verdadeiro dono do precioso objeto, que na verdade havia sido ganho de alguém que havia roubado da namorada. Aproveitando-se do fato de Radegund ter bebido um pouco, ele decide, então, pegá-la de volta; e aquele que perdeu decide roubar do vencedor que perdeu pra Radegund... Confuso? Pois é. E esse é apenas o início de uma série de situações que me divertiram horrores.
Não Há Honra Entre os Ladrões é bem curtinho. Consegui terminar em poucos minutos, mas gostei bastante de ver Mark e Raden num momento mais descontraído. Foi uma pausa bem-vinda em toda a tensão da série.

site: https://aishando.home.blog/
comentários(0)comente



Akemi San 29/04/2019

Boas risadas com personagens queridos
O conto "Não há Honra entre os Ladrões" é um recorte divertido na Saga Radegund. Leve e despretensioso, traz de volta a carismática heroína às voltas com "171" medievais. Para matar saudades dos queridos personagens da Saga!!
comentários(0)comente



Dani | @cactusliterarios 27/04/2019

Raden e Mark juntos novamente!
Olá, Cactos🌵 ⠀

📖 Radegund e Mark Al-Bakkar acabam de chegar em Messina e uma noite de diversões na taverna não seria tão ruim depois de toda a viagem, certo? Mas uma pequena confusão por conta de dados deixa tudo um pouco caótico.

💬 Raden e Mark são os melhores mercenários de Jerusalém, mas sempre estão perambulando pelo mundo e dessa vez é hora de voltar para Messina. Raden sempre após uma viagem se vê na necessidade de uma diversão. Então, ela decide ir jogar um pouco e ganhar algumas moedas. Os jogadores da Taverna não esperavam que a mulher de cabelos de fogo era tão sortuda assim. Rato perde inúmeras vezes e na última não tem como pagar a não ser com um cordão que ganhou roubando nos jogos da noite anterior. Suf perde para Rato o colar da noiva e quer recuperar a todo custo. E que o mais esperto vença.

📌Ah, como foi gostoso ler uma história com Messina, Mark e Raden juntos. Esse é um conto sobre uma das inúmeras histórias que Raden e Mark viveram entre suas viagens que tem um desfecho bem inusitado e divertido.

📌 Para quem quer embarcar nessa saga, esse conto é ótimo para você ter contato com a escrita incrível da autora e de como os personagens são. Recomendo demais ler e logo em seguida ler a saga

site: https://www.instagram.com/cactusliterarios/
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR