Até onde o amor alcança

Até onde o amor alcança Júlio Hermann




Resenhas - Até onde o amor alcança


41 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


amandisses 04/07/2020

Simplesmente incrível!
Esse é o tipo de livro que transborda sentimentos, do começo ao fim.

Li em uma tarde, ouvindo a playlist a risca. Nem preciso dizer o quanto chorei, né?

Incrível! ??
comentários(0)comente



Ludy @emalgumlugarnoslivros 30/04/2020

Até onde o amor alcança - Júlio Hermann
176 páginas/Faro Editorial


"Amores permanecem para sempre, por mais que insistam em se despedir."

Ah, o amor...
Ele chega de mansinho - às vezes, num tropeço.
Faz o peito arder, doer; arranca palavras e suspiros.
Ele assusta, pois é feito de ciclos: chega, fica por um tempo e então parte em busca de um novo lar.
E como lidar com isso?
Nesse compilado de textos, o amor vai passear por todas essas fases e mostrar até onde ele é capaz de chegar.

Ler as palavras de Júlio é sempre apaixonante, mas dessa vez também foi surpreendente.
Geralmente, as crônicas são soltas de maneira aleatória; aqui não.
Aqui, os textos seguem uma ordem cronológica.
E é dividido em 3 partes: "Redescobrir-se", "Se permitir outra vez" e "Reerguer-se outra vez".
Gostei da maneira que a leitura foi desenvolvida.
É bonito - e doloroso - acompanhar o processo de alguém que amou e agora precisa seguir em frente, se redescobrindo.
Então surge um novo olhar, e junto com ele surge o medo de se permitir viver.
Mas o amor está ali, clamando para entrar. O início é encantador, faz suspirar e perder o fôlego.
O meio vem para mostrar o quanto é bom se permitir.
Às vezes, o amor precisa partir; é necessário aceitar, deixá-lo partir. E se erguer.
Fui tocada por estas palavras, senti diversas sensações e aprendi.
O meu lado sonhadora desejou um final de contos de fadas, mas o meu lado racional entendeu o final proposto.

Esse é o meu segundo contato com a escrita do Júlio, e sigo encantada.
Sua escrita é leve, suave, sensível e envolvente.
Dessa vez, senti uma certa maturidade em suas palavras. Ele fala sobre o amor com muita verdade.
Ele expõe o coração e a alma até que o sentimento alcance outras pessoas.
Para dar um charme a mais, há várias ilustrações.
São belíssimas!

Até onde o amor alcança é um compilado de crônicas sobre o amor e suas fases.
Uma leitura rápida, com palavras doces e que são capazes de ensinar um pouco mais sobre o amor.
A cada experiência, você cresce. A cada amor que chega ao fim, você aceita que é preciso deixá-lo ir.
Quando o amor chegar, se permita sentir - enquanto isso, sinta esse livro.

#resenhaemalgumlugar

site: @emalgumlugarnoslivros
comentários(0)comente



Leonardo 15/04/2020

Afinal, o que nos torna humanos? Talvez seja a nossa capacidade de amar.

Lendo esse livro do Júlio Hermann eu acredito cada vez mais nisso, o amor em si é algo tão amplo que já foi usado e explorado em livros, filmes, séries… Na literatura mesmo o amor sempre está ali presente, assim como nos textos que compõe Até Onde o Amor Alcança!







A obra é composta por diversos contos, ou melhor, fragmentos. Sejam esse fragmentos de sentimentos que rondeiam nossos pensamentos, memórias que insistem em vir a superfície… Tudo de forma muito poética e embalada com diversas músicas maravilhosas.
“Assim, eu gostaria de pedir para você colocar o amor como prioridade em cada uma das coisas que fizer na vida. Ainda que haja motivos para chorar, ficar triste, sentir angustia atrás de angústia, cada uma das pragas que nos cercam nos certificar de que o amor ainda respira. Com ele, nós permanecemos vivos.”

Falando nas músicas, todo início de fragmento contém uma música, recomendo fortemente que você escute todas que o autor indica (eu mesmo estou procurando uma playlist no Spotify agora mesmo!), entre as bandas e artistas que estão presentes tem Ellie Goulding, The Lumineers, Twenty One Pilots, Nando Reis… Amo todas essas bandas e ver elas no papel me deixou maravilhado!

O livro se divide em algumas fases, todas parecem ser logo após um término, onde existe aquele vácuo em que você precisa se redescobrir sem aquela pessoa, entender quem você é para que possa se permitir. É muito bonito ver como o autor lida com esses sentimentos e vê-los transcritos nas páginas ilustradas é como se o coração do autor estivesse a mostra para quem se aventurar e ler um pouco de suas ideias.


Fui lendo Até Onde o Amor Alcança de forma leve, lendo alguns fragmentos por dia e dando o tempo necessário para que ele florescesse na minha mente e no meu coração, recomendo o mesmo com todos! Esse livro realmente merece ser apreciado aos poucos.

Parte do encanto da obra está nos detalhes propostos pela diagramação, a Faro realmente caprichou (como eles sempre fazer), na edição deste livro, que transborda amor! Até onde o amor alcança? Até onde você se permitir!
Me perguntaram se eu preferiria morrer a viver na miséria. Precisei pensar um pouco. O amor me deixou miserável tantas vezes. E todas as vezes que isso aconteceu, valeu a pena. Prefiro viver, eu respondi. As misérias não duram para sempre.


site: http://oporaoliterario.blogspot.com/2020/03/resenha-ate-onde-o-amor-alcanca.html
comentários(0)comente



Claudia.Marcia 30/03/2020

Até onde o amor alcança trás o autor conta toda sua experiência em relacionamentos, o términos , o deixar ir, as lágrimas... Eu senti como o Júlio Hermann estivesse escrevendo para mim. E muito bom ler um livro que conta nos texto e que talvez cada um de nós já vivenciamos em algum momento da vida.
comentários(0)comente



De Olivato - @olivatobooks 03/01/2020

Até onde o amor alcança
Este livro reúne vários textos que transmitem o sentimento que temos após terminar com uma pessoa que amamos e sentimos que precisamos nos encontrar novamente, mas que o mundo não espera que isso aconteça.

São textos intensos que possuem uma música para entrar no clima da leitura e que vão desde quando você está lá se sentindo perdido e se culpando por coisas que provavelmente era culpa dos dois porque eram um casal, passando pela fase em que você acredita que precisa mudar para ser aceito e até conhecer outra pessoa, a fase da comparação, de tentar gostar de uma pessoa nova mesmo quando não está preparado para isso e como isso é injusto com a outra pessoa. O livro passa uma mensagem linda de que tudo bem estar triste com o término, mas que isso não define a pessoa que você é e que uma das definições do amor é sempre dar uma chance de ser feliz para si mesmo.

Por estar nessa mesma vibe que o livro apresenta, me senti bem representado e com vontade de chorar durante vários momentos, como no outro livro do Júlio, eu senti que poderia ter escrito vários textos que saem quando os pensamentos se derramam nas páginas. É lindo, sensível e absurdamente cru, sem nenhum tipo de filtro para deixar essa época mais bonita do que realmente é.

Eu recomendo esse livro, acredito que até para quem não está nesse momento de término tentando se encontrar após ter passado bastante tempo com a mesma pessoa, vai gostar desse livro. É uma pausa necessária que eu estava precisando para lidar com os meus sentimentos sem que ter pensar muito sobre eles, pois já estava tudo escrito.

Até onde o amor alcança?

No Skoob, eu dei 4,5 de 5 estrelas e favoritei. O livro também possui ilustrações lindas que por si só são uma obra prima. Obrigado Júlio por de novo dizer o que eu não conseguia porque as palavras estavam presas na minha garganta.

site: https://www.instagram.com/p/Bx-A_kUD5jH/
comentários(0)comente



Libera 01/01/2020

Terminar um relacionamento é difícil, às vezes, quase impossível de suportar. Ficamos nos culpando e procurando onde foi que erramos, ou o que poderíamos ter feito diferente. Muitas vezes esquecemos que não podemos controlar a vida, e nem o que sentimos. Será que vale a pena se entregar a outro amor, correndo o risco de sofrer outra vez? Será que conseguimos ter o controle sobre o coração? Tudo o que sentimos, a dor da solidão, o medo de se apaixonar de novo, o momento certo de sair e começar outra vez.
"Depois que você se foi,
eu criei uma nova personalidade
para dar conta dos dois estágios do meu próprio eu.
Um cara olhando para a frente.
Um outro cara tentando puxar a corda e voltar no tempo,
sem medo de vê-la arrebentar-se ao meio ao encontrar você."
É sobre isso e muito mais que se trata esse livro. Quem já sofreu com o fim de um relacionamento vai com certeza se identificar. Júlio Hermann toca no ponto mais intimo dos sentimentos, com muita ternura e sensibilidade, descrevendo tudo o que muitas vezes não conseguimos expressar com palavras.
"Dói saber que nós dois não nos esforçamos para continuar. Eu queria ter insistido um pouco mais, porque nossos corpos ainda tinham encaixe.
Você sabia que nós tínhamos jeito depois daquela terça-feira de inverno.
Era evidente, como se a vida gritasse nas nossas caras"
Em várias passagens do livro, me peguei concordando com o personagem como se estivesse trocando experiencias com um amigo que estava ali pronto para abrir o coração, e tocar o meu com muitas verdades que preferimos guardar e fingir que não existem.

Tive a oportunidade de conhecer Júlio brevemente na Bienal e toda a doçura que vi nele aquele dia, vi também nesta historia. Isso é maravilhoso: sentir o carinho nas palavras de quem escreve.
A edição está linda, muito delicada, com ilustrações muito bem elaboradas. No inicio de cada texto tem o nome de uma canção, algumas eu já conhecia, mas fiz questão de ouvir todas durante a leitura, o que fez com que a emoção aumentasse muito mais.
Recomendo a leitura para todos aqueles que tem dificuldade em entender seus sentimentos. As vezes precisamos de alguém de fora para dizer verdades que não conseguimos enxergar, Até Onde o Amor Alcança é um livro amigo, um companheiro; aquele que te diz as coisas certas na hora certa. Super indico a leitura.
"Acontece que, apesar das dores, o amor salva vidas.
Em um sorriso na rua, em um abraço em meio a qualquer desentendimento, em uma oração silenciosa que pede pelo bem do outro quando todos os fatos ao nosso redor pedem que tenhamos qualquer sentimento que seja, menos compaixão..."

site: http://www.livrosdeelite.com.br/2019/05/resenha-ate-onde-o-amor-alcanca-julio.html
comentários(0)comente



Atitude Literária 06/12/2019

Apenas lindo e cheio de mensagens.
Eu poderia facilmente estar sentada com a minha melhor amiga conversando sobre amores, partidas, faltas, sobre o que ficou, sentimentos únicos e profundos que temos como hábito dissecar após alguns acontecimentos. Mas, não... eu estava lendo. Lendo textos preciosos e intimistas que se relacionavam comigo, tanto no eu que ficou no passado, mas que deixou questionamentos, quanto no que me tornei hoje. E foi uma experiencia surreal, como sempre é quando estou lendo JÚLIO HERMANN.

Existe uma sutileza, ao mesmo tempo que existe uma profundidade e óbvia coragem, em compartilhar, colocar no papel textos que expressem vivencias tão reais e cotidianas, que flertam com as emoções do leitor, mesmo que as experiencias retratadas não sejam exatamente as vividas por quem está lendo, você não precisa ter passado por aquilo para se conectar, a entrega fica clara desde o primeiro parágrafo.

“O amor também é sobre nos exorcizarmos.”

ATÉ ONDE O AMOR ALCANÇA, nos leva a questionar o AMOR. O que o torna tão necessário? Tão intenso? O que faz com que ele termine? Por que ele termina? O que resta depois de tudo que foi vivido? Como seguir a partir do ponto final? Onde ele se perdeu? Como foi que deixamos isso acontecer? Questionamentos esses, que se tornam infinitos a partir do momento que começamos a analisar cada passo, cada detalhe, cada emoção que está tão a flor da pele e transbordando.

Fins, são verdadeiramente recomeços. Términos são o virar de uma página, que passa a dar espaço para uma nova história, um novo começo que chega com muito mais bagagem, você já passou pela faze de se redescobrir, de ressignificar muitas coisas e talvez esteja pronto para dar um novo passo, se permitir uma nova chance... se reerguer.

Que leitura linda, envolvente e intensa. É tão gostoso pegar uma obra assim, repleta de textos e apenas sentar e absorver, trocar nem que seja em pensamento, vivencias e experiencias, desfrutar de uma tranquilidade, ter essa “conversa” informal com o autor. Apesar do foco do livro ser o amor “romântico”, você pode o enxergar em outras situações e relacionamentos, e isso torna a leitura ainda mais válida. Eu amei!

Ainda preciso ressaltar, que existe toda uma sincronicidade entre as músicas e os textos que são INCRÍVEIS. A cada novo texto, o autor incluiu no inicio o nome de uma música, e ler a escutando... SEM PALAVRAS. É uma experiencia completa onde mais que ler, é sentir.

“Nesse processo, o mais complicado é fazer o meu mundo entender que, às vezes, nossa sala interna precisa de uma decoração nova. Mesmo que os móveis ainda sejam os mesmos e só os troquemos de lugar.”

E mais uma vez a FARO EDITORIAL merece uma menção honrosa, pelo trabalho impecável. Diagramação e todo o projeto gráfico está lindo. É mais que um livro, é um presente.

site: http://www.atitudeliteraria.com.br/2019/11/ate-onde-o-amor-alcanca-julio-hermann.html
comentários(0)comente



Desireé (@UpLiterario) 22/11/2019

Términos, desencontros e encontros. (@UpLiterario)
Relacionamentos são difíceis e seus términos são ainda piores. Principalmente quando reconhecemos nossa parcela de culpa e, mesmo assim, não deixamos de amar a outra pessoa. Um pedaço de nosso coração sempre se perde e vai embora junto do outro. E abandonar essa parte de si mesmo é o que Júlio Hermann busca fazer neste seu mais novo livro.
.
”Aos poucos, eu vou me desfazendo da parte de mim que permaneceu em você."
.
Com poemas e prosas curtas sobre amor, encontros e desencontros, o autor nos presenteia com uma ode ao amor próprio, aos recomeços, à esperança. Ele desfia, fio a fio, os nós em seu coração e expõe a parte mais dolorosa de seus pensamentos e angústias.
.
”Você não tem direito nenhum/de tomar posse do meu coração/se não for para me/amar direito."
.

Sempre embalado por uma ótima música, cada novo capítulo nos conta um pouco mais sobre os sentimentos e sofrimentos de ser deixado para trás, até que num dia qualquer uma nova luz de esperança surge e com ela a possibilidade de um novo amor.
.
Para todo começo há um fim e para cada um de nós a histórias a serem vividas e contadas. Capítulo a capítulo. Passar por amores e desamores é saber viver e apreciar a vida.
.
”Você foi o livro que eu deixei um mês na cabeceira da cama com o marcador no último capítulo, por medo de terminar."
.
Para ler, reler e se emocionar sempre. Recomendo!

site: www.instagram.com/upliterario
comentários(0)comente



Jéh - @cantinho_de_literatura 16/10/2019

Resenha | < #resenhacantinhodeliteratura > | Até onde o amor Alcança | @juliohermann | @faroeditorial | 5 ?
?
?
? Oi gente, como vocês estão? Hoje é dia de resenha aqui no Cantinho. E o livro escolhido foi Até onde o Amor Acontece do autor @juliohermann que é publicado pela editora @faroeditorial .
?
?
??Você não tem direito nenhum de tomar posse do meu coração se não for para me amar direito.?
?
?
? Sabe aquele livro essencial na vida das pessoas? Ate onde o Amor Alcança é um desses.
?
? O livro trata de um assunto muito atual e totalmente atemporal. Ele fala de amor e de como se redescobrir quando um amor acaba.
?
? Muitas vezes, pensamos que aquela pessoa será para sempre. E claro, na maioria das vezes, erramos. Até que aquela pessoa de fato apareça.
?
? Outras vezes, não deixamos o amor entrar por não percebemos que ainda sofremos pôr dores antigas.
?
? O livro faz com que durante a leitura, o leitor reflita sobre tudo isso. Através de uma narrativa tocante, sincera e verdadeira.
?
? Eu li esse livro em pouquíssimas horas, pois não conseguia largar. A história envolve, cativa e internaliza.
?
? Foi o meu primeiro contato com a escrita do autor e posso dizer que amei! @juliohermann escreve com uma profundidade que leva quem o lê às lágrimas.
?
?
??O que eu sei hoje é que um homem não entra duas vezes no mesmo amor.?
?
?
? Além de tudo isso, a @faroeditorial fez um trabalho brilhante na diagramação do livro. E isso precisa ser ressaltado. Pois, uma história que é linda com uma diagramação impecável, torna a experiência melhor ainda.
?
? Sem sombras de duvidas, recomendo esse livro para todos. Venham conhecer e se apaixonar por essa obra.
?
?
? Por hoje é isso, espero que tenham gostado.
?
?
? E agora, me contem, já leram algum trabalho do autor?
?
?
? Um excelente dia à todos e boas leituras! ????
?
?
?
#resenha #ateondeoamoralcanca #juliohermann #faroamigos #faroeditorial #resenhando
comentários(0)comente



Ceci (@umcantinhosomeu) 10/10/2019

Sempre maravilhoso
? "Fins são necessários"
?
Todos já passamos por amores que consideramos ser para sempre, mas por mais que tentamos muitas vezes esse amor acaba.
E é sobre isso que vamos encontrar nesse livro. Sem personagens, mas com um tema central, o Fim e tudo aquilo que sempre quisermos falar, mas nunca tivemos coragem, Júlio Hermann nos transporta para um lugar que não revisitados com tanta frequência em nós.
?
Em pequenas crônicas, conseguimos nos identificar com cada situação ali descrita, mesmo que ainda não tenhamos passado por aquilo. Mas sem deixar de exaltar o amor, que mesmo que ele venha à acabar, foi magnífico seu início.
?
"... o amor pede para ser gasto em plenitude.?
Nunca a parcela que se dá dele é excesso.?
Nenhum pedaço que se entregue o faz diminuir."?
?
Eu sou simplesmente apaixonada pela escrita do @juliohermann, ele escreve literalmente com o coração. E após ter o prazer de conhecê-lo pude comprovar que tudo que escreve é real, pensa numa pessoa maravilhosa e carismática, isso transborda em suas palavras. Sempre com uma música iniciando seus textos, o que pra mim é ótimo, já que estou sempre ouvindo música enquanto leio. A playlist é maravilhosa, tem desde Coldplay, passando por Tiago Iorc e finalzando com Ed Sheeran, não tem como errar né. Eu super recomendo esse é qualquer outro texto do Júlio que passar por suas mãos.
comentários(0)comente



Aline Coelho Cury 29/09/2019

Até onde o amor alcança
Esse é o segundo livro do Júlio Hermann que tenho a oportunidade de conferir e posso garantir que a Faro editorial simplesmente arrasou na edição, revisão, diagramação, divulgação e distribuição do mesmo. A narrativa em primeira pessoa faz o leitor sentir como se estivesse lendo um diário de um amigo, além de poder se identificar com algumas situações, afinal quem não passou pela experiência de perder alguém e passar pelas fases de redescobrir-se, permitir-se e reerguer-se!?

Então essa leitura pode ser feita rapidamente, já que o livro tem só 176 páginas ou lido aos poucos. Penso que 'Até onde o amor alcança' é o tipo de livro que você pode ler e reler a vontade (refletindo). Também pode ser lido aos poucos, tipo livro de cabeceira.


Confesso que no inicio da leitura eu estava sentindo dificuldade de me conectar com o enredo, mas passei a ler os textos como se fossem um amigo me contando suas experiências de vida e deu muito certo, li rápido e marquei todos os quotes que estão a seguir. Espero que vocês gostem de conhecer um pouco do livro e leiam para tirar suas próprias conclusões. Fica a dica de leitura nacional!!!

site: https://leiturasvidaepaixoes.blogspot.com/2019/04/ate-onde-o-amor-alcanca-julio-hermann.html
comentários(0)comente



Jéssica Spuzzillo @pintandoasletras 13/09/2019

lindo!
"Mas o amor não é a parte bonita. É o que, apesar de tudo, permanece"

O amor não vem com um manual de instruções, às vezes entramos em um relacionamento de cabeça, se entregamos completamente e criamos muitas expectativas sobre o outro. Relacionamentos se desgastam com o tempo e nesse livro de contos o autor fala muito sobre isso e como é fácil colocarmos a culpa sempre na outra pessoa, quando na verdade ela pode ser de ambos.

O livro é dividido em três partes:

Redescobrir-se;
Se permitir outra vez;
Reerguer-se outra vez;

Os contos são sobre um término e como é difícil e angustiante a dor da despedida, se permitir amar outra vez e se reerguer.

“Assim, eu gostaria de pedir para você colocar o amor como prioridade em cada uma das coisas que fizer na vida. Ainda que haja motivos para chorar, ficar triste, sentir angustia atrás de angústia, cada uma das pragas que nos cercam. Nos certificar de que o amor ainda respira. Com ele, nós permanecemos vivos.”

Esse livro mexeu profundamente comigo e eu li na hora certa, as palavras me acertaram em cheio e me fizeram refletir sobre o que eu estou vivendo no momento e o que eu devo fazer a seguir. Todo término é triste, mas o autor nos mostra que mesmo assim vale a pena amar. Amar é uma das melhores sensações da vida e sabemos que ninguém morre de amor, precisamos se permitir, perdoar, reconhecer os erros do passado e tentar acertar daqui pra frente.

Não foi minha intenção, mas talvez essa resenha pareça mais como um conselho. É que eu queria mostrar o quanto esse livro me ensinou, me fez refletir e me fez bem. Gostaria que outras pessoas também se sentissem assim, por isso indico que leiam!

A edição da Faro Editorial está maravilhosa e o livro tem uma playlist incrível que eu estou viciada!

Uma música que não está na playlist e combina muito com o livro é a “Amor para Recomeçar do Frejat” – “Desejo que você tenha a quem amar e quando estiver bem cansado. Ainda, exista amor pra recomeçar”

Obrigada Júlio por essa obra linda e por ter me feito sonhar com o amor novamente.

site: www.instagram.com/pintandoasletras
comentários(0)comente



Aninha | @pactoliterario 13/08/2019

Depois de ler várias resenhas positivas a respeito do Júlio Hermann e de seus textos, decidi que era a hora de conhecer um pouco da escrita do autor.

Confesso que eu não sou muito fã de ler livros apenas com textos, é muito difícil de eu me identificar com eles. Mas com Até Onde o Amor Alcança foi diferente, parecia que o Júlio havia escrito aqueles textos exatamente para mim, mesmo sem me conhecer.

"Deixar alguém ir é um processo doloroso que nos exige certo esforço. Por que precisamos voltar tanto assim para segurar o outro conosco mais tempo? Insistência burra. Hoje você tem seus problemas, eu tenho os meus. Eles são completamente diferentes."

No início de cada texto tem um título de música diferente, eu adorei, pois me permitiu conhecer várias músicas diferentes e é ótimo para entrar no clima do livro.

Esse não e um livro que você deve ler rapidamente, é aquele tipo de leitura que você deve ler com calma para conseguir captar a mensagem que o autor passar durante o livro, ainda mais se você estiver passando por um período difícil em seus relacionamentos.

"A gente jurou que duraria para sempre sem se dar conta de que o amor não vive de juramentos."

Manterei esse livro sempre por perto, pois quando eu estiver passando por alguma fase ruim irei pegar o livro para ler, sei que as palavras do Julio irão me confortar de alguma forma.

O projeto gráfico do livro está maravilhoso, uma das edições mais bonitas de minha estante. Temos várias ilustrações durante a leitura que tornam o aspecto visual do livro lindíssimo. A editora caprichou bastante!

Com certeza futuramente irei ler o primeiro livro do autor, já estou ansiosa para ter mais livros do Júlio em minha estante.

"Esses foram, provavelmente, os meses mais dolorosos de nossa vida juntos. Eu ainda tinha a minha do lado de fora de nós, você continuava com suas obrigações que não diziam respeito a mim. No entanto, no meio de tudo, existia algo que era nosso."

www.instagram.com/pactoliterario
comentários(0)comente



Michelly | @oventodoleste 21/07/2019

Blog Vento do Leste
“Até onde o amor alcança” é um livro que fala sobre o final (nada feliz) de um relacionamento. De forma leve e direta, o autor compartilha um pouco da dor e a culpa de ver o fim de uma relação com tantas promessas não cumpridas, de corações magoados e assuntos mal resolvidos. Júlio Hermann fala sobre as palavras que não foram ditas, da culpa que insistimos em tomar posse sem deixar que o outro carregue a sua parcela também.

Durante as mais de cento e setenta páginas o autor nos presenteia com contos cheios de poesias e sinceridade. Sem o final feliz dos contos de fadas, neste livro o amor é trazido para realidade para lidar com os problemas do dia-a-dia e lutar contra o tempo. Para lidar acima de tudo com a dúvida. A dúvida sobre os nossos próprios sentimentos e tentar lidar com a incerteza que é carregar um pedaço de outra pessoa sem saber se é o certo a se fazer.

Por mais que você, leitor, não entenda nada sobre o que é chegar ao fim de um relacionamento, você irá entender cada frase e cada texto deste livro. Júlio Hermann tem o dom de deixar o leitor passear por todos os seus medos e dividir o peso de entender em qual momento as coisas começaram a sair dos eixos. Ao mesmo tempo em que tudo começa a fazer sentido e a dor no peito vai dando espaço para um sentimento mais leve.

Eu me surpreendi demais com esse livro. Conheci o autor através dos textos que vários amigos compartilhavam nas redes sociais e acabei chegando até o juliohermann.com. E gente do céu, uma infinidade de crônicas para guardar no fundo do coração. Por isso, fiquei feliz quando a Faro Editorial anunciou o lançamento do novo livro do autor. Além disso, eu sabia que a editora não decepcionaria e faria um trabalho maravilhoso. Teríamos uma edição apaixonante.

site: https://www.ventodoleste.com.br/2019/04/resenha-ate-onde-o-amor-alcanca-de.html
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 01/07/2019

Resenha de Cosme
Você já se perguntou alguma vez até onde o amor alcança? Será que o amor realmente acaba quando um relacionamento é interrompido? Onde guardar toda a dor que esse processo nos entrega?

O amor é um sentimento muito intenso, e tanto a sua vinda quanto a sua ida são intensas para um coração despreparado (ou até mesmo um preparado). Quando o amor vai embora, nós conhecemos a dor, a sensação do vazio, e as perguntas sem respostas nos assombram a cada noite.

Quando isso acontece, precisamos nos reerguer, e é isso que Até onde o amor alcança trata. Vamos conhecer o sofrimento de um personagem que precisa se reencontrar em meio ao caos que está o seu coração. Sofrimentos não são eternos e não é um coração partido que vai te impedir de amar novamente.

Eu sou suspeito de falar sobre como o Júlio Hermann é incrível! Depois de ler o seu primeiro livro, imaginei que seria difícil ser surpreendido, e com Até onde o amor alcança, meu nível de surpresa aumentou totalmente!

Esse livro foi mais pessoal para mim porque eu consegui sentir todas as emoções que esse livro me passou, e me identificar em cada página não foi difícil. Resultado: muitas lágrimas foram derramadas ao ler esse livro.

A história é dividida em três partes, seguindo uma cronologia dos fatos estruturados poeticamente. Ver o personagem descobrir suas fraquezas e achar o caminho de um novo (e possível) amor foi bem interessante e emocionante de se ver!

A edição está sem nenhum defeito! Páginas repletas de lindas ilustrações que conversam com os textos, tons em vermelho e rosa que deixam o livro mais vivo, sem contar a playlist de músicas sensacionais que não poderia faltar!


Um livro que te conquista logo no início e que não vai te deixar largar até acabar de ler, Até onde o amor alcança é o relato poético de como o amor brinca com nossos corações e nos faz viver e viver novamente.


site: https://www.minhavelhaestante.com.br/2019/04/ate-onde-o-amor-alcanca-julio-hermann.html
comentários(0)comente



41 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3